aki

cadastre-se aqui
aki
Entrevistas
09-04-2018, 21h02

PT decide registrar candidatura de Lula em 15 de agosto, diz Gleisi

Ela afirma que partido não abandonará "inocente"
5

KENNEDY ALENCAR
BRASÍLIA

A presidente do PT, a senadora Gleisi Hoffmann (PR), afirmou que o PT, em reunião da Comissão Executiva Nacional realizada hoje em Curitiba, decidiu que registrará em dia 15 de agosto a candidatura de Luiz Inácio Lula da Silva ao Palácio do Planalto. Em entrevista ao “Jornal da CBN – 2ª Edição”, Gleisi disse que o PT não abandonará a candidatura de Lula “porque ele é inocente”.

A senadora declarou que, porque é “inocente”, Lula tem o direito de disputar a Presidência. Afirmou que o PT perderia politicamente se cogitasse substituí-lo como postulante do partido.

Segundo ela, “se tudo correr bem”, será lançada ainda nesta semana uma frente política de esquerda unindo PT, PC do B, PSOL, PDT e PSB para defender “a soberania” e a “liberdade do presidente Lula”. A senadora afirmou que essa frente não será eleitoral. Avaliou que, neste momento, a tendência é que cada partido participe da eleição com seu candidato. No entanto, fez uma ressalva: “Pode ser que, lá na frente, transforme-se numa frente político-eleitoral”

Gleisi afirmou que “lamenta” a decisão da ministra Cármen Lúcia, presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), de votar o habeas corpus de Lula antes de ações de repercussão geral que questionavam a aplicação da pena de prisão após sentença condenatória em segunda instância.

Indagada se o PT não poderia se iludir novamente com o voto da ministra Rosa Weber, respondeu que espera que o STF seja guardião da Constituição e que “suas decisões sejam coerentes com posições definidas anteriormente”. Rosa Weber votou contra o HC de Lula alegando que não estava discutindo a tese. Agora, nos bastidores, dá sinais de que poderá votar a favor da prisão em segunda instância, contrariando entendimento tomado em outubro de 2016. Ou seja, votar do mesmo jeito no caso específico e na tese.

Questionada sobre a declaração do pré-candidato do PDT, Ciro Gomes, de que não foi a São Bernardo do Campo prestar solidariedade a Lula porque “não é puxadinho do PT”, a presidente petista disse lamentar. Declarou ter “muito respeito” por Ciro, mas considerou que “essa fala faz parte da personalidade, que fala sem avaliar”.

A senadora disse que será inocentada no processo que tramita no STF a respeito de caixa 2 para sua campanha eleitoral. Afirmou que a ação se baseia “apenas na fala de um delator” e que espera que o caso seja julgado ainda neste primeiro semestre.

Ela disse que recebeu relato de que Lula está “firme” e alojado em “instalações decentes”. Mas se mostrou preocupada com a dificuldade para que ele tome banho de sol e faça exercício. Gleisi afirmou que espera que seja autorizada amanhã a visita de dez governadores a Lula para prestar “solidariedade” ao petista, que, ela repetiu, teria sido condenado “sem prova”, “sem crime” e seria um preso político.

Ouça a entrevista, concedida por volta das 18h30 desta segunda-feira:

Comentários
5
  1. Justiça e vilipêndio! É preciso passar o país a limpo, doa a quem doer! Viva a Lava Jato! disse:

    Os defensores de Lula não acham absurdo o Gilmar Mendes mudar seu voto, mas acha absurdo se a ministra Rosa Weber mudar o dela, apesar que só há lógica a mudança do voto da ministra: ela acha que se deve seguir o que “está decidido pelo colegiado”! E o colegiado decidiu, em 2016, pela possibilidade de prisão após condenação em 2ª instância. Já o ministro Gilmar Mendes quer mudar o voto. Como pode alguém ter um entendimento e, 2 anos após, mudar esse entendimento? Não há dúvidas de que Lula, Temer, Jucá, Renan, Padilha, Moreira Franco e tantas outras coisas semelhantes devem fazer a cabeça de qualquer disenteria verbal e decrepitude moral…

  2. Carlos Macieira disse:

    O Lula e o PT não cansam de afrontar e debochar do que chamamos de justiça!!!

  3. walter disse:

    Kennedy, estão sendo inocentes ao extremo; este suposto capital político, não foi demonstrado nas caravanas…querem endeusar o lula tudo bem, mas coloquem uma gleisi para concorrer, tem pegada, e fará papel semelhante…será barrado, pelo ficha limpa, que foi sancionado pelo próprio em 2010; estão esquecendo, que o lula responde a mais uns dois processos com o Moro; não haverá guarida no Supremo; não adianta Marco Aurélio ou Gilmar, terão que se adequar a ordem do dia…sinceramente, continuam a seguir o que o lula acha, e vão complicar ao próximo candidato; terão pouca adesão, ao suposto substituto…se for realmente o haddad, não terá a pegada necessária, para agregar valores; morrerá na praia…

  4. ANDRE disse:

    Lula não conseguirá ser candidato , mas se manter a determinação de ser até o momento de registro, ganhará capital eleitoral, que poderá ser transferido para outro candidato de esquerda. É como na música de Cazuza “Mas se você acha que eu estou derrotado, saiba que ainda estão rolando os dados”. A prisão de Lula, inclusive pode ter um efeito reverso e até fortalecer mais ele junto ao eleitorado. Quem viver verá.

  5. Jardel disse:

    Não deixarão Lula ser candidato nem que a vaca tussa. Nem mesmo se a população fizesse manifestações como as do ‘fora Dilma”. A Carminha já disse que não cede à pressão, com exceção da Globo, claro.
    Penso que as esquerdas deveriam abrir mão de lançar candidatos e se unir em torno de um só nome de centro esquerda, como por exemplo, o Roberto Requião.
    Caso contrário, com os votos pulverizados em 4 candidatos, estarão entregando o país à direita, ou pior, à extrema direita.
    Com o apoio de Lula e as esquerdas unidas, era bem capaz de ganhar…

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

 
2018-07-19 04:37:08