aki

cadastre-se aqui
aki
Economia
22-12-2017, 8h44

Fazenda avalia que pode convencer Temer a vender Embraer

Presidente teve reação negativa a negócio com Boeing
27

KENNEDY ALENCAR
SÃO PAULO

O presidente Michel Temer foi surpreendido pela notícia do jornal americano, o “The Wall Street Journal”, que deu a informação de que a Boeing poderia comprar a Embraer. A primeira reação de Temer foi negativa, no sentido de usar a “golden share” da União na empresa a fim de vetar a eventual venda.

Há dois receios do presidente, segundo auxiliares. O primeiro é uma reação dos militares em geral e da Aeronáutica em particular. A Embraer é vista como uma empresa estratégica para os planos militares brasileiros. O governo não quer alimentar críticas nessa área.

Recentemente, o general Antonio Hamilton Mourão fez um ataque direto ao presidente, criticando a forma como ele negocia com o Congresso. Foi Mourão quem defendeu possibilidade de golpe militar no país. Auxiliares de Temer acham que uma eventual venda da Embraer poderia resultar em novas críticas ao presidente no meio militar, com o qual o governo não quer briga.

Por exemplo: o governo tirou os militares da atual proposta de reforma da Previdência e disse que seria negociado um projeto específico, mas esse assunto não anda.

O outro temor é de natureza política. O governo tem baixa popularidade. Houve uma oscilação positiva nas pesquisas, mas apenas um soluço político. A venda de ativos da Petrobras tem rendido críticas ao governo em um segmento do eleitorado, que vê essas decisões como entrega de patrimônio nacional.

Se a Embraer for vendida para a Boeing, esse tipo de crítica poderia se estender a uma faixa mais ampla do eleitorado. Devido a esses dois fatores, o governo cogita usar o seu poder de veto em relação a uma possível venda.

Apesar da resistência presidencial, a equipe econômica vê com bons olhos a negociação. Integrantes da área econômica avaliam que a venda da Embraer para a Boeing poderia fortalecer a empresa, que se juntaria a uma gigante da aviação.

Na pasta da Fazenda, há uma visão bem favorável ao negócio, seja ele uma venda mesmo ou uma parceria comercial mais sólida entre as duas empresas. De acordo com essa avaliação, um outro segmento do eleitorado poderia apoiar o negócio se ele for embalado como uma medida boa para o futuro da Embraer, especialista em jatos médios e que sofre concorrência global. Militares também poderiam ser convencidos de que a associação entre a Embraer e a Boeing traria ganhos a projetos do Ministério da Defesa.

Por essa visão, faria sentido a Embraer estar ligada à Boeing. Há esperança na Fazenda de que o presidente Temer possa ser convencido a dar corda ao eventual negócio, que, se prosperar, certamente será tema da campanha eleitoral do ano que vem.

Um auxiliar de Meirelles afirma que a disparada das ações da Embraer após a notícia de possível venda seria um sinal de que o negócio pode ter impacto positivo na economia e também na política. Mas é preciso levar em conta que a crise econômica no Brasil diminuiu o preço das empresas do país. As empresas brasileiras estão baratas para investidores internacionais. O preço do Brasil está baixo, fora do lugar em relação às suas potencialidades.

A reação inicial negativa de Temer deve ter impacto negativo no valor das ações da Embraer nas negociações de hoje. O governo precisa tratar esse tema com cautela a fim de evitar dar gás a movimentos especulativos, que são naturais num momento como esse.

*

Votos de um ótimo 2018

O blog entrará num rápido recesso. Retomará as atividades no dia 02. Felicidades a todos no próximo ano.

Ouça o comentário de 22 de dezembro no “Jornal da CBN”:

Comentários
27
  1. BRAGA BH disse:

    A Boeing deverá fazer com a Embraer o mesmo que a Volks fez quando comprou a Vemag do Brasil ou quando a Mercedes comprou a FNM dentro de nossa industria automotiva. Fecha tudo, acaba com os empregos e se você quiser comprar deverá pagar por tecnologia americana!! Quando achamos que chegamos no fundo do poço descobrimos que o fundo ainda é mais fundo!!

