aki

cadastre-se aqui
aki
Política
09-05-2017, 21h09

Temer obtém avanços na articulação para aprovar reformas

MP para eliminar pontos polêmicos da trabalhista ajudaria no Senado
2

KENNEDY ALENCAR
BRASÍLIA

O presidente Michel Temer conseguiu hoje avanços na articulação para aprovar a sua agenda de reformas. Ele concluiu uma etapa importante na comissão especial da Câmara, mantendo o texto que desejava a respeito da reforma da Previdência.

Agora, virá a parte mais difícil, que é chegar aos 325 votos para ter uma margem de segurança mínima a fim de votar o texto no plenário da Câmara. São necessários 308 votos em dois turnos de votação para aprovar essa reforma, que exige mudança constitucional.

Na reforma trabalhista, Temer fez jogada eficiente ao prometer em reunião com senadores do PMDB que editará uma MP (medida provisória) para eliminar pontos mais polêmicos. A intenção é evitar que o Senado mude o texto aprovado pela Câmara. Isso aceleraria a aprovação pelos senadores.

Até o líder do PMDB no Senado, Renan Calheiros (AL), que tem criticado as reformas, participou do encontro de hoje no Palácio do Planalto, o que é um sinal positivo para os planos do governo.

*

Elemento jurídico

De fato, há um clima de batalha envolvendo o depoimento do ex-presidente Lula ao juiz Sérgio Moro, confirmado para amanhã às 14h pela Justiça. Esse ambiente beligerante é inegável e foi alimentado pelos dois lados.

No entanto, é uma batalha que vai exigir mais do que um bom desempenho político. A consistência jurídica será importante tanto para Lula como para Moro. As duas partes têm desafio semelhante.

Lula questiona a materialidade das acusações. Diz que não há provas contra ele. O desafio de Moro é derrubar o argumento da falta de provas contra o ex-presidente.

Assista aos temas de hoje no “SBT Brasil”:

Comentários
2
  1. ANDRE disse:

    Se esta reforma for aprovada, temos que fazer a maior campanha para que os canalhas do congresso, que deveriam representar a vontade popular, e que votarem a favor desta reforma não sejam eleitos em 2018, em 2022,… Seria uma oportunidade de limparmos o congresso de tantos parasitas danosos ao povo, que sempre só defenderam sus próprios interesses. Atenção redobrada principalmente, naqueles envolvidos na lava-jato e com processos no STF. Vejam só, com um cálculo grosseiro, podemos ver a hipocrisia de quem capitaneia esta reforma: O Michel Temer se aposentou aos 55 anos, recebe 30 mil por mês, então 390 mil por ano, e nestes 21 anos em valores atualizados mais ou menos 8 milhões de reais, some-se o salário como político, mais uns 8 milhões, então saíram dos cofres públicos para este senhor 16 milhões, fora todas as suspeitas de favorecimento.

  2. walter disse:

    Caro Kennedy, mais uma vez, o lula não é Juiz ou juri…não estamos falando de uma batalha entre o bem e o mal…o juiz cumprirá seu papel, fazendo as perguntas cabíveis; caberá ao inquirido responder, não poderá questionar perguntas, ou poderá receber voz de prisão, cabe ao lula agir com total prudência…
    O governo Temer esta muito inseguro, e já faz tempo; nada tem a ver com o depoimento lula, já que o mesmo não vai admitir nada, e muito menos acusar alguém…fosse um Palocci, ou Duque falando, poderia sim, causar aflições em parlamentares envolvidos…esta claro para o mundo, que o Brasil encontra se numa camisa de força…a condução de um governo provisória esta sofrível…infelizmente, sem medidas diretas para o incentivo a produção, com medidas tributarias de forma geral, não resolve.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

 
2017-07-24 17:41:34