aki

cadastre-se aqui
aki
Política
27-09-2017, 8h10

Senadores devem reagir à decisão do STF sobre Aécio

Palocci sobe o tom contra Lula e outros petistas
22

KENNEDY ALENCAR
BRASÍLIA

A princípio, parece suave a decisão da Primeira Turma do STF (Supremo Tribunal Federal) que não aceitou o pedido de prisão preventiva do senador Aécio Neves (PSDB-MG). Mas são duras as determinações de afastamento do mandato e a imposição de recolhimento domiciliar noturno.

A decisão já está gerando reação em setores do Senado e da Câmara. A Primeira Turma do STF não aceitou o pedido de prisão feito pelo Ministério Público porque só é cabível para parlamentares no caso de flagrante em crime inafiançável. Apesar de a gravação de Joesley Batista ter exposto um modo corrupto de agir de Aécio, não haveria motivo para a prisão preventiva.

Mas, numa espécie de resposta política à opinião pública, o que é questionável na Justiça, sobretudo na mais alta corte do país, houve uma interpretação dos fatos dura o suficiente para afastar alguém democraticamente eleito do mandato de senador. E ocorreu ainda a imposição de uma medida cautelar, que é o recolhimento domiciliar noturno, uma espécie de meia detenção.

Para quem quase ganhou a eleição de 2014 e saiu dela como o maior líder de oposição do país, é uma queda e tanto. No Senado, há parlamentares incomodados, cobrando uma manifestação da Casa sobre essa decisão da Primeira Turma, dizendo que seria abusiva em relação aos direitos parlamentares e políticos de Aécio.

No PSDB, a ala oposicionista ganha força, porque Aécio é defensor do apoio ao governo Temer. No entanto, o STF expõe a moralidade seletiva dos tucanos. Aécio não foi afastado definitivamente da presidência do partido. Ele passou o comando interinamente ao senador Tasso Jereissati.

O PSDB é rápido ao apontar a corrupção alheia, sobretudo a do PT, mas age de modo leniente quando deve punir um tucano. Portanto, é uma decisão que vai gerar debate jurídico no próprio Supremo, com recurso da defesa ao plenário da corte, e efeitos políticos no Congresso, no apoio ao governo Temer e na luta interna no PSDB.

*

Escalada petista

Palocci subiu o tom dos ataques a Lula e também em relação ao PT. A carta divulgada ontem, na qual pede desfiliação da legenda, traz críticas ainda mais duras do que as feitas por ele no depoimento ao juiz Sergio Moro no início deste mês.

A carta é uma resposta ao depoimento no qual Lula chamou Palocci de “simulador” e à suspensão da filiação determinada pelo PT. Como ele próprio escreveu, Palocci queimou as caravelas na relação com Lula e o partido para fazer uma delação premiada. É um direito do ex-ministro da Fazenda recorrer a um instrumento legal previsto na lei e se defender da forma que julga mais adequada.

Mas delação é meio para obter provas. Exigir provas é algo importante numa democracia a fim de que se cumpra o devido processo legal. Demandar provas não é chicana ou mera formalidade.

O ex-ministro Palocci ainda precisa mostrar as suas cartas. Não basta que um político tão experiente e que viveu o famoso episódio do caseiro, tão controverso do ponto de vista ético, diga-se chocado com cenas que teria presenciado. Mas é um fato relevante e raro alguém questionar a liderança de Lula, comparando o PT a uma seita.

Palocci foi um dirigente muito importante do PT e dos governos Lula e Dilma. Seus ataques têm peso político. Ele toca na questão de uma eventual leniência partidária, tese defendida nos bastidores pelo ex-ministro José Dirceu e pelo ex-tesoureiro do PT João Vaccari.

Ou seja, o partido deveria confessar práticas ilícitas que nega. Seria assumir casos de corrupção que são rebatidos pelo PT desde o início da Lava Jato. Algo assim não aconteceria sem o aval de Lula.

Acontece que os processos contra o ex-presidente possuem fragilidades probatórias e abriram diversas frentes de batalha. Há múltiplas ações contra Lula. Existem acusações frágeis, como venda de medida provisória. Será difícil o Ministério Público provar venda de medida provisória levando em conta o presidencialismo de coalizão, no qual o chefe do Executivo tem de negociar com diversos partidos para formar maioria. Nesse segundo processo em Curitiba, o debate é sobre recibo de aluguel e não a respeito de contratos da Petrobras que teriam dado origem a uma suposta propina ao ex-presidente da República.

Num cenário em que falta espaço para sensatez, cresce a possibilidade de confronto e dificilmente prosperará a tese de leniência partidária. Palocci escolheu um lado e abriu um fogo pesado que traz prejuízo político e jurídico a Lula. É preciso aguardar para ver se haverá efeito eleitoral nas pesquisas.

