aki

cadastre-se aqui
aki
Entrevistas
07-05-2018, 20h12

Alckmin e Maia não ganham eleição sem apoio do governo, diz Temer

Cogita encerrar intervenção e aprovar reforma da Previdência
19

KENNEDY ALENCAR
BRASÍLIA

O presidente Michel Temer diz que seria “impossível” o ex-governador Geraldo Alckmin ou o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, vencerem a eleição presidencial sem defender “teses” do governo. “Se for para falar mal do governo, evidentemente, estarei contra”, afirma, sobre a condição para dar apoio a um candidato que una forças de centro e centro-direita na disputa pelo Palácio do Planalto.

Em entrevista ao “Jornal da CBN – 2ª Edição”, Temer diz que discutiu com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso a possibilidade de uma candidatura única dessas forças. Relata ter sido procurado por Alckmin e outros tucanos.

Se os números da segurança pública melhorarem no Rio de Janeiro até agosto ou setembro, o presidente diz que poderá suspender a intervenção federal. Afirma que tratará dessa hipótese com o interventor, o general Braga Netto. Se tiver um plano consistente, promete conversar sobre o fim da intervenção com os políticos que forem eleitos para governar o Rio e o Brasil.

Se encerrar a intervenção, Temer crê que terá janela para tentar votar a reforma da Previdência até o fim do mandato. Ele admite que a delação da JBS em maio do ano passado impediu a aprovação dessa reforma.

O presidente afirma que há “efeito ilusório” a respeito da eficiência do combate à impunidade com o fim do foro privilegiado. Ele deu essa resposta ao comentar a decisão do STF na semana passada que restringiu o foro especial para deputados federais e senadores. A tramitação desde a primeira instância aumenta o risco de prescrição, avalia.

O emedebista diz que não vai propor uma elevação do teto salarial para incorporar o auxílio-moradia. Considera que caberia ao Poder Judiciário tomar a iniciativa de solicitar tal saída, aventada em discussões no âmbito da AGU (Advocacia Geral da União). Ele vê com “preocupação” com tentativas do Judiciário de usurpar poderes do Legislativo e do Executivo.

Diante da notícia de que setores do Ministério Público discutem eventuais medidas cautelares contra ele após deixar a Presidência e de que a Polícia Federal usaria em relação a emedebista a mesma tese usada para prender o ex-presidente Lula, respondeu que não tem medo de ser preso após deixar o mandato. “Eu não temo, não. Seria uma indignidade. Lamento estar falando sobre isso”.

O presidente considera que a investigação da PF sobre supostas irregularidades nos portos é “como fazer um inquérito para investigar um assassinato que não tem cadáver”. Ouça a entrevista concedida por volta das 16h desta segunda e levada ao ar no “Jornal da CBN – 2ª Edição”:

Comentários
19
  1. walter disse:

    Realmente Caro Kennedy, o Temer esta imitando o FHC, perdido e sem rumo, tem a coragem em apostar na mediunidade da mãe Dinah; falar do Maia, chega a ser ridículo, não tem a menor chance como candidato, deverá fazer um acordão na ultima hora; sairá de fato, como governador do RIO…neste instante, o Alkimin, que na minha opinião, é o melhor candidato de todos, por dois grandes motivos; tem a maquina do PSDB nas mãos, o que mantem sua candidatura; mesmo com os empecilhos, ou “pedras no sapato”, o próprio Dória, que ainda insisti em ser o candidato do partido a presidente…O Alkimin foi de longe, o melhor governador de todos os Estados…vai deixar um legado, com responsabilidade fiscal, o único estado, com suas contas em dia…Quanto a reforma da previdência, não caminhará, mas nem com “reza brava”, por ser um ANO político, mais que isto, o temer chegará, se chegar, ao fim de seu “governo”, com a língua de fora…culpado até os dentes, responderá pelos desvios; pode ser julgado de novo

    • edi santos disse:

      BOLSONARO 2018.

    • NSK disse:

      LOL!! O Alckmin (“Santo” nas planilhas da Oderbrecht) não foi governador de nada. Ele ocupa o cargo, mas não é com ele. Desaba metrô? Ele não viu. Falta água no estado? Reclama com outro. Universidades no buraco? Ele não tem nada a ver. Escolas e hospitais sucateados? Ele nem ouviu falar. Escândalo ro Rodoanel? Siemens? Passam longe… A única coisa que ele faz muito ativamente é distribuir benesses tributárias e obras superfaturadas para os empresários amigos.

      Ser governado pelo “Santo” é como ser governado por um suflê de chuchu sem tempero, com molho de teflon e servido num prato de isopor.

