aki

cadastre-se aqui
aki
Política
27-09-2013, 13h00

A um ano da eleição, Dilma volta a tuítar

1

Na discussão interna sobre as razões pela perda de apoio político nas manifestações de junho e julho, Dilma Rousseff e seus estrategistas avaliaram que o afastamento da presidente das redes sociais a distanciou dos mais jovens. Esse público, próximo do PT no passado, bateu duro nela e no governo.

Agora, a um ano da eleição, Dilma fez uma correção de rumo. Lançou hoje para valer um Gabinete Digital no Palácio do Planalto. Voltou até a tuítar. Também decidiu que a Presidência terá uma página no Facebook.

Hoje, no perfil @dilmabr , ela voltou a responder aos internautas. O desafio é transformar esse retorno numa interação real e diária com os eleitores. Numa democracia que demanda formas mais diretas de participação, essa prestação de contas via internet é um instrumento eficiente.

Se usar as redes sociais apenas como ferramenta eleitoral, o efeito será limitado. Será melhor do que nada, claro, mas os internautas saberão diferenciar campanha eleitoral de satisfações sinceras ao distinto público.

Desde agosto, a presidente vem implementando uma estratégia para recuperar cacife. Tem tido sucesso, mostram as pesquisas. O lance digital de hoje é mais um passo nesse sentido.

 

Comentários
1
  1. antonio gomes disse:

    Isso não vai adiantar nada! Vai perder as eleições em 2014 para o Eduardo Campos! hahahahaha Tomara!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-09-22 09:06:21