aki

cadastre-se aqui
aki
Política
19-05-2017, 21h28

Apoio do PSDB e controle de reformas são prioridades de Temer

Presidente estuda medidas jurídicas para apresentar ao Supremo
9

KENNEDY ALENCAR
BRASÍLIA

Para tentar sobreviver à mais grave crise política de seu governo, o presidente Michel Temer prioriza a manutenção do apoio do PSDB e a retomada do controle da agenda de reformas previdenciária e trabalhista.

Na esfera jurídica, Temer estuda medidas para apresentar ao STF (Supremo Tribunal Federal) para arquivar o inquérito aberto com base na delação do empresário Joesley Batista. O presidente considera que existem contradições e erros nas colaborações da JBS.

Se perder o apoio dos tucanos, poderá haver um efeito dominó na sua base de apoio no Congresso. Temer avalia que precisa mostrar que a reforma da Previdência será aprovada na Câmara e a trabalhista no Senado. Se conseguir, terá chance de sobreviver à atual crise.

Também continua alta a preocupação do governo em relação a manifestações. Grupos que lutaram pelo impeachment de Dilma cancelaram protestos. A oposição a Temer aposta em atos públicos e na tentativa de viabilizar eleição direta já para presidente da República, tarefa que não é fácil.

*

Ofensiva jurídica

O fim do segredo das delações de Joesley Batista e de executivos da JBS ampliou muito o leque de acusados. Essas delações são parecidas com as colaborações da Odebrecht no sentido de mostrar uma corrupção sistêmica, que atinge políticos dos principais partidos.

O governo conseguiu fôlego ontem com a divulgação da gravação da conversa entre Joesley e o presidente Temer. Mas hoje voltou à defensiva. Houve novas pressões pela renúncia do presidente, que continua a dizer que não adotará essa saída.

Assista aos temas do “SBT Brasil”:

Comentários
9
  1. Jonas disse:

    Ou seja, Temer precisa mostrar ao PSDB que vai conseguir passar as reformas anti-povo, já que o apoio do PSDB e da oligarquia gananciosa e escravocrata que está por trás do PSDB depende disso e Temer não quer ir direto para a cadeia por ter falhado sua missão de precarização do povo brasileiro.
    Se Temer não conseguir arrochar o povo pobre para garantir o lucro das aplicações financeiras dos ricos, aí removem ele e passam a apoiar a eleição indireta de outra marionete qualquer para fazer o serviço sujo.
    Pelo visto está chegando a hora do golpe dentro do golpe.

  2. walter disse:

    A caro Kennedy, a quem o Temer quer enganar, teremos um diário de acusações ao presidente interino…dificilmente, conseguirá reverter a tendência do abandono…demorou demais a tocar as reformas a frente, só por milagre, conseguirá manter se acima das acusações…O País precisa caminhar, mas seus aliados vão aparecer cada vez mais…quer forçar um arquivamento sem a devidas investigações, o seu homem de confiança, deu bandeira, na churrascaria ao pegar o dinheiro…notas marcadas…poderá ser rastreado estas notas; provavelmente os espertinhos, depositaram em conta…por estas e por outras; alegar que não tinha conhecimento, que grupo JBS, estava com muitos processos em andamento não cola…se observar mos, vamos verificar, que na gravação em questão, ele confirma todas as indagações do Joesley; terá que pedir para sair…com o PSDB pressionado, porque ajudaria o Temer…será crucificado, é só questão de tempo…vai se dar mal por consequência…vamos penar até o fim deste “filme”…

  3. renata vieira disse:

    Espero que as reformas não sejam afetadas.

  4. ClickSistema disse:

    Esperando ansioso a saída de mais este presidente. Fui contra a saída da Dilma, mas já que ela caiu, como podemos manter um presidente que cometeu os mesmos ditos crimes e se alia a criminosos como está claro para todos.

  5. É TUDO MUITO FALTA DE VERGONHA NA CARA! disse:

    Um presidente que recebe um empresário corrupto em sua residência, na calada da noite (23 horas), em visita não oficial, para ouvir dele confissões de vários crimes gravíssimos, é fim da picada!
    Não importa mais nem o que o presidente disse, ou não disse, se a gravação é válida, se é ruim, etc etc etc. O importante é um presidente se prestar a algo tão abjeto e, pior, não tomar nenhuma providência legal contra o criminoso!
    Esses juristas,políticos, celebridades que vão para a televisão dar opiniões a favor do presidente, são absurdo idêntico. Ficar esmiuçando a lei para encontrar “pelo em casca de ovo” para defender o indefensável, é o cúmulo! É muita corrupção, muita mentira, muito engodo, muita falta de vergonha na cara!Está dando nojo ser brasileiro!

  6. Sebastiao Canabrava disse:

    Ainda nao ouvi panelas bateram. Acabaram as panelas?

  7. Eurides disse:

    Gente, a classe media nao tem mais panelas? Gastaram todas quando o PT (Lula e Dilma e outros) discursavam? Se acabaram as panelas, batam pratos.
    Nao vao bater, ne’? Eu sabia. So’ estava provocando.

  8. “FORA DISENTERIAS VERBAIS, DECREPITUDES MORAIS, CORRUPTOS! VIVA A LAVA JATO”! disse:

    No Executivo e Legislativo bandidos travestidos de “representantes do povo” se tornarem maioria. No Judiciário essa praga tenta se infiltrar, através de “disenterias verbais e decrepitudes morais” que se não forem combatidas podem, como no Executivo e Legislativo, acabar sendo maioria. O Judiciário tem que ser o executor da justiça e cumpridor da lei, independente de estarem Executivo e Legislativo dominados por corruptos. O povo tem que confiar e apoiar o Judiciário, apesar dos “disenterias verbais e decrepitudes morais” em seu meio, sempre ululantes e esperneantes tentando se impor no grito. A maioria do Judiciário é de gente honrada. A Lava Jato não é o Judiciário – é um braço importante. Procura a justiça que andou cega, ao ponto dos corruptos roubadores de cofres públicos, os mais periculosos bandidos da face da Terra, se tornarem quase que inatingíveis, dominando Executivo e Legislativo de nosso país! É preciso passar o país a limpo, doa a quem doer!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

 
2017-07-26 01:29:40