aki

cadastre-se aqui
aki
Política
17-10-2016, 23h13

Ação contra Cunha nas mãos de Moro preocupa PMDB

Peemedebistas temem delação de ex-presidente da Câmara
17

KENNEDY ALENCAR
BRASÍLIA

A intimação do juiz Sergio Moro ao ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha causou preocupação no PMDB. Moro, que passou a conduzir o processo aberto pelo STF (Supremo Tribunal Federal), cobrou explicações a respeito das acusações de que Cunha possui contas na Suíça.

Na avaliação de peemedebistas, o agravamento da situação de Cunha pode levá-lo a fazer revelações sobre colegas de partido. O ex-presidente da Câmara criticou recentemente Moreira Franco, secretário que cuida do programa de privatização no governo Temer. Segundo Cunha, Moreira seria uma raposa cuidando do galinheiro.

Como Sergio Moro costuma ser rápido em seus processos, há no PMDB a avaliação de que a delação premiada pode ser a única forma de defesa eficiente de Cunha.

*

Tempestade à vista

O PT foi o partido que mais sofreu com as delações premiadas da Operação Lava Jato. A partir de agora, existe a expectativa de que políticos do PMDB e do PSDB passem por um calvário semelhante ao vivido por petistas.

Quem acompanha as delações da Odebrecht e da Andrade Gutierrez diz que surgirão novas revelações sobre dezenas de políticos que fazem parte da base de sustentação do governo Temer. Numa hora em que procura aprovar medidas econômicas no Congresso, o presidente Michel Temer pode sofrer com turbulência política por causa da Lava Jato.

Assista aos temas do “SBT Brasil”:

Comentários
17
  1. Gustavo disse:

    Caro Kennedy, bom dia!
    Turbulências estas nescessárias, não por causa propriamente do presidente, mas para limpar o executivo, legislativo e o judiciário. Quem sai ganhando com isso é o cidadão, o contribuinte, as pessoas de bem. O que se vê no horizonte é que os eleitores estão mais ávidos por administradores do que por políticos, aliás, uma linguagem muito bem falada nestas últimas eleições. Parece inclusive que infelizmente, os cidadãos estão estão se tornando mais apolíticos do que apartidários. É uma reação correspondente à ação dos últimos acontecimentos que lançaram grande descrédito sobre a classe política. Quem foi votar demonstrou que a apreciação por uma pessoa pode muito bem ser maculada com o passar do tempo e a pessoa cair em total descrédito. Por exemplo, o PT perdeu mais de 50 milhões de eleitores, pondo por terra a teoria da conspiração do “golpe”. foi a resposta popular mais certeira que já ví. Não se fala mais em golpe não é a toa. Tenham todos um bom dia.

    • Joaquim José da Silva Xavier disse:

      e fica a pergunta:
      se a direita/elite/imprensa não tivessem protegido esse mafioso por tanto tempo, e ele tivesse sido cassado há tempos atrás, e tivesse sido julgado por Moro, como estaria nosso país?

      Eduardo Cunha é a prova de que direita/elite/imprensa brasileiras nunca tiveram problema nenhum com políticos corruptos . . . tinham problemas com o PT, isso sim!!!

      • luiz disse:

        Mas graças ao Cunha nos livramos do corrupto pt e deixamos de virar uma Venezuela.

        • walter disse:

          Caro luiz, tens razão, o cunha foi sim, o fiel da balança; teve peito, e decidiu, imitar o Roberto Jefferson contra o Dirceu.
          Veja você, já perdoaram o meliante, dirceu, mesmo sendo condenado na lava jato, esta se livrando da pena no mensalão.
          Quanto ao cunha, todos já sabem, que ele é muito perigoso, deve ter tudo anotado e lançado; certamente, que suas acusações, vão levar muitos, ao banco dos réus, mas não pode ser motivo, para ficarem aguardando, o desfecho; esta na hora dos partidos grandes, tomarem uma posição clara; quem por ventura, for citado, deve ser afastado; isto é o mínimo para governar…

        • Joaquim José da Silva Xavier disse:

          quem protege Eduardo Cunha de ser preso não tem indignação com corrupção coisa nenhuma… por mais que vista camisa da CBF na paulista e bata panela na varanda . . .

      • nilo disse:

        Interessante, Joaquim Xavier, a maioria dos presos por corrupção são, ou foram, do PT, inclusive tesoureiros. Quem são os ladrões?

        • Joaquim José da Silva Xavier disse:

          q: quem são os ladrões?
          r: os que roubam! seja de que partido forem.

          diferente daqueles que critiquei, não protejo ladrão por ser deste ou daquele partido!!!

  2. Vanda disse:

    Isso é o que veremos…agora é a hora da operação Lava Jato mostrar que é imparcial, porque todos nós sabemos que bandidos estão em todos os partidos, uns com mais outros com menos…

  3. Wellington Alves disse:

    Não acredito que outros partidos sofrerão o mesmo desgaste que o PT. O que importa aos partos revoltados é Lula na cadeia. Depois todo mundo pode virar ganso.

