aki

cadastre-se aqui
aki
Política
01-09-2016, 21h47

Anistia a Dilma pode ajudar Cunha a escapar de cassação

Governo e aliados na Câmara gostariam de dar pena menor ao peemedebista
14

KENNEDY ALENCAR
BRASÍLIA

Há possibilidade de a anistia dada a Dilma Rousseff pelo Senado ser usada para ajudar o ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ) a obter uma pena menor do que a perda do mandato de deputado federal.

O governo Temer e aliados de Cunha gostariam de encontrar uma solução que acalmasse o ex-presidente da Câmara e evitasse uma eventual retaliação dele, como uma tentativa de negociar delação premiada.

Como pegaria muito mal não punir Cunha, há os que defendem cassá-lo e permitir que ele possa disputar eleições e até aqueles que pregam uma pena menor do que a perda do mandato. Cunha está fraco, mas ainda assusta muita gente.

*

Palavra suprema

São baixas as chance de o STF anular o impeachment, como pediu a defesa de Dilma, ou invalidar a decisão dos senadores de preservar o direito dela de exercer função pública, como solicitam aliados de Temer.

O Supremo tende a considerar que se trata de uma decisão que cabia ao Senado. Um ministro do STF disse que, se houvesse um recurso antes, o tribunal até poderia ter se manifestado.

Diante da decisão do plenário do Senado, seria uma interferência de um poder na competência de outro, pois seria do Legislativo a palavra final em matéria de impeachment e da pena que acompanha essa decisão.

Assista aos temas do “SBT Brasil”:

Comentários
14
  1. Joaquim José da Silva Xavier disse:

    um disparate desse só acontece se o Rodrigo Maia quiser… e este nunca me enganou!!! ele quer . . .

    tá com meia conversas desde que assumiu… se o PMDB já mandava no país, depois desse impeachment então . . . vamos virar a República do Cunha!!!

  2. walter disse:

    Caro Kennedy, é tudo tão previsível, que dá nojo, mas nas entrelinhas, os ministro do supremo, não concordam com o lewandowsk, tudo indica, que punirão a dilma…admitir que um cunha ou renan, possam se beneficiar, por legislar em causa própria, não é razoável…o julgamento será confirmado, todos os trâmites foram seguidos, e quem realmente falhou, foi o seu colega de Supremo, terão que admitir; ELE FALHOU!…quem poderá ter problemas com seus colegas, é o Presidente Temer; não se pode esquecer,de um pedido de impeachment acatado, contra ele, nas mãos do Marco Aurélio…poderemos ter, outro julgamento…a possibilidade de uma nova configuração no poder é forte; possibilita até, uma eleição antecipada, não poderemos descartada…Tudo indica,que o Temer tem pouco tempo para fazer diferença;teremos muitas dificuldade a frente…

    • Sebastiao Canabrava disse:

      Sr Walter, a frase sua ‘tudo indica’ na verdade quer dizer ‘eu torço’ ne’? Por que, a opiniao de entendido, o Kennedy ja deu la’ em cima da pagina. Ps: nao fique bravo de novo. Estou exercendo o mesmo direto do Sr, de livre manifestacao aqui neste blog. E sem exigir direito de resposta.

      • walter disse:

        Nada contra Sebastião, de fato, a “justiça deverá ser feita, a troca de ideias é salutar; não me importa suas convicções; sigo o razoável, que condiz com o mínimo de inteligência, a dilma nunca teve a menor condição de governar nada, foi uma invenção infeliz do lula…não posso concordar que o Português a qual a constituição foi escrita, seja ignorado, por conveniência de alguns; ninguém de fato, pensou em isentar a dilma, estão tentando livrar a cara dos colegas, como cunha e renan…até alguns pensadores do PT concordam;isto tudo, não ajuda, a dilma foi cassada,se vai ser o não punida, não importa; inadmissível mesmo, é a manipulação promovida, num processo sério; inclusive Dr, acusam o PT de ser conivente com esta situação…

    • Joaquim José da Silva Xavier disse:

      acho dificil o STF se meter nisso, apesar de que, com certeza todos alí discordam do fatiamento dos julgamentos!!!
      mas se o STF for instado a se manifestar sobre o fatiamento, cobrarão que se manifeste sobre a falta de justa causa, e cá pra nós, tds os ministros do STF sabem que pedalada não é crime.

      acho até que mandaram esse recado pro PSDB: “se me cobrarem avaliar o fatiamento, nós vamos analisar a justa causa. e aí? quer mesmo?”

      Sendo assim, vai ficar td como está . . .

