aki

cadastre-se aqui
aki
Política
31-05-2018, 13h48

Apoio a caminhoneiros reflete mal-estar geral no país

87% dão suporte à greve, mas não querem pagar conta, diz Datafolha
14

KENNEDY ALENCAR
BRASÍLIA

Divulgada ontem, uma pesquisa telefônica do Datafolha mostrou qual é o pensamento médio do brasileiro a respeito do orçamento público. A grande maioria, 87%, deu apoio ao movimento dos caminhoneiros. Mas o mesmo percentual não quer pagar a conta, que só fecha hoje, num quadro de dificuldade econômica, se houver aumento de impostos ou corte de gastos.

Se a economia estivesse crescendo e houvesse um excesso de arrecadação, com sobras de recursos, talvez uma conta dessa magnitude pudesse ser paga sem subir tributos ou diminuir despesas públicas. Mas não é o que está acontecendo.

O PIB (Produto Interno Bruto) do 1º trimestre cresceu apenas 0,4% na comparação com os três meses anteriores. A economia não teve a recuperação imaginada pelo governo. Tensões econômicas recentes e a greve dos caminhoneiros devem jogar para baixo o resultado do PIB no 2º trimestre deste ano.

Os dados do Datafolha refletem justamente o sentimento de mal-estar da população em relação ao governo. O movimento dos caminhoneiros funcionou como uma faísca para que as pessoas protestem contra tudo o que está aí. Apoiem todo tipo de reivindicações, mas não queiram pagar a conta.

Faz parte colocar a raiva para fora, mas o problema é que o país tem um Orçamento real que é abocanhado com mais facilidade pelos mais ricos e pelos lobbies públicos e privados mais organizados. E dinheiro não nasce em árvore.

Ouça o comentário sobre a paralisação dos caminhoneiros aos 4 minutos e 20 segundos no áudio abaixo:

Comentários
14
  1. Alberto disse:

    O cobertor é curto e não há recursos para atender a todos.Impostos reduzidos e governo grande não dá combinação.Patrimonialismo,simples assim.

  2. Jonas disse:

    Kennedy, o povo brasileiro já paga a conta desde sempre…
    Tem que aumentar a taxação dos ricos, que mal pagam impostos no Brasil, e aliviar a taxação dos pobres/classe média. No Brasil as 6 pessoas/famílias mais ricas tem patrimônio equivalente aos 100 milhões de pessoas mais pobres, então o que tem que haver é distribuição de renda.
    O mais importante dessa greve é que ela é a primeira manifestação legítima do real povo brasileiro, em contraste com 2013-2016, que foram marcados por manifestações da classe média manipulada pela elite.
    Espero que essa greve represente o fim da passividade do povo brasileiro.

  3. ALESSANDRE L LUIS disse:

    Caro Kennedy, só porque dinheiro não nasce em árvore as pessoas não devem deixar de reclamar e se sentirem indignadas e queiram mudanças.
    É justamente pelo desequilíbrio que citou (mas o problema é que o país tem um Orçamento real que é abocanhado com mais facilidade pelos mais ricos e pelos lobbies públicos e privados mais organizados) que movimentos como esse ecoam em apoio popular.
    A maioria dos brasileiros não sente seu imposto ser usado racionalmente, se sente lesada, roubada mesmo.
    E o pior é que em momentos assim, se aproveitam pra tentar, ao invés de corrigir o que está errado, tenta-se abocanhar ainda mais, com desculpas de orçamento apertado, blá blá blá ….. que a população não está mais engolindo.
    Ao passo que se diz que não há orçamento pra isso ou aquilo, se gasta desvairadamente.
    Ao cancelar uma única viagem que faria à China, o governo gastou mais de 1 milhão entre despesas de reservas jogadas fora …..
    Mas isso, claro, é apenas um cisco no olho.

  4. Edmundo disse:

    De qual paíz você está valando?

  5. cloves gomes pereira disse:

    CERTOS TIPOS DE PESQUISA COMO ESTA SÓ SERVE PARA MOSTRAR O ÓBVIO, SERÁ QUE QUEM OPEROU ESTA PESQUISA PASSOU NA CABEÇA QUE O POVO NÃO IRIA APOIAR OS CAMINHONEIROS; COM A POPULAÇÃO SOFRENDO COM AUMENTOS DIÁRIOS DO DIESEL DA GASOLINA E DO GÁS. O GRANDE PROBLEMA NESTA GREVE FOI DA POPULAÇÃO QUE NÃO SE JUNTOU COM CARROS MOTOS VANS PRA PROTESTAR E PARA BAIXAR OS PREÇOS DA GASOLINA E DO GÁS , ONDE ESTA O PETROLÉO DO PRÉ SAL ROUBARAM TAMBÉM CORRUPTARAM ESTA GREVE FOI SO O COMEÇO NÃO TENHO DÚVIDAS QUE LOGO LOGO ELA VAI VOLTAR MAIS COM A FORÇA DE TODOS,

  6. cloves gomes pereira disse:

    Após dez dias de paralisação nas estradas, a crise política e social está instalada no país. Embora haja sensível redução da greve de caminhoneiros, que caminha para o fim após forte repressão do Exército e da polícia, o cenário é de enorme instabilidade e incertezas.

