aki

cadastre-se aqui
aki
Política
20-08-2015, 9h27

Acusações devem derrubar Cunha, avalia Ministério Público

Para investigadores, será difícil deputado manter comando da Câmara
29

Postado por: Daniela Martins

Nos bastidores, os investigadores da Operação Lava Jato avaliam que dificilmente Eduardo Cunha (PMDB-RJ) conseguirá se manter no comando da Câmara dos Deputados após a apresentação da denúncia do procurador-geral da República, Rodrigo Janot.

A denúncia, que é o pedido ao STF (Supremo Tribunal Federal) para a abertura de um processo, deverá ser apresentada hoje.

Em conversas reservadas, os investigadores afirmam que, se Cunha fosse um executivo de uma empreiteira, já teria sido pedida a sua prisão preventiva por eventual obstrução da Justiça. Haveria elementos que mostrariam que o peemedebista tentou atrapalhar as investigações. Mas, como ele é chefe de um poder da República, o Ministério Público optou pela apresentação da denúncia ao STF a fim de que as acusações se tornem públicas e tenham os seus efeitos políticos.

O principal deles é o enfraquecimento político para levar adiante a possibilidade de abertura de um processo de impeachment contra a presidente Dilma. Outro efeito deverá ser a perda de força da chamada “pauta-bomba” na Câmara.

Cunha tem dito que pretende permanecer no cargo de presidente e responder ao processo no Supremo como outros deputados já fazem. A diferença é que um deputado responde pelo mandato dele. Cunha responde pela Câmara. A depender da consistência das acusações, que parecem fortes, a permanência na presidência da Casa pode ser uma miragem política.

Há um grupo de deputados prontos para pedir o afastamento dele do cargo de presidente. O governo deverá dar apoio nos bastidores a esse movimento. E a oposição, que tem feito alianças com Eduardo Cunha para derrotar o Palácio do Planalto, terá de se manifestar sobre as acusações. Há uma ala do PMDB que namora com o PSDB e que sofrerá um abalo forte.

No Palácio do Planalto, uma pessoa importante fez a seguinte avaliação: “A chapa vai esquentar”.

*

A acusação de Cunha de que o governo teria um acordo com Janot para atacá-lo e preservar o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), não tem amparo nos fatos. É também um mau argumento, porque prioriza uma teoria da conspiração e deixa em segundo plano as acusações que ele terá de responder _algumas das quais já sabidas, como a de ter recebido propina de US$ 5 milhões.

A reaproximação entre a presidente Dilma Rousseff e o presidente do Senado, Renan Calheiros, deve ser entendida como estratégia de sobrevivência política de ambos em meio à crise.

Renan tira proveito de as investigações sobre Cunha estarem em estágio mais avançado, até porque o presidente da Câmara partiu para uma guerra direta contra o Ministério PúblicoO presidente do Senado tenta ganhar força política antes de ser eventualmente atingido pela Lava Jato.

Se o governo tivesse poder sobre as investigações, não haveria petistas e empresários amigos presos em Curitiba.

Os políticos em Brasília até podem tentar fazer um acordo, mas os investigadores da Operação Lava Jato, tanto em Curitiba como na Procuradoria Geral da República, não são um fator controlável. É bom e correto que seja assim.

*

A denúncia do Ministério Público contra Cunha também deverá ter um efeito sobre a agenda conservadora de votações na Câmara.

A tendência é que a PEC (Proposta de Emenda Constitucional) que reduz a maioridade penal para 16 anos, aprovada em segundo turno ontem na Câmara, fique engavetada no Senado. Essa proposta avançou na Câmara devido ao empenho direto do presidente da Casa.

Essa agenda deverá perder força porque Cunha é o líder que catalisa a rebeldia em relação ao governo, que manobra para acelerar uma eventual abertura de processo de impeachment, que estimula a “pauta-bomba” na economia e que coloca em votação os projetos da chamada bancada BBB (Bala, Boi e Bíblia).

Esse líder sofrerá um forte abalo.

