aki

cadastre-se aqui
aki
Política
01-12-2017, 8h09

Acusações de Tacla Durán merecem ser investigadas

Palavras devem ser vistas com cautela, mas são graves
22

KENNEDY ALENCAR
BRASÍLIA

O advogado Rodrigo Tacla Durán, que trabalhou para a Odebrecht e a UTC, deu um depoimento ontem à CPI da JBS por teleconferência. Tacla Durán chegou a negociar acordo de delação premiada com a Lava Jato, mas desistiu e fugiu para a Espanha, onde está foragido. Ele é acusado pela Lava Jato de ser doleiro, o que ele nega.

Na CPI, fez acusações graves. Por exemplo: disse que extratos falsos foram usados contra o presidente Michel Temer numa denúncia apresentada por Rodrigo Janot, que foi procurador-geral da República.

As acusações de Tacla Durán devem ser vistas com cautela. Ele fugiu do Brasil e usa a cidadania espanhola para se proteger das acusações. Esteve envolvido em operações de pagamento de propina da Odebrecht e da UTC, segundo investigação da Lava Jato. Logo, não se pode comprar pelo valor de face o que ele diz.

No entanto, Tacla Durán apresentou documentos à CPI, deu a sua versão e fez acusações. A gravidade dessas acusações demanda uma resposta da Lava Jato, tanto da força-tarefa em Curitiba quanto da Procuradoria Geral da República.

No caso dos extratos de supostos pagamentos de propina da Odebrecht, Tacla Durán afirmou que houve manipulação e adulteração do sistema Drousys. Esse era o sistema de informática usado pela Odebrecht para controle financeiro de suposta propina. Segundo Tacla Durán, ele apresentou outros extratos que mostrariam falsidade dos utilizados por Janot, porque esse sistema teria sido fraudado antes, durante e depois de ter sido bloqueado por autoridades suíças.

É necessário averiguar a consistência dos documentos apresentados ontem por Tacla Durán à CPI da JBS. Isso é importante para evitar comprometer o resultado de alguns inquéritos, denúncias e processos da Lava Jato.

O advogado também fez uma acusação contundente contra o ex-procurador da República Marcelo Miller. Tacla Durán disse que, enquanto tentou negociar um acordo de colaboração premiada, ouviu de Miller pedido para ele gravar uma reunião de advogados da Odebrecht.

Tacla Durán afirmou que o procurador Sérgio Bruno se opôs à gravação, mas pediu para que ele participasse da reunião e contasse posteriormente o que havia sido discutido. Gravar reunião de advogados é uma afronta ao direito de defesa. Infiltrar um possível delator numa reunião de advogados demandaria uma suspeita gravíssima de crime.

O sigilo da relação entre cliente e advogado é protegido pela Constituição. Isso não é proteção para bandidos. É proteção para todos os cidadãos contra eventuais abusos do Estado.

Outra acusação grave diz respeito ao advogado Carlos Zucoloto Junior, de Curitiba. Tacla Durán apresentou fotografias de uma conversa por aplicativo de celular que mostraria o advogado oferecendo uma melhora do possível acordo de delação, com abrandamento de pena e multa. O pagamento teria de ser feito “por fora”.

Em agosto, quando a “Folha de S.Paulo” publicou essa informação, o juiz Sérgio Moro saiu em defesa de Zucoloto, de quem é amigo. Moro disse o seguinte: “Lamentável que a palavra de um acusado foragido da Justiça brasileira seja utilizada para levantar suspeitas infundadas sobre o funcionamento da Justiça”.

O alerta de Moro é importante, mas deve ser levado em conta que a Lava Jato ganhou força a partir dos relatos de um então foragido da Justiça que foi preso pela Polícia Federal, o doleiro Alberto Youssef.

Logo, ser criminoso não significa necessariamente que Tacla Durán esteja mentindo. Há interesse público nessas acusações. A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, e os integrantes da Lava Jato deveriam ser os principais interessados em apurar uma suposta tentativa de manipulação de um acordo de delação premiada bem como outras acusações apresentadas ontem na CPI.

Ouça o comentário no “Jornal da CBN”:

Comentários
22
  1. Ronin disse:

    A palavra de Tacla Durán tem tanto ou maior peso que as sentenças e denúncias da Lava Jato. A República de Curita tem comportamento pusilânime.
    Frente a um Sérgio Moro é um Deltan Delagnol qualquer palavra tem muito maior peso que a deles, mentirosos contumazes e criminosos confessos.

    • walter disse:

      Caro Ronin, não podemos colocar todos os membros da lava jato no mesmo saco; não há qualquer denúncia contra o grupo do Sergio Moro; quem vem tentando denegrir a imagem dele é o lula, por motivos óbvios, e tática errada, já que foi condenado por fatos…Quanto ao Tacla caro Kennedy, tem total razão, e seus argumentos, este Marcelo e o próprio Janot, vieram do mesmo saco…em algum momento, considerando os Bilhões em jogo, pode sim ter acontecido manipulações; esperemos que a Dna Raquel Dodge, até pelas diferenças com o Janot, tenha uma aplicação acima da média neste caso; estes segredos de justiça, devem trazer muitos denunciados do judiciário, que não aparecem até aqui…não é possível tantas manipulações sem o funcionalismo.

