aki

cadastre-se aqui
aki
Política
18-05-2017, 8h19

Movimento por eleição direta ganhará força

Em pleito indireto, há especulações sobre Cármen Lucia e Gilmar Mendes
13

KENNEDY ALENCAR
BRASÍLIA

Com a mais grave crise do governo Temer, ganhará força o movimento por eleição direta para Presidência da República. Ontem, já houve protestos espontâneos nas ruas. De agora em diante, haverá manifestações organizadas pedindo “Fora, Temer”.

Tem relevância o argumento de que só as urnas poderiam legitimar um novo presidente. Portanto, essa pode ser uma saída para a atual crise.

Outro desfecho seria uma eleição indireta no Congresso para escolher alguém que cumpra o resto do atual termo presidencial. Deputados e senadores já debatiam ontem à noite o cenário no qual o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) aceleraria a cassação da chapa Dilma-Temer, punindo igualmente a petista e o peemedebista. Ou seja, o cenário favorável a Temer no TSE não seria mais realista.

Com a cassação da chapa, haverá discussões para que a saída seja via eleição indireta no Congresso ou por meio de pleito direto. Um eventual processo de impeachment pode ser demorado demais para a gravidade do momento, mas também pode ser um caminho, apesar da solução via TSE ser mais provável na opinião de parlamentares.

No caso de eleição indireta via Congresso, havia especulação ontem sobre dois nomes do STF (Supremo Tribunal Federal): Cármen Lúcia e Gilmar Mendes.

Cármen Lúcia teria mais facilidade para obter apelo popular. Gilmar seria mais forte no Congresso porque ele tem feito contrapontos à Lava Jato. Mas outros nomes podem surgir se o desfecho caminhar para uma eleição indireta no Congresso. E ainda há dúvidas sobre os critérios para que uma pessoa se habilite à tal candidatura.

*

Reação de Temer

Em conversa reservada ontem, o presidente Michel Temer disse que pediria hoje à presidente do STF, Cármen Lúcia, acesso à gravação de Joesley Batista para poder se defender. Havia clara ciência da parte de Temer da gravidade da crise.

O presidente disse que estava vivendo o pior momento de sua vida, que resistiria até o fim e que não renunciaria. Usou as palavras “conspiração” e “armação” para se referir à gravação do empresário Joesley Batista.

A um interlocutor, contou que Joesley telefonou diversas vezes até que ele marcasse o encontro. Admitiu que o empresário falou que estava dando ajuda financeira a Eduardo Cunha e à família do ex-presidente da Câmara.

Segundo Temer, ele fez o comentário sobre a manutenção dessa ajuda no sentido de solidariedade e não como alguém que estaria mandando ou avalizando comprar o silêncio de Cunha.

A depender do que estiver na gravação, a versão de Temer ruirá ou se confirmará, mas a Procuradoria Geral da República entende que o atual presidente cometeu um crime no exercício do cargo e que pode ser investigado e processado por isso.

*

Sustentação perdida

Do ponto de vista político, o atual governo dificilmente conseguirá se sustentar. Temer e o governo perderam força para aprovar a agenda de reformas econômicas. O presidente estava perto de votar a reforma da Previdência na Câmara e de aprovar a trabalhista no Senado. Agora, não há clima para isso.

Sem força política para tocar essa agenda, o atual governo dificilmente terá condição de continuar no poder, porque tende a ficar sem apoio do Congresso e do empresariado _ainda pesa contra a popularidade muito baixa.

O presidente tem todo o direito de se defender. É preciso ver ao longo de hoje e dos próximos dias quais serão os desdobramentos, mas o cenário mais provável é de queda do atual governo, até porque essa crise agrava as dificuldades na economia, que já anda mal das pernas.

*

Debate jurídico

Havia discussão sobre denunciar Temer por crime de responsabilidade com base no inciso 2 do artigo 85 da Constituição Federal. Por esse artigo, um presidente pode ser processado por crime de responsabilidade se impedir o livre exercício do Judiciário e do Ministério Público.

