aki

cadastre-se aqui
aki
Política
20-07-2018, 11h34

Alckmin avança, Ciro perde e Meirelles se isola

Tucano terá tempo de TV e rádio para minar Bolsonaro
17

KENNEDY ALENCAR
SÃO PAULO

Candidato a presidente mais consistente politicamente no campo de centro-direita, o tucano Geraldo Alckmin avança na disputa ao fechar o apoio de cinco partidos: DEM, PP, PRB, PR e Solidariedade. As cinco siglas fazem parte do chamado Centrão, grupo de legendas conservadoras que costuma votar unido no Congresso.

Ciro Gomes (PDT) perde. Ele tentou fechar aliança com o Centrão e foi preterido. No PDT, há quem queira tentar atrair o Solidariedade, oferecendo ao partido a vaga de vice. É uma operação difícil, apesar de o acordo das cinco siglas com Alckmin ainda depender de negociações pontuais para ser oficialmente selado _haverá debate sobre candidaturas a governos de Estado e ao Senado.

O ex-governador de São Paulo ganha gás num momento importante da disputa. Terá enorme tempo de TV e rádio, o que será fundamental para outro desafio: desconstruir a candidatura de Jair Bolsonaro (PSL).

Traduzindo: terá a ferramenta para bater duro no deputado federal e tentar obter a vaga do campo conservador no segundo turno. Bolsonaro sofreu duas derrotas recentemente: o senador Magno Malta (PR) e o general da reserva Augusto Heleno (PRP) recusaram a vaga de vice do ex-capitão do Exército.

Alckmin aglutinou apoio e ficou mais competitivo. Terá, porém, o desgaste da companhia de partidos que também entraram na linha de tiro da Lava Jato e que formam a base de Temer no Congresso. Ficará difícil a dissociação do atual governo. O impeachment de Dilma e a administração Temer foram avalizados e apoiados pelo PSDB.

O movimento de Alckmin isola ainda mais a pré-candidatura de Henrique Meirelles, do MDB. Haverá   pressão para que o partido do presidente Michel Temer entre na canoa tucana. O tucano é o nome preferido do empresariado e do mercado financeiro.

Agora, falta combinar com os russos. Ou seja, Alckmin vai conversar com o empresário Josué Gomes (PR) a fim de acertar com o empresário a indicação para vice-presidente. Filho de José Alencar, que foi vice de Lula, Josué é um nome que adensa a candidatura presidencial.

Ouça abaixo a análise feita ontem no “Jornal da CBN – 2ª Edição” enquanto o prefeito de Salvador, ACM Neto, um habilidoso articulador político, reunia-se com Alckmin em São Paulo para fechar com o tucano o apoio do Centrão:

Comentários
17
  1. Maria Aparecida Ramos Tinhorão disse:

    Qual é a contribuição de Josué Gomes para a sociedade ? Nenhuma !! É apenas um rico industrial a bancar a vaidade incontrolável de Alckmin.

  2. walter disse:

    Kennedy, sejamos matemáticos por um instante por favor; se o centrão foi pressionado pelo planalto, a unir se ao Alkimin, é claro que o meirelles faz parte do pacote..a intenção desesperada, foi alcançada; deixaram o Ciro falando sozinho em termos; continua tentando o apoio do lula…no fundo são TODOS CONTRA o Bolsonaro…esqueceram a Marina moita, correndo por fora; trata se de um mal menor, se eleita, nada mudaria…o Alkimin tentando trazer para vice josué alencar, não deveria interessar, já que este sujeito, é mais um invisível, aos OLHOS DO POVO…Tempo de TV, com o avança da interação, não faz verão…o melhor perfil seria do ex governador, pelos feitos, não fosse citado na Lava Jato…esta eleição, nos trará lembranças da ERUNDINA em SP, foi eleita, contra tudo e todos..

    • walter disse:

      Caro Kennedy, chega a ser cômico, certos comentários com intenções claras, em denegrir um candidato Livre, que até aqui não deve nada a ninguém; não tem condenações pela justiça; manteve uma postura extremamente conservadora, com a responsabilidade fiscal em SP, onde governou por 4 mandatos lícitos até então…esta cometendo um erro grave, unindo se ao centrão, mal intencionado; por estas e por outras, terá que se explicar e convencer eleitores; na minha ótica, esta transferindo votos, ao Bolsonaro; como todos os outros concorrentes podres; são muitos os envolvidos por tabela, na LAVA JATO…teremos que escolher o menos pior, aquele que diz a que veio com plano de governo factível…precisaremos de propostas claras, sem viés de maldade, e retrocesso; este País precisa caminhar, com o mínimo possível de contaminados no poder; precisam esvaziar o congresso; com tantos contratados, para fazendo NADA, ganhando fabulas, deve ser META….deve ser o primeiro principio, acabar com abusos…

  3. Antonio Pereira Ribeiro disse:

    Avança aonde? O cara não consegue tirar nem um pé de Pindamonhangaba

  4. Ana Paula Falsetti Conte disse:

    Em quem o Alckimim avançou?