      • Sebastiao Canabrava disse:

        Sr Walter, nao confunda DENUNCIA com acusacao. Acusacao contra Moro existe. E contundente. Nao ha’ e’ DENUNCIA.
        Mas tambem acho que nunca vai haver. Sic.

        • walter disse:

          Claro Canabrava, vc sabe muito bem, quem persegue o Moro; são acusações infundadas a um Juiz…lembre se bem, quem lesou a Pátria, quem tem 16 milhões bloqueados, ganhos de forma ilícita; o cidadão que estou falando, perdeu a esposa recentemente, do lar, sem jamais ter trabalhado, semi analfabeta, que juntou 12 milhões de patrimonio, e uma aposentadoria de 30 mil mês…não vamos entrar nas inúmeras acusações que estão encaminhadas…este cidadão quer ser presidente novamente…o povo não é Burro não caro, vão perceber que tudo o que acontece são manipulações…o País esta infestado de inocentes com milhões em suas contas, e muitos já foram condenados; a grande maioria vc sabe de onde é…no dia que vc perceber, são entendeu ainda, vai ter um susto grave…não provarão nada contra o Juiz, e todos sabem disso…

    • Voce deve ser petista. Acredito sim no que o acusador foragido diz. O Janot amigo de Lula, fez de tudo para derrubar Temer.
      Embora lá não exista santo, e eu não votei nem em Dilma ou Lula, digo que Janot tentou produzir provas contra Temer.
      O Lula e Dilma deram ao J& F todo o dinheiro possivel do BNDES, e receberam muita proprina. Então como fica.
      Eu desejo que todos sejam presos e devoldam o nosso dinheiro.

      • BRAGA-BH disse:

        Minha senhora, consiga as provas do que diz e eles serão presos! E os procuradores da Lava jato lhe serão agradecidos pelo resto de suas vidas!!

    • Robson disse:

      Juiz Sergio Moro e a Lava Jato cometeram vários Crimes contra a Constituição, Vejam as declarações dos juizes Marco Aurélio Melo e o Falecido Teori , Ambos condenaram várias ações do Amigo do Aécio (Sérgio Moro), Esse Juiz Moro merece sim ser investigado pois está mais que claro que ele tem intenções apenas de Tirar Lula da Candidatura e é claro beneficiar seu amigo Aécio

  2. ANDRE disse:

    Mas Kennedy, por exatamente defender a preservação do estado de direito, não há como dá créditos
    a acusações de um foragido. Se ele voltasse para o país e se apresentasse a justiça, ai o cenário mudaria, mas por estar o mesmo protegido por uma outra cidadania, que lhe impede de responder por acusações no seu país e que lhe permite dizer o que quer sem se preocupar com as consequências, as suas acusações não podem ser consideradas.

    • BRAGA-BH disse:

      Amigo, você só lê o que está escrito. Não consegue ver nas entrelinhas. Tacla Duran não está foragido. É um cidadão com dupla nacionalidade e neste momento está usufruindo de sua nacionalidade espanhola. A justiça da Espanha não o está protegendo. Ao contrário pediu à Justiça Brasileira que enviasse o processo como um todo e assim ele seria denunciado por aquele forum. Mas ao que se viu, a “Justiça” brasileira não iria se incorrer neste risco não é mesmo?

    • Sebastiao Canabrava disse:

      Andre, seu raciocinio esta um pouco inocente. O fato do camarada estar foragido nao quer dizer que ele esteja mentido. Faz-se sentido ele mentir se, esta suposta mentira o inocentasse. Mas nao e’ o caso. Para efeito de raciocionio, tome-se o seguinte exemplo: um sujeito atropela alguem e este alguem cai num abismo onde exista pouca possibilidade de alguem o encontrar. Entao o sujeito faz uma ligacao anonima para a PM (ou bombeiros) e relata que alguem caiu num abismo e pode estar vivo. Bom, a PM entao ignora a denuncia simplesmente por ele ser anonima ou vai averiguar o abismo?

  3. jaime almeida disse:

    Estranho é o comportamento da mídia nesse caso. A Folha desqualifica o deponente em editorial e praticamente esconde a denúncia contra Moro. No restante da grande midia não é muito diferente. A essa altura, a ideia de que Lula tenha sido condenado por um juiz venal deixa o TRF4 na saia mais justa que pode haver para manter as condenações de Moro e levará as intenções de voto em Lula a um patamar que pode ser maior do que todas as eleições anteriores, inclusive as vencidas por ele.

  4. Wellington Alves disse:

    Se os comprovantes de Odebrecht podem sem alterados, qual a probabilidade de os delatores contra o PT também terem alterado? Ou só vale por não ter petista no meio?

