aki

cadastre-se aqui
aki
Entrevistas
03-05-2018, 21h46

Boulos diz que é preciso “botar PMDB na oposição”

"Presidencialismo de coalizão faliu", afirma
11

KENNEDY ALENCAR
BRASÍLIA

O pré-candidato do PSOL à Presidência, Guilherme Boulos, diz que defenderá na campanha o fim dos “privilégios do 1% que manda no Estado e na política brasileira há muito tempo”. Em entrevista ao “Jornal da CBN – 2ª Edição”, ele afirma que será preciso “botar o PMDB na oposição” pela primeira vez em 30 anos.

Boulos rebate a crítica de que sua candidatura defende uma plataforma irrealista para vencer e impraticável de ser aplicada caso se eleja. “O presidencialismo de coalizão faliu. Esse modelo de governalidade faliu.”

Segundo ele, o governo Temer “fez em dois anos o Brasil andar 50 anos para trás”. Há “setores do Judiciário agindo politicamente”, diz. Boulos vê “escalada de violência” com o assassinato da vereadora Marielle Franco e o atentado contra o acampamento pró-Lula em Curitiba.

Avalia que a direita está mais fragmentada do que a esquerda. “Todas elas [as candidaturas de direita e centro-direita] são Temer. Algumas são Temer declarado. Algumas são Temer disfarçado”.

A respeito do incêndio e desabamento do edifício Wilton Paes de Almeida na madrugada de terça em São Paulo, Boulos afirma que a responsabilidade é do poder público, “que deveria ter oferecido uma alternativa às famílias”. Ele vê “omissão do poder público” na tragédia de terça.

Diz que é preciso apurar se o incêndio foi criminoso, pois já houve casos desse tipo em São Paulo. Afirma que o ex-prefeito João Doria deu declaração “leviana” ao comentar que parte daquela ocupação fora feita pelo crime organizado. De acordo com ele, uma pessoa não faz uma ocupação “porque quer, mas por completa falta de alternativa”.

Ouça a seguir a íntegra da entrevista:

Comentários
11
  1. bs disse:

    Ouvi a entrevista na radio CBN e achei o Candidato falando corretamente, e com muitos acertos, pena que o partido que ele representa seja muito radical, todo radicalizmo não é benéfico para democracia

    • walter disse:

      Exatamente bs e Kennedy, são muito radicais na esquerda, como na extrema direita…pior, este cidadão não tem curriculum para nada, e nem conhecimento para tanto; seu papel é este, tentar desqualificar quem não pensa como os seus…não entendo o que houve com a Heloisa Helena, poderia ser um contraponto, da marina…este boulos é mais um, como o próprio nome diz…ninguém conseguiu até HJ, colocar o MDB na oposição; pelo contrario, acabam fazendo alianças, como foi o PT e prevalece em muitos estados assim…são ladinos, tem currais eleitorais…nunca faltou dinheiro em suas campanhas…pode ser que desta vez, se iguale a todos, pela falta de capitações nas empresas…enfim, vamos acreditar sim, que o país, vai se livrar dos 50% de indesejáveis, nestas eleições; vamos torcer e muito…

      • Dimas disse:

        Bom mesmo é quem? Diz aí prá nós. Ora mas que conversinha mole. Onde está o radicalismo? A contradição de sua fala denuncia a falsidade. Como manter o presidencialismo de coalizão e restringir a corrupção? Ou uma coisa nada tem a ver com outra? Quanta bobagem!

  2. Iracema disse:

    Não consigo engolir esse cara desde que foi ao palácio do governo e, diante da presidente da República, se pôs a fazer ameaças de invadir propriedades alheias. Na minha opinião é apenas um baderneiro que quer aparecer, num país onde a grande maioria da população não tem condições de discernir entre espertalhões e quem ( o que é raro) realmente pretende trabalhar pelo povo e pelo país.

  3. Carlos Augusto de Oliveira Lima disse:

    O candidato fala em falta de alternativa mas na hora de cobrar aluguel são implacaveis.

    • Tiago disse:

      Não se deixe manipular. Com há mal caráter para, obviamente há aqueles que, diante da omissão do estado, tiram proveito do drama da falta de moradia, mas não se pode generalizar. Não há nenhum registro de cobranças de alugueis ou de o má conduta por parte dos dirigentes do MTST de Boulos. Ao contrário, tive a oportunidade de visitar a ocupação do MTST em SBC e me surpreendi com o nível de organização, limpeza e civilidade daquele grupo e ninguém ali pagava nada para pode ocupar aquele terreno sem uso social há tantos anos e com muitas dividas com impostos.

  4. O discurso dessa esquerda é o mesmo sempre: combate isso, combate aquilo, tem soluçoes pra tudo… Mas quando chegam ao poder frustam aqueles que neles acreditaram – fica pra Historia esses fatidicos e decepcionantes 13 anos de poder do partido da Ética e da Moral, marcados pela institucionalizaçao da Roubalheira e da Corrupçao, que levaram o Brasil ao caos Economico, Social e Politico.

    • Dimas disse:

      Os patinhos continuam com o mesmo discurso engana trouxa. Desde quando o programa do PT era a ética e a moral. Nem o seu e o de seus asseclas é. Isso é só um discurso. Em quem você votou? Diz aí que eu te direi os casos de corrupção em que estão metidos. Nenhum governo em que nível for escapou de utilização de caixa 2 ou corrupção para bancar campanhas. Além disso, quero informá-lo que os campeões de corrupção estão na direita e não na esquerda como se quer fazer crer através da repetição incansável desse discurso oco. Será que vocês não se dão conta do ridículo?

  5. Alberto disse:

    Mais do mesmo e nada mais que isso.

  6. VIVA A LAVA JATO, DOA A QUEM DOER, A ÚNICA ARMA ATUAL DO POVO - EM 2018 TEREMOS OUTRA ARMA : O VOTO! disse:

    Boulos deveria dizer a verdade, que o que precisa é “a Lava Jato ‘botar’ 90% dos bandidos roubadores de cofres públicos travestidos de políticos e governantes, NA CADEIA! E que isso inclui todas as quadrilhas travestidas de partidos políticos. Que, sem uma renovação radical na Câmara Federal e Senado Federal, não haverá jeito de nenhum candidato à Presidência da República governar, sem se corromper com o “toma lá dá cá” institucionalizado. Que só haverá jeito para sairmos desse caos moral, político e econômico, colocando gente, principalmente na Câmara e Senado (onde são elabaoradas e (ou) modificadas as leis), COM VERGONHA NA CARA!

  7. Marcelo de Souza disse:

    Vão te condenar, Movimento Pós-Golpe mudou a sigla, é “MDB” para tentarem enganar os Eleitores desavisados por inocência ou ignorância mesmo.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

 
2018-05-21 03:48:10