aki

cadastre-se aqui
aki
Política
07-06-2018, 20h49

Lava Jato deveria ter investigado e-mails de FHC para Odebrecht

Se fosse Lula, seria acusado de chefiar organização criminosa
23

KENNEDY ALENCAR
BRASÍLIA

A Lava Jato deveria ter investigado os e-mails que o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso enviou ao então presidente da Odebrecht, Marcelo Odebrecht, pedindo dinheiro para candidatos do PSDB nas eleições de 2010.

No mínimo, os investigadores da operação de combate à corrupção desprezaram indícios suficientes para uma averiguação. Se o ex-presidente Lula tivesse enviado mensagens parecidas a Marcelo Odebrecht, elas seriam interpretadas como provas para acusá-lo de chefiar uma organização criminosa para pedir dinheiro à empreiteira.

Na troca de e-mails entre FHC e Marcelo Odebrecht, revelada pela revista “Veja”, o tucano diz ter enviado um “SOS” eleitoral. O empreiteiro responde: “Fique tranquilo (no que depender de nós). Depois, aproveito e lhe dou o feedback dos demais apoios e reforços que fizemos na linha do que conversamos”.

Noutra mensagem enviada por FHC, a linha de assunto é “o de sempre”.

O ex-presidente respondeu às revelações: “Posso ter pedido, mas era legal. Não sei se deram e não foi a troco de decisões minhas, pois na época eu estava fora dos governos, da República e do estado”.

Levando em conta o padrão de indícios que a Lava Jato tem considerado suficientes para investigar, denunciar e condenar, há fatos que justificariam um interesse da operação nessa troca de e-mails.

Numa mensagem, Marcelo Odebrecht deixa claro que falou de “apoios e reforços que fizemos na linha do que conversamos”. Ou seja, há evidência de que o tucano e o empreiteiro tiveram conversa mais ampla sobre financiamento.

O “de sempre” parece piada pronta. É indício de que tratativas financeiras seriam frequentes.

Há uma série de perguntas que a Lava Jato poderia ter tido interesse em responder. Essas contribuições foram dadas? Foram caixa 1? Foram caixa 2? Foram propina do “Departamento de Operações Estruturadas”? Estão declaradas nas prestações de contas de Antero Paes de Barros e de Flexa Ribeiro, então postulantes ao Senado Federal? Houve pedido de contrapartida? Havia expectativa de contrapartida?

No entanto, pelo que se sabe até agora, a Lava Jato não se interessou pelo assunto, em mais uma demonstração do uso de dois pesos e duas medidas. Um exemplo disso? Sergio Moro decidiu divulgar ilegalmente um grampo de uma conversa entre Lula e Dilma baseado em indícios de que a indicação do ex-presidente para a Casa Civil seria uma manobra para dar foro privilegiado ao petista e livrá-lo de responder perante o juiz federal de Curitiba.

*

Ruim para Alckmin

A revelação dessa troca de mensagens tem efeito eleitoral negativo para a pré-candidatura de Geraldo Alckmin (PSDB), que já enfrenta um mau momento.

É mais um evidência de que não se sustenta o discurso de que a corrupção tucana seria diferente da petista. O imbróglio enfraquece a imagem do PSDB, assim como aconteceu com o PT diante do que se descobriu na Petrobras.

Ouça o comentário sobre esse tema a partir dos 24 minutos no áudio abaixo:

Comentários
23
  1. S.Bernardelli disse:

    A verdade é uma só Kennedy, a sujeira da corrupção não está somente entre os parlamentares ela também está dentro a judiciário, onde a PGR, Cármen Lucia como presidenta do STF encobre os justiceiros mais sujos e até ministros. Eles apontam o dedo somente no PT e no Lula querem limpar a política brasileira, mas a casa deles continua imunda. Não é atoa que ninguém mais bota fé na justiça brasileira

  2. João disse:

    A cada dia vai ficando mais claro o conluio da “justiça” com o alto tucanato….