  5. LIMPEZA GERAL PELAS URNAS, NAS ELEIÇÕES DE 2018! VIVA A LAVA JATO, DOA A QUEM DOER! disse:

    A fase agpra das defesas dos corruptos, os mais periculosos bandidos do planeta, é colocar em dúvida o trabalho dos agentes da Lava Jato. Procuram qualquer pelo em ovo, tudo é motivo para criar dúvidas. Uma coisa só não podem esquecer: os bilhões de reais roubados dos cofres públicos, são mais do que realidade! Muitos foram encontrados e já retornaram. Muitos talvez ainda venham. Muitos, com certeza, não virão jamais. A individualização dos processos, por força da lei, é só para individualizar as penas. O mais importante está claro: Executivo e Legislativo, numa proporção de 99%, deveria ser jogada no esgoto, nas eleições de 2018! Ao mesmo tempo cuidados especiais quanto aos “disenterias verbais e decrepitudes morais” do Judiciário, para que não impregnem mais de vergonha o órgão que deveria apenas cumprir seu dever, dentro da lei, sem proteger bandido ladrão de cofre público. E VIVA A LAVA JATO, DOA A QUEM DOER!

    • BRAGA BH disse:

      O pior cego é aquele que não quer ver já dizia um ditado bem antigo. O que o reporter está comentando é que se o’bandido’ do Tacla Duran está denunciando a tudo e a todos a sua denuncia tinha que valer como a dos bandidos que fizeram delação premiada. Ou só vale se for da panelinha de Sergio Moro? E mais, se conseguiram manipular o sistema Drousys mesmo após ter sido lacrado, quem garante que não foi manipulado em outras oportunidades e com fim? Esta ultima eu mesmo respondo: colocar Lula e todos que o circulam na cadeia!!!

      • p/Braga BH. disse:

        O pior cego é o que não quer ver que está comprovado pelo menos a “bagatela” de 11 bilhões de reais roubados dos cofres públicos (o que já retornou aos cofres públicos SIC), pelas quadrilhas de bandidos de altíssima periculosidade, travestidas de partidos políticos, governantes e empresários. Qualquer dúvida quanto ao trabalho dos investigadores, deve levar em conta isso! E que essas quadrilhas têm o poder político – que domina Executivo, Legislativo e já domina uma banda podre do Judiciário – tanto poder que até gravação não republicana de presidente aconselhando empresário bandido; de senador pedindo “dois milhões” a empresário bandido; de senador falando em “estancar sangria da Lava Jato” etc etc etc estão foram minimizadas, mesmo sob a indignação de toda uma nação! O pior cego é o que não vê que “um dia a casa cai”!

  6. Andre disse:

    O advogado Zucoloto é amigo pessoal do casal Moro, padrinho de casamento deles e foi sócio da esposa de Moro por muito tempo.

    Zucoloto citou no programa de mensagem que iria procurar um tal de DD, ao que tudo indica, o Dalagnol, para facilitar as coisas pra ele. Mas para isso, pediu 5 milhões de dólares por fora para realizar o serviço. E ao contrário do que diz a reportagem, o cara não está foragido, a justiça da Espanha negou a extradição pois pediu ao Sérgio Moro e o MP as provas e estas não foram apresentadas pela justiça brasileira.

    Tacla Duran confirmou o que saiu na Veja e mostrou aos deputados a sua declaração de Imposto de Renda, e nele consta um senhor pagamento de honorários para a esposa do Moro.

    Ou seja, a Lava Jato tem sim muito o que se explicar.

    • Lucia Pinheiro disse:

      Concordo, Andre, os sinais estão em toda parte… O depoimento de Tacla Duran desnuda o modus operandi da ‘farsa jato’ – o estardalhaço na mídia, investigação pífia e pressão nos delatores no sentido de construir uma narrativa que ‘feche’. Ou seja, a grande inovação dessa indústria da delação premiada q é a lava jato é que, no Brasil do golpe, as delações viraram ponto de partida e de chegada. Evidentemente, quando vem ao caso, pois apesar de toda dinheirama em espécie rolando em malas e em bunkers, nenhum banco esteve envolvido em falcatruas e nenhuma lavanderia de dinheiro foi apontada. É bem capaz que o tal do moro agora invista na prisão do Lula ou outro nome do PT para desviar a atenção deste escândalo.

  7. Antonio Bento disse:

    Acordem, Alices! se ele voltar será escondido e falarão “não vem ao caso”, não é, Moro?

  8. israel vainsencher disse:

    “O sigilo da relação entre cliente e advogado é protegido pela Constituição. Isso não é proteção para bandidos. É proteção para todos os cidadãos contra eventuais abusos do Estado.”
    Será q isso tbm. vale para o caso do grampo no escritório
    do adv. de Lula ou se enquadra nas exceções aceitáveis
    (por quem???)???

  9. SONHAR NÃO É PECADO... NEM CRIME! disse:

    Seria pecado… crime… sonhar em ver, em fila indiana, mãos para trás, Lula, Temer, Aécio, Renan, Jucá, Marum, Perondi, Padilha, Moreira Franco, Jader Barbalho, Gleisi, Paulo Bernardo, Maluf, Gilmar Mendes etc etc etc caminhando todos numa mesma direção?

  10. Alexandre Rocha disse:

    Esse Tacla Duran não passa de um Doleiro da Odebrecht …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

 
2017-12-17 23:23:07