aki

cadastre-se aqui
aki
Recomendo
07-05-2016, 8h01

A Arte Monumental de Marianne Peretti

Mostra celebra a obra da autora dos vitrais da Catedral de Brasília
1

Daniela Martins
BRASÍLIA

Única mulher a integrar a equipe de Oscar Niemeyer na construção da nova Capital, Marianne Peretti ganha finalmente uma grande exposição em celebração de sua obra. A artista é conhecida pela autoria dos vitrais da Catedral de Brasília, um trabalho realmente fabuloso.

E são exatamente os vitrais da Catedral que estão expostos no salão especial “Gênese”, que abriga todo o nascimento criativo do projeto. Para que o público tenha uma dimensão exata da grandiosidade do trabalho, estão à mostra o desenho original do vitral criado para o altar, os esboços que originaram o desenho, a maquete de estudo de aplicação do vitral e um grande painel ilustrativo de todo o processo construtivo.

Mas a artista também tem vitrais e painéis espalhados por diversas outras construções da cidade, como a Câmara dos Deputados, o Palácio do Jaburu, o Superior Tribunal de Justiça e o Memorial Juscelino Kubitschek. São dela, ainda, a grande escultura de bronze do Teatro Nacional de Brasília e o vitral e escultura na fachada lateral do Panteão da Pátria e da Liberdade.

Seus trabalhos estão em perfeita harmonia com a arquitetura modernista e integrados a projetos de outros arquitetos no Brasil, Itália e França.

A magnitude das obras de Marianne torna evidente que elas são muito mais do que uma arte decorativa. O próprio Niemeyer reconheceu que “Marianne Peretti é uma artista de excepcional talento. Os vitrais maravilhosos que criou para a Catedral de Brasília são comparáveis, pelo seu valor e esforço físico, à monumentais obras da Renascença”.

A exposição traz um apanhado das principais obras de grande, médio e pequeno formatos assinadas pela artista. Como o painel de ferro branco laqueado intitulado “Árvore da Vida” e um enorme painel escultórico em vitral que faz parte do acervo do Senado Federal.

Marianne nasceu em Paris, em 1927, de mãe francesa e pai pernambucano. Sua obra está integrada à arquitetura, escultura, vitrais, design de objetos e mobiliário, ilustrações de livros e desenhos. Está completando 88 anos e continua a produzir em seu ateliê de Olinda (PE).

A mostra segue até o dia 5 de junho no Museu Nacional da República. Mais informações: (61) 3325.6410 ou museunacional@gmail.com

Vitrais-da-Catedral-de-Brasília.-Foto-Breno-Laprovítera-e-Jarbas-Jr

Comentários
1
  1. Maria da Consolação disse:

    Boa dica! Vou pra Brasília dia 16, quem sabe dá tempo de dar uma passada por lá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-09-29 08:11:35