  5. Alberto disse:

    O naipe de candidatos,em liberdade ou encarcerado,é da pior qualidade possível e imaginável.Pobre terra brasilis.

  6. J K disse:

    Se confirmado que o Bolsonaro traz aquela postulante, eu acho que ele perde a eleição. Há muita gente que mente em relação à simpatia com o PT. Diz que não gosta e tal, mas se não houver candidato deles (PT) no 2º turno poderiam votar numa chapa de milicos, ainda que quase um voto de protesto, algo como nos EUA. Entrando ela, não sei. Alguém votaria nela para presidente? Então não adianta votar em chapa com ela vice, afinal, se ela se apresentou como uma das autoras do pedido de impeachment da Dilma, quem me garante que ela não está sendo bancada por outras forças (podem chamar obscuras no momento) apenas para garantir acesso ao governo central e depois tramar contra o JMB, sendo ela a herdeira legal do cargo? Abre o olho e os sentidos, Jair!

  7. T.L. disse:

    Em relação à candidatura do Alckmin gostaria de salientar alguns pontos, que penso importantes. Não podemos nos esquecer que ele é o “pai” do PCC. Lembro que anos atrás uma repórter da Folha (não lembro o nome dela, infelizmente) o alertou para uma facção que estava se formando numa penitenciária em Tremembé, no interior de SP, e ele refutou que não havia facção alguma e que aquilo era ficção. Teve, ainda, aquele episódio do acordo com o PCC em 2006 qdo dos ataques aos ônibus em São Paulo e, agora, ao que parece há um novo acordo para diminuir as mortes/assassinatos em São Paulo em troca de uma liberação geral dos pontos de vendas de drogas.
    O “Santo” vem sendo aceito por grande parte da população por seu estilo low profile. É limpinho, cheiroso e articulado, mas não passa mesmo de um chuchu insosso, ineficiente e inoperante. Basta ver que nunca entregou uma obra dentro do prazo. Construiu uma linha de metrô até o aeroporto de …continua…

    • J K disse:

      Tenho dito: a República vem sendo atacada por esses interesses.
      O problema do Brasil começa no México. Pelo andar da carruagem, não vou me surpreender se descobrirem que houve interferências (no que seja articulação) nas eleições americanas. Tudo isso que está sendo reclamado aí agora, não vai me espantar que não sejam esses caras associados à máfias russa, que tenham trabalhado pra eleger “o melhor presidente que os EUA já tiveram”(sic), colocando esse marionete de fácil manipulação na presidência pra convencê-lo a construir um muro no México a fim de atrapalhar os cartéis mexicanos. Isto feito, qual seria o caminho mais fácil? Seríamos os maiores futuro exportadores de coca do mundo? Será que é isso que está reservado para esse pobre país como futuro?
      Na minha opinião, eles estão atuando a plena carga. Dia desses, tentaram anunciar o Dória como vice de Bolsonaro. O balão de ensaio furou antes de completar o absurdo. Não deu? Plano C, coloca a moça.

  8. Santiago disse:

    O “mercado”, mídia golpista (Globo, Folha de S paulo, Band e outros babacas mais espalhados nessas redes) têm no picolé de chuchu a grande esperança de tomar o poder no voto, porque no poder estão, mas com golpe. Nas urnas, jamais ganhariam em um processo verdadeiro e democrático. Tiveram que minar o PT e prender Lula sem provas num processo totalmente inventado e bem articulado porque o centrão e chuchu não têm plano de governo, não tem propostas. Apenas acabar com mais direitos dos trabalhadores, vender o país ao capital internacional. Consequência: desemprego, pobreza, violência. Brasil, mostra a tua cara!!

    • Ricardo Magalhães disse:

      Santiago, aproveita e estende seu raciocínio para o Cunha e o Maluf, eles estão condenados e também alegam argumentos frágeis para a condenação. O Cunha é mais próximo do caso do seu amado Lula pois também foi rapidamente condenado em 1ª e 2ª instâncias e preso. Só concordamos com uma coisa. O Alkimin com essa turma ex-Lula e ex-Dilma (centrão) fica mais intragável ainda!!

