aki

cadastre-se aqui
aki
Política
05-08-2016, 9h14

Ao minar plebiscito, PT sela divórcio com Dilma

Rui Falcão bombardeia consulta popular para antecipar eleição de 2018
38

KENNEDY ALENCAR
BRASÍLIA

A presidente afastada, Dilma Rousseff, caminha para a guilhotina política. Só um milagre poderia mudar seu destino. O placar de ontem na comissão especial do impeachment já era esperado: 14 a 5 contra a petista. Esse resultado é uma confirmação do isolamento político do PT e da presidente, que não conseguiram mudar um voto na comissão especial.

Combinado a uma péssima gestão econômica, esse isolamento político é o principal responsável pela perda do poder. Dilma precisa de apenas 27 senadores para retomar o cargo. Quando o Senado decidiu dar prosseguimento ao pedido de impeachment aprovado pela Câmara, ela obteve 22 votos a seu favor e 55 contra. Hoje, o governo Temer já fala em ter mais de 60 na votação final. Se isso se confirmar, Dilma terá menos do que 22 votos.

Na próxima semana, haverá o chamado juízo de pronúncia. Os 81 senadores decidirão se o relatório da comissão especial tem substância para ser apreciado e levado a um julgamento final, que está previsto para começar em 25 de agosto. Esse juízo de pronúncia será conhecido na próxima terça ou quarta de manhã, no mais tardar. O placar de então será uma prévia da votação final no plenário.

Dilma conversou com senadores e não teve sucesso. Faz dois meses que diz que vai lançar uma Carta ao Povo Brasileiro. Titubeou em relação a apoiar um plebiscito para antecipar a eleição presidencial. Agora, tardiamente mais uma vez, ela diz que vai apoiar a consulta popular, mas o presidente do PT, Rui Falcão, dinamitou a ideia ontem.

Dá pra levar a sério esse tipo de articulação política? Não dá. Uma presidente afastada que não consegue nem o apoio do presidente do seu partido a uma tese vai conseguir votos para retomar o poder? Não vai.

O PT e Dilma não vão assumir publicamente, mas o divórcio já está feito. A crítica de Falcão a uma ideia da presidente na reta final da guerra do impeachment sela essa separação. Dilma luta pela biografia, buscando se distanciar da corrupção que joga no colo do partido, apesar de ter ficado oito anos como ministra de Lula e pouco mais de cinco na Presidência. O PT luta pela sobrevivência diante da Lava Jato e para manter a acesa a chance de Lula ser candidato em 2018, duas tarefas nada fáceis.

*

Bomba fiscal

O líder do governo no Senado, Aloysio Nunes Ferreira, disse que a atual administração não tem compromisso de apoiar o projeto que eleva o salário de ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) de R$ 33,7 mil para R$ 39,2 mil a partir de janeiro do ano que vem.

Aloysio Nunes afirmou que a Comissão de Constituição e Justiça do Senado aprovou porque, legalmente, a proposta pode ser apresentada, mas que não haverá compromisso do governo de referendar o aumento na Comissão de Assuntos Econômicos nem no plenário do Senado.

O líder do governo considera que o efeito cascata desse projeto seria uma bomba fiscal para a União, Estados e municípios. O salário de ministro do STF serve de teto para o salário de todo o funcionalismo. Se esse salário aumentar, haverá um efeito dominó.

Aloysio perguntou como o Rio de Janeiro, que outro dia estava sem dinheiro para funcionamento de necrotério, vai arcar com uma proposta desse tipo. Ele está certo, mas o problema é que boa parte dos senadores quer agradar ao Supremo e pensa também no próprio bolso.

Senadores e deputados rapidamente pediriam equiparação salarial e por aí a coisa iria. Esse projeto é injusto com a sociedade. É bom que o líder do governo Temer se comprometa a não apoiá-lo, já que a atual administração tem feito benesses fiscais imprudentes.

Ouça o comentário no “Jornal da CBN”:

Comentários
38
  1. Santos disse:

    Nem o PT, adepto incondicional de mentir descaradamente, acredita mais nas declarações de sua ex-pupila Dilmentira. Já o novo governo, está mostrando até o momento, que é apenas menos péssimo que o da senhorinha incompetente.

    • Euzébio Cruz disse:

      Você está certo. Concordo.

