aki

cadastre-se aqui
aki
Política
02-08-2017, 20h19

Temer fortalece chance de concluir mandato; Janot e PSDB perdem

Grandes grupos empresariais que jogaram contra governo são derrotados
13

KENNEDY ALENCAR
BRASÍLIA

O presidente Michel Temer sai fortalecido hoje da Câmara. Obteve uma vitória importante, que mostra que o governo deverá ter força para barrar uma provável segunda denúncia do procurador-geral da Republica, Rodrigo Janot.

Pouco depois das 20h, o governo obteve os votos suficientes para barrar a autorização a fim de que o STF (Supremo Tribunal Federal) analisasse a denúncia de Janot contra Temer por crime comum (corrupção passiva). Às 21h49, a votação foi encerrada. O presidente obteve 263 para barrar a acusação de Janot. Contou com ajuda indireta de 19 ausentes e duas abstenções. Ou seja, 284 deputados jogaram a favor do Planalto. A autorização para a denúncia ser analisada pelo STF teve apoio de 227 deputados e será remetida ao arquivo da Câmara.

Com esse resultado, Temer recupera apoio político no Congresso e também no meio empresarial e no mercado financeiro. O resultado de hoje aumentará a chance de o presidente ficar no poder até o fim do mandato.

Temer tem uma articulação política mais eficiente do que tinha a então presidente Dilma Rousseff. O PMDB possui uma capacidade de reação maior contra a Lava Jato. O governo usou emendas e cargos para atrair deputados de partidos conservadores. Rachou o PSDB.

O peemedebista foi beneficiado por um sentimento corporativo dos deputados contra o que consideram abusos do Ministério Público Federal e da Lava Jato. A falta de manifestações populares nas ruas também contou a favor de Temer.

Diante do cenário de vitória do governo, houve um efeito manada na reta final. Indecisos preferiram ficar ao lado do Planalto para evitar retaliação.

Temer recuperou parte da força política que perdeu com as delações da JBS. Voltou a ganhar fôlego para tentar aprovar a reforma da Previdência e votar medidas tributárias.

Temer tem uma base menor, mas que se mostrou fiel numa hora difícil. Os partidos do centrão passam a ter mais força no governo. Apesar da infidelidade do PSDB na votação da denúncia, Temer ainda deverá contar com votos tucanos para tocar as reformas.

*

Os perdedores

A oposição perdeu porque não conseguiu adiar a votação e não teve peso para a obtenção do quórum necessário. O PSDB é um dos um grandes perdedores. Boa parte da cúpula do partido abandonou Temer na sua pior hora, apesar de os tucanos terem sido avalistas do impeachment e responsáveis pela instalação do PMDB no Palácio do Planalto.

Perdem grandes grupos econômicos que jogaram a favor da derrubada de Temer e não tiveram êxito. Perdem Rodrigo Janot e o Ministério Público Federal, porque o Congresso impôs limites ao enorme poder da Lava Jato. Grande derrotado, Janot precisará de fatos novos muito fortes para derrubar Temer.

Assista às participações no “SBT Brasil”:

Comentários
13
  1. Hoje vimos mais um tapa na cara do povo. Hoje vimos o quanto o congresso está cheio de canalhas, está cheio de parlamentar comprometido com a corrupção….. O que está acabando a economia do Brasil é essa maldita corrupção que se instalou no poder.

    • Luiz Carlos Heyn disse:

      A verdade é que boa parte do povo, mais especificamente a classe média, não está se importando com a permanência de Temer. Está muito claro que incomodava mais as ideias de esquerda do que a corrupção.

    • walter disse:

      Caro Luiz Carlos, “é o que tem para hoje”; temos um congresso retrogrado,com vícios inúmeros; falam um idioma que o povo não conhece; são totalmente alienados e ignorantes em sua maioria.
      O fica Temer, é o resultado verdadeiro da decepção do Povo com o PT e a dilma; além de não ver opções plausíveis, poderia ter uma eleição antecipada, com um possível abafa do lula; jamais negou que pretendia voltar a força; quando olhamos do lado, tem o rodrigo maia, totalmente comprometido; seria mais problemas…portanto o mercado aceita que o temer faça as reformas, que até então; nenhum ex se propôs; mudanças são necessárias ao País; vamos correr o risco por linhas tortas…

  2. Mario disse:

    A cleptocracia venceu. Estamos nas mãos deles. Governam de costas para o Brasil, dão bananas à justiça e à opinião pública. Sem povo na rua, a desfaçatez dessa gente só aumentará. Pobre país.