  3. Kennedy, parabéns pelos seus comentários, sempre éticos. abraço

  4. Fabio disse:

    Kennedy, nosso judiciario partidarizou ou melhor, tucanizou completamente.
    Num país assim, ruiu-se a Constituição.
    Estamos numa ditadura judiciária.

  5. Carlos Antônio Macieira disse:

    Diante destas observações fica claro a proteção ao PSDB.

  6. Francisco Nilson Viana da Paz disse:

    Cada vez fica mais claro e óbvio o quanto essa nossa justiça é parcial. Tudo que se referi ao PT e sobretudo ao Lula já será dado ímpeto de irregular, suspeito. crime, etc. Ainda sonho com um país onde todos de fatos serão Iguais perante a Lei, p que é uma piada na verdade, e que juízes sejam menos políticos e simplesmente cumpram a já quase fadada constituição federal. Essa justiça injusta deixou de ser justiça quanto assistiu todos os desmandos e descalabros do governo atual e usou toda a sua Força com o PT e outros poucos partidos. Porque o Governo atual não pode ser investigado, Porque Aécio, e tantos outros e agora FHC não podem sequer ser questionados ou investigados e se necessário punidos com veemência? assim como fizeram com alguns? Não adianta, cada vez fica mais fica evidente, que apesar dos erros, há uma “certa” meta de se tirar o PT do cenário político atual, o que se concretiza e usar toda a força da lei contra Lula, e a muitos outros apenas parte dessa lei.

  7. carlos Marinho disse:

    Assim age a justiça brasileira que se apequena diante dos Tucanos. Onde está o MPF de Curitiba e a Lava Jato? Se o caso fosse com o Lula teria até power point com os comentários: A lava jato, através de emails da Odebrecht para Lula, descobre os pedidos de SOS para campanha do chefe da quadrilha.Esse é apenas um caso, existem centenas de outros debaixo do tapete. A História dirá.

  8. Wellington Alves disse:

    Falou tudo Kennedy. Do jeito que está, Lava-Jato é investigação para pato ver.

  9. Alberto disse:

    Imagine os dois “papeando” no xilindró-resort da PF em Curitiba.Lamentações.

  10. walter disse:

    Caro Kennedy, pelo que vi nas transcrições dos emails, nada tem de grave; não há promessas, nem apelação, não houve obras…tanto isto é fato, que nem dinheiro, pelo que entendi circulou a favor dos candidatos…fica a lição, o FHC que vem defendendo o Lula, mesmo assim, tentaram incrimina lo, sem qualquer fato; tal desespero, demonstra a fixação do Lula nesta figura…não pense que estou defendendo, pelo contrario, tenho convicção, que muitos desmandos e vantagens foram praticados, por ordem dele…O Brasil perdeu com seu segundo mandato; por consequência perdeu com lula e por tabela com dilma…o PT demonstra a intenção da vingança, como tentam com o Moro; sem crime não há defunto; desta forma não construiremos jamais…

  11. Jonas disse:

    Atualmente já é óbvio que tucanos não são investigados exatamente porque estão por detrás de todo esse circo em que meteram o país.
    Moro é tucano, a força tarefa da PF é tucana, a imprensa é em sua maioria tucana, a oligarquia do Sul-Sudeste é feita de tucanos sem moral mas com dinheiro para aparelhar o judiciário.
    É só ver como todos eles se comportam, pois tem a certeza de que jamais serão investigados ou importunados de verdade. Nem tentam mais manter as aparências.
    E como o candidato tucano não chegará ao segundo turno, pois muitos de seus antigos eleitores agora votará no Bolsonaro, a imprensa tenta destruir Bolsonaro e Lula para trazer os votos de volta para o PSDB golpista.

