aki

cadastre-se aqui
aki
Política
08-07-2018, 14h22

Moro não pode se rebelar contra desembargador que mandou soltar Lula

Juiz não pode agir no lugar do Ministério Público
46

KENNEDY ALENCAR
BRASÍLIA

Cabe ao Ministério Público Federal a competência para apresentar recurso e contestar a decisão do desembargador Rogério Favreto, do TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região), que atendeu ao pedido de habeas corpus para libertar hoje o ex-presidente Lula.

Não cabe ao juiz federal Sergio Moro se insurgir contra essa decisão. Moro não pode substituir o Ministério Público Federal. Tampouco pode agir para atrasar a ordem de soltura devido à orientação do presidente do TRF-4, Carlos Eduardo Thompson Flores, para consulta ao desembargador Pedro Gebran Neto, que seria o relator natural do caso do ex-presidente da República.

As ações de Moro e Thompson Flores demonstram parcialidade. No caso de Moro, sempre é um desserviço à Lava Jato quando ele age politicamente. Admitir insurreição de um juiz contra uma ordem de um desembargador desorganiza o Poder Judiciário.

Rogério Favreto chegou ao TRF-4 de acordo com as normas legais, que preveem concurso e indicações, como o quinto constitucional. Desqualificar Favreto porque, no passado, ele foi militante do PT é errado. Ele está no pleno exercício de uma função no Judiciário, assim como Moro, Thompson Flores e ministros do STF indicados em diferentes governos, como Gilmar Mendes, Dias Toffoli, Alexandre de Moraes e Cármen Lúcia.

Não se pode questionar as pessoas com base nesse tipo de argumento. O questionamento cabível é quanto à consistência ou não da decisão de Favreto. E quem deve fazer isso é o Ministério Público.

Após as escaramuças entre Moro e Favreto, houve recurso do Ministério Público Federal. Esse é o caminho constitucional previsto para contestar a decisão do desembargador Favreto. Isso tem de valer para Lula e para qualquer outro cidadão.

Aplicar a Constituição e a lei de acordo com parcialidade, levando em conta o nome na capa do processo, como costuma dizer o ministro Marco Aurélio Mello, é admitir uma ilicitude. Aliás, Marco Aurélio está entre aqueles integrantes da comunidade jurídica que entendem que a prisão de Lula contraria a Constituição.

Ouça abaixo o comentário feito por volta das 13h40 na rádio CBN. Outros capítulos dessa briga de foice no TRF-4 e no Judiciário devem acontecer ao longo da tarde e dos próximos dias. Por volta das 14h20, surgiu notícia de que Gebran Neto avocou o caso e mandou manter Lula na prisão. Mais capítulos são esperados. A conferir.

Comentários
46
  1. VIVA A LAVA JATO, A ÚNICA ARMA ATUAL DO POVO, DOA A QUEM DOER - EM 2018 TEREMOS OUTRA ARMA : O VOTO! disse:

    Olha, Kennedy, com todo o meu respeito, estou decepcionado com você. Se o Moro não pode se manifestar contra decisão de juiz partidário, defensor de bandido condenado em duas instâncias judiciais por crime “comum” (corrupção e lavagem de dinheiro) – mais você, jornalista, integrante de emissora de comunicação respeitável, apartidária, deveria tomar tal posição. Defender bandido roubador de cofre público é vergonhoso! Eu continuaria a ter um ótimo conceito de seu trabalho jornalístico imparcial, e creio que corroborado por milhões de brasileiros, se visse esse comentário publicado em seu blog. É muita gente morrendo nas filas do SUS, por falta de segurança pública, saneamento básico, educação, alimentação, moradia etc, por falta dos bilhões de reais roubados dos cofres públicos por figuras como Lula, Temer, Aécio, Renan, Jucá, e outros ladrões de cofres públicos, Kennedy, e é um crime igual continuar apaniguando esse tipo de gente travestida de “representante do povo”!