    • Timotio disse:

      Governo Temer menos péssimo? Bondade sua para com o golpista. Temer até o momento tem se mostrado INCOMPETENTÍSSIMO. Além de ter ministros envolvidos na lava jato, não fez outra coisa, a não ser elevar o salários das mais altas cortes pra agradá-los,e com isso ganhar espaço entre as elites. Com os trabalhadores, só fala em flexibilização das leis trabalhistas, obviamente pra agradar apenas o empresariado infiltrados na câmara, e no senado, cortes nos atendimentos do SUS, cortes dos investimentos na educação, como o Ciência sem fronteiras, etc…
      Pra eles (Elite) tudo, para o povo migalhas, e olha la…FORA TEMER.

      • Gustavo disse:

        Caro Sr. Timoteo,
        não sou apolitico, porem apartidário. Faltou o Sr. complementar o que o Pres Temer fez até agora:
        1- estabeleceu a meritocracia e carreira como base para ocupar cargos como no MINC, onde bastava vestir a camisa vermelha que automaticamente se achava apto para dirigir alguma coisa, a custa de salários, como no caso do marido de Marieta, que ganhava mais de 90.000,00 reais por mes – isso mesmo, noventa MIL reais por mes.
        2- começou a enxugar as despesas no INCRA, onde só “trabalham” 574.000 funcionários irregulares – nome bem elegante para funcionário fantasma, não acha – onde mera coincidencia com o número de MST é mera semelhança…
        3- Medicos cubanos(??????) se é que são, não terão preferencia sobre brasileiros, pois o que a população precisa é saúde, e não doutrina comunista para se tornarem vendáveis por uma bolsa família, essa produção de malandragem em massa, onde a espectativa é viver sem trabalhar o resto da vida. (vixxxxx)
        Acorda, Sr. Timóteo, acorda…

      • Santos disse:

        Acho que este tipo de comentário falando sobre “golpe”, “elites”, “só pune o PT”, “não vi”, “não sabia”, “só recebi doações legais” e outros do tipo já cansaram. Não vou nem discutir Timotio, aliás o Natal está chegando e já que vc gosta tanto, pede uma Dilmentira pro Papai Noel.

      • Thiago Lanter disse:

        E preocupado com o povo trabalhador foi um governo que gerou 13 milhões de desempregados, criou um rombo fiscal de 170 bi para poder emprestar dinheiro a ditaduras da América Latina (Venezuela, Bolívia e Cuba) e da África?

    • walter disse:

      Caro Santos, vc tem razão; “nunca se deram bem, agora declararam guerra”; se tivesse boa vontade de fato, fariam referendo; estão mais preocupados com o blá blá blá…a dilma não tem moral HJ para propor nada, falta legitimidade e lisura; surgiram fatos novos….processos só para dilma responder…
      Quanto ao Temer, esta tudo pronto, para o Dia seguinte; não vai gastar cartucho com a “sobra da falecida”, ainda tem Olim-píadas.Tem um fato que é preocupante sim, se não houver um alinhamento, entre os ministro; teremos um descompasso inicial, que gerará atrasos na evolução da economia;o Temer terá que estar no primeiro Dia do Ano, bem alinhado e progressivo…

  2. Maria Aparecida Ramos Tinhorão disse:

    A lógica de Rui Falcão é a lógica dos antigos leprosários: manter distância do doente.
    Em breve será ele o sujeito da repulsa !

    • mario machado disse:

      Todos os arrogantes e prepotentes – tipo gente do PT – demoram, mas caem em desgraça quando as pessoas abrem seus olhos preguiçosos, por indiferença ou por associação a erros cometidos, ou simpatia partidária, e ai podemos dizer que baixou o pano de boca do palco da corrupção! Demorou, sim, mas chegou o dia de eles ficarem definitivamente por baixo. Tiveram tudo para fazer bons governos, contudo, escolheram a tibieza, a insensatez e as mentiras, que ficam muito mal às bocas de autoridades. É lógico que percam a credibilidade, mas é ilógico vociferarem cuspindo marimbondos e depreciando documentos que são as chaves de fechar um período negro da história política brasileira.

  3. Eduardo D disse:

    O FATO DO SENADO ESTAR DESFAVORAVEL A PRESIDENTE DILMA NÃO NECESSARIAMENTE ESPELHA A VONTADE DO POVO BRASILEIRO . ESTOU CERTO DE QUE O PRÓPRIO POVO IRÁ DEMONSTRAR EM ATOS A SUA VONTADE SOBERANA . HOJE A POPULARIDADE DO GOVERNO TEMER É BAIXA NÃO TENDO AMPARO POPULAR. UMA RUPTURA DEMOCRATICA APRESENTA-SE NO CONTEXTO ATUAL DEVIDO A UM GOVERNO ILEGITIMO QUE NÃO PASSOU PELO CRIVO DAS URNAS . ELEIÇOES DIRETAS PODE VIR A SER UMA SOLUÇÃO PARA TAO TURBULENTA SITUAÇÃO POLITICA QUE O BRASIL ATRAVESSA….ESSA É MINHA SINGELA OPINIAO !