Ouça o comentário no “Jornal da CBN”:

Comentários
29
  1. Moises Gomes disse:

    Isto é política, Sr. Eduardo Cunha parece que esta em seu primeiro mandato, acreditava que era poderoso e no Brasil NINGUEM é poderoso sozinho.

    • PAULO EDUARDO disse:

      por ai se ve em que nivel estamos NAO ESCAPA UM

    • walter disse:

      Caro Mises Gomes, em tese você tem razão; mas não se esqueça….o Cunha não esta sozinho; metade do congresso esta com ele; provavelmente já articulou o plano B com um possível substituto; a vida da dilma, continuará nas mãos de seus colegas…
      Estas atitudes, só geram mais revanchismo, o cunha é vingativo, o Janot deveria apresentar, representações para os dois lideres; inclusive o RENAN, que tem citações mais antigas…
      No Brasil a lei só é justa, quando interessa alguém…como assim!!! para o governo nada mudará, seus lideres ~soa fracos..

  2. Cleber Silva disse:

    Cunha não cai tudo isso não passa de balela, a prova disso é que contra Lula e Dilma tem centenas de acusações e nada é provado o mesmo será para o cunha no final tudo em pizza e nosso dinheiro para o bolso deles.

    • Marcio disse:

      Existe um abismo de diferença entre Cunha que o passado dele é muito sujo do Lula e da Dilma ate agora não tem nada contra Lula e olha que ele esta sendo investigado a 10 anos e da Dilma que não tem nada contra ela . Não da nem p comparar.

  3. Ruy Teixeira disse:

    Todos nos roubam, estão todos envolvidos. República das bananas.

  4. Jorge Luiz Santos disse:

    E agora Aécio. Mais um investimento rolando ribanceira abaixo. Você o colocou lá, para destabilizar o PT.

    Que atirem a primeira pedra aquele servidor de caráter ilibado.

  5. Marcus Marx disse:

    Ele assistiu muito House of Cards

  6. Mário Gontijo disse:

    Este político prolixo se fez às custas de puxa-saquismo: foi tesoureiro da campanha de Collor de Mello no Rio, tomava chá de cadeira na anti-sala do então poderoso PC Farias (Escudeiro de Collor), Presidente da TELERJ (sob suspeitas de ilícitos) etc. Mais tarde traiu o Collor.

    Boa parte do poder deste parlamentar está em sua ferocidade de atacar e contra-atacar em todas as situações, além de ter diversos parlamentares do PMDB e partidos de aluguel presos pelos respectivos rabinhos!

    Quem sabe os dois poderão relembrar os idos de 1992/1994 nas anti-salas do STF?

  7. Antônio Bernardino Balbino disse:

    É claro que as posições políticas de qualquer agente público jamais poderiam ser utilizadas para justificar quaisquer deslizes éticos que tenha cometido. Numa autêntica democracia institucional, condição na qual o Brasil vem gradativamente se firmando, todos os atos ilícitos independentemente de quem sejam os seus protagonistas, devem ser devidamente apurados, julgados e punidos. Entretanto me parece sim que a carga investigativa sobre possíveis irregularidades cometidas pelo Deputado Eduardo Cunha e principalmente a repercussão política das mesma, estão vinculadas a interesses políticos contrariados por sua postura conservadora, o que acaba sendo um dado negativo para o próprio processo de saneamento democrático. Autoritarismo não é defender idéias tidas como conservadoras, autoritarismo é achar que se tenha o direito de impedir que tais ideias sejam legitimamente expostas e defendidas.

  8. Luiz Fernando disse:

    O Eduardo Cunha catalizou não só o interesse dos parlamentares de oposição, mas refletiu o desejo de milhões de brasileiros que se sentiram e ainda se sentem acuados pelo rolo compressor desse partido corrupto que é o PT. Agora, como todo político sem escrúpulos, o Educardo Cunha está provando o gostinho da derrota da justiça. (observação NAMORAR ALGUÉM E NÃO “COM” ALGUÉM. Não aprendeu ainda?)

