aki

cadastre-se aqui
aki
Política
07-10-2018, 8h47

2º turno é oportunidade para eleitor refletir melhor

Despreparo de Bolsonaro não foi exposto na 1ª fase
13

KENNEDY ALENCAR
SÃO PAULO

Deputado medíocre e despreparado do ponto de vista administrativo para presidir o Brasil, o candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, tem uma carreira política recheada de atitudes e declarações machistas, homofóbicas, autoritárias e de incentivo ao ódio e à violência. De modo geral, há inúmeras falas preconceituosas e antidemocráticas.

Diante desse cenário, a realização do segundo turno da eleição presidencial será uma importante oportunidade para o eleitor refletir com mais calma sobre qual destino o Brasil seguirá nos próximos quatro anos. Pesquisas do Datafolha e Ibope divulgadas ontem apontam que dificilmente haverá desfecho da corrida presidencial na primeira etapa.

O primeiro turno ocorreu num clima de agressividade alto e raro nos pleitos presidenciais desde a redemocratização _mais violento do que a disputa de 2014 entre Dilma Rousseff e Aécio Neves.

É bom para o eleitor ter tempo de comparar as duas propostas que chegarão à fase final. Na campanha, Bolsonaro não se submeteu ao contraditório como os demais candidatos. Com exceção da entrevista ao “Jornal da Nacional” e a ida a dois debates, ele fez campanha numa zona de conforto, sendo beneficiado por uma safra enorme de fake news nas redes sociais.

O economista Paulo Guedes, cotado para ser ministro da Fazenda numa eventual gestão do PSL, está calado há cerca de 15 dias por ordem de Bolsonaro.

Ao demonizar a classe política, a Lava Jato ajudou a quebrar a polarização entre PT e PSDB, abrindo espaço para Bolsonaro. Apesar do lado positivo de combate à corrupção, teve efeito negativo parecido com o das Operações Mãos Limpas na Itália, que resultou em Silvio Berlusconi.

Ouça abaixo comentários feitos hoje no “Jornal da CBN”. Foram abordadas as altas taxas de rejeição de Bolsonaro e de Fernando Haddad (PT). As campanhas de Ciro Gomes (PDT), Geraldo Alckmin (PSDB), Henrique Meirelles (MDB) e Marina Silva (Rede) também foram analisadas.

Comentários
13
  1. jose disse:

    O Judiciário e o exército juntos contra a esquerda. O PT tem culpa em indicar esses tais ministros juízes, os do PSDB são fieis, já os petistas se colocam imediatamente contra o PT. Não é pra proteger é simplesmente para cumprir a lei, há dezenas de presos que deram entrevistas e o de nome de sabonete faz o que quer. Tem que colocar senadores autônomos que comecem a impeachmar ministros do STF. PSDB faliu, já tinha passado da hora. Mesmo com toda perseguição, o PT está na disputa mesmo tendo contra covardes mesquinhos que usam cargos e funções públicos para agirem contra Lula. Este, até pode ter culpa, mas as perseguições já são tão óbvias como a impunidade do sumido mineirinho dos 2 milhões. Ayres Brito, ex advogado do PT em Sergipe trabalha na Globo. É a força do capital ou a chantagem, ou as duas?

  2. Jonas disse:

    E quem falou que bolsominions pensam ou refletem?
    São alienados, massa de manobra, “cristãos” que defendem torturadores de mulheres grávidas.
    Vivem num país de capitalismo financeiro selvagem mas são obcecados pela “ameaça comunista” que só existe na imaginação deles.
    Fazem apologia ao ódio, violência e ao estupro.
    E vão votar num despreparado covarde e hipócrita que não resiste aos debates e por isso fugiu e vai continuar fugindo deles como o diabo da cruz.

  3. Vitor Borges disse:

    Kennedy, a análise é muito simples. Estamos diante de duas histórias, duas propostas. Você comenta o despreparo de Bolsonaro, é verdade. Mas o que temos para comparar: um candidato que só tem a votação que tem, por conta de seu padrinho político, que está preso. Convenhamos: qual seria a votação de Haddad, caso estivesse sozinho nessa campanha? Qual é sua preparação administrativa e política? A história sabe essa resposta. Ciro Gomes poderia ter mais bagagem para discutir, mas por algum motivo, não chega ao segundo turno.
    Dado isso, o que temos nós brasileiros? Indignação com tudo que vem acontecendo, e esperamos que algo diferente aconteça. Não há o que refletir, povo brasileiro.
    Já lhe escrevi algumas vezes, mas infelizmente nada foi publicado. Agradeço sua apreciação e publicação.