    • Fernando disse:

      Na minha modesta opinião, está equivocado visto que o Presidente Temer foi votado sim, pois era o Vice na Chapa da Dilma, portanto esse argumento que é ilegítimo não é verdadeiro..
      Goste-se ou não, os eleitores tem que conhecer as legendas e suas candidaturas. portanto não foi o voto em Dilma ( pois já tinha grande rejeição ) e sim votaram na Legenda e nos seus programas de governo.
      Pode-se questionar apenas se houve ou não a fraude fiscal, caso esse seja realmente comprovado e isso está na constituição não tem o que reclamar, tem que ser impedida sim..
      Imagine aumentar a sua declaração de imposto de renda para “pagar mais imposto” porém aumentando o seu crédito para com instituições financeiras = Fraude
      Diminuindo o seu rendimento para pagar menos imposto = Fraude
      Em ambos os casos será configurado crime/fraude e pagará por isso.
      Temos é que mudar o pensamento, mudar as ações cobrar melhores governos.. pagamos com suor e sangue para ter dignidade..e VOTAR MELHOR (Dane-se PT PSDB

      • Paulo Henrique disse:

        Na verdade não é bem assim, pois hoje ele carrega e implementa consigo justamente o programa de governo que foi rejeitado pelos eleitores. Inclusive quem hoje o apoia é justamente que lhe era oposição ao tempo das eleições.
        Acho que de fato o governo da Dilma foi inegavelmente bem ruim sob muitos aspectos, embora com alguns (também inegáveis) ganhos do ponto de vista social.
        Acho que a situação do governo interino também é bastante complexa, pois algumas medidas muito impopulares são imprescindíveis para colocar as coisas nos trilhos. Entretanto, parece-me que se busca um excesso nessas medidas, pois a crise é sempre usada como desculpas para a retirada de alguns direitos duramente conquistados (como os trabalhistas, por exemplo).
        Acerca do impedimento da Presidente, sem entrar no mérito da situação econômica do país, a mim parece que isso pode vir a prejudicar a imagem institucional do país no exterior, e criar certa insegurança em investidores no médio prazo.

      • THEOMARIO disse:

        Fernando gostaria de parabeniza-lo pelas palavras, isso é que o povo precisa saber, que Temer assumir não é ilegitimo, que precisa saber escolher melhor seus representantes.

    • Flamarion disse:

      A choradeira de que Temer é ilegítimo já está ficando cansativa, ou na urna eletrônica onde você votou havia a alternativa de votar somente em Dilma excluindo o candidato a vive?

    • Fernando disse:

      DEM, PP, PC do B PTB etc..
      Temos que apoiar é o renascimento do Brasil, chega de ser explorado por políticos-guerrilheiros pseudos almofadinhas, queremos é gente competente !!

    • Fernando disse:

      Temer foi eleito junto com Dilma e ela não teria sido eleita sem o apoio do PMDB (diga-se Temer). Além disso, Temer é o sucessor previsto pela constituição. Pode-se não gostar do governo atual, mas não se pode chamá-lo de ilegítimo.

    • Di Laroce disse:

      Acho que o momento ainda não é de um a nova eleição, pois o país está atravessando um momento muito turbulento financeiramente e isso causaria além de mais custos, paralisação de todo o pais. Ainda é muito pouco tempo para uma avaliação do Governo interino, mas pelo menos temos uma luz no fim do túnel. A Presidente afastada acabou se enforcando com o seu próprio laço, tentou de tudo té mesmo desmoralizar o país internacionalmente e não foi bem sucedida. O melhor seria que ela se desse por derrotada e antes da decisão final do processo, renunciasse, seria mais honroso de sua parte.

    • mario machado disse:

      Senhor Eduardo D:

      A ilegitimidade do governo Temer quem a considera são todos os adversários, um resto do partidão PT e outros, que sabem não levar mais vantagens aqui dentro de nossas fronteiras tendo Temer como Presidente. O seu governo é legítimo. Considerando aqueles votos, que sufragaram a senhora Dilma Rousseff Presidente da República, eles foram iguais em número aos do peemedebista Temer. Os seus nomes receberam portanto os mesmos votos, ou o senhor votou em um candidato diferente à chapa oficial? Se positiva a resposta, então o cidadão Eduardo D votou a outro mundo e à outra eleição; sendo por aqui, o senhor, pois, não pode discordar de sua legitimidade tendo votado por aqui.

