aki

cadastre-se aqui
aki
Economia
17-12-2014, 22h11

Abertura em Cuba beneficia Brasil

33

Postado por: ISABELA HORTA

O reatamento de relações diplomáticas entre Estados Unidos e Cuba coloca fim a um dos símbolos da Guerra Fria, a divisão do mundo entre zonas de influência dos americanos e dos russos.

A dois anos do fim do mandato, o presidente dos EUA, Barack Obama, tenta melhorar a fotografia histórica do seu governo fazendo um aceno para a América Latina. Ele enviou para o Uruguai presos de Guantánamo, uma cadeia americana em terras cubanas que prometeu fechar. E, agora, reatou relações com Cuba abrindo mão da chamada “solução biológica”, que seria aguardar a morte dos irmãos Castro.

Numa hora de recuperação da economia americana, os Estados Unidos preparam o fim do bloqueio econômico para fazer negócios na ilha caribenha.

Desde o governo Lula, o Brasil atua para que os dois países reatem relações diplomáticas. A decisão desta quarta-feira mostra o acerto da construção do porto de Mariel e da ampliação do aeroporto de Havana com capital brasileiro. O Brasil vai ganhar comercialmente porque já tem presença econômica em Cuba, junto com europeus e chineses.

Haverá uma aceleração da abertura econômica e política da ilha caribenha. É uma vitória do presidente cubano Raul Castro. Ele foi mais pragmática do que o irmão Fidel. Conseguiu negociar uma concessão histórica dos Estados Unidos.

É importante destacar também o papel do papa Francisco, que por 18 meses encorajou as negociações entre os dois países.

Confira o comentário:

Comentários
33
  1. Paulo Cesar Diderot disse:

    O grito de guerra idiota, “Vai pra Cuba”, foi ferido de morte.
    Num pronunciamento, Obama anunciou medidas para normalizar as relações diplomáticas entre Estados Unidos e Cuba mais de 50 anos depois da ruptura.
    Parte do acordo incluiu uma troca de prisioneiros: os cubanos libertaram Alan Gross, preso há cinco anos por espionagem, e um agente cujo nome não foi revelado. Os americanos soltaram três cubanos.
    “O isolamento não funcionou”, disse Obama. “Está na hora de uma nova abordagem”.
    O embargo econômico continua, mas haverá um esforço no sentido de amenizá-lo. Os EUA restabelecerão uma embaixada em Havana. Viagens de americanos serão “flexibilizadas”, o limite de dinheiro enviado sobe de 500 para 2 mil dólares, empresas de telecomunicações poderão se instalar na ilha. Será revisto o status de Cuba como “estado patrocinador do terrorismo”.
    De acordo com o New York Times, foi um movimento corajoso de Obama. “Muito provavelmente, a história vai provar que ele tinha razão”, lê-se num editorial intitulado “Um Novo Começo”. Como dizia Solozo, de “O Poderoso Chefão”: “Nada pessoal. É apenas bíziness”.
    Mas a reaproximação deixa com a brocha na mão milhares de idiotas. É mais ou menos como o estádio num show de Paul McCartney descobrir que o refrão de “Hey Jude” era dedicado a Hitler. Qual o sentido em cantar?
    O “Vai pra Cuba” foi consagrado como o xingamento máximo de reacionários cabeça oca, o apelo ao degredo mais asqueroso, o inferno, o oposto de Miami. Mas como soltar esse berro da garganta agora que o companheiro Obama, o líder da maior nação do mundo livre, comete esse ato de traição?

    • Amauri disse:

      Seu raciocínio está correto porém, não podemos esquecer que Cuba é uma ditadura Militar, com mortes, prisões e torturas em seu currilulun. Liberdade é algum muito distante e precisamos dar ao povo local a chance de se manifestar. Acho que o regime ditatorial vai ser posto em cheque e luta interna é inevitável.

      • Paulo Cesar Diderot disse:

        Tortura e morte existiam em Guantanamo. Sabia?

        • amauri disse:

          Sim claro que eu sabia…e nunca apoiei. Acho que é esse nosso desafio daqui para frente…lutar com todas a nossas forças para influenciar e derrubar este regime anti-democrático e pelo fachamento de Guántamo.
          Fora Ditadores! tortura nunca mais ! lugar de militar é na caserna.