    • Marcos holanda disse:

      Concordo com a crítica feita ao Jornalista, todavia, o colunista poderia ter sido crítico também com a decisão monocrática de um desembargador, em regime de plantão, que ofendeu sim o princípio da colegialidade e até mesmo o regimento interno do TRF4. Ademais, deveria haver menção também pelo fato de se impetrar um HC, justamente em regime de plantão a um desembargador que tem forte ligação com o PT e que convenhamos utilizou-se um fundamento absolutamente duvidoso. Se assim for, todo preso poderia requerer a liberdade e informar que será candidato a algum cargo eletivo.

      • Faço minhas suas palavras, o jornalista está tentando virar torcedor, condenar as irregularidades do juiz Moro, que considero pertinentes, entretanto nada comenta sobre a decisão absurda e fora da legislação do desembargador. Se o jornalista quer praticar jornalismo deveria por obrigação ser imparcial, ou se informar melhor se não conhece o assusto, mas não virar torcedor de uma parte. Sugiro ao mesmo consultar os comentários do Dr. Walter, aqui mesmo na CBN.

      • Rogerio D Maestri disse:

        O HC era baseado na não permissão que estava sendo dada a Lula de se manifestar mesmo gravando vídeos de dentro do cadeia.
        Há milhares de vídeos de prisioneiros, até aqueles que já foram julgados no Supremo e condenados, que gravam coisas dentro da cadeia (principalmente em programas populares) em que os prisioneiros se manifestam.
        Ou seja, o desembargador não estava questionando o julgamento, mas sim o impedimento de Lula se manifestar quanto as eleições.

    • Edi Rocha disse:

      Fato é que o desembargador que estava de plantão emitiu uma decisão judicial e a decisão não foi cumprida. O juiz Moro (que não tem nada haver com o processo e estava de férias) chamou outro da mesma hierarquia para bater de frente, porque iriam libertar o “seu preso”.
      .
      Resumindo: Desobecer ordem judicial para prejudicar Lula, pode!!!
      .
      Culpa do STF que não zela pelo cumprimento da Constituição. Ninguém sabe mais o que é que vale nas leis desse país.

    • Paulo Comprido disse:

      Amigo só quero te fazer uma pergunta posso? Você é jurista? Como todo meu respeito você não tem qualquer conhecimento jurídico.

      Paulo Comprido

  2. Nelson Cunha disse:

    O “ quinto” é um absurdo e nada republicano. Favreto e Levandovsky são advogados elevados a desembargadores por indicação política. Ganham acesso ao privilégio sem prestar concurso. Olha aí o resultado. O juíz deixa de ser imparcial e passa agir à mando de quem o indicou. Independentemente do caso Lula , isto tem que acabar. Juíz? Só via concurso.

  3. Acho muito certo deixar preso o Lula, ele não é o juiz titular da Lava Jato. O desembargador deveria comentar antes com seus colegas. Kennedy seus comentarios pro lula você não imparcial.

  4. Tiago disse:

    É interessante que aqueles que desqualificam o desembargador Rogério Favreto pelo seu passado no PT não desqualificaram o Alexandre de Moraes – que na semana passada negou um recurso de Lula – pelo seu passado recente no PSDB, inclusive tendo ocupado cargo no governo de Geraldo Alckmin (adversário político de Lula).

  5. mariza disse:

    Kennedy, talvez o Juiz Moro tenha se insurgido contra a decisão do Desembargador Rogério Favreto (vinculado ao PT por 20 anos), o qual optou por agir de forma POLITICA e PARCIAL na soltura do Lula. Acho que você tem esquecido de usar a palavra PARCIAL e POLITICA nas decisões de Dias Toffoli, que mandou para casa José Dirceu, seu ex chefe e réu condenado 2 vezes pelo crime que envolve dinheiro de contribuinte.

