aki

cadastre-se aqui
aki
Geral
27-01-2016, 16h55

Lobby de planos de saúde individuais pressiona Casa Civil

No ano passado, Justiça procurou barrar a mesma articulação
19

KENNEDY ALENCAR
BRASÍLIA

Voltou a ganhar força na Casa Civil o lobby dos planos de saúde individuais para liberalizar a regra de reajuste. Hoje, a ANS (Agência Nacional de Saúde) é quem determina a correção anual desses planos, que contemplam cerca de dez milhões de pessoas.

Nesta semana, houve reunião na Casa Civil com a participação de integrantes da ANS. Membros da agência avaliam que essa liberalização seria ruim para os consumidores.

É que os planos individuais são negociados diretamente com as operadoras. O lobby pró-liberalização quer que valha a regra dos planos coletivos. Hoje, cerca de 52 milhões de brasileiros têm planos de saúde coletivos ou individuais.

No caso dos planos coletivos, ocorre uma negociação mais livre do preço, porque, em geral, uma empresa contrata uma operadora, negocia desconto para um grupo e oferece planos aos seus funcionários. Há maior poder de barganha em relação à operadora do que no caso da compra feita diretamente por um consumidor. Daí o governo precisar proteger mais esse grupo.

No ano passado, houve embate entre o Ministério da Justiça, prevendo a defesa dos consumidores, e a Casa Civil, mais sensível ao lobby das operadoras. Esse lobby retomou a ofensiva numa hora de fragilidade política e econômica do governo. Mais uma vez, alguém está querendo colocar um jabuti na árvore.

 

Comentários
19
  1. Gabriel P. disse:

    Exato Kennedy. Como sempre os coxinhas(no caso planos de saúde) que odeiam o povo e desejam o golpe estão forçando o governo a conceder liberdade para explorarem ainda mais os consumidores. Trata-se de gente hipócrita, gananciosa que não pensa na saúde dos clientes e sim tão somente e apenas nos lucros que vão obter.

    • LUIZÃO disse:

      Que disparidade de pensamento. Que falta de lógica. Os “coxinhas” como você chama então são os que usam planos de saúde e os pobres não. Então os “coxinhas” querem que aumente o valor da mensalidade do plano, porque “os coxinhas” adoram pagar mais caro. Ora, ora, vai morder barranco, sr.mortadela.

      • walter nobre disse:

        Caro Luizão, eles não desistem nunca; são os “ENROLADINHOS”; “as cabeçadas estão cercadas de água por todos os lados”; continuam tentando salvar uma presidente que já esta “morta”.
        no caso dos planos de Saúde, outra máfia, eles forçam reajustes constantes. A verdadeira causa, esta numa saúde precária pelo SUS, nunca houve de fato, os repasses ideais neste governo; são tão descarados, que agora apelam para a CPMF…não será aprovada ainda bem…
        Quanto as cobranças mais caras aos planos individuais, vai inviabilizar muitos aposentados, que tem planos antigos; atingirá a todos os cidadãos de boa fé, que acreditaram…
        Vamos considerar também o fato; se não sair, eles manobram e atendem mal; com uma infra estrutura, que nos dá medo; basta marcar uma consulta HOJE em dia; estamos perdidos…

      • Gabriel P. disse:

        Como é complicado Kennedy, quando gente burra não lê direito, não entende e quer criticar.
        Luizão. leia direito e tente entender antes de criticar qualquer texto. Mas vamos lá.
        Coxinhas são os donos dos planos de saúde que querem que povo se exploda, simples assim.
        Porque são a favor do golpe.
        Tirando Dilma fica imensamente mais fácil conseguirem qualquer aumento que desejarem, simples assim de novo.
        Ou quer que desenhe ????

        • LUIZÃO disse:

          Nunca esquecendo que o criador da presidente em gestão foi quem nomeou pessoa proprietária do maior administração desses planos de saúde (entre outros do mesmo lobby) e que ora você considera como “coxinha” e não “empresário da elite” em um cargo na ANS. A partir daí começaram as articulações, mágicas , artifícios e, tramóias para então sutilmente na calada da noite alterarem a legislação de forma tal a darem um mínimo de direitos mas ao mesmo tempo conseguindo brechas para poder aumentar as mensalidades, e principalmente, expulsar as pessoas idosas dos planos de saúde para poderem ter mais lucro ainda. O resto das justificativas são meras falácias para aumentar o valor das mensalidades. Portanto não venha com essa de querer equalizar o nível dessa gentalha . Êles não se enquadram no que vocês chamam de “coxinhas” , êles são aliados se locupletando das tramóias que esse governo vem fazendo desde 2003, onde ambos, simultâneamente, auferem lucros vergonhosos.

  2. V.Silva disse:

    Além de aumentos bem acima da inflação, os planos de saúde inventaram uma tal de agenda para marcação de consultas e exames. Você liga na central de marcação, e eles informam que a agenda está fechada, e que você tem que ficar tentando todos os dias a marcação.
    O pior disso é que ANS não faz nada para o usuário.

    • Gostaria de saber quando algum desses órgãos reguladores desse governo, resolveu algo em prol do povo.
      Eles sempre fingem que regularizam e sempre concedem ou autorizam os aumentos desejados pelos planos e outros segmentos. È vergonhoso o que praticam contra o povo.

