aki

cadastre-se aqui
aki
Política
12-06-2018, 21h05

Roleta russa e vaidade na Lava Jato foram temas do @jornaldacbn2

Corrupção no Trabalho também foi assunto do dia
5

KENNEDY ALENCAR
BRASÍLIA

Lá vai uma série de notas sobre os comentários de hoje no “Jornal da CBN – 2ª Edição”:

*

Roleta russa

O desânimo dos brasileiros em relação à Copa reflete um conjunto de fatores. O primeiro é o mau humor em relação à economia em geral e ao governo em particular. Depois, somam-se a má imagem da CBF ao trauma do 7 a 1 de 2014. Gato escaldado tem medo de água fria.

Segundo o Datafolha, 53% dos entrevistados dizem não ter nenhum interesse pela Copa. Eram 42% no fim de janeiro. O número é recorde na série histórica do instituto, que começou em 1994.

Com o início do torneio, se a seleção for bem, esse humor tende a mudar para melhor. O time de Tite tem boa crítica da crônica esportiva e, de fato, está numa boa fase. Mas é prudente ter cuidado com o salto alto.

*

Porteira fechada

A deputada federal Cristiane Brasil foi personagem de mais uma operação de combate à corrupção. Ao lotear o governo, Temer entregou o Ministério do Trabalho para virar um feudo do PTB. Alianças são necessárias no presidencialismo de coalizão, mas essa articulação deu ruim.

*

Sinal de fraqueza

Em tempos normais, ministro criticar medida provisória do presidente daria em demissão. Por ora, Sérgio Sá Leitão fica no cargo, apesar do tiro contra a MP que tirou dinheiro da cultura e do esporte para abastecer a segurança pública.

*

Xadrez presidencial

Uma aliança com o PSB é cobiçada por Rede, PT e PDT. Com Marina Silva, há mágoas no armário de ambos os lados, mas o tempo dos socialistas seria fundamental para ela. Petistas e pedetistas também querem aliança. Além do tempo de TV e rádio, palanques estaduais entram no cálculo político do PT e de Ciro Gomes.

*

Vaidade e poder

A disputa de poder pela competência para julgar casos da Lava Jato no Rio de Janeiro reflete o lado midiático da operação. Dá prestígio ser juiz da Lava Jato. No caso do Rio, há argumentos para manter os processos com Bretas e também para a divisão de trabalho com outro magistrado. O direito tem dessas coisas.

No Paraná, Sergio Moro abriu mão de julgar um caso que envolve o governo do Estado, que era do PSDB. No Rio Grande do Sul, o Tribunal Regional Federal perdeu pressa para analisar recursos de Lula aos tribunais superiores.

Ouça os comentários no “Jornal da CBN – 2ª Edição”:

Comentários
5
  1. walter disse:

    Caro Kennedy, você pode citar a tentativa de uma juíza duvidosa, tentando destituir o Juiz Bretas dos casos da lava jato; deu se mal, não foi aceito seus argumentos, esta é a grande verdade…quanto ao juiz Sergio moro, desistiu de uma questão no Paraná, por estar assoberbado com os casos da Lava jato; principalmente com os excessos de recursos do lula; aliás, acabou de ser Negado pelo STF o recurso de Lula, para disputar as eleições, o que tem sentido total…O PSB estará com a Marina, ninguém tasca este direito conquistado por ela, para Presidente; corre por fora o Alkimin, por ter o Marcio França do seu lado…as Fraquezas do planalto de forma geral são bisonhas, a partir dos caminhoneiros…Quanto a cristiane Brasil e seu pai, já deveriam ter se emendado, por mutretas absurdas, no Ministério do Trabalho…Quanto ao futebol, nem a globo com sua pirotecnia, consegue a total atenção dos brasileiros; teremos um País, se perdermos esta Copa, vamos torcer…

  2. […] Fonte: Roleta russa e vaidade na Lava Jato foram temas do @jornaldacbn2 | Blog do Kennedy […]

  3. João disse:

    Então…. vaidade e poder….. justiça é o que menos interessa… não vem ao caso..

  4. renata disse:

    Abordagem interessante sobre o tema!

  5. LINCOLN JOSÉ RIBEIRO disse:

    Já até tentei, mais meus comentários não seguem o padrão ” sangue nos olhos” imposto pela as equipes da “lava jato” com apoio da imprenssa e que mandam hoje no Brasil, por isso meus comentários não são publicados. A ordem é alardear que o governo não presta, que os politicos não prestam e que o judiciario é a taba moral, impoluto e o unico capaz de salvar o Brasil. Falar das realização do governo, que não são poucas, não dá audiência, dá audiência pincelar sangue de dentro do judiciario e PF, sobretudo quando esse sangue é do presidente da república. Lamentável.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

 
2018-06-24 19:30:47