      P.s.: Alivia esse discurso da década de 80/90. Ninguém quer comprar essa barca furada (Brasil). O PT tem sua culpa do nosso quadro de hoje… enquanto não reconhecerem isso e amadurecerem ficarão como você, preso nesse discurso alienado.

      • Santiago disse:

        Vc acredita realmente nas coisas que escreveu aqui? Cunha, se estiver preso mesmo, não abriu o bico porque o juizeco de Curitiba livrou ela da cadeia, mesmo com dinheiro na Suíça. Tudo combinado. Maluf tá em prisão domiciliar. Na mansão, com a família e todo o conforto que o roubo ao erário lhe proporcionou. Tá velho. Podre de rico e em liberdade, porque tá nessas condições. A esquerda, se unindo, ganham a eleição para qualquer candidato: Bolsobroco, Alckmin merenda, Álvaro botox globo/moro Dias.. quem mais? Diga aí o seu Ricardo?

  9. Espero que o Alckmin ganhe a eleição.

  10. J K disse:

    Kennedy, está de férias ou parou por quê?

  11. DIRETO AO ASSUNTO: NÃO AOS CORRUPTOS! É PRECISO UMA FAXINA GERAL NO SENADO E CÂMARA FEDERAL, NAS ELEIÇÕES! disse:

    É terrível observar como as quadrilhas travestidas de partidos políticos se planejam para as eleições. As alianças visam o apoio de grupos, categorias profissionais, setores do empresariado, da agricultura, do setor financeiro, setor religioso etc. O foco é o eleitor, nunca o cidadão, a pessoa, a vítima de todo esse sistema político que levou o país ao caos moral, político e econômico atual. Consideram que cada setor desse é constituído por uma enorme massa de idiotas, conduzidos como gado para o matadouro, conforme a ordem dos que dirigem cada setor. O “indivíduo” não existe. Isso apenas prova o quanto os “representantes do povo” se distanciaram dos “representados”. É a hora do eleitor bradar, não em alto e bom som, mas como surpresa, em silêncio, na urna: “CAMBADA DE CORRUPTOS, EU, ELEITOR, EXISTO. POR ISSO FAÇO, NA URNA, A FAXINA GERAL QUE O PAÍS NECESSITA, NÃO VOTANDO MAIS NA LADRÃOZADA COM PASSADO POLÍTICO SUJO”!

  12. Miguel Ângelo disse:

    Kennedy, vi/ouvi uma entrevista de Ciro Gomes na Band com Reinaldo Azevedo. E acho que o colega de ofício teu tem toda razão guando diz que o PT perde por ser irresponsável com o poder. O Lula e o partido, fazem neste momento um movimento de suicídio ao seu legado político (sem ficar debatendo os erros e acertos), a sua existência como maior bancada, a oportunidade de sem o Lula no cenário, ter talvez em alguns anos um novo representante. O Brasil perde muito com Alckmin. Novamente digo, nosso País não ganha nada com políticos de MG, SP e RJ neste momento. Seria a permanência dos maiores grupos de políticos que aparecem nas manchetes e voltados ao retrocesso do papel dos mediadores a favor do Brasil e seu povo. Não digo Sociedade, nem elite, pois só temos uma elite financeira cruel que arrota capitalismo, como muitos empresários, no calcanhar do BNDES e benesse tributária partidária, ou castas nos três poderes. Bolsonaro frente ao conhecimento e sabedoria de Ciro é uma piada sem graça.

  13. Miguel Ângelo disse:

    Reforçando: Hoje a entrevista de Alckmin ao mesmo Reinaldo Azevedo, mostra como existe diferença entre o Ciro que apresenta ideias novas a favor da sociedade e o Brasil, e o trololó de político paulista na invenção de soluções fáceis para saída nenhuma. Para criar emprego este sujeito aposta na iniciativa privada, com investimentos estrangeiro para criação de refinarias de óleo e gás, e garante que terá investimento externo nisto para criação de empregos aqui no Brasil. Só vamos perguntar? De quais Países virão os investimentos? Dos EUA? Com Trump? Pô Alckmin vai ler sobre economia mundial sujeito. A Europa e EUA estão querendo as empresas deles que estão em outros Países de volta para criar emprego local. Ele devia ter ouvido pelo menos o Reinaldo Azevedo dois dias antes. Em resumo, numa embromação danada não falou nenhuma verdade. Ciro discutiu uma cartilha para tirar o Brasil da estagnação. Alckmin disse inverdades e impossibilidades. É um Bolsonaro 2. Verbetes inúteis.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

 
2018-11-19 20:22:52