  2. Antonio Carlos disse:

    PARABÉNS PRESIDENTA DILMA PELA VISÃO DEMONSTRADA, O BRASIL SAIU NA FRENTE.
    Os críticos alucinados demonstram, o que não é novidade, total ignorância sobre o que acontece no Brasil e no Mundo, afinal só leem a Mídia Golpista que faz tudo para destruir o Governo que não é do seu interesse publicando com ênfase coisas ruins e escondendo as coisas boas, que são a maioria.
    Em entrevista coletiva após a 47ª Cúpula do Mercosul, a presidenta Dilma Rousseff reafirmou a importância estratégica do Porto de Mariel para as atividades econômicas da região, sobretudo após o anúncio do fim do bloqueio dos Estados Unidos a Cuba.
    “Algo que foi tão criticado durante a campanha, que foi o Porto de Mariel, mostra hoje a sua importância para toda a região e para o Brasil, na medida em que hoje o Porto de Mariel é estratégico pela sua proximidade com os Estados Unidos”, analisou a presidenta.
    Dilma classificou a reaproximação entre Estados Unidos e Cuba como um marco para as relações mundiais.
    “O fato de que Cuba tem hoje condições plenas de conviver na comunidade internacional é algo extremamente relevante para o povo cubano e acredito que para toda a América Latina”, frisou a presidenta.
    As obras de modernização do Porto de Mariel e sua estrutura logística exigiram investimentos de US$ 957 milhões, sendo US$ 682 milhões financiados pelo Brasil e o restante aportados por Cuba. Para aprovação do crédito, o BNDES acordou com o governo cubano que, dos US$ 957 milhões necessários, pelo menos US$ 802 milhões fossem gastos no Brasil na compra de bens e serviços comprovadamente brasileiros. Isso proporcionou a centenas de empresas brasileiras a oportunidade de participar do empreendimento, mediante a exportação dos serviços que prestam e dos bens fabricados no Brasil.

    • LUIZ - SOROCABA disse:

      Quem viver verá. As almas dos irmãos Castro , em breve, lá de cima, darem ordens a seus herdeiros políticos para calotear Brasil e quem quer que seja, além de arrotarem “o Porto é nosso e aqui quem manda somos nós”. Já vimos esse filme com as refinarias da nossa famosa petrobras na Bolivia.

      • Antonio Carlos disse:

        Pô cara, os tucanos estão apelando até para o espiritismo ?!?!?!?!
        Coitado do Tancredo, deve estar decepcionado com o sobrinho.
        Perderam a noção do ridículo.

      • J K disse:

        a administração do porto em Cuba pertence ao Grupo Odebrecht de engenharia que construiu o porto, que inclui um grande terminal de contêineres, em parceria com a empresa cubana “Zona de Desarrollo Integral de Mariel”, uma subsidiária da Almacenes Universal S.A. controlada pelos militares cubanos.
        O Brasil emprestou o $$. Leva alguma vantagem, mas o que vale para exportamos é produto bom e barato, no mínimo barato, como na China, lá do ladinho.

    • serg disse:

      Bem lembrado, Antonio Carlos. Houve importante estímulo para a industria nacional ao participar da construção do Porto em Cuba.

  3. LINS NETO disse:

    SE O BRASIL ESTIVESSE EM EXCELENTES CONDIÇÕES PODERIA AJUDAR O MUNDO INTEIRO. MAS O GOVERNO BRASILEIRO TIRAR DA BOCA DE SEU POVO, QUE MORRE AOS POUCOS A CADA DIA, PARA SE BENEFICIAR POLITICAMENTE? O SENHOR ACHA JUSTO ISSO? SENHOR KENNEDY? LINDO, MARAVILHOSO….MAS E OS BRASILEIROS FAMINTOS, DOENTES, VIOLENTADOS COMO FICAM POR AQUI? VÃO SER BENEFICIADOS COM O QUE? VAMOS SER MAIS COERENTES….MAIS HUMANOS PELO MENOS.

  4. Trata-se de um processo, que se inicia com a vontade de ambas as partes, EUA e Cuba, de verem as relações políticas e econômicas estabelecidas entre os dois países. Quanto à resistência do Congresso americano sobre o fim do embargo, talvez não seja um grande problema para Obama, já que a opínião pública americana já apoia esse encaminhamento, sendo pontuada pelos sucessivos editoriais do influente New York Times nesse sentido.

  5. Deivid disse:

    Com certeza os mesmos que se beneficiaram na Petrobrás iram se beneficiar disso, vide Odebretch. E também há de se considerar que qualquer possivel beneficio só ocorreria se o embargo economico fosse removido, o que depende de um congresso americano de maioria oposicionista na câmara e no senado, e que já se mostra contra a aproximação.

  6. carem disse:

    a cara da parcial, e sem credibilidade da talzinha R.S.,kkkkkkkaa….,Eu já sabia!!! que o porto cubano-brasileiro de Mariel era uma boa !! , por isto revotei na Dilma !!!, agora a imprensa golpista , que é 95% , vai se roer de raiva ,,,,,e já não era sem tempo, esta bobajada de embargo a Cuba, se os eua apertam a mão do presidente chinês e negociam com a China, nada mais natural que ter relações econômicas com Cuba, que está no mesmo caminho da China!,GOlAÇO da PRESIDENTA!!!