  3. José Silva disse:

    Lula, Renan Calheiros e Lewandovski são dignos da vida pública? A história reserva a eles um lugar impublicável, e pela idade avançada em breve estarão os 3 prestando contas ao Tribunal do qual não existe apelação.

  4. Pasquale disse:

    A constituição é bem clara,são 8 anos.
    Então rasgemos a inútil constituição do País.
    Serve para que?´
    ________
    O que fizeram com o Collor,apenas e nada mais do que isso.

  5. Mauro disse:

    Dois pesos e duas medidas?
    Depois de “escancarado” um precedente, com uma interpretação absurda, tudo pode e tudo é válido, pois como eu já disse aqui, “mao que afagou Dilma, não pode bater em Eduardo”.
    Creio que a solução desse disparate está nas mãos do STF, não para reverter o impeachment, pois isso não é possivel, mas sim para derrubar a decisão do Senado.
    Está claro que o artigo da constituição que fala do impeachment determina, sem direito a interpretaçoes, que cassado um presidente este perde os direitos politicos e isso é imutavel, pois a constituição se sobrepoe sobre qualquer lei complementar, pois dentro do ordenamento juridico nada pode sobrepor-se a Carta Magna do pais.
    Dois ministros do STF já manifestaram estranheza e perplexidade da não aplicação da lei constitucional e é possivel sim que a banida do cargo seja tambem inabilitada politicamente, pois é isso que determina a lei.

  6. KENEDY, EU ESTOU DECEPCIONADO COM ESSES NOSSOS REPRESENTANTES, NÃO TENHO MAIS O QUE FALAR.

  7. Mauro disse:

    O fato é que ficou mais que comprovado e aceito pela maioria lúcida de que Dilma Roussef cometeu crimes e a pena para isso determina que se casse o mandato e que ela perca os direitos politicos.
    Nenhuma lei ordinária, complementar ou acessória pode sob hipótese alguma mudar a constituição e o que foi feito é totalmente ilegal dentro do ordenamento juridico.
    Pelo histórico e pela postura em todos os casos envolvendo a Carta Magna, acredito e espero que o STF decida pelo legal e determinado que é a invocação e aplicação da lei na sua integridade, derrubando o apêndice (ilegal) que foi colocado pelo Senado, e portanto determinando que a expulsa da presidência fique ilegivel pelo prazo de oito anos. Isso é o que o Brasil espera e que é o certo e o legal a fazer!

    • sebastiao canabrava disse:

      Sr. Mauro, torça. Torça muito para o STF mude o que foi julgado pelo Senado. E’ so’ o que voce pode fazer. Mas, o Supremo nao vai mudar nada. Por que se mudar, tera’ que anular o golpe como um todo.

  8. Alberto disse:

    Na terra brasilis tudo é possivel.O Regimento do Senado vale mais que a Constituição.Se o resultado da votação fosse o inverso,teríamos um presidente inabilitado para exercer função pública,todavia livre do impeachment.O “vale o que está escrito” do jogo do bicho corre risco de valer em parte.Uma baderna a terra brasilis.Finalizando imaginem em 2018 uma chapa de Vana presidente-Cunha vice concorrendo.Tudo é possível,kkkkkkkk.

  9. NENHUMA LEI PODE SOBREPOR-SE À CONSTITUIÇÃO - E O STF TEM O DEVER DE ZELAR POR ISSO! disse:

    PODE O SENADO SOBREPOR-SE À CONSTITUIÇÃO?
    É CLARO QUE NÃO PODE, NINGUÉM PODE!
    O ARTIGO 52 DA CONSTITUIÇÃO EM SEU PARÁGRAFO ÚNICO É CLARO – E NÃO PODE NENHUMA OUTRA LEI SOBREPOR-SE AO QUE CONSTA NA CONSTITUIÇÃO!
    E O STF TEM O DEVER CONSTITUCIONAL DE NÃO DEIXAR QUE NINGUÉM DESCUMPRA A CONSTITUIÇÃO!
    O STF NÃO PODE SE OMITIR DE SEU DEVER CONSTITUCIONAL! A OPINIÃO INDIVIDUAL DE UM MINISTRO DO STF NÃO PODE SER LEVADA EM CONTA COMO A DECISÃO DO STF!

  10. Ilário disse:

    Agora deu um nó de vez nos petebas: continuam com o cadáver da Dilma apodrecendo na sala, ajudaram a salvar o cara que derrubou o PT do poder e perderam o último argumento que tinham porque Renan e Lula se juntaram para melar a lava-jato!

    No fim das contas, o único “golpe” nesse processo todo foi a manutenção dos direitos da Dilma! Essa corja que armou esse esquema é indigna da vida pública.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-09-25 12:46:26