    • Tiago disse:

      Porque de forma política e parcial? Pelo seu raciocínio, Favreto e Toffoli devem sempre decidir contrariamente ao Lula e ao PT, senão estarão sedo “políticos e parciais”. Cadê a discussão sobre o mérito das decisões?
      Você também acha que Alexandre de Moraes (com um passado tucaníssimo) agiu de forma “política e parcial” quando decidiu manter Lula preso na semana passada ou o seu raciocínio vale apenas para o PT?

  6. Bruno disse:

    Texto equivocado. Falta interpretar corretamente o despacho do Moro, cuja íntegra está disponível em:

    https://veja.abril.com.br/politica/em-despacho-moro-diz-que-desembargador-nao-pode-soltar-lula/

    • Marcos holanda disse:

      Concordo com você Bruno. A leitura do despacho do Juiz Moro é muito clara no sentido de apenas requerer manifestação ao juízo natural da causa (relator da 8ª Turma) solicitando orientações em como proceder, meramente, como um juízo de cautela.
      Não se afrontou, de modo, algum a decisão proferida pelo Desembargador plantonista que com o devido respeito, utilizou-se de argumento extremamente frágil e sem amparo legal, vez que contraria dispositivo do Regimento Interno do TRF, bem como o princípio da colegialidade.
      E sejamos sinceros, após a apreciação de tantos recursos e HCs e todos indeferidos, soa muito estranho um desembargador, que não é o juiz natural, não atua com matéria penal, resolver conceder o deferimento do HC.

    • p/Bruno - VIVA A LAVA JATO, A ÚNICA ARMA ATUAL DO POVO, DOA A QUEM DOER - EM 2018 TEREMOS OUTRA ARMA : O VOTO! disse:

      O despacho de Moro é perfeito. Dos ministros do STF atualmente apenas Luiz Fux e Rosa Weber são juízes de carreira! Um absurdo esse tal de 5º constitucional! Há uma PEC 434/09 para mudar isso: o STF indica 6 nomes para o presidente, que escolhe 1 e envia ao Senado para aprovação, com 3/5 de votos. Melhoraria muito pois evitaria figuras como Gilmar, Toffoli, Lewandovski, Favreto! O ex-presidente Fernando Henrique, em 2002, nomeou Gilmar Mendes, advogado-geral da União; na época, o professor Dalmo Dallari escreveu, na Folha de S. Paulo: “Se essa indicação vier a ser aprovada pelo Senado, não há exagero em afirmar que estarão correndo sério risco a proteção dos direitos no Brasil, o combate à corrupção e a própria normalidade constitucional”. O professor Dallari estava certo e, o pior, não é só o Gilmar, não!

  7. Sergio Matos disse:

    Vivemos momentos históricos em nosso país. Nota-se clara perseguição política ao ex-presidente. A elite do Brasil não quer Lula novamente no Palácio do Planalto e faz de tudo para impedir que ele dispute o pleito. Esses juízes estão em conluio com os que tentam impedir Lula de concorrer. mais claro do que isso impossível!

    • Mariza disse:

      Equivocado é quem pensa que o Lula é um perseguido político. O crime cometido por Lula é de corrupção.

      • Tiago disse:

        O fato é que as “provas” e “evidências” usadas por você , pelo Moro e pelos desembargadores para afirmar que Lula cometeu “crime de corrupção” servem para acusar qualquer pessoa, inclusive você, de ter cometido “crime de corrupção”. Aliás, por essa lógica odiosa, qualquer pessoa pode ser acusada de qualquer coisa, de acordo com as conveniências de quem quer acusar.
        Meu Deus, é fim dos tempos.

