aki

cadastre-se aqui
aki
Geral
08-05-2020, 17h44

Alta do desemprego nos EUA reforça lobby para reabrir economia logo, o que é arriscado

Ao longo da semana, Brasil piora no ranking mundial de casos e mortes
9

Kennedy Alencar
WASHINGTON

A taxa de desemprego oficial chegou a 14,7% nos EUA no mês de abril. Esse número só pode ser comparado ao da Grande Depressão dos anos 30 do século passado. A alta taxa tende a reforçar o lobby dos que defendem uma reabertura mais rápida da economia americana.

O presidente Donald Trump tem dito que os EUA tinham a melhor economia da sua história e que, portanto, será possível recuperá-la já no segundo semestre, quando haverá eleições (3 de novembro). “Todos os empregos serão recuperados. Esses empregos estarão de volta muito em breve”, disse Trump na manhã desta sexta-feira, numa entrevista à Fox News.

Mas analistas avaliam que não será tão fácil reativar a economia de modo a trazê-la de volta ao patamar pré-pandemia. Trump faz jogo eleitoral ao minimizar a gravidade da crise econômica e vender a ilusão de uma retomada em breve.

Em abril, foram perdidos 20,5 milhões de empregos. Em quatro meses, foram perdidos todos os postos de trabalho conquistados nos últimos dez anos.

Na busca de bodes expiatórios, uma estratégia manjada de Trump, ele disse ainda que alguns governadores não querem reabrir logo a economia a fim de prejudicar a sua reeleição. É uma mentira.

Até o fim de semana, 47 dos 50 Estados terão tomado alguma medida de afrouxamento do distanciamento social. Um irresponsável preocupado com a reeleição, Trump aposta suas fichas na reabertura da economia para recuperar empregos, mas o tiro pode sair pela culatra se houver uma segunda onda de covid-19. O presidente está disposto a pagar o preço de correr um risco mais alto de repiques para tentar melhorar seu desempenho nas pesquisas eleitorais.

*

Testar é fundamental

Hoje faz 75 anos do Dia da Vitória, quando os nazistas se renderam na Europa. Sem máscara, Trump foi a um evento com veteranos no Memorial da Segunda Guerra, em Washington. A associação da covid-19 à Segunda Guerra faz parte do discurso do presidente americano para amenizar seus erros e irresponsabilidades.

Katie Miller, secretária de imprensa do vice-presidente, Mike Pence, está com covid-19. Ela foi diagnosticada hoje. Ontem, foi a vez de um ajudante-de-ordens de Trump testar positivo para a doença. O vírus chegou literalmente à Casa Branca e tornou mais importante o debate para testar em larga escala _o baixo número de exames é uma enorme falha de gestão de Trump na crise.

*

Brasil piora

No meio da tarde desta sexta-feira, 8 de maio, os EUA contabilizavam 1.271.775 casos, 76.368 mortes e 8.105.513 testes de covid-19. O cenário ainda é grave, mas uma boa notícia veio de Nova York.

O governador do Estado de Nova York, Andrew Cuomo, disse hoje se sentir pela primeira vez à frente do vírus e no controle da situação. Por isso, falou que a reabertura da economia tem de ser bem pensada e feita de modo cuidadoso para que não haja um aumento do ritmo de contágio.

Nesta semana, o Brasil deu um salto no ranking feito pela Universidade Johns Hopkins, que faz a contabilidade mundial da covid-19. Esta foi a pior notícia da semana para o país.

O presidente Jair Bolsonaro sabota o distanciamento social e desperdiça literalmente o sacrifício daqueles que fazem quarentena. O Brasil está em oitavo lugar no número de casos e em sexto na contagem de mortes. O país tem nesta sexta-feira, no ranking da Johns Hopkins, 9.600 mortes e 140.023 casos.

Na página do Ministério da Saúde, os números estão defasados em relação aos da Universidade Johns Hopkins. Às 15h50 desta sexta, a página do Ministério da Saúde chamada “Painel Coronavírus” contabilizava 135.106 casos e 9.146 mortes.

Ao longo da semana, o ritmo de crescimento dos casos no Brasil foi notícia no mundo todo, com reportagens críticas à conduta de Bolsonaro. É triste o que está acontecendo nos EUA, mas é pior o que ocorre no Brasil.

Ouça o comentário no “Estúdio CBN”:

Comentários
9
  1. walter nobre disse:

    Estamos todos desolados Kennedy, com tantas perdas, sem definições claras do amanhã, esperamos a cura como saída para a liberdade, estavamos todos em convulsão a muitos anos, com a disputa pelo crescimento satisfatório, até encontrar a crise do tamanho do mundo. O desemprego, é o fator mais preocupante, já que desta vez, o patrão também busca saídas, não tem certeza do seu Futuro e quanto tempo isto vai durar. O Povo sofrerá mudanças. O Trump esta esperançsos, melhor tem que encontrar saídas para retomar a economia, mas a praga continua a insistir, eis a questão. Comemorar a queda do Nazismo perde a graça, pela volta ao passado, relembrando uma guerra que esta de volta, são perguntas em nossas mentes que não passam. O Brasil tem sorte por ter um crescimento agricola, que nos faz respirar e aceitar desaforo, gerando possibilidades na industria, e no comercio internacional com a pandemia por alimentos. O problema é o tamanho do abismo também aumentou, precisamos encontrar o caminho.