  3. JOÃO BRITO DE ARAUJO disse:

    mais uma bandido livre, esse é o pais da corrupção, vamos fazer um plebiscito para A ESCOLHA DE do novo nome dos nosso pais: republica federativa da corrupçao, republica federativa a impunidade, republica federativa da compra de votos, e republica federatias a impunidsde.esse é´o pais que vai pra frente………….

  4. GERALDO CESAR ALVES Masculino SILVA disse:

    Ao que tenho a dizer com relação ao resultado, O CONGRESSO BRASILEIRO AO MEU VER DEFINITIVAMENTE NÃO REPRESENTA O POVO BRASILEIRO , a mim este congresso nunca me representou em nada, alias, gostaria e muito que o povo brasileiro ninguem votasse em 2018. Não existe candidato que vale a penas votar, todos ladroes e corruptos.se o provo brasileiro foi um pouquinho inteligente, anotem o nomes destes deputados que apoiaram, e não votrem neles em 2018. sejam coerente com voces mesmos., pois ja diSseram que o provo brasileiro é BURRO.

  5. Antonio disse:

    O povo realmente é uma massa de manobra daqueles que mandam neste país. Cadê os movimentos vem pra rua, MBL, etc? pra derrubarem a Dilma, por causa de uma contabilidade criativa fizeram um panelaço, convocaram a população. Agora o presidente é acusado pelo PGR, com provas contundentes, afinal o homem de confiança dele foi pego com a boca na botija, com uma mala com 500 mil, situação muito mais grave que a da Dilma, e o Temer distribui um dinheiro em emendas escapa. só no Brasil mesmo

  6. Triste o que fazem com esse país, corrupção em todas as esferas, e a conta sempre sobra para que trabalha e produz, o Brasil infelizmente não tem mais solução, vão esfolar a população até sangrar, nada vai mudar, quem rouba vai continuar roubando, e o congresso e a justiça, continuar pecando…..

  7. Carla Schettert disse:

    Perdedores? perdedores somos todos nós, um exemplo de impunidade para o resto do mundo. Se o Brasil tivesse de fato bases sólidas de democracia, levaria qualquer um ao julgamento, e diferente do que defendem seus cúmplices, esse governo está crivado de indícios e provas de atos criminosos, se assim não fosse, não precisaria ter “ofertado” por seus votos…

  8. Wellington Alves disse:

    As antas do impeachment estão quietas. Só os deputados golpistas brilharam na votação de ontem.

  9. A JUSTIÇA TARDARÁ, MAS NÃO FALTARÁ! disse:

    Muita “grana” dos cofres públicos, cargos etc, além de muitos deputados na mira da justiça também, criou o “espírito de corpo dos corruptos” – ao ponto de não levarem em conta os 5% de apoio da população ao presidente acusado de corrupção.
    A parte cômica: membros das quadrilhas do PT, PMDB, PSDB se acusando mutuamente de “corruptos, inimigos dos trabalhadores, dos aposentados, dos menos favorecidos etc”.
    O curioso: antes todos os políticos corruptos procuravam se abrigar sob o manto do foro privilegiado. O presidente Temer quebrou a regra, optando por uma 1ª instância… e mais 1 ano e meio de poder!

  10. SÓ UMA LIMPEZA ATRAVÉS DO VOTO EM 2018 COLOCARÁ O PAÍS NOS TRILHOS! disse:

    Se fosse afastado Temer, quem entraria? Outro que, com certeza encheria o Executivo de outros corruptos (muitos se manteriam, tipo Jucá, Marun etc, aquelas coisas que vivem grudadas em quem está no poder). Até 2018 haverá tempo para o eleitor fazer uma reflexão e entender que é hora de expulsar os excrementos que têm estado nos vários governos dos últimos anos! Sem mudança radical nos quadros políticos, o país continuará na corrupção. Haveria como fazer uma reforma política, eleitoral, previdenciária, trabalhista, penal etc, decentes, com essa maioria de corruptos, bandidos roubadores de cofres públicos, descarados, sem nenhuma vergonha na cara, na Câmara Federal, Senado e Executivo atualmente? Bandidos fariam uma lei que puna com 30 anos de cadeia quem for pego roubando cofre público?
    Enquanto a nação não entender que está em suas mãos, através do voto, a solução para o país, os bandidos prevalecerão nos governos!

  11. Edu disse:

    Como sempre, análise excelente!

    Kennedy, sei que isso é delicado, mas quais os nomes dos bois? Quais são os grupos econômicos prejudicados? Friboi, Globo…

    Na minha opinião pessoal, só uma eleição geral traria legitimidade ao governo, qualquer que seja. E, embora tenham cassado a Dilma por muito menos, o Brasil precisa de estabilidade.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

 
2017-10-21 04:32:18