  9. Marcel disse:

    ola gostaria de dizer que na atual conjuntura NADA me assusta, estou certo que o Presidente da Câmara Eduardo Cunha vai surpreender a todos de forma positiva com uma explicação razoável pois desde o inicio quando levantaram a possibilidade de envolvimento de Eduardo Cunha nesta questão ele mesmo respondeu de forma altiva! diferente de outros que despudoradamente apenas se calam! vamos aguardar pelo desenrolar deste novelo nos proximos dias…

    • Gonçalves disse:

      Concordo Marcel…. o presidente da Câmara (Eduardo Cunha) tem mantido uma postura combativa e, dentro do possível, coerente, desenterrando pautas, projetos adormecidos e “intocados” através dos anos, impulsionando assuntos favoráveis à população brasileira, portanto, contrários aos interesses petistas. Acredito que a “batalha” está apenas no inicio, “retaliação” explica este momento. A postura de Cunha já incomoda o Planalto e, sinceramente, sua permanência mostra-se mais relevante para a nação neste momento. Os deputados apoiarão sua permanência.

      • José Alves disse:

        Terceirização geral dos empregos é favorável à população brasileira?
        Colocar na Constituição que empresas podem pagar partidos políticos é o que deseja a população brasileira?
        Claro que não, mas foi o que Eduardo Cunha fez à força e de forma ilegal, enquanto o PT foi contra esses projetos.
        Mas pelo visto o povo tem memória muito curta e não presta atenção no que foi votado, nem quem foi a favor ou contra o quê. Todo o que mostram é um ódio infantil por certos partidos, geralmente o PT.

  10. leonoro soarez disse:

    Só falta uma pá de cal para decretar o envio do PT para a lixeira da historia do brasil de forma definitiva e irreversível..a prisão de outro mentor do mensalão e do petrolão:Luiz Inacio Lula Da Silva.A lava-jato vai chegar nele podem esperar!comemorem bastante a denuncia contra Cunha,mas o PT ja está morto..

  11. César disse:

    Fica a pergunta,” porque a denuncia sobre o Presidente da Câmara dos Deputados andou mais rápido do que as outras denuncias?” Quem se favorece, com o afastamento do Deputado Eduardo Cunha? Que eu me lembre, são muitos nomes de políticos, mencionados pela Operação lava Jato. Tem até nome de Ministro de Estado entre os investigados, mas parece que o nome do Presidente do Senado tem prioridade. Porque será?

  12. uriam moraes disse:

    Até que enfim, tomara que de certo, o país precisa de políticos que promovam o crescimento e a busca de soluções, cargo público é para ser usado para fim público e não para manipular inspirações pessoais a qualquer custo.
    Se investigar mesmo a fundo….será que sobra alguem ???????

  13. Par=tricia Mello da Rocha disse:

    Resta-nos s saber se o presidente do Senado ficará (impune) de fora… Ele é bem mais corrupto que o da Câmara, né? E como , neste país, a corda só arrebenta onde é mais frágil… provavelmente ele estará a salvo, como os demais…Espero que o Meritíssimo Sergio Moro olhe isso c/ mais carinho…

  14. Elaine disse:

    Perdeu, muita ingenuidade achar que os homens de bem do Executivo e do Judiciário iriam assistir as afrontas de Cunha sem reação nenhuma.
    Agora a sua conta chegou e deverá ser responsabilizado pelos seus atos. Simples assim.

  15. Rodrigo Janot deveria denunciar outros nomes enão somente os que estao atacando o governo..Vemos que Brasil funciona em camaradagem…e quem paga a conta é a população…

    • Edi Rocha disse:

      Há mais de um ano que o MP vai pra cima de pessoas do PT, causando todo esse desgaste ao partido, e agora que Eduardo Cunha será denunciado, quer dizer que é conspiração? Quer dizer que só vale se for contra o PT? Nesse ano todo que passou era PT contra PT, então?
      Tem gente chamando o cara de “herói”. Que absurdo! O cara foi um dos responsáveis por DESVIAR dinheiro da Petrobras (no mínimo, 5 milhões).
      .
      Francamente, é melhor o deputado Eduardo Cunha ir se preparando para a cadeia, pois duvido que ele não seja culpado de CORRUPÇÃO.
      .
      E o povo já está na hora de lutar “realmente” contra a corrupção, sendo contra os corruptos e não contra um partido em particular simplesmente.