Palocci obriga o ex-presidente a rebatê-lo diretamente. Isso é ruim para Lula, porque o envolve numa briga com alguém que era próximo. Mas o ex-ministro também sugeriu na carta que deverá atacar com força outras figuras do PT, que poderão entrar na linha de tiro de sua delação.

Ouça o comentário no “Jornal da CBN”:

Comentários
22
  1. Fabio disse:

    Kennedy, nesse país algo se tornou realidade, tucanos podem tudo.

    • walter disse:

      caro Fabio, não podem tudo não; o Aécio acabou de ser afastado e com prisão domiciliar…não há partidos limpos nesta história, mas o PT é soberano nas maracutaias…o Palocci vai desmistificar tudo isto, com sua desfiliação…vem a dilma, querendo aparecer, já que sua vida dentro do PT não existe; tenta só agora, jogar pedra, no seu braço direito, tanto quanto do “padinho” lula…engraçado, que ninguém pode falar a verdade ali, que esta louco, e mal intencionado; são execrados com desprezo, mas neste caso, o cidadão tem provas cabais contra; aliás o lula se acha muito esperto, mas depois destes recibos; cometeu o maior erro de sua vida, que foi envolver a falecida nesta conversa; já que o tal patrimônio da mulher, também é uma fantasia…tem que ser muito distante, para não acreditar, que o FIM chegou para eles; o MP A PF e os Juízes, tem provas cabais, que finalizaram ponto a ponto com condenações definitivas; desconfio quer o lula não terá saúde até o fim…

      • Fabio disse:

        Walter se informe mais, nesse país onde TODOS os partidos metem a mão em nosso dinheiro, vê-se apenas a punição severa ao PT.
        Não se esqueça que o mensalão tucano não virou nada e o MP SP não aceitou delação da Odebrecht que acusa tucanos altos.
        Se fosse uma operação realmente contra a corrupção a gente não iria ver apenas petistas presos, mas também vários tucanos graúdos, assim como graúdos de todos os partidos.

        • walter disse:

          Fabio nada tem a ver com informações; somos todos Brasileiros, e devemos abominar qualquer político que não corresponda aos nossos anseios…vejamos, o PT que era coligado do PMDB,que como todos os outros, nunca de fato foi oposição; nos trouxe o temer como vice de chapa de uma insana, que nos entregou por “trinta dinheiros”…Sou Patriota até o fim; para mim pouco importa a sigla; que defende o PT como diz o Antonio Palocci; “ou são partidos ou seitas”, que é o caso do PT; não importa HJ quem mais roubou, com a Odebrecht…quem foi mais estrondoso, foi o Lula..você e muitos trabalhadores, que apostaram na lisura do PT, vão se decepcionar muito…daqui para a frente,vão se chatear cada vez mais..não se preocupe, no final as quadrilhas se encontram, já que roubavam, com os mesmos parceiros; mas o lula é um capitulo a parte, principalmente depois destes recibos,em nome da falecida, com datas improváveis; procure acompanhar informações, de veículos isentos, mesmo fora isentos do pais…

    • Marcus Marx disse:

      Pois é.
      Lamentável.

  2. Carlos Antônio Macieira disse:

    Isto é ou não é uma facção???

  3. Maria Aparecida Ramos Tinhorão disse:

    Palocci declara na carta de desfiliação, todo o fisiologismo que sempre norteou o PT e seus dirigentes.
    Rui Falcão e Gleisi Hoffmann atuam mais como chefes de facção do que como líderes partidários, merecem cadeia por incitação ao crime e formação de quadrilha.

    • BErg Almeida disse:

      Acho que quem merece cadeia é Aécio e você por comentário sem provas! Talvez seja filiada ao PSDB que aqui no BRasil pode roubar a vontade que nada acontece.

    • Joaquim disse:

      Maria concordo com você, mas deveríamos colocar na mesma sacola de gatos, os políticos de demais partidos. Esta casta de bandidos da coisa publica se protege independe da camisa que vestem. Espero de judiciário acorde e comece a moralizar a coisa enquanto há tempo.

    • Wellington Alves disse:

      E Aécio não? Também não lidera facção? É essa parcialidade que mantem essa classe média ignorante.

  4. Pasquale disse:

    Apesar dos entretantos e finalmentes a verdade é que, temos ou que construir uma Nação de verdade…ou seremos sempre um Projeto.Isso inclui a mudança de mentalidade do povo.
    Ou o bolo vai ser pequeno para fatiar FRATERNALMENTE.

  5. mano disse:

    prezados: A solução para melhorar e perenizar a democracia e minimizar a corrupção é a extinção total do foro privilegiado. Os crimes de corrupção ativa e organização criminosa praticados por autoridades que hoje têm foro privilegiado, seja político, magistrado, membro do MP, membro dos Tribunais de Contas, membro do executivo, etc, devem ser submetidos ao Tribunal do Júri, da mesma forma como são os crimes dolosos contra a vida, respeitados a ampla defesa e o devido processo legal.