  8. walter disse:

    Caro Kennedy, o favreto é oportunista e petista; não poderia passar por cima, da decisão do colegiado, ao qual esta lotado como plantonista; o Dr Moro só se pronunciou, já que no oficio de soltura, estavam citando seu nome, o que permitiu sua argumentação…esta história de alguns deputados, solicitarem em sigilo,o habeas, sem os Advs do lula, para transformar em surpresa a todos, sabendo do plantão do desembargador no TRF4, só pega mal ao lula; isto lembra o terço que o lula “recebeu” do Papa…vão tentar agredir mais uma vez, o Juiz da lava jato, de nada adiantará; esta claro, que não aceitam qualquer decisão, que contrarie os interesses do condenado…o lula se deu conta, que preso, não pode pressionar o STF, por isso tanta pressa… felizmente para a sociedade, não logrou êxito, pelo contrario, começa a ficar claro, que todo cuidado é pouco, quanto ao ex presidente; não segue regras p/ NADA…

  9. João Marcos Emerenciano disse:

    Parabéns pela sua imparcialidade. Você para mim é o melhor da CBN. Pena que não estás mas no horário da manhã.

  10. Jonas disse:

    O Moro se acha uma estrela. Ele teve a imagem e o ego inflados pela imprensa e agora acha que pode se meter e dar palpite em tudo, mesmo estando fora de sua alçada.
    Ele confraternizou várias vezes com membros do PSDB e evitou investigar o período do governo FHC, já contra Lula vale tudo.
    Fica claro que Moro é um juíz político e Lula é um prisioneiro político.

    • Mariza disse:

      Corrupto virou preso político. E o que você acha da decisão política e parcial do Desembargador Favreto integrante do PT por 20 anos.

      • Jonas disse:

        Deve ser tão política e parcial quanto a decisão do juíz do STF Alexandre de Moraes, ainda filiado ao PSDB, que favoreceu o Aécio e puniu o Lula.
        Mas aí “é diferente” por algum motivo exdrúxulo, não é mesmo?
        E diga-se de passagem, chamam o Lula de corrupto mas nunca apresentam provas concretas, ficam só insinuando, já contra o Aécio há um aeroporto de R$ 14 milhões em propriedade privada mas pago com dinheiro público, além do Aécio ter sido pego EM FLAGRANTE pedindo R$ 2 milhões em propina e indicando o receptor (seu primo), que foi seguido e pego com o dinheiro.
        Mas apesar das provas irrefutáveis contra Aécio nada irá acontecer com ele, já Lula foi preso sem o processo sequer ter terminado de tramitar na segunda instância, o que é ilegal. Mas no Brasil o judiciário não segue a lei, que é diferente entre tucanos e petistas. No caso dos tucanos a lei é violada para liberar os réus, já nos petistas a lei é violada para prender.

    • p/Jonas. - É PRECISO FAZER UMA FAXINA GERAL NO SENADO E CÂMARA FEDERAL, NAS ELEIÇÕES! disse:

      Juiz não “investiga” nada, meu caro. Juiz só age quando é provocado. Moro é provocado toda vez que percebe algum defensor de corrupto querer embaçar o trabalho de combate à corrupção. Quem poderia (e deveria) ter investigado os governos do PSDB anteriores aos do PT, era o PT, desde quando lula assumiu pela primeira vez. Aliás, o combate à corrupção sempre foi bandeira de Lula. Só que, no poder, preferiu virar corrupto também e, ironia do destino, mais corrupto que Maluf, o corrupto que lula sempre atacou durante anos. Quanto a lula ser preso político, meu caro, pelo que consta, “CORRUPÇÃO E LAVAGEM DE DINHEIRO” são crimes comuns: iguaizinhos aos crimes do Fernandinho Beira Mar, Marcola etc. Só que muito mais graves, pois matam brasileiros às bateladas, nas filas do SUS, principalmente; por falta de saneamento básico, educação, segurança pública, alimentação, moradia – por falta dos bilhões roubados dos cofres públicos por gente como lula, temer, aécio, jucá, renan, cunha, cabral etc.