  7. Anafilófio disse:

    Concessão histórica dos Estados Unidos?!?!? É, os EUA precisam muito mais de Cuba do que Cuba precisa deles. Meu Deus…

  8. Você consegue mensurar qual é a relevância do ganho que o Brasil pode ter com a "acerto da construção do porto de Mariel e da ampliação do aeroporto de Havana"? Um investimento se faz com planejamento e metas, você entende que o Brasil "acertou" e disse:

    Você consegue mensurar qual é a relevância do ganho que o Brasil pode ter com a “acerto da construção do porto de Mariel e da ampliação do aeroporto de Havana”? Um investimento se faz com planejamento e metas, você entende que o Brasil “acertou” e já sabia que Cuba iria ser agraciada pelo Obama?

  9. José Carlos Damaceno disse:

    ATÉ QUE EM FIM ISSO COM CERTEZA SERÁ BOM PARA TODOS OS POVOS DE BOAS VONTADE E PRINCIPALMENTE AS PESSOAS QUE ACREDITAM SEMPRE EM SOLUÇÕES NEGOCIADAS.

  10. David Dias disse:

    É parece que o povo cubano vai poder ter a democracia e eu fico pensando nos coitados que sofreram e os que já se foram sofrendo uma ditadura sanguinária da esquerda. Sobra para nos brasileiros esta corja do PT e outros aproveitadores que se escorando neles enlamearam e acabaram coma Petrobras e quase acabam com o Brasil. O sofrimento cubano esta no fim mas o sofrimento do Brasil e dos brasileiros esta no começo mas o que fazer pois cada povo tem o governo que elege e eles foram eleitos por nos e, cada governo tem o povo que merece e eles nos merecem pois somos cegos e vivemos na utopia e não na realidade se assim não fossem eles não teriam tanta força e todos nos estaríamos bem melhor. Deus sabe o que faz.

  11. Antonio Matarazzo disse:

    A direita demo tucana e a midia golpista durante a eleição atacaram a Dilma e o PT sem dó em relação ao porto cubano financiado pelo Brasil.
    Agora esta mesma midia e esses jornalistas golpistas vem falar que foi uma jogada de mestre da Dilma e que o Brasil sai ganhando.
    Essa é a direita do Brasil, lixo!

  12. David Dias disse:

    Comercialmente acredito que não pois Cuba é pequena e pobre e embora precisando de muita coisa outros países poderão fornecer-lhes coisas melhores e de preço menor do que nos que estamos sofrendo por um governo corrupto e incompetente. Mas quem sabe abra os nossos olhos e assim consigamos por o sapo barbudo, o PT e os oportunistas ligados à ele para fora e poder limpar a casa e deslanchar.

  13. Luiz Gustavo Alves de Souza disse:

    Eu não apoio nenhum tipo de comércio com Cuba, sou contra qualquer tipo de ditadura e o que acontece em Cuba e o que já aconteceu por causa destes irmão Castro é uma desgraça, eles não merecem em hipótese alguma qualquer tipo de respeito, são sádicos e loucos assassinos e se apoiam um governo assim, mudem-se para lá.

  14. Paulo Lopes disse:

    O Brasil apenas construiu o Porto de Mariel com dinheiro do povo brasileiro, ninguém sabe quanto custou pois este governo bolivariano e com chispas de totalitarismo não divulga e nem informa.

    O Brasil construiu um porto que será operado por uma empresa asiática, não vai nos beneficiar em quase nada, essa é a verdade, não vamos operar o porto.

    Aliás, bem o que o jornalismo a favor poderia perguntar ao governo quanto custou o porto de Mariel e nos contar.

    O bom disso tudo é que caiu por terra o discurso meia boca dos comunistas da zona sul sobre os “yankes”…e essas baboseiras desses dinossauros esquerdopatas do dinheiro alheio.

    • Antonio Carlos disse:

      Para você ficar mais bem informado, procura na internet um vídeo de uma entrevista que um diretor da FIESP (nada mais anti PT) deu a Heródoto Barbeiro, sobre o Porto de Mariel, considerado a “Jóia do Caribe”.

  15. antonio barbosa disse:

    As táticas de guerra são uma forma de minar seu oponente sem disparar um tiro. Leiam Sun Tzu, A Arte da Guerra. No Brasil não existe nem esquerda, nem direita, mas ladrões do erário público travestidos de ideologias baratas. No fim são todos farinhas do mesmo saco fétido e nojento. Se não entendem, então saibam que Obama quer driblar a Russia que ataca a America Latina destruindo Cuba, porque no Leste Europeu a guerra continua. Tolos que julgam que tudo caminha para a paz mundial. A luta pelo poder está cada vez mais acirrada e toda tática vale ser testada. Cuba minou os governos democráticos da America Latina, agora vai sofrer com a investida dos americanos. Se recusar fica como vilã, se aceitar vai sofrer espionagem dentro de casa, ou seja, Obama inteligentemente colocou uma saia justa nos irmãos Castro.

