aki

cadastre-se aqui
aki
Política
09-07-2015, 21h12

Acusados por Youssef querem indagar Cardozo sobre grampo

3

Postado por: ISABELA HORTA

Convocado pela CPI da Petrobras, o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, será questionado sobre o grampo encontrado na cela de Alberto Youssef na carceragem da PF (Polícia Federal) em Curitiba. Policiais federais disseram à CPI que a escuta seria ilegal.

Muitos parlamentares respondem a inquérito no Supremo Tribunal Federal devido às revelações feitas por Youssef em delação premiada na Operação Lava Jato. Como Cardozo é chefe da pasta que comanda a PF, os deputados querem saber que providências ele tomou quando a escuta foi encontrada, em abril do ano passado.

No entanto, delegados da PF temem que haja um movimento para tentar criar uma nulidade futura na Operação Lava Jato.

Cardozo ainda será cobrado pelo PT e pela oposição. Está sob fogo cerrado por todos os lados.

*

A presidente Dilma Rousseff deverá vetar a regra aprovada no Senado na quarta que estende a política de reajuste real do salário mínimo a todas aposentadorias.

A equipe econômica avalia que esse reajuste para todos os aposentados penaliza a Previdência e esvazia o ajuste fiscal em curso.

Mas a área política do governo acha que Dilma precisa fazer algum tipo de acordo, porque está fraca politicamente. Será um risco. Caso aceite todas as bondades que o Congresso quer fazer, a presidente adiará a recuperação da economia.

*

Confira os temas do “SBT Brasil” desta quinta:

Comentários
3
  1. Samuel Firmo disse:

    A PF não é a antiga KGB da extinta União Soviética nem a GESTAPO de Hitler. José Eduardo Cardozo é homem ou um aspargo?

  2. Paulo Cesar de Araujo disse:

    Porque somente um arremedo de reajuste nas aposentadorias de quem trabalhou mais de 30 anos causa rombo nas contas do governo? E as aposentadorias dos parlamentares de valores extratosfericos e que trabalharam menos de 10 anos e suas excessivas mordomias não afetam as contas? Porque as obras iniciadas e não acabadas, o mensalão os desvios na Petrobras, as benesses a empresários milionários do BNDES, os altíssimos salários dos milhões de cargos comissionados do altíssimo numero de ministérios , etc não impactam as contas públicas. Chegará um dia e não demorará, em que o povo não mais terá dinheiro para bancar esta corja. E está próximo este dia.

  3. J K disse:

    Se ela rejeitar tal ajuste penso que ela encerra o partido nesse ato.
    O eleitor de hoje será aposentado amanhã é esse assunto entrou na pauta há muito tempo. Não só a perspectiva de prejuízo futuro como filhos e netos de aposentados que dependem desse valor para sustento da família. Penso que se o governo convidar o monte de aposentados que recebem aposentadoria e continuam a trabalhar no serviço público a desembarcarem e saírem dando vaga aos que estão desempregados seria possível amenizar 2 problemas de uma vez: o desemprego e a distribuição da renda, quando novatos conseguiriam uma vaga e sem renda passariam a ter salario. Os que saíssem ficariam com o $$ da aposentadoria. É aí, será que os patriotas que mamam na teta aceitam sair sem reclamar ? O tempo já foi cumprido, gente !!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-09-30 15:40:40