      • Jonas disse:

        Moro não se porta como juiz, mas sim como uma mistura de promotor e estrela de cinema.
        A lava-jato começou em 2014, então dava para investigar tudo a partir de 1999, ou seja, dava para incluir todo o segundo mandato do FHC, mas a lava-jato manobrou para evitar isso e fixou as datas iniciais da investigação para pegar apenas o período petista, apesar do Emílio Odebrecht dizer nos depoimentos que a corrupção já ocorria há 30 anos. Existem provas e delações contra Aécio, FHC e o tesoureiro do PSDB mas nenhum deles foi ou será incomodado, mas enquanto isso o Dallagnol chegou a fazer greve de fome pela prisão do Lula, o que mostra a total parcialidade e partidarismo da lava-jato.
        Contra o Aécio existem muitas provas irrefutáveis, já contra Lula existem acusações sem provas, ou como disse o Dallagnol: “não temos provas, mas temos convicção”.
        E seria fácil pegar o FHC (e seu filho) por “CORRUPÇÃO E LAVAGEM DE DINHEIRO”, igual ao Fernandinho BeiraMar, mas não há interesse nisso pela “justiça”.

        • p/ Jonas - VIVA A LAVA JATO! CADEIA NOS CORRUPTOS, DOA A QUEM DOER! disse:

          No seu raciocínio a Lava Jato tem o ônus de investigar os corruptos desde o ano 1500! Os dois governos lula deveriam ter investigado os governos de FHC! Era bandeira de lula o “o combate à corrupção”- Maluf que o diga! Quando lula não era governo atacava os corruptos, principalmente Maluf. No governo… gerou Mensalão e Petrolão. E é por isso que está no cadeião! Aliou-se aos corruptos que o antecederam e “institucionalizou” a corrupção no país! A corrupção existia, porém de forma mais velada, disfarçada, com lula tornou-se o tempo dos “aloprados” (aliás a expressão é dele!). Ele mesmo chamou seus aliados corruptos de “aloprados”. Queria dizer “os que abraçam os pés com as mãos”. Foi um “liberou geral” para a corrupção. Aparelharam tudo, com divisões entre PT e aliados do PT. É por aí. O resto todo mundo sabe. Ninguém pode negar que Temer, Aécio, Jucá, Renan e todos os semelhantes merecem o mesmo que lula, porém, creio, “há tempo para todas as coisas”!

    • Diego José da Rosa disse:

      Estranhamente Jonas aqueles que criticam a postura do desembargador “petista” não o fazem no caso de Alexandre de Moraes, que por anos foi integrante dos governos tucanos paulista, que não concedeu o HC a Lula, quem pode garantir que ele fez isso para beneficiar Geraldo Alckmin, adversário de Lula nas eleições.

  11. ANDRE disse:

    O juiz Sergio Mouro é um anti-republicano, afronta todo o estado de direito, age como se fosse dono do judiciário, se acha acima de tudo e de todos. Desrespeita toda a hierarquia do judiciário, sob o olhar vacilante do STF. Da mesma forma que o Brasil não deve precisar de salvadores da pátria, papel que se dá ao Lula, também não precisa de justiceiros parciais, transvestidos de juízes. Rui Barbosa já dizia: “De todas as ditaduras, a pior é a do judiciário”.

  12. Javam disse:

    Se ainda existir um mínimo de decência no Poder Judiciário, MORO E O TRF4 DEVEM SER AFASTADOS DA CONDUÇÃO DE TODOS OS PROCESSOS QUE ENVOLVAM O EX-PRESIDENTE LULA. O que se viu ontem foi a demonstração cabal de parcialidade, voluntarismo, quebra de hierarquia do devido processo legal. NINGUÉM ACREDITA MAIS NO PODER JUDICIÁRIO, levará anos a fio para recuperar um mínimo de credibilidade.

  13. R. ( POA) disse:

    É inacreditável o que está acontecendo.

    Uma decisão consolidada de um colegiado do mesmo tribunal, com voto de todos contra o réu e ainda com aumento de pena.

    Mais impressionante nisso tudo, é que : porque não foi solicitado antes por outro desembargador de plantão? Nesses últimos meses não teve outro desembargador plantonista?

    O que estamos assistindo hoje, contrariando o prestigiado jornalista foi uma tentativa clara de manipulação embasada em uma manobra considerando hierarquia judicial.

    Manobra clara.