  16. Pasquale disse:

    O PT é uma quadrilha,o povo não autorizou doar Refinaria,construção de Porto,perdão de dívidas etc.
    O pior falou pro trabalhador investir o FGTS na petro a 26,00 hoje a 9,00,enquanto isso já estavam roubando os otários.
    Falar algumas coisas no Brasil,é como subir em lugar bem alto,rasgar um travesseiro de penas e querer catar as penas todas e fazer o travesseiro de volta.
    O único País do mundo em que o preso que é político,é preso como herói.

    • Herenergilson Catalunho disse:

      Aécio, Bolsonaro e Lobão estão reunidos neste exato momento, decidindo qual dos três vai aos EUA, numa reunião com as lideranças do Partido Republicano e da Ku Klus Klan para fazer uma manifestação contra o Presidente Obama devido a abertura política com Cuba.
      Existe a desconfiança de que o Obama pode ser filiado ao PT com possibilidade de estar envolvido no escândalo da Petrobras, já que, segundo o deputado Carlos Sampaio, um ex patrão de um tio afastado do cunhado do caseiro da Graça Foster, cruzou com uma colega de infância de um primo do Obama, no aeroporto JFK, e houve uma troca de olhares entre eles.
      Para o PSDB não há dúvida de que esta abertura política não passa de uma nuvem de fumaça com o objetivo de evitar o impeachmente da Dilma.
      Em princípio, o Aécio disse que não vai porque vai passar o dia na praia do Leblon e depois vai tomar um chopp no Bracarense. Lobão, também não deve ir porque sozinho fica totalmente perdido. Vai sobrar para o Bolsonaro, que não tem medo de nada e já avisou que prefere não ter contato com nenhuma deputada americana, principalmente se ela for bonita, porque senão ele arregaça, mas se tiver que acontecer, prefere as feias, porque estas não merecem.

      • Pasquale disse:

        Pelo comentário,a pessoa já imagina o nível do cidadão.
        Nada importa apenas o PT.

        • Herenergilson Catalunho disse:

          Senhor, são os coxinhas que dão uma demonstração de que nada importa, principalmente o Brasil, através das suas criticas doentias, de pessoas que não enxergam um palmo adiante do nariz, completamente desinformadas e que fazem questão de continuar assim.

  17. Pasquale disse:

    Mais de um quarto dos brasileiros teme não poder comprar alimentos
    18/12/201410h15

    Mais de um quarto da população brasileira em 2013 vivia em domicílios com algum grau de insegurança alimentar, por falta de recursos. É o que mostra o suplemento de Segurança Alimentar da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD 2013) divulgado nesta quinta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Nestas residências, os moradores tinham alguma preocupação com a possibilidade de faltar recursos para adquirir alimentos.

  18. Marco Túlio Castro disse:

    Tolinhos são os que pensam como o Kennedy que o Brasil saiu na frente. A Dilma só financiou a infraestrutura necessária para os cargueiros americanos utilizarem. Ou seja os brasileiros foram novamente feitos de idiotas pela incompetência deste governo de assaltantes.
    Não vai sobrar um contrato sequer para os brasileiros agora que os americanos estão na jogada.

  19. Antonio Carlos disse:

    A Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e o Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp) estimam que o PIB per capita cubano pode duplicar em dez anos com o restabelecimento das relações diplomáticas da ilha com o governo dos Estados Unidos, conforme anunciado nesta quarta-feira 17.

    Em comunicado, as entidades afirmam apoiar o reatamento entre os dois países. “Com o fim do embargo norte-americano, o aumento do PIB per capita cubano poderá duplicar nos próximos dez anos”, afirma o presidente da Fiesp e do Ciesp, Paulo Skaf. Além do avanço econômico do país governado por Raúl Castro, a reaproximação com os norte-americanos permitirá ainda “o incremento do fluxo comercial do país com seus principais parceiros. O Brasil, entre eles”, segundo a nota das entidades.

    Para o diretor do departamento de Relações Internacionais e Comércio Exterior (Derex) da Fiesp, Thomaz Zanotto, “agora é a hora de o Brasil intensificar essa política ainda mais, uma vez que esses investimentos, certamente, irão estimular a exportação de bens e serviços brasileiros para Cuba e toda a América Latina”. Nesse contexto, o Porto de Mariel, financiado pelo BNDES, passa a ser estratégico no comércio do Brasil com os EUA

  20. Antonio Herenergilson disse:

    Não sei porque,se nós não temos portos que precisaríamos ter.
    Foram fazer um Porto em Cuba,e ainda escondido.
    Só podia ser coisa do partido que quebrou a Petrobras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-09-22 11:47:22