aki

cadastre-se aqui
aki
Política
27-02-2018, 8h13

Dodge deve mais explicações sobre dobradinha Miller-JBS

Então procurador da República orientou investigados
6

KENNEDY ALENCAR
LONDRES

A decisão de Raquel Dodge de pedir a rescisão dos acordos de delação premiada do empresário Wesley Batista, um dos donos do grupo JBS, e do advogado Francisco de Assis e Silva, diretor-jurídico da holding J&F, conclui uma etapa importante de um fracassado episódio de tentativa de manipulação do Ministério Público e da Justiça.

As delações do grupo JBS, feitas em maio do ano passado, agravaram a crise política e econômica do Brasil. O governo Temer perdeu força, por exemplo, para aprovar a reforma da Previdência.

A procuradora-geral da República apresentou o pedido de rescisão desses acordos ao ministro Edson Fachin. Entre as razões para essa solicitação, está a omissão da parte deles de que o então procurador da República Marcelo Miller, ainda no exercício de sua função, participou de tratativas para que fossem firmadas as colaborações premiadas.

Tem ficado cada vez mais clara a participação de Miller nesses episódios, o que demanda da procuradora-geral da República uma resposta específica sobre tal atuação. Miller tem sido preservado pelo Ministério Público. Foi feito um pedido de prisão que, uma vez negado, ficou por isso mesmo. Não houve sequência da parte da Procuradoria Geral da República.

Hoje há provas de que Miller agiu a favor do grupo JBS enquanto detinha poder como procurador da República. Esse jogo duplo é ilegal _não apenas “um erro”, como disse Miller em depoimento à CPI da JBS. Ele foi um ator importante em outros acordos de delação premiada, sempre atuando como um procurador durão que intimidava potenciais delatores.

Não dá para o Ministério Público colocar uma pedra sobre esse assunto por suposto medo de que Miller faça revelações incômodas se for investigado para valer. Raquel Dodge deve mais providências e explicações a respeito da conduta de Marcelo Miller. É fundamental detalhar quais orientações ele deu aos delatores que tentaram enganar a Justiça e o Ministério Público.

Ouça o comentário no “Jornal da CBN”:

Comentários
6
  1. petronilo disse:

    Concordo com vc Kennedy, há muito coisa a ser explicada nessa tentativa de derrubar o Temer.

    • walter disse:

      Petronilo, vc total tem razão; independente das causas que levaram a dilma a sair, o temer passou a ser, “boi de piranha”; toda a politicagem envolvida, deixando o Brasil em segundo plano, foi naturalmente conduzida pelo PT, por consequência, tentando imputar ao temer, responsabilidade, no Impeachment da dilma…as duas tentativas de leva lo ao calabouço, foram as causas maiores,de seu governo combalido; não poderiam fazer a reforma, num ano difícil; erro fatal, não ter sido justo com a sociedade; vão se arrastar, até o fim do ano.

  2. Patrick disse:

    Nenhum comentário sobre Jaques Wagner? Só comenta corrupção dos tucanos?

  3. walter disse:

    O caso JBS Kennedy, é um verdadeiro mistério; estavam para homologar a delação, tudo caminhando bem nas mãos do Fachin, e do nada, surgiram fatos novos, como Miller, que para Mim, é sim um oportunista, que já havia sido contratado pelos “Joesleys”, antes mesmo de sair do MP; deveria ser crime hediondo, o que este sujeito fez, imaginem quanto ganhou em tudo isso, e no entanto esta protegido…a participação do Janot, é outro mistério até Hj…vem Dna Raquel Dodge, evitando também, a quebra do sigilo bancário do temer, sem qualquer justificativa; a JBS se faz de morta, deve ter cartas nas mangas, até aqui os tais 10 BI que seriam devolvidos aos cofres públicos…devem ter a decência de bloquear a quatro mãos, os Bens deste calhordas e recursos, antes que acabe…se permitirem, vão esvaziar as empresas por aqui, e não seremos ressarcidos; são bandidos da pior qualidade possível…mesmo assim o supremo por exemplo, “passam a mão, na cabeça deles”; ação conjunta, investigações até o Fim…

  4. João disse:

    O ministério público e todo o sistema de justiça devem essa e muitas outras explicações à sociedade brasileira…. entretanto os fora da lei com poder não costumam dar explicações….e, infelizmente, caro Kennedy, a essas alturas não adianta muito reclamar…cismo que já já nem reclamar poderemos…

  5. juarez da silva campos disse:

    O Ministério Público participou de uma farsa chamada Lava a Jato e jogou o país na lama. Falsificaram documentos e participaram de corrupção e conspiração. Saberemos de tudo num futuro de 20 anos e eles estarão aposentados com seus gordos salários morando em Miami, lugar dos conspiradores pagos pelos americanos. Fascistas e safados.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

 
2018-06-24 19:29:19