aki

cadastre-se aqui
aki
Política
17-04-2018, 21h23

Aécio vira réu dois anos após pontapé no impeachment

Senador fez discurso hipócrita sobre corrupção
15

KENNEDY ALENCAR
BRASÍLIA

É uma ironia recheada de simbolismo que o senador Aécio Neves (PSDB) tenha virado réu no STF (Supremo Tribunal Federal) justamente no dia em que faz dois anos que a Câmara aprovou o pedido de abertura de impeachment da então presidente Dilma Rousseff.

Em 2015, após perder a eleição no ano anterior, Aécio fechou aliança com Eduardo Cunha para desestabilizar Dilma e aprovar o impeachment. Usou e abusou do discurso do combate à corrupção, chegando a dizer que tinha perdido a eleição para uma organização criminosa.

Nesta terça, o senador mineiro virou réu por corrupção passiva e obstrução de Justiça. Teve todo o apoio do PSDB para radicalizar na política e também para se manter no comando do partido após a delação de Joesley Batista no ano passado. Há farto material probatório produzido pela própria voz de Aécio.

Como disse o ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot em rede social, caiu a tese de invalidar as provas. No entender do STF, os áudios valem para iniciar um processo contra o tucano. Isso deverá ter efeitos em investigações e eventuais futuros processos contra o presidente Michel Temer e os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Minas e Energia).

O Senado deveria ter investigado Aécio no âmbito do Conselho de Ética, mas o protegeu. O PSDB fez o mesmo.

Demóstenes Torres, que colheu decisão favorável hoje no STF, fez um discurso hipócrita contra a corrupção, assim como Aécio. Ambos foram engolidos pela própria hipocrisia.

*

Pegou mal

É curioso que o ministro do STF Alexandre de Moraes não tenha autorizado a transmissão em vídeo e áudio do julgamento sobre a denúncia contra Aécio. Há interesse público no caso.

Aliás, é estranho que Moraes tenha decidido votar, porque recebia Aécio fora da agenda quando era ministro da Justiça. Moraes foi citado por Aécio na gravação com Joesley, quando o tucano insinuou que tinha um plano para distribuir inquéritos para delegados que pegariam leve com investigados do PSDB e do PMDB.

Mas, se decidiu votar, o ministro do STF deveria querer investigar a obstrução de Justiça até para ficar claro que não houve interferência sua. Ao final, quatro votos decidiram investigar a obstrução de justiça, além do crime de corrupção passiva. Moraes avaliou que só valia apurar o eventual crime de corrupção passiva e entendeu que não era o caso de investigar obstrução de justiça.

*

Sonho Meu

Dona Ivone Lara, que morreu ontem, abriu espaço para as mulheres no samba. Ela teve um papel de protagonista na música, como a Clementina de Jesus. Dona Ivone Lara compôs, cantou, tocou instrumentos, dançou e desfilou no Carnaval pela Império Serrano na ala das baianas. Fez tudo no samba.

A adorável “Sonho Meu” é muito lembrada na versão cantada por Maria Bethânia, mas a letra é de Dona Ivone Lara, em parceria com Délcio Carvalho. Dona Ivone cantou essa música. Vale ouvir.

*

Economia solidária

O economista Paul Singer, que também faleceu ontem, nasceu numa família judaica na Áustria que migrou para o Brasil em 1940, na Segunda Guerra Mundial. Ele teve os direitos políticos cassados pelo AI-5 (Ato Institucional Número 5), em 1968, na ditadura militar, quando já era um professor importante da USP.

Foi fundador do Cebrap (Centro Brasileiro de Análise e Planejamento), junto com o FHC. Também foi fundador do PT, em 1980. Atuou como secretário de Planejamento do governo Erundina na Prefeitura de São Paulo.

Paul Singer tem uma obra respeitável em economia, com foco na chamada economia solidária _que prega autogestão, cooperativismo e preços justos para os produtores e consumidores, entre outros pontos. Sua obra econômica pensou numa melhor integração entre capital e trabalho, com inclusão social. Foi um importante economista e intelectual brasileiro.

Ouça os comentários a partir dos 22 minutos e 20 segundos no áudio abaixo:

Comentários
15
  1. walter disse:

    Acho tudo isso ótimo caro Kennedy; antes que algum oportunista, tente afirmar que não estou sendo verdadeiro; quero afirmar, que votei no Aécio, para presidente, mas não TENHO BANDIDOS DE ESTIMAÇÃO, quero ve lo condenado, pelo que tudo indica; pego com a “boca na botija”, como o lula; espero ver a dilma, processada por Pasadena…não acredito que fará mal ao partido, se ao ser condenado, seja expulso da legenda…tudo deve ser dentro da Lei, para qualquer um político, que seja pego “vendendo a alma”…não sou hipócrita, não posso deixar de concordar, que prof Paul Singer teve sim, um papel fundamental ao Pt, como dna Ivone Lara, com mais brilhantismo, pelo samba…aliás, deve ter sido duro, a todos que ajudaram o partido dos trabalhadores, por um sonho, ver tudo terminar em pesadelo…continuaremos acreditando na justiça; estas condenações a políticos felpudos, vai se propagar, até o momento que nossa justiça se consolide…não podemos desanimar, a justiça vai vencer sempre…

    • Marcelo Baptista disse:

      Walter, pela primeira vez vejo alguém que não apoiou o PT sentir solidariedade pelos milhares de ex-petistas traídos em seus ideais. Eu sou um deles. E antes que alguém venha dizer que os fins justificam os meios, devo lembrar que o desvio de milhões de reais fizeram/fazem falta na saúde, educação e segurança publica. E isto vai completamente de encontro contra o que o partido pregava, num passado em que eu tentava convencer Malufistas de que o rouba mas faz era tão ruim quanto o só rouba. Dói.