    É patético insistir no contrario, é patético desviar o foco do assunto sobre o desembargador ser militante ou não do PT.

    Para finalizar vou repetir o que escrevi acima: : porque não foi solicitado antes por outro desembargador de plantão? Nesses últimos meses não teve outro desembargador plantonista?

  14. Rogerio D Maestri disse:

    O instituto do Habeas Corpus prevê que qualquer juiz dentro da sua competência pode no momento que solicitado acolher ou não um HC que tenha ou não sido proveniente de uma decisão monocrática ou colegiada. E EM NENHUM MOMENTO os juízes e desembargadores quando lhes é solicitado um HC consultam o juiz ou o colegiado que emitiu a sentença.
    Isto são coisas básicas no direito que qualquer pessoa com o mínimo conhecimento jurídico sabe, qualquer argumento contra estes fatos é totalmente FALSO.
    Se na análise posterior do mérito do HC quem julgar achar que ele foi improcedente ele revoga o HC. O que foi feito foi totalmente ILEGAL.

  15. PARABENS “DESEMBARGADOR” ROGÉRIO FAVRETO…

    V.Excia. acaba de provar que os semelhantes se atraem, AO TENTAR LIBERTAR O EX-PRES.LULA, PRESO POR SER O PRINCIPAL CORRUPTOR DA SOCIEDADE BRASILEIRA: PROVA TAMBÉM QUE CADA POVO TEM O GOVERNO QUE MERECE, SEGUNDO AS OBRAS DOS DIRIGENTES QUE ESCOLHE.
    ESTEJA CERTO DE QUE DEUS LHE RETRIBUIRÁ REGIAMENTE POR TODO O MAL QUE TENCIONOU NOS FAZER.
    AGORA, POIS, ARREPENDA E RENUNCIE AO CARGO QUE EXERCE INDEVIDAMENTE; POR ESTAR CORROMPIDO E CORROPENDO.
    Israel

  16. Alberto disse:

    Concordo em gênero,nº e grau com o comentário do sr/sra que assina como LAVA JATO,dos srs Marcos Holanda,Nelson Cunha e Walter e da sra/srta Mariza. A malandragem político/judicial “deu com os burros n’água” e continuam “Esperando Godot”.

  17. Igor Goretti disse:

    Vergonhoso…ao invés de focar na manobra arquitetada por PT e um desembargador comprovadamente com interesses particulares e pessoais na soltura de um prisioneiro em segunda instância, foca em um ponto secundário da questão. O PT esperou a copa terminar para o país para fazer essa balburdia. Critique o comunicado de Moro, mas antes dê destaque ao que deve ser destacado e ao absurdo que levou à tal: A MANOBRA ARQUIETADA! O problema não é ser parcial, e sim se intitular imparcial quando não é!
    Leia ao menos as críticas de quem prestigia seu blog e reflita sobre elas

  18. PARABENS “DESEMBARGADOR” ROGÉRIO FAVRETO…

    V.Excia. acaba de provar que os semelhantes se atraem, AO TENTAR LIBERTAR O EX-PRES.LULA, PRESO POR SER O PRINCIPAL CORRUPTOR DA SOCIEDADE BRASILEIRA: PROVA TAMBÉM QUE CADA POVO TEM O GOVERNO QUE MERECE, SEGUNDO AS OBRAS DOS DIRIGENTES QUE ESCOLHE INCONSCIENTEMENTE.
    ESTEJA CERTO DE QUE DEUS LHE RETRIBUIRÁ REGIAMENTE POR TODO O MAL QUE TENCIONOU NOS FAZER.
    AGORA, POIS, ARREPENDA E RENUNCIE AO CARGO QUE EXERCE INDEVIDAMENTE; POR CONFESSAR ESTAR CORROMPIDO E CORROMPENDO.
    Israel

  19. walter disse:

    Acredito neste País caro Kennedy; não será através de golpes jurídicos, que a nossa sociedade, encontrará justiça; não há qualquer ato do PT nos últimos tempos, a partir do momento em que os seus personagens foram inquiridos; alguns condenados, como o lula paciente até então, tenham sido responsáveis por condutas sóbrias; fazem questão, de tentar causar a qualquer custo, ao sistema; não conseguem seguir a LEI, tentam demonstrar, que estão acima do direito; o País é de todos os brasileiros; nosso sistema tem que mudar, acabando com estes vícios graves; punir qualquer um, que afronte o judiciário, sem qualquer critério; um magistrado, não pode agir como moleque de recados, acionado por deputados irresponsáveis eleitos pelo Povo; este trança pés, deve ser extirpados do sistema político com urgência, dos outros dois poderes também; precisamos ter dispositivos, que punan os excessos, sejam lá quem quer que sejam; um brasil limpo e democratico; precisamos que nossa democracia se mantenha…

  20. Anderson Guimarães disse:

    Concordo com seu comentário Kennedy. Respeito muito seus comentários e esse mais uma vez vai ao ponto. Por mais que a situação esteja arbitrária, decisão judicial deve se cumprir. Se fosse assim, os juizes federais poderiam se recusar a soltar os amigos de Gilmar. Isso não aconteceu, porque goste ou não a lei diz que deve ser cumprida. Moro quer apareceru e enquanto brasileiros colocarem ele como estrela, estamos fadados a perecer na exceção.

    • Gilson disse:

      O ocorrido no domingo gerou críticas à ação do Moro que impediu uma irregularidade de ocorrer. Isso me fez imaginar a seguinte situação:
      Imagine  que vc descobre que teu vizinho abusa de menores dentro de sua casa. Vc invade a casa filma discretamente e usa o vídeo para fazer uma denúncia. Aí o juiz ignora o abuso de menores e te condena por invadir a residência alheia e por violar a privacidade dos outros. Tem especialistas fazendo este tipo de análise do caso.

  21. Sebastiao Augusto Canabrava disse:

    Sem entrar no merito, e’ o cachorro que abana o rabo e nao o rabo que abanda o cachorro. Moro e’ juiz e nao promotor. E e’ juiz de primeira instancia. O Frave (independente de concursado ou nao, constitucionalmente e’ desembargador. Assim como Alexandre Moraes e Gilmar Mendes tambem nao sao concursados e sao ministros) esta’ um nivel acima na hierarquia da justica. Moro caiu na armadilha: deu provas de que e’ parcial. Ele nao poderia (conforme a legislacao) reagir como reagiu. Ainda mais, estando de ferias, no exterior.
    Sera’ que todo juiz, de ferias, fica monitorando quem ele condenou?

  22. Fabio disse:

    Caro Kennedy, não é de hoje que o Moro mostra a quem serve e que ele é apenas um instrumento contra o PT e contra a democracia.
    Se fossemos um país serio, Moro, Gebran e o Thompson já estariam presos, assim como o Delegado da PF que nao cumpriu a ordem judicial.
    Como somos um país ridiculo, esses juizes golpistas fazem o que fazem e ainda tem tantos brasileiros que batem palma para esses que rasgam a Constituição e aplicam suas proprias opinioes, jogando o sistema legal juridico no lixo.

  23. Wellington Alves disse:

    Usurpar é o modus operandi de Moro na Lava-Jato. Ele mesmo acusa e ele mesmo julga. Espero punição pela recusa em obedecer ordens de cima.

  24. Alberto disse:

    Realmente há uma grande diferença entre ver e enxergar.Parturiunt montes,nascetur ridiculus mus.Choradeira dos devotos e lamentações das carpideiras.

  25. FABIO disse:

    Não entendo pq vem tanto manifestoche aqui … deveriam frequentar os Blogs da direitona.

  26. JORGE FERNANDO OLIVEIRA disse:

    Boa Noite keneddy, o que você acha do parecer da Ministra Laurita Vaz do STJ
    . Não vi nenhum comentário seu sobre isso. Abraços.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

 
2018-07-17 20:12:22