  12. Jonas disse:

    A Lava-jato e a imprensa são tucanas, por isso os tucanos sempre foram poupados das investigações. A lava-jato poderia ter invstigado pelo menos o governo FHC2, mas fez questão de ignorar esse período e começar as investigações a partir do governo Lula.
    Quanto à imprensa, é só ver os emails vazados da redação da rede Globo, onde a jornalista-chefe manda remover qualquer menção aos tucanos graúdos das transcrições de delações da lava-jato.
    Ou então ver o que ocorreu na agência Reuters, aquela do “podemos retirar se achar melhor”, que revelou o óbvio, que a corrupção era grande no governo FHC, mas como se tratava de governo tucano, aí então tentam remover os nomes deles da reportagem.

  13. João disse:

    moro… temer… aécio… parente… fehc… mônaco… príncipe… tacla duran…. o mundo gira e a lusitana roda….

  14. Robson Macedo Barreto disse:

    Para o juiz tucano, isso não vem ao caso.

  15. FELIPE disse:

    Para os agentes da CIA de curitiba, não vem ao caso.

  16. sebastiao Canabrava disse:

    Mais eu vez o parabenizo, Kennedy Alencar! De longe, o melhor comentarista de politica brasileira dos ultimos tempos.
    Voce tem a voz serena, mas tem uma precisäo cirúrgica nos comentarios.
    Interessante que, ate’ o momento o tucano Walter ainda nao fez seus comentários atacando a esquerda (especialmente Lula e o PT). Deve ser por que ficou sem argumentos desta desta revelacao sobre o alto tucanato.

  17. Fábio Almeida disse:

    Parabéns pela matéria Kennedy Alencar. Estamos todos atentos a perseguição política que o PT vem sofrendo por parte do judiciário brasileiro, a massificação de propaganda negativa na mídia, os abusos da operação lava jato.

  18. Elaine disse:

    Dois pesos e duas medidas. Só não enxerga quem não quer. Onde estão os maiores bandidos da Petrobrás? Hein? Belos e tranquilos em suas vastas mansões tomando uma cervejinha gelada e assistindo jogos de futebol.

  19. renata soares disse:

    Excelente artigo Kennedy, muito interessante mesmo.

  20. mano disse:

    prezados: FHC (PSDB) conta com decisões favoráveis do Gilmar Mendes; Alexandre de Moraes e Marco Aurélio; Temer (PMDB) conta com Gilmar Mendes e Alexandre de Moraes; Sarney com Celso de Melo; Marco Aurélio; Gilmar Mendes e Alexandre de Moraes. Lula com Levandowski e Toffoli e Dilma, como não soube fazer “política”, não conta com ninguém, apesar de ter indicado os melhores. Este é o nosso querido STF, ou seja o nosso judiciário. Por tabela deve ser da mesma forma o STJ, os TJ’s e TRF’s. Enquanto isso, nos ensinam no largo de São Francisco, na faculdade de direito do Recife e em tantas outras também históricas e famosas, os princípios constitucionais, as doutrinas, jurisprudências, filosofia do direito e códigos ricos em ética, lógica e moral.

  21. renata soares disse:

    Parabéns pelo seu Artigo Kennedy sempre muito informativo e interessante.

  22. Luiz disse:

    Ótimo comentário. E mais: Lula sairia do alcance de Moro, então a divulgação da conversa com Dilma visou jogar com ilações e a mídia “parceira” para impedir que Lula saísse do seu alcance. O Supremo aceitou e Moro nunca foi julgado até hoje por sua ação nesse caso crucial. Jogou não como juiz, pois descumpriu a lei, mas como herói nacional, papel que lhe foi dado pelos setores poderosos que buscaram destituir e destruir o PT e Lula. Nos livros de história do futuro isso será tão gritante como a parcialidade do judiciário, que é vitalício, intocável, inquestionável, e torce e distorce as leis como bem entende. No caos e destruição que vivemos o judiciário joga na linha de frente.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

 
2018-06-24 19:33:50