A interpretação de aval à compra de silencio de Cunha poderia sustentar a acusação de crime de responsabilidade. Deverá haver contato da Procuradoria com o Supremo para definir os próximos passos em relação a Temer, até porque um processo teria de ser autorizado pela Câmara. Não é um caminho rápido.

*

Fulminado

Politicamente, o senador Aécio Neves está fulminado. O presidente do PSDB deu início à contestação da legitimidade da vitória do PT em 2014, patrocinou a ação no TSE da cassação da chapa Dilma-Temer e fez um discurso de combate à corrupção que desmorona ao ser flagrado numa situação que o coloca numa posição indefensável do ponto de vista ético e político.

O diálogo narrado a respeito da gravação de Joesley é mortal politicamente. Não tem condição de continuar a presidir o PSDB. Afastado do cargo de senador, Aécio é o primeiro tucano a ser atingido dura e frontalmente pela Lava Jato.

Ouça o comentário no “Jornal da CBN”:

Comentários
13
  1. Edi Rocha disse:

    Não tem defesa para Temer ou Aécio (e quem mais estiver na mesma situação nessa investigação). Os dois estão fulminados. Acabou!!!
    A situação é gravíssima e precisa de ação do judiciário urgente.
    .
    Outra coisa, a fala de Aécio sobre “alguém que possa matar antes de fazer delação”…

  2. mano disse:

    prezados: A prisão há 6 meses de Eduardo Cunha complicou a situação de Michel Temer e Aécio Neves. Ratifico neste comentário o que falei há vários dias neste conceituado blog. A democracia brasileira perdeu a grande oportunidade de cassar a chapa Dilma – Temer e realizar eleições diretas. Por enquanto, o único pilar que está de pé e sustenta a democracia é o poder judiciário, e que Deus o proteja.

  3. ALESSANDRE L NIZA disse:

    “Segundo Temer, ele fez o comentário sobre a manutenção dessa ajuda no sentido de solidariedade e não como alguém que estaria mandando ou avalizando comprar o silêncio de Cunha.”

    Estou surpreso com essa declaração!! Estupefato!

    Esperava que ele confessasse, que fosse claro em afirmar que mandou pagar mesmo, que o silencio do Cunha é a base de seu governo ilegítimo e que se ele desse com a boca no trombone seu governo terminaria.

    Não creio que ele negou !!!

    Decepcionado Michel, estamos decepcionados. Esperava maior sinceridade de sua parte.

  4. Joaquim disse:

    Por que o Temer recebeu este sujeito em sua casa? Por que foi falar de Eduardo Cunha com terceiros? Por que não expulsou o mesmo de sua casa assim que viu para onde estava indo a conversa?
    Por que não encheu a sala de testemunhas? Não adianta Temer você já foi, faça um bem ao pais e se retire. Deixa o congresso assumir a sua responsabilidade de fazer as reformas necessarias e arrumar o pais ou afunda-lo de uma vez.

  5. walter disse:

    A grande tristeza em tudo isso, caro Kennedy…é o prejuízo que teremos sem as reformas; dificilmente o congresso vai dar sequência as aprovações, só se houver outros motivos bem embasados; o Temer vai tentar se segurar, mais a denuncia de delação secreta gravada, vai acabar com qualquer outros facínoras, que estejam acreditando, que bons advogados vão livra los do calvário…o Palocci já esta colocando suas “barbas de molho”…o Aécio que decepção, equivale a um lula no psdb…terá que renunciar a presidência do partido…tenho uma certeza; quem mais ganhou com tudo isso foi o Lula, poderá ser candidato se as eleições forem este ano…se não acontecer mais delações contundentes contra o PT…sua sigla poderá ser cassada a qualquer momento, e isto o crucificaria, tirando qualquer chance, já que não há partidos expressivos para ir…

  6. Neto de Preso Político disse:

    O momento é propício para o judiciário fazer uma limpeza no sistema político brasileiro, metendo em cana os conhecidos criminosos políticos.
    Lula, Temer, Maia, Lobão, Calheiros, Aécio, Barbalho,Magalhães… e outra centena de vigaristas seriam presos e alijados da cena política.
    Tenho certeza que com a nomeação presidencial da Ministra Carmen Lúcia, o Brasil viverá em poucos meses melhores momentos, do que viveu com Collor, Fernando Henrique e Lula, em 27 anos.
    A hora é essa!
    Prisão aos traidores da pátria e do povo!