  6. PSDB, PT, PMDB, DEM SOLIEDARIEDADE NUNCA MAIS!!!!!!!!!!!!!!!

  7. BErg Almeida disse:

    Politicagem são todas iguais. Mas existem os politicos que lutam pelos direitos dos trabalhadores e pobres, esses é notório está no Partido dos Trabalhadores. Ao contrário temos o partido das celebridades e da elite que tem nojo de pobre que é PSDB QUE ROUBA E NUNCA VAI PRESO, porque tem Gilmar Mendes, Moro e Globo como aliados. Por essas razões prefiro ser de esquerda e petista que apesar de se envolver com ladrões, sempre trabalhou em pró do pobre operário.

    • Ingeborg Schportfeldt disse:

      BErg Almeida, então faça algo nobre em sua vida petista, se entregue às autoridades e confesse estar envolvido com os ladrões.
      Afinal são as suas palavras acima !

    • Marcelo Baptista disse:

      BERG infelizmente qualquer coisa que tenham feito em prol do pobre, foi destruído, e por eles mesmos, porque roubaram. Não adianta terem feito Bolsa-Familia, aumento do SM, bombado a economia, entre outras coisas, tudo, TUDO isto se perdeu com a corrupção. Por que no fundo o que deram com uma mão tiram com a outra. Eu sempre votei no PT exatamente por causa do discurso moral, mas jogaram tudo no lixo. TRAIÇÃO está é a palavra.

  8. marcos albernaz disse:

    O senador aecio deveria estar recluso num presidio.

  9. LYRA disse:

    Para salvar o mandato, mesmo sem ter tido sequer um voto, mandato esse conseguido através de um golpe arquitetado pelo próprio LGN – LADRÃO GERAL DA NAÇÃO e seus comparsas de quadrilha, que culminou com o impedimento da irresponsável e não menos corrupta, Dilma, os componentes da quadrilha comandada pelo LGN, Michel Temer, irão aprontar de tudo, inclusive com o não cumprimento de uma ordem judicial vindo do stf, antigo STF, o que é mais uma vergonha para esse judiciário frágil e tão pouco acreditado, já que conta em seu elenco, com sujeitos iguais ou pior que os próprios investigados na LAVA JATO. Aparecer alguém para defender o BANDIDO Aécio DAS NEVES, é simplesmente fazer questão de mostrar que a nossa politica é mesmo uma grande quadrilha, onde um LADRÃO SEMPRE TERÁ O APOIO DOS OUTROS LADRÕES.

  10. Luis disse:

    Se o Aécio fosse petista, depois de ser flagrado como foi, já estaria na cadeia, vide o Dulcídio.

  11. BRAGA BH disse:

    Mais uma vez só tenho que parabenizar o jornalista pela imparcialidade na informação. Dstaco o parágrafo: “Mas delação é meio para obter provas. Exigir provas é algo importante numa democracia a fim de que se cumpra o devido processo legal. Demandar provas não é chicana ou mera formalidade.

    O ex-ministro Palocci ainda precisa mostrar as suas cartas. Não basta que um político tão experiente e que viveu o famoso episódio do caseiro, tão controverso do ponto de vista ético, diga-se chocado com cenas que teria presenciado. Mas é um fato relevante e raro alguém questionar a liderança de Lula, comparando o PT a uma seita.” Se nossa mídia foi assim imparcial, hoje não estaríamos garimpando notícias em jornais de fora como Le Figaro, NY Times, The Guardian e outros mais!!
    Meus sinceros e honestos parabéns!

  12. DIRETO AO ASSUNTO: ESTAMOS CHEGANDO AO CLÍMAX DO CAOS! disse:

    Eu diria que “OS SENADORES CORRUPTOS DEVEM REAGIR À DECISÃO DO STF SOBRE AÉCIO”! Quem ouviu a gravação de Aécio, de Temer, a corridinha do Loures com a mala de dinheiro, e ainda defende esses três, é corrupto, sem vergonha na cara ou filho do inferno! Não dá mais para aguentar tando ladrão defendendo ladrão!

  13. ISSO É UMA VERGONHA: O CHEFÃO DOS "DISENTERIAS VERBAIS E DECREPITUDES MORAIS" DO STF CRITICA SEUS PARES DA 1ª TURMA DO STF! disse:

    O chefão dos “Disenterias Verbais e Decrepitudes Morais” do STF já se manifestou a favor de Aécio Neves. Ele sempre se manifesta a favor dos bandidos roubadores de cofres públicos. Critica a 1ª Turma que aplicou medida cautelar (não é prisão) em Aécio Neves. Esse cara deve ter muito “rabo preso” entre os políticos corruptos, pois sempre defende corrupto! Esse cara é uma vergonha! Vermos os bandidos do Congresso defendendo bandido ainda passa, é o “espírito de corpo” entre bandidos! Mas dentro do STF haver quem critique os próprios pares, é mais uma “VERGONHA” que nós brasileiros temos que presenciar!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

 
2017-12-17 23:08:53