  2. Nostradamus Tupiniquim e o Anjo mau Covid disse:

    Kennedy, de teorias a teorias. O Covid pegou de surpresa os EUA. Não povo. O governo fantasioso de Trump. Friso o povo americano é ótimo (lutaria do lado do povo – do governo – nem sempre). Ao qual nós brasileiros, latinos temos ligações. O nosso primo rico tem acordos bilaterais a todos nós. O que é e será bastante para os países no continente americano vê-lo com respeito. Agora bolsonaristas e o Desgoverno. Respeito não é submissão territorial. Nem irresponsabilidade. A perda de soberania. Isso é crime que põe os comandantes das FFAAs, o Congresso Nacional e demais órgãos dos 3 poderes na mesma quadrilha. É fato, os EUA em Alcântara – como governo tendencioso militarmente. Impõe servidão. Que pode ser vontade do Bolsonaro – militar de araque (sim – devia ter sido expulso – pois envergonha as FFAAs no governo que entregou nossa soberania). Mas não é, e não deveria ser vontade de nenhum brasileiro. Existem evidências para pensar que o Mundo queria guerra. E o Covid postergou isso.

  3. Nostradamus Tupiniquim e o Anjo mau Covid disse:

    De teorias em teorias. As evidências: Trump já ficou a frente da maior economia do mundo tempo suficiente. Suas ações são feitas alá Bolsonaro. E ambos, telegrafam “remakes”. Trump sabia que a economia americana iria declinar a partir de 2020. Oras, aprenderam como a guerra é cruel. Somente aos vitimados. Aos vitoriosos glórias e domínio econômico. O Mundo que se assombra pelo Covid. Sem esse anjo mau. Estaria em guerra. Ingleses, americanos (não povo), governo. Não são confiáveis. Temos outros em igual nível. Sim. Mas, que se respeite o que seria uma guerra hoje. Uns simplesmente afundam, se entrarem. Outros, a história os declara tão mortais que não piscariam e destruiriam seu próprio território. Para não cedê-lo. Isso, fora a AL. Nessa parte do território americano. Tropeçando com seus generais medíocres (são sim – pois antes governo – a soberania). Sem soberania o Governo não é Estado. E as FFAAs não fazem batalhões. Sem rumo e ideal. Para que servem as batalhas. Para tolices?

  4. Nostradamus Tupiniquim e o Anjo mau Covid disse:

    Nessa fantasia o governo Trump, precisa de bobos da corte. Aqui na AL ele tem um chamado: Bolsonaro. Precisa de um batalhão estúpido, soldados rasos, que devem cumprir ordem. Os Bolsonaristas. Como sabem. Soldados não precisam ser inteligente. Precisam saber concluir a missão. Qual seria a missão do governo Trump? Qual é a submissão do Governo Bolsonaro? Trump precisa alongar seu domínio sem guerra. Então, contrata um governante estúpido. Nome: Bolsonaro. Trum põe na cabeça de Bolsonaro que ele é parte do império trompista. Trumpismo fez na Europa e Ásia seus contatos. O que era preciso para uma guerra. Primeiro criar uma ideia única. O Trumpismo, serve ao mundo contra as “bruxas”. E lembremos, todo covarde vê na mulher que não pode ter… uma bruxa. Bolsonaro é uma princesa vulgar para Trump. Outros também são pelo Mundo. Agora criemos nossos dragões: O Covid é chinês; a China é problema; o Comunismo. E internamente aos países que veem nisso uma tolice. Dividir religiosamente.

  5. Nostradamus Tupiniquim e o Anjo mau Covid disse:

    Bolsonaro faz bem o papel da divisão religiosa. Não cobrem muito disso dele. Nem de seus apoiadores religiosos. São todos falsos profetas. Vendedores de livros, e apoiadores de shows para cantos a um Deus inexistente. Oras! É mentira? “Sou o servo do Messias Bolsonaro”. Meu Sr. O sujeito Bolsonaro é adultero pela maioria dos evangelhos do mundo. Se V.Sas. Leem ao evangelho. Ou não acreditam no que se tem escrito. Ou formam o segundo batalhão de estúpidos que seguirão ao primeiro de soldados de missão duvidosa. A certeza é que o Covid economicamente expos os planos de invasões, e ações militares das mentiras. Enquanto Bolsonaro envergonha a América Latina, seus vizinhos e parceiros de peso comercial. Trump tropeçou nos conceitos capitalistas. Para que mandar americanos a guerra. Se a classe pobre de seu país, não tem nem do governo a sensibilidade humana para a saúde pública? Oras! Oras! Quem vai a guerra morrer em bombardeios de clones e artefatos atômicos. Se em casa não vive?