  4. Mauro disse:

    O país já sofreu bastante e o que a Lava-Jato deve fazer agora é juntar mais e mais provas para poder prender e condenar o Lula e dar alguma sentença para o Eduardo Cunha, e nada mais.
    O objetivo da Lava-Jato era tirar o PT do poder e isso foi alcançado e agora acho que deveria ser feito um grande acordo para encerrar a Lava-Jato, pois todos os outros envolvidos são santos perto dos quadrilheiros do PT.
    O PT foi castigado e bastante encolhido e a tendência é sumir do mapa, pois agora mesmo 40 deputados já estão desembarcando do partido e 2018, deve ser o ano em que se fechará a tampa do caixão desse partido que já está podre e só falta ser enterrado. Cadeia para o PT e anistia para os demais!

  5. Marcelo Amoy disse:

    Quem usou dinheiro sujo terá que arcar com a sua responsabilidade. No entanto, o PSDB não pode ser acusado de exigir propina num governo de seu adversário. O PT e o PMDB, além de outros partidos, formavam a base de apoio dos mandatos petistas – obviamente, o PSDB não fazia parte da base e não contava com ministérios nem com diretorias de estatais pra achacar empresários. Se recebeu propina durante os mandatos petistas, foi porque os empresários, acostumados desde sempre a “tentar se garantir” a cada eleição, apoiavam candidatos de partidos variados e programas antagônicos sem distinção (fosse de ideologia ou de licitude da fonte dos recursos doados). Se o Brasil luta hoje (mais do que nunca) pela moralidade e por bons princípios, é preciso que esta distinção seja feita: caso contrário, todos serão injustamente igualados na mesma vala imunda que o PT cavou pra enterrar sua história.

  6. MIGUEL DOS SANTOS CERQUEIRA disse:

    Os que pensam que o suplício a que foi submetido o PT e, por extensão, as Esquerdas ao se entorno, está próximo do fim estão redondamente enganados. Por certo se esqueceram de revisitar os livros de história. O caso Sacco e Vanzetti, o processo envolvendo Miguel Servet, os famosíssimos Processos de Moscou.
    Não nos enganemos. Em seguida aos extermínios políticos e morais, aos expurgos, as e desmoralizações coletivas, a morte civil e expulsão da vida pública e até mesmo as extermínios físicos de adversários, conforme se pode depreender das lições da história, não se deu um arriar das armas, mas sim uma audaciosa caça às bruxas. Para as forças do establishment, para toda a camarilha que ascende ao comando da administração, que são na verdade os representantes dos verdadeiros donos do Estado e do Poder, a morte civil e política dos adversários não é o suficiente, se faz necessário o mais completo e eficaz extermínio, uma verdadeira limpeza, a fim de que não lhes ronde quaisquer ameaças.

  7. ANDRE disse:

    As eleições para prefeito não tem nenhuma relação e não são instrumentos de retirada de presidentes. O que houve foi uma eleição indireta para presidente por um congresso, em nada melhor que a presidente, no fundo muito pior. A resposta popular viria em 2018, ai sim, seria um movimento dentro dos trâmites democráticos, o PT perderia eleição, simples assim. Por este pensamento, todos os presidentes com baixa popularidade (inclusive o Temer), seriam retirados e a eleição para prefeito serviria para avalizar isto. Por este pensamento a quase totalidade hoje dos presidentes da América Latina, a maioria com baixa popularidade poderiam ser depostos. O presidente François Hollande com 12% de aprovação e com sete anos de mandato seria deposto na França. Foi um golpe contra a legalidade, que coloca nosso pais na contramão das grandes democracias.

  8. Tomara que a delação do Cunha termine de afundar o PT que tanto mal fez a este país.

  9. Ricardo disse:

    Santa ingenuidade Batman! ou seria “santa ignorância”? É ÓBVIO QUE NADA VAI ACONTECER COM O CUNHA!
    Até o passaporte da mulher dele, cujas contas receberam COMPROVADAMENTE dinheiro desviado da Petrobrás, o Moro já devolveu. Sem falar que o Moro não conseguia intimar a mulher do Cunha porque não tinha o endereço dela…quá quá quá! Acorda povão, a Farsa-a-Jato não é pra combater a corrupção, mas pra AUTORIZAR A CORRUPÇÃO do PSDB e PMDB…é um liberou geral!! Filiem-se ao PSDB galera e pode tudo!

  10. Gustavo Vieira peixoto Cruz disse:

    Podia atualizar a matéria informando que o prazo para defensa foi noticiado hoje como sendo de 30 dias, enquanto você supôs que seria rápido que Moro pegaria Cunha, fica a dúvida de que este prazo ajudaria o Presidente a seguir com seu pacote de maldades contra os direitos dos cidadãos no legislativo em conluio com o executivo.

Deixe uma resposta para Mauro Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-06-04 18:59:45