    • walter disse:

      Kennedy, este mercado é muito peculiar, tem altos e baixos; extremamente técnico, que não permite qualquer desvio…você tem Bilhões num dia…portanto a venda é bem vinda; infelizmente no Brasil, nenhuma estatal esta livre de uma gestão ruim; neste instante, os correios agonizam, acabaram com todas as reservas ali; desde a gestão lula, que os correios definham…privatizar a Embraer, mediante a condições duras, e a manutenção dos empregos; ou seja, não podem eliminar a empresa; continuaremos a ter benesses oriundas dos benefícios conseguidos, depois de privatizada…o Temer precisa entender melhor o que esta em jogo; não pode ignorar, desde que a oferta seja positiva; deve acreditar que será positivo ao país…

      • BRAGA BH disse:

        …privatizar a Embraer, mediante a condições duras, e a manutenção dos empregos; ou seja, não podem eliminar a empresa; continuaremos a ter benesses oriundas dos benefícios conseguidos, depois de privatizada…
        E eu acredito no Papai Noel, nos Gnomos que fabricam brinquedos no polo Norte, nas Renas de nariz vermelho cintilante (adoro o Rudolf!!)…

        • Carlos Printel disse:

          Realmente o tema é complicado, em tese toda privatização é bem vinda, mas desde que não implique no fechamento da empresa (eliminação predatória do concorrente), pratica essa comum na JBS por exemplo, olha o que virou o mercado da carne.

      • walter disse:

        Kennedy, precisamos alertar certos conservadores; o Brasil já foi vendido a muito tempo, o que se consagrou na gestão dilma, com todas as lambanças; quando tomou dinheiro dos chineses por conta e não acertou!…as empresas ainda estatizadas, só servem, como cabides de emprego, aquelas que não quebraram ainda…acabaram com todas as fundações, todos os recursos foram desviados, ou gastos indevidamente…falava se tanto da Petrobras, a maior empresa do País…hoje em dia, pagamos o combustível mais caro do mundo; nem os nossos vizinhos tem tantos aumentos em sequência; por favor, defensores do conservadorismo porco, tudo isto acabou, com a gestão dos 13 anos…são fato; teremos que usar uma lupa, para escolher alguém isento, para governar o brasil; se a Boeing pagar o que vale, mantendo a empresa aberta, com os empregos garantidos, que mal pode haver nisso; sejamos realistas analistas…

    • walter disse:

      Vale salientar caro Kennedy, como o Temer é previsível, abonando os condenados do colarinho branco, com 1/5 da pena estão lvres…praticamente confirmou, que o roubo das instituições no Brasil, é permitido; cometeu um ato extremamente danosos contra a lava jato, acabando com as delações premiadas…agora os meliantes vão pensar mais…esta abonando em particular, seus auxiliares podres; inclusive o homem da mala…não vejo ninguém protestar da esquerda; todos caladinhos …kkk…claro que não; nesta hora são aliados do quanto pior melhor; vão liberar muitos presos aliados deles…este é o verdadeiro brasil infelizmente…nesta hora o pmdb continua aliado do pt do lula, tudo em família…

  2. vladimir d convento disse:

    É só a Embraer ou a Boing conversar com o Temer o negócio sai viu como é fácil kkkkkkkkkkkkkkkkk

  3. Fabio disse:

    O desgoverno do denunciado Temer tem como objetivo vender tudo, fazer do Brasil uma colonia de exploração e reduzir o brasileiro a mero produto de nova escravidão mundial.
    Não voto PMDB e nem PSDB jamais.

    • Anderson disse:

      Opa a parceria é PT e PMDB por 15 anos não seja mentiroso e nem ingrato com o PMDB pois o LUla já está reatando a parceria com o mesmo PMDB . A Embraer é uma empresa privada.

      • Manuel Luiz Lopes disse:

        Se é privada, como o governo(?!) pode ter a iniciativa? Podem vender meu carro quando quiserem? Sem consulta? Estamos f…

      • Sebastiao Augusto Canabrava disse:

        O Pmdb ja’ foi parceiro de todos, meu caro. Do Collor, Itamar, FHC, Lula, e de todos os partidos. O Pmdb sempre foi interesseiro, parceiro da situacao. Nunca foi oposicao. E o PSDB esta dando aval as atitudes do Temmer, inclusive o salvando de responder por seus crimes. Estou mentindo?

  4. Ronaldo disse:

    Eu até entendo que fábrica de aviões não é negocio de Estado, entretanto o aspecto tecnológico e a importância estratégica têm que ser consideradas em qualquer nível de privatização. Obviamente não acredito no patriotismo de FranksTemer e muito menos no do capitalista selvagem que ocupa a área fazendária e por isso sei que tal negocio é apenas uma questão de preço e jogo de cena.