  6. Nostradamus Tupiniquim e o Anjo Mau. disse:

    Pelo trumpismo não é preciso formar batalhões. Os EUA tem hoje o maior poderio militar do mundo. Mas o Brasil, tem metade da população que sabe conscientemente que seu presidente não é um militar de verdade, não é um político produtivo, nem mesmo homem é. Um bobo da corte trompista, Assim, catou seus generais de igual inutilidade militar, política e fez seu pensamento existir. Sabendo que muitos generais, verdadeiros militares, não o acompanharão. Por baixo dos panos, feito seus ataques midiáticos pelas redes sociais. Cria células civis-militares. Que ainda agirão contra você que não é da falsa crença de um cristo pagão, que aceita a idolatria as imagens do homem, via ferramentas de grupos sociais. Ou simplesmente pensa diferente. Até quando, não começarão sumir os corpos dos críticos? Você bolsonarista não é religioso nem patriota. Bolsonaro não é. Edi, Malafaia e tantos não são. Assim, o Anjo mau para o mundo e Brasil, serviu de maior utilidade que esses 2 filhos do cão. Acorde povo!

  7. Nostradamus Tupiniquim e o Anjo Mau disse:

    Onde se lê clones, leia drones. Falhei. Mas, clones, também estão sendo utilizados nessa tendência postergada a guerra mundial. Clones brasileiros, dos estúpidos seres viventes da ditadura militar. Momento somente de vergonha, onde contra um comunismo que não existiu no Brasil, e não existirá mesmo que 99% do mundo o adotasse. Foram mortos brasileiros, estrangeiros. Sumiram ideias, mentes brilhantes e aqueles que simplesmente estavam em local e hora errada. Aqui, diante tamanha distância do que se é ser brasileiro economicamente. Há ainda, espaço para se pensar realmente se as FFAAs querem impor a quem não tem nada, mal vive com 15 reais dia a submissão dos estúpidos militares que estão a frente com Bolsonaro. São estúpidos sim. Pois, diante ceder Alcântara. E nunca mais pegar. Que utilidade pública tem as FFAAs? Que ações de força querem impor ao povo? Aquelas que esses mesmo ridículos não impuseram aos EUA? Bolsonaro, seus generais. Acordem! Levem a sério o governo. E as palavras.

  8. Nostradamus Tupiniquim e o Anjo Mau disse:

    Num momento onde se aceita no governo terraplanistas. E se vê como certo a existência de extraterrestre. Criar falsas e mentirosas ideologias da fé e governo ditador. Podem deflagrar conceitos da indecência gestora do governo e a inutilidade do Estado. As evidências são claras: o Estado americano não enxerga seus pobres. Que se dane a saúde deles. No Brasil, V.Sas, sentam e decidem cortar primeiro o ganha pão do assalariado. Mas demoram e não agem para cortar suas mordomias. Mostram a incompetência da gestão Brasil soberano. Do país economicamente incorreto. De valores religiosos – sim falsos profetas – vergonhosos – adúlteros. Embasados na riqueza fácil; do dinheiro do erário e do dízimo. Será mesmo que expor tanta fraqueza humana. Lhes dão o direito de pensar que são realmente bons para nós brasileiros? Melhor para o mundo. Se servem as redes sociais para alguma coisa que não seja a propagação de besteirol e mentiras. Já mostram ela que bandeira bolsonarista é de ideal da embriaguez.

  9. Nostradamus Tupiniquim e o Anjo Mau disse:

    Que serve para festa e finais de trabalho. Pois, as fofocas as vezes se estendem como problema do amanhã. Mas, fora aquela ideia maluca do confisco da poupança. Não são lembradas no dia de trabalho sério. Mas, se atentem o governo fará sim um confisco. E não vai ser dos pobres. De novo a classe média e agora, também a rica. Bolsonaristas leiam mais. Muitos são machos enquanto tem na mão a força, o governo. E o povo sem nada. Sem o que comer, sem sua segurança interna e hoje – graça aos generais no governo militar e Bolsonaro – sem a segurança externa – a soberania. Novamente, o anjo maus veio e fez vítimas. É ruim sim. Lastimável. Como toda doença é. Mas, se o confinamento serve para alguma coisa. Use o satélite. Estudem Srs. nas cadeiras e ar condicionado dos quarteis. Qual movimentação militar acontece no mundo. Hoje Trump é uma vergonha. Bolsonaro e seu governo. Um crime contra o Brasil soberano. Tem que acabar. Acorde Brasil!

Deixe uma resposta para Nostradamus Tupiniquim e o Anjo Mau. Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-07-09 20:48:32