  3. Tinha um plano de saúde da Unimed Norte Capixaba, que aumentou o alor em 60% quando resolvi apelar para o Juizado de pequenas causas, ganhei tutela da justiça e depois de um ano foi a julgamento e perdi, agora recebi as mensalidades a partir de janeiro com acréscimo de 100% e fiquei impossibilitado de manter o plano por não ter como recorrer e agora, devido a minha idade (84 anos), não tenho mais como fazer um plano de saúde.

  4. Teste disse:

    O plano tem permissão para ajustar 10%, 12% e o hospital pode aumentar 60%, 70%. Como a conta fecha? Esse governo está prejudicando todos os lados da sociedade.

  5. Helio disse:

    É MAIS UMA DAS MÁFIAS INSTALADAS NO PAÍS

  6. Valter Murari Santana disse:

    A ANS está do lado dos planos de saúde, gostaria muito de ver uma CPI na ANS. Outro dia assisti a uma pesquisa realizada por um orgão muito competente sobre os planos de saúde e os abusos e absurdos cobrados pelos mesmos e que não bate com o que a ANS relata em seus documentos.A ANS foi contatada para que tomasse providências, a ANS disse simplesmente que a pesquisa não retratava a realidade. Tirou literalmente da reta e ficou o nosso.

  7. Dr Bactéria disse:

    Mas eu acho é que deveria mais é liberar mesmo. Saúde, em terra de índio, custa os olhos da cara. Paga quem pode, quem não pode que vá ao SUS. E se o SUS não atende, que prepare a bagagem para a viagem ao além. Chocado? Imagine, não há motivo. Isso é Brasil. Vamos assumir de uma vez que a opção pelo PT assistencialista foi um ero monumental. E vamos pagar com a vida por isso, se for o caso. Viva a filosofia!

  8. Romanelli disse:

    A coisa hoje em dia já é MUITO enrolada (aliás, desde o Serra com o Plano mata o velho) ..ano passado saiu matéria em que dizia que os planos antigos AUMENTAVAM de acordo com os planos novos ..fato é que o governo marmitão vive enfiando novos procedimentos nos planos, e a conta normalmente é repassada ao incauto que não consegue assistência nem do Estado. Assim, todo ano não tem alternativa, tem que se submeter ao reajuste que NUNCA é explicado. Pra não me estender muito, peguemos apenas os últimos 5 anos(2010-14) onde o IPCA foi de 5,9-6,5-5,8-5,9-6,4 totalizando 34,5% , estes que deveriam servir de base pra correção no meio do ano pros exercícios de 2011-15. Problema é que os aumentos verificados foram de 7,0-8,0-9,0-9,7%-14,0% respectivamente, totalizando 57,5%, com um detalhe, ao menos até 2015 o dólar – que sempre é usado como desculpa pelos planos – tb não havia explodido ..fala verdade, é ou não é uma palhaçada, uma tremenda duma OMISSÃO do governo e ABUSO das empresas ?

  9. Sebastian Borges disse:

    Uma liberação geral só traria mais perda de credibilidade para este governo e um aumento substancial de usuários no SUS. Isso já está ocorrendo na rede publica de ensino.E nem sabemos ainda o tamanho dos problemas que a Zika trará para o atendimento publico.

  10. Luiz Alberto de Souza Ferreira disse:

    Se depender da Caca Civil e da ANS os “lobistas ” já podem passar no “caixa ” para …
    Que tal uma CPI para abrir a ” Caixa Preta ” das operadoras dos Planos de Saúde ? Com certeza será um “velhocídio ” para os indefesos aposentados.

  11. Marcelo disse:

    Não duvido nada que esse governo, que faz as vontades das empresas e entidades internacionais faça a vontade dos lobby dos planos de saúde individuais.

  12. É lamentável que neste momento grave pelo qual passa a nação brasileira, só se fale em aumento e nada se apresenta para a solução. Não será sempre o povo que vai pagar essa conta da incompetência do Governo Central. É preciso as ruas outra vez para que agora possamos entregar uma pauta de reinvindicações claras para que o governo comece a pensar na vida de cada cidadão que está apertado de todos os lados e com desemprego batendo à sua porta. Já vamos bater nos 2 dígitos. É preciso pulso firme e coragem para tirar o país dessa crise de falta de competência e caráter de um governo sem rumo e sem vontade de realizar nada, absolutamente nada, só falácia. Enquanto a conta da vida do Brasileiro só aumenta todos os dias. Energia, Alimentos, Habitação… enfim. É chegada a hora de despertar e dá uma GRITA forte para acordar a todos!

  13. josé disse:

    A saía de pessoas dos planos de saúde ,vai aumentar muito ,qual pessoas com mais de 55 anos e aposentados é impossível pagar um plano de saúde nesse Pais ,tem que encarar a rede pública de saúde já FALIDA ,a maioria do cidadão só consegue um convênio , aqueles que estão trabalhando, e há um convênio médico em suas empresas ,o mesmo ter que pagar do próprio bolso para si e a família fica impossível com esses preços.
    Tem que encarar as UPAS e Hospitais públicos.
    Sorte os que tem esses recursos juntos as suas empresa,que estão empregados.
    Agora os desempregados e suas familias ,como ficam.

    QUE PAIS É ESSE?

    ESTÁ NA HORA DO POVO ACORDAR .
    SE NÃO, A VITIMA PODE SER VOCÊ.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

 
2016-05-31 20:42:17