  4. Antonio Alves Cardoso disse:

    É MUITO TRISTE ESTE DESFECHO, PORQUE, A PRESIDENTA DILMA, NÃO COMETEU NENHUM CRIME DE IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA, AINDA HÁ UM JULGAMENTO FINAL, NESTE PROCESSO DE IMPEACHMENT EXTREMAMENTE POLÍTICO.

    • marco tulio casro disse:

      Mas julgamento de ipeachment é politico mesmo. O Collor foi absolvido na justiça. Já que considera que nao pode haver esse julgamento voce esta pedindo para devolverem o cargo para o Collor ?

  5. Wellington Alves disse:

    Não adianta recolher provas. Dilma é inocente, as ninguém a quer. Não cometeu crime, mas será julgada pela crise. É um julgamento político, sem motivos legais, mas usando um dispositivo legal e constitucional para disfarçar. Os nacionalistas hipócritas, garotos propagandas da NIKE com seus champanhes e camisa da CBF pensam que são heróis. Não são. São estes que deveriam ser removidos, com essa forma de pensar doente e míope. Democracia de quinta, república de bananas. Exatamente a cor que usaram na Paulista, verde e amarela – Cor da banana e da bananeira.

  6. Reinaldo Neves de Oliveira disse:

    Grupos e pessoas sem caráter acabam brigando pela partilha dos bens adquiridos ilegalmente ou de forma imoral. Cada um se acha com mais direito do que o outro e acabam inimigos, botando a culpa no outro pelo que deu errado. São assim Dilma, Lula e o PT. Com relação a Temer, é injusto colocar a culpa nele, com tão pouco tempo no poder, como Presidente interino, pela caótica situação em que o país foi colocado pelos governos lulopetistas nos últimos 13 anos.

  7. Luiz Cunha disse:

    como vc mesmo afirma em seu comentário, o aumento do judiciário deverá ser aprovado, pouco importando se isso gerará efeito cascata. O que querem senadores e deputados federais é afagar o ego do judiciário e também aproveitar a boquinha para aumentar seus próprios salários. Quanto ao divorcio de Dilma e o PT, é bom lembrar que ambos tem culpas. Quem montou a base de apoio à presidenta ora afastada não foi ela e sim o Partido dos Trabalhadores. Verdade que Dilma não que manchar sua biografia, também é verdade que o PT, através de seu minusculo presidente Rui Falcaõ, está tirando seu corpo fora e jogando a culpa toda em Dilma. É Kennedy, ” cachorro morto, é fácil de chutar.

  8. Antonio Wilson Diolino disse:

    Agora não tem outra solução, só essa que tá rolando é temendo que nós vamos indo, empurrando com a barriga até 2018

  9. walter disse:

    Caro Kennedy, a própria resposta do Aloysio quanto aos aumentos de salários do supremo, causam efeito cascata….mais “cascata” ainda, são os Senadores e Deputados; sabem que se concederem este ajuste, será estendido a todos os poderes; infelizmente, é um jogo sujo,com cartas marcadas; todos os anos é a mesma prosa…seria muito bom,se desta vez, não fosse concedido para ninguém, faria muito bem ao Pais e ao governo Temer…
    Quanto a dilma, que nunca foi vista com membro legitimo do PT, já que veio do PDT, partido do Leonel Brizola; depois de morto, virou “santo”…sua arrogância aliás, veio do seu ídolo, nunca quis de fato, nivelar a conversa; desta vez, ambas as partes, decidiram mostra seus sentimentos; se a dilma desse o troco, admitindo que o PT não foi lícito em suas demandas; certamente se livraria dos processos que estão por vir, numa Delação…

  10. oswaldo batista disse:

    CREIO QUE QUEM VOTOU EM DILMA TAMBEM ACEITOU O TEMER ENTÃO NÃO PODE RECLAMAR ELE MERECE UMA CHACE PARA POR O PAIS EM ORDEM, NO CASO DE NOVAS ELEIÇOES QUEM VAI NÃO VEJO ORIZONTE PARAISSO

  11. João Alberto Afonso disse:

    o PT que eu conheci era aquele do Hélio Bicudo e outros idealistas que de lá saíram para dar lugar aos Rui Falcão e assemelhados a ele. Ou seja, seus atuais componentes são as figuras mais medíocres da vida política, bastando observar quão rico esse partido ficou as custas do erário público. Dilma, por sua vez, está à merecer o castigo que está recebendo por sua total arrogância e incompetência. Enfim, é a famosa que pensa que sabe e, na verdade, “SABE NADA”.

