aki

cadastre-se aqui
aki
Entrevistas
12-04-2018, 23h10

Alckmin deveria ser investigado pela Lava Jato, diz Marina

Ex-senadora é contra privatização da Eletrobras
10

KENNEDY ALENCAR
BRASÍLIA

A pré-candidata da Rede Sustentabilidade, Marina Silva, diz que discorda da decisão do STJ (Superior Tribunal de Justiça) que encaminhou para a Justiça Eleitoral a investigação sobre a acusação de caixa dois em campanhas eleitorais do ex-governador Geraldo Alckmin, postulante do PSDB ao Palácio do Planalto.

“Deveria ter sido encaminhado [o caso] para a força tarefa da Lava Jato”, afirma. Segundo Marina, na Justiça Eleitoral, a tendência é que a investigação venha a ser protelada.

A ex-senadora não considera que Lula seja um preso político. Avalia que ele teve “ampla defesa” nos processos e que tem de cumprir a sentença. Afirma que “ninguém deve comemorar” nem ficar “tripudiando” a respeito do que aconteceu com o ex-presidente.

Indagada como se definia ideologicamente, se de esquerda, de centro ou de direita, respondeu que “esses rótulos dizem absolutamente nada”. Criticou alianças que o PT fez com Paulo Maluf, José Sarney, Renan Calheiros, Romero Jucá, entre outros políticos. “Eu sou sustentabilista progressista.”

“O PT, o PSDB e o PMDB precisam de umas férias de quatro anos, dadas pelo povo brasileiro, para irem reler os seus estatutos e o seus programas.”

Marina é contra a privatização da Eletrobras “na forma como está sendo feita” pelo governo Temer. Ela diz que não há um plano para “nossa matriz energética continuar sendo limpa e segura”. Declara não ser contra parcerias com a iniciativa privada nem ter visão dogmática sobre privatização.

Ouça a entrevista, concedida ao “Jornal da CBN – 2ª Edição” por volta das 18h30 desta quinta:

Comentários
10
  1. […] Fonte: Alckmin deveria ser investigado pela Lava Jato, diz Marina | Blog do Kennedy […]

  2. Estou com a Marina neste ponto de vista“O PT, o PSDB e o PMDB precisam de umas férias de quatro anos, dadas pelo povo brasileiro, para irem reler os seus estatutos e o seus programas.”
    Más não acredito que ela tenha potencial para ser nossa presidente.Ontem vi uma entrevista onde se tem uma ideía de que o congresso terá uma mudança de até 70%, só que temos que ver quem esta por traz deste novos candidatos provavélmente os de sempre.

  3. Joaquim disse:

    Até agora estamos perdidos de candidatos a presidência. Para min não haverá candidato viável que não abrace o combate a corrupção, o fim de forun privilegiado e a cadeia após a segunda instancia.
    Quanto a esta senhora muito fraca, mais encima do muro que mineiro.

  4. walter disse:

    Mais do mesmo caro Kennedy, é evidente que a Marina também, quer ver o circo pegar fogo…ninguém de boa fé quer o contrario, se não queremos crucificar ninguém, para compensar a prisão do lula…quanto a privatizações, não é nenhuma novidade, a posição conservadora, e maléfica, de quem quer manter estatização…o bolsonaro também é contra; nosso grande problema, é a gestão…transformam as estatais a séculos,em cabide dos amigos, e nada funciona com lisura…esta transição, mais mostrar, que a maioria dos candidatos a presidente, são retrógrados…ninguém de fato, esta acompanhando, o movimento das ondas…sobreviverá, quem tiver lucidez absoluta, com o eleitor; promessas por escrito viáveis antes de mais nada…

  5. ANDRE disse:

    Diante desta decisão célere de enviar o processo do Geraldo Alckmin para a justiça eleitoral e não para a primeira instância da lava-jato, fica realmente difícil acreditar na imparcialidade do judiciário e de que o Brasil está mudando. Pelo menos com relação ao PSDB, o judiciário do Brasil não mudou, continua tratando aos seus membros como intocáveis, não deixando de ser a Pasárgada do PSDB. Salvaram o Moro da cilada de ter que julgar o Alckmin e ficamos sem saber o que faria o justiceiro.

  6. Fernando Thiago Scappini Acosta disse:

    Nossa justiça só tem um preso e varias medidas dependendo do qula lado vc está

  7. VIVA A LAVA JATO, A ÚNICA ARMA ATUAL DO POVO, DOA A QUEM DOER - EM 2018 TEREMOS OUTRA ARMA : O VOTO! disse:

    A Lava jato está investigando, e continuará a investigar todos os políticos, independentemente da quadrilha travestida de partido político a que esteja intrujado o ladrão de cofre público travestido de representante do povo, com certeza. A Lava Jato entrou na História do Brasil com honra, e terminará sua obra com honra, doa a quem doer. Finalmente o MPF, a PF e a ala não podre do Judiciário, resolveram trabalhar em prol do Brasil! VIVA A LAVA JATO, DOA A QUEM DOER!

  8. walter disse:

    No fundo caro Kennedy, a esquerda só quer vingança; tentam qualificar todos da oposição, com a mesma “Moeda”; quem não usou o caixa dois, que atire a primeira pedra; existem grandes diferenças, entre usar recursos advindos pelo caixa dois, outra coisa; facilitar obras sem cacife, em todo o brasil, para as grandes empreiteiras…neste caso, provavelmente, como disse o próprio Marcelo; já previam, os candidatos do futuro, e portanto, faziam doações por conta, usando o caixa dois; sempre foi um negocio bem gestado, que garantia, futuras operações…a dificuldade, é sempre foi, juntar “alhos com bugalhos”; doações, por linhas tortas, sempre foram “licitas”, até a pagina três…por tudo isso, muitas contas de campanha, inclusive as do Alkimin, foram aprovadas…quero dizer porém; quem deveria investigar de fato, nada fazia, embora neguem sempre…Quanto a marina, é a verdadeira “metamorfose ambulante”; assusta a todas as tendências, ninguém de fato sabe, quem é esta mulher candidata..

  9. Jonas disse:

    Alckmin é PSDB, e PSDB pode ser corrupto à vontade sem se preocupar com a “justiça”, já que o PSDB representa principalmente as oligarquias da região sudeste e sul que controlam o judiciário brasileiro através de dinheiro e chantagens, enquanto falam sobre “combate à corrupção” da forma mais hipócrita possível.
    E se o processo do Alckmin fosse encaminhado para o juíz Moro, o super-herói nacional, a resposta do mesmo seria “Não vem ao caso”.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

 
2018-04-27 03:49:43