aki

cadastre-se aqui
aki
Geral
29-01-2018, 9h46

Proibir viagem de Lula causa dano externo ao Brasil

Certa elite reforça perda de influência internacional
18

KENNEDY ALENCAR
BRASÍLIA

A decisão do juiz federal Ricardo Leite, do Distrito Federal, que proibiu Lula de viajar à Etiópia, reforça a perda de influência do Brasil no cenário internacional. Essa queda de prestígio teve início no governo Dilma, que não dava bola para a área externa, e continuou na administração Temer, que adotou uma política pouco reconhecida internacionalmente.

Na cena mundial, Lula tem muito prestígio. Independentemente de gostar ou não do petista, de apoiar ou criticar a sua condenação pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região, o ex-presidente da República é um ativo internacional do país _sobretudo na questão do combate à fome.

O diretor-geral da FAO (Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura), José Graziano, disse que Lula participaria no fim de semana na Etiópia de uma mesa para debater programas africanos de compras locais de agricultores que foram inspirados numa iniciativa brasileira.

No governo Lula, um programa importante e inovador foi comprar da agricultura familiar alimentos para a merenda escolar. Graziano disse que os participantes do debate que discutiria projetos de sucesso no combate à fome sentiram a falta de Lula. A ausência do petista foi criticada por líderes internacionais da União Africana.

A proibição da viagem, abusiva e equivocada, porque o TRF-4 não viu nenhum problema e foi até avisado pela defesa do petista desse compromisso, contribui para a perda de influência do Brasil no mundo, especialmente onde o país tem forte projeção geopolítica, como no continente africano.

Além de a decisão judicial ter sido um erro doméstico, ela tem reflexo internacional negativo. É um retrato da incompreensão de certa elite sobre o papel que o Brasil poderia e deveria ocupar no mundo _certa elite que parece escravizada pelo auxílio-moradia e por uma política econômica que joga a conta do ajuste no colo dos mais pobres.

Comentários
18
  1. Andre disse:

    Penso a seguinte situação se o cara foge ou pede asilo e nao volta voce vai escrever na sua coluna que o Lula aproveitou a viagem e fugiu, acho que o Lula é influente e tal mais ele é um criminoso igual a outro.

    • Bastião Pingaruim disse:

      Corretíssimo caro sr André.

    • walter disse:

      Concordo caro Andre, não podemos abrir exceções, muitos aproveitam se para ganhar tempo na justiça; podemos não aceitar, mas a possibilidade do lula fugir é real…terá no futuro próximo outras questões indigestas do mesmo naipe…continuo a insistir, o plano do PT não logrou exito; estão enxugando gelo, com uma defesa ruim, que não acrescenta nada…se o lula é o ´próprio defensor de si, esta se condenado sozinho…terá que fazer concessões com urgência, quem sabe uma diligencia…seguir por caminhos agressivos com a justiça, já deu água…quanto a opinião internacional Kennedy, não acredito que condenem a justiça brasileira, já que esperam a regularidade ao país; esperam se justiça constitucional de fato, e esta oportunidades esta tendo amplamente…

    • Rodrigues disse:

      Amigão, para pedir asilo e só entra em qualquer embaixada não precisa sair do Brasil.

    • Edi Rocha disse:

      O órgão que o julgou não impediu a viagem dele. Outro juiz mais alguns procuradores, querendo aparecer, se intrometeram.

    • Analista Alpha disse:

      Mesmo condenado ele tem os direitos que qualquer cidadão tem enquanto em liberdade. Não foi decretada sua prisão, portanto, informando seu paradeiro ao TRF, agiu com transparência e foi obediente às leis.

    • Wellington Alves disse:

      Se ele quiser pedir asilo, não precisa ir até a Etiópia. Qualquer embaixada aqui mesmo cumpriria o objetivo.

  2. Fabio disse:

    Kennedy, o poder judiciário se tornou um partido, tal qual se alinhou a parte mais suja da politica nacional.
    Infelizmente.

  3. Valdir disse:

    Kennedy. Perfeita análise do ocorrido.
    Além de tudo o que foi muito bem explanado por você, observo que o racha político ideológico motivado pela mídia e que, infelizmente, acabou levando à equivocada Cassação do mandato de Dilma, vem criando certas incompreensões da realidade que estão presentes em todos os segmentos e todas as classes sociais.
    Explico. Até seria compreensível que um cidadão analfabeto se deixasse levar pela onda e desenvolvesse Ódio Mortal de determinado Partido, Ideologia ou Candidato. Mas é inadmissível que pessoas com nível considerável de estudo e experiência e até Juizes Federais, possam deixar o Ódio tomar o espaço da Sanidade. Prejudicar o seu país Drasticamente em nome de um Ódio Pessoal é algo Inadmissível.
    Concluo. Tenho 50 anos, Economista e Administrador. Vivi a Ditadura, Pobreza e Hiperinflação. Vi a Fome e a alta Mortalidade Infantil de perto. Desenvolvi então uma ideologia de Centro Esquerda. Nem por isto tenho Ódio do FHC, Serra, Aécio, Dória

  4. Wellington Alves disse:

    Esses promotores e juízes estavam na Paulista tomando champagne enquanto suavam sua camisa CBF/Nike oficial. Agora estão mostrando as asas. Em minha opiniao, a decisão não deveria ter sido cumprida. E o Brasil merece responder por sanções devido a essa arbitrariedade.

    • Francisco Viana disse:

      Descumprir órdem judicial é crime, se ele não cumprisse ai sim poderia ser decretada a prisão dele imediatamente.

      • Wellington Alves disse:

        O sistema precisa ser quebrado. É a única forma de reformá-lo. Os abusos do Judiciário precisam ser enfrentados de frente. Chega de baixar a cabeça.

    • p/Welligton Alves. disse:

      Ao ser julgado o recurso “embargos de declarações” ELE TEM QUE SER PRESO “IMEDIATAMENTE” – a Justiça não pode ser desmoralizada, protegendo corrupto já condenado em duas instâncias!

  5. Ray Magno disse:

    Claríssima a decisão. Tem mesmo que caçar o passaporte.
    .
    Há uma série de paradoxos na nossa legislação. Os Exmos juízes do Poder Judiciário já enfiaram os pés pelas mãos algumas vezes, concedendo habeas corpus ou liberdade a quem respondia por crimes. Tempos depois, o Governo teve que implorar o retorno dos tais. E quem pagou as despesas no passado e ainda paga até de traficantes? Nós, claro.
    .
    Como pode um brasileiro que responde a vários processos e com uma condenação de mais de 12 anos, estar solto por aí a fazer campanha para ser presidente do Brasil?
    .
    Paciência tem limites. Vamos parar com isso e sermos mais realistas. As leis também clamam por coerências. Perda de prestígio internacional é como futebol: Hoje perde e amanhã ganha. E fica tudo bem. É como manobras escancaradas e absurdas da bolsa de valores.
    .
    Há países que não estão nem aí para o Brasil, fazem barbaridades todos os dias e continuam
    na nossa pauta de parceiros comerciais elogiados.
    .
    Saudações

  6. Pedro Consentini disse:

    Deixe-me ver se entendi… em outros países, um sujeito condenado em segunda instância por corrupção não estaria na cadeia, mas sim viajando para participar de seminários no exterior… é isso? Ah tá.

  7. Direto ao assunto! disse:

    Influência positiva do Brasil no exterior não é com presença de um corrupto e sim demonstrando que somos um país com “vergonha na cara” – que põe na cadeia os políticos e governantes corruptos, doa a quem doer!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

 
2018-02-22 15:46:24