  5. Demostenes Salem disse:

    Quando Dilma saiu do governo por teimosamente manter Mantega mais do que o necessário, a figura de Meireles, simpatia de Lula que cansou de indicá-lo a ela, demonstrou o que o mesmo Meireles, vem caçando desde sua temporada petista: a Presidência da República.
    Daí, nada de mais ou menos para um banqueiro sem escrúpulos é capaz de vender até a própria mãe apenas por vaidade. Quando a receita vai expor os bens desse cidadão para o crivo da sociedade? E a imprensa, quando vai mostrar as mil e uma facetas do banqueiro Meireles?

  6. Paulo disse:

    O que não está à venda neste país? Nem empresa bem sucedida serve mais? Pouco a pouco, estão tirando o chão dos brasileiros, o próprio orgulho que, em alguma medida, ainda que limitada, sempre tivemos desta Terra. E a culpa é dos políticos e da elite que neles manda. Não temos mais estadistas, só “homens de negócio”. Temer agora não fará nada, nessa questão da Embraer (já está ocupado leiloando a Eletrobrás, o que, por hora, já paga sua dívida com os empresários que o ajudaram a chegar à presidência). Mas, quando estiver perto de deixar o Palácio do Planalto, vai liquidar tudo que puder. Esperem pra ver!

  7. Sonia Regina Valle disse:

    Estranho os Estados Unidos publicar uma possível aquisição de uma empresa do porte da Embraer, sem que o Presidente do país soubesse dessa possibilidade. Isso lembra-me o filme Snowden :Herói ou Traidor.

  8. wagner ribeiro disse:

    Bem feito ! Quem mandou tirar a Dilma a força.

  9. Advento disse:

    A Embraer é lucrativa para o Brasil. Se é lucrativa não deve vender.

  10. Ingeborg Schportfeldt disse:

    Industria de aviacao nao e’ negocio de Estado, alem do mais, deixam de vender para a Boeing para depois vender aos chineses ou ao consorcio Airbus a preco de banana !

  11. Carlos disse:

    O ideal seria uma associação. Lamentável, pois, deixamos de pertencer a um seleto clube de paises que fabricam avião. Danoso para nós!!!

  12. Manuel Luiz Lopes disse:

    Por que não mudar logo o nome do Brasil? Deve dar uma boa grana! Não seria mais fácil, sem consultar os donos, sem dar um tiro, fazer uma venda e distribuir a grana pelos cidadãos que, pós o ato, escolheriam para onde querem mudar? Pode acabar com o potencial financeiro e econômico de um país sem autorização dos proprietários? Esses atos não poderão ser anulados quando voltarmos a um governo REALMENTE brasileiro?

    • Paulo disse:

      Manuel, não poderão ser anulados, a menos que se prove algum vício de consentimento. Arcaremos com a bucha da recompra, se tivermos dinheiro. Isso é que dá entregar a chave do cofre a um investigado pela Justiça. Isso não poderia ocorrer…Temer não poderia estar distribuindo recursos por aí, nem, eventualmente, se apropriando deles. Só a renúncia fiscal especulada, na CSLL, em favor de empresas do setor petrolífero, chegará a 1 trilhão de reais (o dobro da propalada economia com a Reforma da Previdência)…triste destino, o deste país, saqueado desde 1500.

  13. analistaalpha disse:

    Vendar da embraer apenas com uma condição, tem de levar o congresso junto, inclusive seus custos, e o stf tbm.

  14. "TEM QUE MANTER ISSO, VIU"? disse:

    Depois dessa gravação, na calada da noite, no porão do palácio, dá para alguém ainda querer ficar resolvendo problemas nacionais? Deveria criar vergonha na cara e ir cuidar de sua defesa criminal… “vai prá casa, padilha “!

  15. josé luiz da costa disse:

    Dançamos. Veto do governo. kkk Capital da Embraer está pulverizado, seu eu sou a Boeing vou comprando os poucos na bolsa. O mundo é business. Já pensou quanto de capital estrangeiro tem no Brasil???

  16. FG disse:

    Aluga-se
    Raul Seixas

    A solução pro nosso povo eu vou dar
    Negócio bom assim ninguém nunca viu
    Tá tudo pronto aqui é só vir pegar
    A solução é alugar o Brasil!

    Nós não vamos pagar nada
    Nós não vamos pagar nada
    É tudo free,
    Tá na hora agora é free,
    vamo embora
    Dar lugar pros gringo entrar
    Esse imóvel tá pra alugar …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

 
2018-04-25 09:39:48