aki

cadastre-se aqui
aki
Economia
22-12-2016, 21h31

Baixa popularidade inviabiliza MP para mudar lei trabalhista

Detalhes de delações da Odebrecht enfraquecem Padilha
2

Kennedy Alencar
BRASÍLIA

O presidente Michel Temer chegou à conclusão de que seria desgastante demais politicamente fazer uma mudança na legislação trabalhista por meio de medida provisória. Por isso, optou por enviar um projeto ao Congresso em fevereiro com tramitação em regime de urgência.

Temer avaliou que a baixa popularidade do governo poderia ser ainda mais afetada caso optasse por tentar implementar uma jornada de trabalho de até 12 horas diárias, por exemplo.

Hoje, ele preferiu divulgar hoje apenas medidas de caráter popular, como redução dos juros dos cartões de crédito, que ainda vão continuar bem altos, e a possibilidade de retirada de recursos das contas inativas do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serivço). É uma tentativa de produzir notícia positiva em meio a um cenário de dificuldades na política e na economia.

*

Balançando

Apesar de o presidente Michel Temer ter demonstrado apoio público a Eliseu Padilha, o ministro da Casa Civil corre risco de cair. Padilha está se enfraquecendo politicamente com detalhes de delações da Odebrecht.

A última informação, do jornal o “Estado de S.Paulo”, dá conta de que teria partido de Padilha uma ordem para um doleiro ligado a Eduardo Cunha dar R$ 1 milhão em dinheiro vivo a José Yunes, amigo de Temer e ex-assessor da Presidência. Padilha e Yunes negam.

Temer já sondou Pedro Parente, presidente da Petrobras, para chefiar a Casa Civil na eventualidade de queda de Padilha. Não há decisão ainda. Existem complicadores, porque Parente faz um trabalho bem avaliado na Petrobras. Mas a situação de Padilha é delicada.

Assista aos temas do “SBT Brasil”:

Comentários
2
  1. walter disse:

    Prezado Kennedy, o Temer esta dando “comendo pelas beiradas”, dando uma de mineiro; seus pares são indigestos, imagina sobreviver, livrando se deles; nesta hora, lembra um personagem central da lava jato, e esta certissimo, “não pode correr o risco morrer na Praia”; seu plano já esta declarado, se citado vai recorrer, depende do seu sucesso…
    Nesta hora, “a ambição do Temer, é maior que sua barriga”, esta reeditando planos da dilma, que já não deram certo, na gestão dela; foi mordido pela “mosca Azul”…
    O PSDB que permite seus passos, esta tranquilo, já sabe, que o próximo ministro no lugar do Meirelles, será o Armínio, e pronto, vão assumir se der, estes são os fatos.

  2. FERNANDO DA COSTA disse:

    Eu consideraria estas mediadas para um pequeno ou micro empresário… Mas se elas forem promulgadas para medios, grandes ou multinacionais… Será uma degradação do trabalho humano… Mostrando mais uma vez que este governo que entrou de maneira não democrática, está aí justamente para realizar medidas não democraticas que prejudicam o povo e favorecem os empresários, multinacionais, mercado e bancos. Afinal… Metade de nossa dívida é com juros e amortizações de bancos realizada por um banco central que usa e abusa do dinheiro do povo sem dar nenhuma expplicação… E tudo isso sob o pretexto da inflação… Conseguiram uma mea culpa para sugar todo o nosso dinheiro… E agora inventam uma PEC para levar o resto… Acabar com o estado e nos tornar refém deles. Porque não pagam seus impostos em dia, retiram o dinheiro de paraísos fiscais aonde não pagam impostos e lesam o estado brasileiro e sua população? Porque não se tornam adultos responsáveis e respeitem nossa constituição?

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

 
2017-06-25 17:38:45