    Neste contexto, teve início a greve nacional de petroleiros na quarta (30). Com a liminar do TST que decretou a greve abusiva e a presença de tropas do exército em refinarias e terminais, é possível que o movimento faça um recuo momentâneo. Os trabalhadores exigem a redução do preço do gás de cozinha e combustíveis, a demissão do presidente da companhia, Pedro Parente, e o fim do processo de privatização da estatal. A luta dos petroleiros pode incidir positivamente sobre a conjuntura. Merece, assim, a mais ativa solidariedade para vencer.

  7. Roberto Mari disse:

    O que deve ficar claro mas a reportagem omite, é que essa situação nada mais é do que reflexo dos 8 últimos anos de governo petista, que para se manter no poder escondeu da população os erros econômicos que afundaram a nação. O país não cresceu mas foram mantidas todas as benesses eleitoreiras, além do roubo do dinheiro público, notadamente a destruição da Petrobras. O governo Temer é uma continuação ligeiramente melhorada das condições que o PT deixou no Brasil. A conta chegou e agora toda a sociedade paga, principalmente os mais pobres.

  8. Marco Rocha disse:

    O problema não é não querer pagar a conta, o problema é que as regalias não sofrem qualquer tipo de redução, principalmente dos políticos. O povo não se importaria em pagar a conta, desde que houvesse uma administração pública séria.

  9. Waldemar disse:

    Cortar 80% dos cargos comissionados, cartão corporativo, cortar 70% dos ministérios inúteis desse governo corruPTo e perdulário ninguém ainda tomou a iniciativa! Porque só a população “os que pagam impostos” é que tem que fazer sacrifício, além do mais, para essa classe política atolada até o pescoço em denúncias de roubalheira, isso não seria sacrifício e sim obrigação!

  10. walter disse:

    Que avaliação sem nexo do Datafolha, caro Kennedy; deveriam entender nas entrelinhas, esta postura do Povo; sabem muito bem, que os caminhoneiros, sempre foram prejudicados; este País é estranho mesmo, todos querem justiça, contra as elites, mas quando interessa; estão sendo conservadores nesta hora!…tendenciosos ao quadrado! Como se já pagássemos contas da época do imperio!…somos vítimas, todo o tempo; esta conta viria, por caminhoneiros ou não…nossa imprensa deveria adotar uma postura, de proteção a massa…jamais ouve de fato, justiça social, tudo tem acontecido no limite, quando por ventura, venha a “favorecer” a sociedade; tanto isto é fato, que quando recebemos um abatimento na conta de LUZ, como foi no governo Dilma; todos nós bem desconfiados, já imaginávamos a conta futura…criticar a solução, me parece indigesta para um Jornal…demonstra uma expectativa, de final de festa…nada poderia ter sido mais positivo, um aprendizado para todos nós…vamos continuar a Luta…

  11. Carlos Augusto de Oliveira Lima disse:

    Olá. Acho justo e inteligente o cidadão não aceitar essa conta para pagar. Afinal de contas a justiça corre “por fora” para receber o que for possível e não deseja contribuições de quem nada tem haver com isso.

  12. renata disse:

    Herói é aquele que se sacrifica pelos outros não o que sacrifica os outros como os caminhoneiros sacrificaram a população pelos seus interesses.

  13. DIRETO AO ASSUNTO: É PRECISO PASSAR O PAÍS A LIMPO - VIVA A LAVA JATO! disse:

    Mas é evidente que a população tem que apoiar os caminhoneiros, e ainda mais, apoiar “ENVERGONHADA”, pois deveria ter ido para as ruas para dar esse apoio, e não correr aos postos e supermercados. Os caminhoneiros deram um exemplo à população. Os donos de postos e comerciantes que aumentaram os preços deveriam se envergonhar disso, e a população deveria dar uma lição a esses postos e comércios de gêneros alimentícios que aumentaram os preços, demonstrando uma total avareza, falta de civismo, falta de vergonha na cara! Quanto a pagar a conta do que foi concedido: diminuir os altos salários, mordomias mil, motoristas particulares, carros oficiais, jatinhos da FAB, auxílio moradia, auxílio paletó, auxílio dentista, auxílio filhos das amantes e coisas assim! As reuniões de palácio para conchavos, acertos etc, só com cafezinho e chá (quem quiser comer que leve uma “quentinha” – paga do próprio bolso! Ninguém aguenta mais sustentar as mordomias absurdas de corruptos!

    • Wellington Alves disse:

      Não só de corruptos. Ninguém aguenta nenhuma mordomia, inclusive do Judiciário e dos militares que eu desconfio que vc faça parte, Stanislau.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

 
2018-09-22 14:15:27