  7. Marcela Lima disse:

    Pelas atitudes recentes o Min. Gilmar Mendes demonstrou que não tem a menor equilíbrio de assumir um cargo desse porte.

  8. ANDRE disse:

    O que explodiu ontem como uma bomba, só nos causa espanto pelo ônus da prova, pois nunca esperei nada de diferente do presidente Temer, figura que transita no núcleo do PMDB a tantos anos, com tantas denuncias impedidas de serem investigados pela anterioridade ao mandato presidencial. O que esperar de alguém tão próximo de Sarney, Jucá, Moreira Franco, Padilha, Gedel, Jader Barbalho, Eduardo Cunha. Arrisco a dizer que é pior que todos estes. O que esperar de alguém que conspira sem pudores, que envia cartas com o cunho que enviou a Dilma, claramente golpista. De alguém que conduz estas reformas apenas pelo apego ao cargo e ao vil metal.

  9. ANDRE disse:

    Talvez um ato divino veio e nos permitiu expor de forma clara a nefasta figura do presidente, impedindo talvez estas reformas perversas contra o povo brasileiro, impedindo talvez que este plano de maldade intensa, apelidado de reforma previdenciária, capitaneada por este homem mau vá adiante. Temos que fazer uma menção honrosa, a estes cidadãos, donos da JBS, a despeito do que são e fizeram, por talvez ter nos dado a chance de barrar o maior projeto de desmonte de direitos e confiscos já visto neste país, que são estas reformas.

  10. Tulio disse:

    o Judiciário é o câncer a democracia nesse pais, desacreditado, envolvido em interesses políticos, se comportam sem transparência, sem imparcialidade, uma caixa preta!

  11. Ray Magno disse:

    Eleições diretas agora, antecipadas? Pra quê? Com quem?
    .
    Esses politiqueiros tupiniquins desse Brasil geograficamente grande e politicamente amebiano só trazem mesmo instabilidade e sofrimento a esse povo brasileiro.
    .
    Não validaram os direitos políticos da Dilma? E agora,vão querer jogá-la para escanteio por que está em julgamento com a chapa Temer? E não a querem mais presidenta…
    .
    E se a Lava Jato escalar os muros castelares dos ex presidentes? Outras comoções? Outras agonias para o povo?
    .
    Não esqueçamos do lenga-lenga desgastante do impeachment da Dilma.
    .
    Já pensaram Rodrigo Maia num mandato tapa-buraco, mas presidente? Ou o Gilmar Mendes?
    .
    Ou sobraria para a Carmem Lucia, não política, que ia segurar uma bomba no colo.
    .
    Deveríamos rezar para que os militares não interviessem? Ou sim, que interviessem dissolvendo o Congresso e permanecessem por algum tempo no poder? Remédio um bocado amargo.

    Sugestões: Acendamos uma vela para Deus e outra pro diabo. Ou deixem o Temer lá.

  12. Questionador disse:

    Onde está o movimento para aplicar o impeachment no Temer ?. Não bastou o Cheque Nominal, as propinas para a campanha presidencial e agora a tentativa de compra do silêncio do Eduardo Cunha ? Por menos que isso, os canalhas dos Deputados e Senadores já estariam pedindo a cabeça do Lula ou da Dilma, só porque são do PT. Por outro lado, a Rede Globo passa uma imagem de inocente, como se não soubesse das maracutaias do Aécio e sua corja. Todo o pronunciamento do Lula ou da Dilma, esta emissora mirava os holofotes e microfones para o Aécio, como se este fora alguma referência de honestidade ou exemplo de gestão pública. Vai chegar a vez da casa da rede Globo também cair !

  13. renata vieira disse:

    O Brasil está cada vez pior

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

 
2017-09-25 21:16:05