    • Sebastiao Canabrava disse:

      E’ Sr Walter. Joga pedra agora no Temmer. Mas, o defendeu com todas as forças quando este galgou o poder.
      De politica o Sr nao entende nada. E’ mais casuista do que os politicos que ai estao.
      E ainda tem defende o picole de xuxu!
      O estado de SP esta’ com as contas em dia por que e’ um estado rico, malandro. Mas, o governador nao e’ la’ estas coisas.Ainda tem o Paulo Preto para defenestra-lo.
      E o PSDB? Ta’ acabado. Cheio de cadaveres politicos: Aecio, Serra, Alckimin, Aluisio, Azeredo, Pimenta Veiga, Perilo, Richa. Alguns destes tem votos?
      E olha que a lava-jato pegou muito leve com os tucanos.
      PSDB nao aceitou a derrota em 2014 e guiado por Aecio, misturou ao governo Temmer. Perdeu os poucos eleitores que tinham. Ja’ era.
      O Lula preso consegue mais votos que qualquer um destes que citei.

      • Elaine disse:

        Verdade. Que país é este? kkkkkkk. Meu espanto é de ver gente defendendo o PSDB/MDB, normal. Na época da ditadura militar também tinha gente que defendia, e o pior, tem gente que ainda defende a intervenção militar. Esse é o Brasil.

      • FG disse:

        Canabrava, vc já viu os vídeos do personagem Yldeglan do Bemvindo Sequeira no YouTube? Gaste alguns minutos além de se divertir vai perceber muita semelhança com participantes desse fórum de discussões.

  2. Tiago disse:

    Sem o apoio do governo ilegítimo Temer, Alckimin não ganha e, com o apoio do ilegítimo, será o tiro de misericórdia na candidatura que não chega aos dois dígitos. Maia, do quase 1%, não vale nem comentar. O fato é que Temer, com esse deboche mostra sua capacidade de se superar em seu caráter vil, rasteiro e repugnante.
    Esse sim merece ir para cadeia. Sonho com isso. Quero ver a sua jovem e inútil dondoca indo visita-lo no presidio no lugar ficar passeando com o cachorrinho nos jardins do palácio do planalto. Quando o Temer se consagrar como o nada que é (quando deixar a presidência roubada), talvez esse sonho se realize.

  3. David Dias disse:

    Realmente o TEMER esta correto mostra que mesmo estando sobre ataque intenso de todos os lados, SABE O QUE REALMENTE DEVE SER FEITO E O TENTA FAZER e sabe bem analisar a situação, porem como sabemos UMA ANDORINHA SÓ NÃO FAZ VERÃO mas não se curvou ante a perseguição que esta sofrendo para mim ELE ESTA COMBATENDO UM BOM COMBATE , dou a ele o meu PARABÉNS e olhe que nunca dei o meu voto a ele.

    • frederico costa barros disse:

      Essa é a diferença de ser um político experiente e corrupto e não uma anta honesta e politicamente incompetente.

  4. Miguel Ângelo disse:

    Temo que o Temer ainda seja o que resta do que está por vir de pior. Bolsonaro não voto. E tenho minha visão política da negativa. A base de Alcântara nunca devia ter recebido os americanos. Está a 2043 km de Brasília, podendo ter suporte da Marinha americana para se quiser obrar dentro de nosso território. Não posso, mesmo que quisesse fechar meus olhos para isto. Então, se este home defende tanto o poder pela força (armada). Deveria ter gritado, esperneado em Brasília, não fez, logo é conivente a esta invasão mansa que as FFAA não tem condição de tirar de uma decisão do Congresso. Se você ainda vota em representante de SP, MG, RJ, BA, RS, PR, SC para presidente, estão perto da loucura de trocar nada por coisa nenhuma. Nosso representante tem que vir, mostrando que não tem porque termos mais representação de um Ente Federativo do que outro. Passou da hora de se igualar a representatividade das UFs em Brasília. Senão o Pais se endivida para pagar o luxo dos Estados gastões.

  5. Miguel Ângelo disse:

    Qual direito tem os políticos de hoje, onde 90% são velhos conhecidos da inércia ou contramão da evolução, em querer que os reelejam. A soberania não é fundamento para que se tenha uma democracia. É notório que o Estado (o Brasil) não suporta pagar a máquina pública. Me enoja ouvir de celebridades do teu ramo:”temos que privatizar tudo”. O Estado é enorme e ineficaz no topo dos órgãos público, por causa da negociata das indicações.Porque não dizem a verdade. Nosso problema é o alto escalão dos 3 poderes. No Brasil e também em Curitiba. Que não é modelo de nada. Seja qual voz que diga esta asneira. Para que este Circo de eleição? Me mostre um homem elegível que tenha peito e voz para dizer na campanha que tira os americanos de Alcântara porque não precisamos deles para nada. Não temos projetos para enviar foguete pra Lua, Marte ou “Asgard” se reinventada. E eles são 17% na economia do Brasil. Um quintal dado por Temer e sua equipe. Em troca do tapete de carne dos patriotas e filhos.