  4. luiz carlos rizzo disse:

    Caro Kennedy

    Suas análises, sempre equilibradas, são corajosas e vão ao âmago da questão. Na CBN, ainda bem que você lá está para fazer contraponto a Sardenberg, Merval Pereira, Miriam Leitão, que não escondem seu ódio pelas lideranças populares do país. Ou estariam interpretando apenas para agradar ao patrão, família Marinho e garantir seus altos salários?
    Continue com essa independência e mantenha a voz crítica num terreno jornalístico tão encharcado de profissionais que disputam para ver quem mais agrada aos patrões e aos interesses que eles representam.
    Não esmoreça, caro Kennedy. Precisamos de sua lucidez, visão crítica e isenção.
    Com gratidão, luiz carlos rizzo – jornalista e historiador – Maringá – PR

    • João Marcos Emerenciano disse:

      Adorava seus comentários na CBN de manhã, pois é o horário que estou no trânsito. Gosto do seu estilo. Parabéns continue equilibrado

  5. mano disse:

    prezados: o psdb foi um grande perdedor dessa eleição. O pior cego é aquele que não quer vê. Vai perder São Paulo e não vai ganhar Minas Gerais. Vai reduzir a bancada no senado e na câmara.

  6. walter disse:

    Caro Kennedy, o haddad, é um teleguiado, não pode julgar se melhor que o Bolsonaro; trata se de nova eleição, deverá haver lisura, sem Fake News das duas partes; ninguém pode usar de meios ilícitos, já que o eleitor estará de olho…esta eleição, é diferente de tudo o que já tivemos antes; nesta hora as alianças verdadeiras poderão ser a grande resposta nas Urnas; quem decidir blefar, agir com terceiras intenções, no sentido de desclassificar o candidato oponente, poderá sim , ter uma surpresa desagradável…o discurso do capitão, foi o mais desapegado possível…desacreditar as qualificações ou planos de governo, não fará verão; o PT governou 13 anos, antes disso nunca havia sido, e nem tudo o que fez foi ruim…tentar tirar o mérito dos planos de realinhamento do País, com isso acabando o desemprego, não será aceito pelos milhões de necessitados; abandonados pela dilma/temer; não conseguiu convencer nem para senadora, o haddad não se reelegeu; o temer poderá ser preso, no final…

  7. Mauro disse:

    Quem votou em Haddad ou Bolsonaro, não mudará o voto, pois não votou em candidato e sim no a favor da bandidagem ou contra a bandidagem!
    Os unicos que mudarão votos, são parte dos que votaram em Ciro, pois votaram em um lider regional e agora terão de cair em sí e votar a nivel Brasil, escolhendo um presidente e não o “coroné” que lhes bota a cangalha.
    Eleitores de Meirelles, são de Bolsonaro.
    Eleitores de Alckmim, são de Bolsonaro. PSDB sempre lutou contra PT.
    Eleitores de Daciolo, são de Bolsonaro. O cabo é evangélico e luta pela familia e costumes, coisa que petista luta contra.
    Eleitores de Alvaro Dias são de Bolsonaro.
    Eleitores do resto, ficam com o PT, mas seu espectro não chegou a 3% no total e não farão qualquer diferença.
    UM DETALHE: Quem venceu em primeiro turno, em eleiçoes presidenciais, desde a implantação da votação em 2 turnos, jamais perdeu. NUNCA HOUVE UMA VIRADA!!!
    Queiram ou não queiram. Chorem ou riam, mas a verdade é que JAIR BOLSONARO, SERÁ O PRÓXIMO PRESIDENTE

  8. IVAN disse:

    Bolsonaro é mediocre e despreparado mesmo, concordo, mas o Haddad foi prefeito de São Paulo e foi escorraçado por que é um bom gestor??? Me ajuda aí, cuidado não virar um Paulo Henrique Amorim 02.

  9. PARABÉNS, ELEITOR MARAVILHOSO, PELA FAXINA GERAL NO SENADO E CÂMARA! VIVA A LAVA JATO! disse:

    Kennedy, aconteceu a “FAXINA GERAL” no Senado e Câmara Federal! Que alegria, quando vi os nomes! “Injustiça” não terem sido incluídos: “aécio, renan, gleisi, jader barbalho”. Além de corruptos, covardes, aécio e gleisi não tiveram coragem de tentar a reeleição como senadores, cargos que tanto desonraram, e correram para o mais fácil: deputado federal. Mas a Lava Jato há de alcançá-los!
    Você acha que foram demonizados pela Lava Jato: Dilma Rousseff (PT); Romero Jucá (MDB); Sarney Filho (PV); Eduardo Suplicy (PT); Valdir Raupp (MDB); Eunício Oliveira (MDB); (PR); Ricardo Ferraço (PSDB); Roberto Requião (MDB); Lindbergh Farias (PT); Vanessa Grazziotin (PC do B); Paulo Bauer (PSDB); Garibaldi Filho (MDB); Moka (MDB); Flexa Ribeiro (PSDB); Cássio Cunha Lima (PSDB); Valadares (PSB); Vicentinho (PR); Ataídes Oliveira (PSDB), só para citar alguns?

  10. Tomara que o melhor vença e o que o povo faça a escolha certa!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

 
2018-10-15 07:57:54