  16. edson gomes disse:

    DE…MORÔ! Basta analisar a vida (política) pregressa do cunha, os processos em que ele figura como denunciado, as falas do Garotinho sobre o cunha, mostra que ele vem “cunhando” seu “nobre” perfil, impunemente, até agora. Agora só falta o “stf do gilmar” não aceitar a denúncia para que tudo continue como está.

  17. Denize Lial disse:

    Fico imaginando como o PT fatiou o governo brasileiro com seus inimigos.
    Vejo o Color na cena do poder, com poderes. Isso me estarrece.
    Vejo esse Eduardo Cunha – quem é Eduardo Cunha para achacar uma propina na Petrobras de U$ 5.000.000,00. E os demais laranjas do PP – quem é o PP para ter tamanho poder dentro de um governo? dentro da Petrobras?
    Kennedy, esclarece minhas decepções.

  18. Alberto disse:

    “Mas, como ele é chefe de um poder da República, o Ministério Público optou pela apresentação da denúncia ao STF a fim de que as acusações se tornem públicas e tenham os seus efeitos políticos.”
    O Ministério Público não optou nada pois o referido tem foro privilegiado e,portanto,só o STF pode processá-lo,caso aceite a denúncia da PGR.
    Quem e quantos são os que querem destroná-lo? Será que tem essa força toda? O tempo dirá.

  19. Carlos Faira disse:

    Kennedy, Inocente é uma característica que não lhe é peculiar! Dizer que não existe uma tentativa de acordo é negar toda a nossa recente história!

    O cenário esta plenamente montado para um acordo:

    1 – O PGR (Janot) precisa ser reconduzido ao cargo, mas depende totalmente do Renan para isso se viabilizar;

    2 – O PT precisa urgentemente de uma boia para se apoiar e percebe que só pode ter isso com o Renan

    3 – O Renan tenta se ver livre das acusações da Lava-jato e o único que pode denunciá-lo é o PGR(Janot)

    Não vamos fingir que nada está acontecendo…. existem até os que acham que esse acordão seria o melhor para o Pais pois criaria uma chance de sair desse atoleiro! Mas o acordo está por aí, cabe a sociedade aceitá-lo ou não

  20. Paulo disse:

    Está tudo muito bem, tudo dentro dos conformes. Mas se denunciarem só o Cunha e deixarem de fora o Renan e os petistas (Gleise, Humberto Costa, Edinho Silva, etc., etc., etc), aí tem coisa.

  21. Ingeborg Schportfeldt disse:

    O primeiro ministro da Grécia acabou de renunciar há poucos minutos atrás. É um exemplo de grandeza, mesmo partindo de um político de esquerda. Isso demonstra a falência das políticas de esquerda, mas também demonstra que existe discernimento e critério moral até no fracasso.

  22. AUGUSTO disse:

    Acusações devem derrubar Cunha?
    D-U-V-I-D-O e faço pouco!
    Eita jogo emocionante!

    Se não existirem provas materiais e tudo não passar de um ACORDÃO, (uma BÓIA para Dilma não se afogar), o Cunha e grande parte do PMDB e oposição, vão revidar bonito, até o último suspiro do PT.

    Em terra de “farinha pouca, meu pirão primeiro”, em que o PT só fez doer no nosso, em favor dos seus satélites minoritários, vou torcer pelo Cunha. Na melhor das hipóteses, um freio ao Lulopetismo; na pior das hipóteses, um mal necessário.

  23. Wilsom disse:

    Quanta inocência acreditar que “as investigacoes na PGR nao são um fator controlável”. Qualquer um que tem conhecimento da instituicao sabe que existe muita influencia politica no orgao!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-09-25 21:15:15