  6. Miguel Ângelo disse:

    O Brasil não tem hoje sua soberania. Não tem FFAA. Tem gasto militar com o alto escalão nas FFAA. Se você compra tecnologia. Podendo desenvolver a tua. Não aproxima, ou coloca em seu território uma dos maiores Países em quebra de segurança, invasão e força para fazer o que quiser num País quanto a política, a economia, e a servidão. Me dá náuseas ouvir Bolsonaro, políticos dos Estados gastões. Você colocaram o Brasil onde ele está? Esta democracia irreal, esta fantasia de nomeação para representação política serve para quê? O País é dos brasileiros? É nosso? Nós povão queremos ver o nosso presidente, nosso Congresso Nacional (uma piada de mau gosto), nossas forças armadas dizerem isto em voz alta nos canais de TV? Porque só assim, haveria motivo para esta fanfarra toda. Senão é mais econômico aceitar ser mais um Estado dos EUA e acabar com esta gastança inútil dos 3 poderes. É para isto que Curitiba trabalhou. Com colaboração de muitos que realmente acham que são alguma coisa. Piada!

  7. FG disse:

    Sr. Walter

    Alckmin o melhor governador?
    Agora conta a piada do papagaio, kkk

    O estado está mergulhado em roubalheiras acobertadas desde a época do Covas: CPTM, Metrô, favorecimento dos frigoríficos com ICMS, etc., só não o investigam porque depois de mais de 20 anos de PSDB o TJ, MPE e TCE estão totalmente aparelhados. Até a Alesp virou um puxadinhho do palácio dos Bandeirantes, lá há apenas 3 deputados que fazem oposição de verdade.

    • walter disse:

      Caro FG e Kennedy, não disse que aprovo; sou contra reeleições, mas os fatos são incontestes, este governo não deixou o Estado a “banca rota”; ninguém consegue Governar com dinheiro curto, e manter a responsabilidade fiscal ultimamente…a segurança pública, Escolas e Saúde,são razoáveis; quando faltou capacitação e falta de água, o governo deu a volta por cima, e segurou a crise…podemos encontrar defeitos e falta de sequência, mas não encontraremos, a incompetência de vários outros governos, como foi a dilma, e outros tantos governos, que não mantiveram o mínimo, em sua gestões, como Minas e Rio com a “língua de fora”; a gestão haddad na prefeitura de SP foi um fiasco caro FG, não se reelegeu…neste momento, precisamos de uma gestão segura, não vejo candidatos experimentados, ou melhores opções até aqui; vamos aguardar até setembro para ver.

      • FG disse:

        Esqueci do “Rouboanel” … de qualquer forma só vejo um pior que Alckmin: o caricato Bolsonaro, versão tupiniquim (muito) piorada do Trump, na verdade um grande oportunista.

  8. Maria Aparecida Ramos Tinhorão disse:

    Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo… eis aí uma instituição inútil, cara, cabide de empregos; tem um alto custo social mas não oferece nenhum benefício à capital nem ao interior.

  9. Alberto disse:

    Rotos x esfarrapados,tão somente.Hilário!!

  10. renata disse:

    O Alckmin é a nossa melhor opção.

    • Miguel Ângelo disse:

      Dizem na lógica que: até não tomar nenhuma decisão, já é uma decisão tomada. … é a nossa melhor opção, para quem não conhece “a nossa”, diz simplesmente dentro da lógica, de algum grupo, de São Paulo, grande, oneroso, com investimentos dentro de um século que davam para financiar o desenvolvimento de todos os Estados do Norte, Nordeste e Centro-Oeste. A história não discute o quanto de verbas gastamos em SP, RJ, MG, RS, BA, SC, PR (Curitiba tu não enganas, esganas alguns até certos, mas alivia os culpados que quer). Políticos de São Paulo e dos Estados gastões só servem de evidencias da representatividade destes estados na corrupção e manobras em Brasília. Alckmin é prova que nada faz em SP, e menos ainda fará em Brasília. Não é nossa melhor opção não.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

 
2018-09-24 12:07:54