  12. Armando Pinto disse:

    Partido algum quer um abacaxi desses.

  13. RICARDO BARBOSA LIEVANA disse:

    Caros Senhores, quanto a legitimidade do atual governo Temer não temos o que questionar, em minha opinião, o que realmente afeta a Governabilidade de nosso País é a grande quantidade de partidos existentes hoje, onde cada um procura o que for melhor para o partido e não para a sociedade. Cada vez mais se vê partidos costurando acordos sempre visando o bem do partido, isso sim tem que acabar, o pluralismo partidário é um verdadeiro câncer, impregnado em todas as áreas do governo, o povo deve sim aproveitar este momento para dar um basta aos mandos e desmandos ao qual somos sujeitados…. e a única forma de fazermos isto é utilizando as urnas de forma consciente, ou então continuaremos andando em círculos, como ocorre hoje.

  14. Carlos A. Brandão disse:

    Se a incompetente, fosse humilde coisa que não é, pediria a RENUNCIA e o País
    teria uma recuperação mais rápida. Então que Morra politicamente evagueie no limbo junto com seu Criador.

  15. Maria da Consolação disse:

    Desculpe, mas até onde foi noticiado, o reajuste do STF foi pedido do Governo Temer no dia 01/06/2016. O líder do Governo não sabe disso? Alguém tem que informá-lo.

  16. Maria da Consolação disse:

    Triste esse impeachment. Metade de um Congresso envolvido em suspeitas de corrupção, cassando o voto de mais de 54 milhões de brasileiros.

  17. Celso disse:

    Falácia afirmarem que aqueles que votaram em Dilma votaram no Temer. Não votei no Temer para ser presidente e sim para assumir o cargo de vice. Não votei no vice para assumir presidência por golpe e muito menos votei no vice para assumir presidência com PSDB e DEM!

  18. Romanelli disse:

    ..e sobre os quase 80% que querem FORA Temer e/ou NOVAS eleições ..nada ?
    .
    sem duvida, pra escumalha política GOLPISTA tucanista, pemedebista e demonista eles são “nada”

  19. Abdul Aziz disse:

    Temer está caminhando no fio da navalha. Assim como Dilma exagerou nas benesses populares, Temer escorrega na falta de coragem para conter aqueles que há muito perderam a medida do bom senso. Quanto ao PT, mostra mais uma vez que somente lhe interessa o poder e mais nada. Enquanto Dilma cometia erros e mais erros que a estavam progressivamente enterrando em areia movediça, pouco se manifestaram. Agora que ela é pessoa vencida, tendem a descartá-la sem a menor cerimônia. É claro que a ideia dela de propor novas eleições é golpista. Voltaria ao poder para alegar dificuldades legais e burocráticas para concretizar sua promessa. Interessante notar sua falta de visão. Mesmo acabada para a política continua tentando insuflar ‘as ruas’ a seu favor. Ridículo!

  20. Alberto disse:

    E tome buáááááááá.

  21. DIRETO AO ASSUNTO - A ÚLTIMA CHANCE DO PT: "VÃO-SE OS ANÉIS, FICAM OS DEDOS"! disse:

    Dilma não tem mais jeito!
    Lula tenta usar o PT para manter-se vivo mas sabe que a cadeia para ele é questão de tempo.
    Nem o apoio dos corruptos de outros partidos, tipo Renan, Jucá e outras coisas, tentando frear a Lava Jato, poderá livrá-lo.
    O PT, para subsistir, só tem uma alternativa: abrir o jogo e declarar abertamente quem comandou durante esses quatro últimos mandatos presidenciais, o maior plano de corrupção jamais visto, com o objetivo de perpetuação no poder e enriquecimento ilícito da cúpula!
    Tem de lutar para sua sobrevivência, enxergar-se mais importante que Lula, Dilma, Dirceu e outras coisas como esses senadores e deputados que ainda tentam defender, ridiculamente, na comissão do impeachment, o indefensável.
    O PT tem que admitir que os verdadeiros petistas idealistas, sinceros, “DO INÍCIO DO PT”, que abandonaram ou foram expulsos do PT, estavam certos ao não concordarem com os rumos que Lula deu ao partido, transformando o partido e governo como antros de corrupção!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

 
2020-04-03 17:45:17