    • FG disse:

      Alckmin e Serra (CPTM, Metrô, Máfia do ICMS), Perilo (Cachoeira) e FHC (mensalão, compra da reeleição, privataria, etc.)?

      Hum … não vem ao caso … Aébrio foi só o boi de piranha por se expor demais … alguém teve que pagar o pato (amarelo) …

    • Tiago disse:

      Sou petista desde que me conheço por gente. Para o PT, não existe BANDIDO DE ESTIMAÇÃO, haja vista a postura exemplar que o PT adotou em relação ao ex-senador Delcídio Amaral, pego em situação semelhante ao do Aécio.
      Quem defende o Lula não defende bandido, mas denuncia a arbitrariedade de uma condenação claramente política e sem materialidade.

    • Romilson Rossi disse:

      Acho muita hipocrisia quando vejo eleitores do Aécio falando “NÃO TENHO POLÍTICO DE ESTIMAÇÃO”. Há bem pouco tempo diziam: “NÃO TENHO CULPA, VOTEI NO AÉCIO”, numa época em que há havia pipocado o aeroporto de Cláudio, escândalos ref. à cidade administrativa, furnas, etc… Tal afirmação sobre estima somente é pronunciada ou escrita quando eles são provocados. Espontaneamente ficam todos calados, tanto nos comentários em matérias jornalísticas, quanto nas redes sociais. Qdo. o noticiário envolve Lula ou alguém do PT, eles fazem um verdadeiro alvoroço, ao contrário do “silêncio dos inocentes” constatado nesses dias “aecistas” ou de aecistas.

  2. Maria Antonia disse:

    Kennedy vc é o comentarista politico mais sensato da TV,vc consegue ser imparcial,do jeito que um jornalista tem que ser…

  3. José Eduardo Boquembuzo disse:

    Desestabilizar o governo Dilma ?…putzzz o governo petista já vinha de mal a pior !

  4. Fabio disse:

    Aguardando sentado o juiz parcial de Curitiba prender um grão tucano.

    • Santiago disse:

      Sim, Fábio. O melhor é não esperar porque vamos cansar. Isso nunca vai acontecer. A perseguição é a Lula, primordialmente, e ao PT. Juizeco partidário de Curitiba não vai fazer nada com os políticos do PSDB.

  5. Tiago disse:

    Aos que dizem chavões do tipo “VOTEI NO AÉCIO, MAS NÃO TENHO BANDIDO DE ESTIMAÇÃO”, digo: o áudio em que Aécio foi pego em flagrante delito e o vídeo de seu primo carregando mala de dinheiro são provas cabais de algo que já era muito conhecido: a ficha corrida do Aécio.
    Eu, que não me julgo mais esperto do que ninguém, sempre soube quem é Aécio e do que ele é capaz.
    O escândalo do aeroporto de Claudio, por exemplo, foi revelado durante a campanha de 2014; nem por isso os “penitenciados” eleitores do Aécio deixaram de votar nele naquele momento em que Aécio tinha condições de se tornar presidente. É muito cômodo dizer frases de efeito depois que Aécio se tornou um “zumbi” da política.

  6. ANDRE disse:

    Quem acredita que a justiça condenará os tucanos Aécio e Alckmin, tem todo o direito de se iludir, mas aconselho esperar sentado. Aécio, vivencia bem o ditado que diz que quem semeia ventos colhe tempestades.

  7. Saulo Ferreira Gomes disse:

    a verdade é que não dá pra levar a sério comentários – como o do Walter – que se anunciam como equilibrados e disparam algo como Lula ter sido “pego com a boca na botija”, como Aépcio; como se houvesse alguma comparação possível, com a enormidade de provas e evidências contra o tucano (de patrimônio imobiliário falseado a propina milionária em Furnas, de mala com R$ 2 milhões a desvio e rombo nas contas do estado de MG quando governador, mais o aeroporto na fazenda e passando pela meia tonelada de coca no helicóptero do chapa e padrinho Perrela – só imagina se fosse apenas um quilinho de maconha no carro do padrinho de Lula) e a quase total ausência das mesmas contra Lula (veja-se a falácia do tal “triplex” que nunca foi de fato comprovado ser dele, farsa cada vez mais exposta a partir dos vídeos da recente ocupação do imóvel que mostram)…ah, que preguiça desse povo que finge indignação generalizada.

  8. Marco Túlio Castro disse:

    Ótimo ! Por isso quero que o Lula continue preso. Se soltarem o Lula terão que soltar o Aécio. Não terão moral para prender mais ninguém. São todos farinha do mesmo saco imundo. Moro na Europa e aqui voto na esquerda por uma razão simples, aqui existe esquerda. No Brasil não, só há políticos “interessados”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-05-25 20:29:16