aki

cadastre-se aqui
aki
Política
14-04-2015, 9h22

Após protesto menor, Dilma faz aceno para eleitor de esquerda

Governo avalia ser inevitável negociar ajuste fiscal e maioridade penal
25

Postado por: Daniela Martins

Diante da alta impopularidade, a estratégia do governo é fazer acenos aos eleitores mais à esquerda. A ideia é tentar recuperar algum prestígio político e melhorar a imagem nas pesquisas. A avaliação interna é que o menor número de pessoas nas manifestações de domingo abre espaço para lidar com a crise política.

Da semana passada para cá, o vice-presidente da República, Michel Temer, virou o articulador político oficial do governo. A reunião de ontem, comandada por Temer, foi importante para que todos no Planalto afinassem o discurso sobre a negociação com o Congresso.

O governo já sabia que teria de negociar. Um exemplo é aceitar reduzir de 18 meses para 12 meses o prazo mínimo de trabalho com carteira assinada para pedir pela primeira vez o seguro-desemprego. Vários sinais foram dados nesse sentido ao Congresso nas últimas semanas.

Pelo menos três ministros disseram que poderiam ser feitas concessões: Joaquim Levy, da Fazenda, Nelson Barbosa, do Planejamento, e Carlos Gabas, da Previdência.

A decisão de ceder, desde que o ajuste fiscal não seja desfigurado, faz parte de uma estratégia do Palácio do Planalto para aprovar rapidamente as medidas provisórias no Congresso.

Ontem, foi decidido que as duas MPs que alteram benefícios trabalhistas são passíveis de negociação. Há críticas a essas medidas da parte de sindicalistas e de uma fatia do eleitorado que votou na presidente Dilma Rousseff no ano passado.

*

A manifestação da presidente nas redes sociais contra a redução da maioridade penal também faz parte dessa estratégia de negociação com o Congresso e de aceno ao eleitorado de esquerda.

O governo avalia que hoje haveria apoio na Câmara para a redução da maioridade penal de 18 anos para 16 anos. O Palácio do Planalto crê que, no mínimo, seria reduzida a maioridade para menores acima de 16 anos que cometam crimes hediondos.

Diante dessa realidade, de um Congresso que tem acelerado a aprovação de propostas conservadoras, a presidente Dilma está tentando, na prática, propor uma troca. Aceita alguma mudança no ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente), que é um conjunto de leis reconhecido pela Unesco como exemplar, a fim de punir mais duramente jovens acima de 16 anos que cometam crimes hediondos. Assim, esses jovens não ficariam presos junto com detentos mais velhos, o que resultaria numa rápida entrada na “escola do crime”.

Reduzir a maioridade penal não é a solução, como afirmou a presidente. Ela está certa. No entanto, diante da realidade política, a presidente vai se mostrar disposta a apoiar alguma modificação legal que contemple os setores conservadores e mostrem aos segmentos que votaram no PT que ela tentou conter um mal maior. Por isso, pediu ao ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, que discuta uma eventual alteração no ECA. O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, já fez proposta nesse sentido.

Em resumo, o governo buscará recuperar uma fatia do eleitorado que já votou nele e que hoje está distante, como mostram as pesquisas.

Ouça o comentário no “Jornal da CBN”:

Comentários
25
  1. Walter disse:

    E quem esta interessado em saber a opinião dela? Só se for os 12%.

    • Luiz Reis disse:

      Não seriam ou estariam estes tais 12% na mesma metodologia/régua de CONFIABILIDADE “estatística” utilizada pelos institutos nas pesquisas eleitorais???????

    • walter disse:

      É Xará, neste País qualquer conversa mole vira regra, a dilma é carta fora do baralho; infelizmente o regime parlamentar forçado, esta sendo seguido, o Temer e o lula, estão mandando.
      Os 12% que devem ser parentes dela, são míopes e idiotas fanáticos petistas; gente que acredita ainda nas bravatas do lula, estes caras comparam política, a partidas de futebol, nada sabem…
      Meu único medo; a dilma pode usar cartões de créditos; toma decisões que não passam pelo congresso; enfim, poderá causar muitos estragos, e tudo isso com a benevolência do Povo.

      • jorge alberto silva disse:

        E vai se acreditar em quem Aecio envolvido no rombo bilionario nas financas de Minas,depois de aberta a caixa preta, ou no Agripino envolvido em escandalo de propina.E os outros e que sao burros

  2. David Ferreira disse:

    No país de Alice, segundo seus conselheiros ou mão de acordo com a série, tudo está sob controle. Bastou somente dá uma rezadinha na cartilha e tudo se ajeitou.

  3. Ronaldo disse:

    Nunca duvidei da curta periodicidade de protesto orquestrado pela grande mídia e executado por coxinha inculto. Falta substância para assegurar longevidade, logo, a tendência de tal tipo de movimento, como tem sido demonstrado na história da república brasileira é ir se acomodando a realidade, pois, os golpistas a soldo acabam por arranjar outra atividade. Agora é esperar que a atual presidente consiga fechar as feridas abertas por sua administração fraca e aguardar 2018 para ver Lula dar mais uma lição de democracia nos indigentes que se apresentarem como adversários e sua primeira atitude será duplicar os efetivos da Polícia Federal, órgão que nunca trabalhou tanto quanto nos governos do PT.

    • Inides disse:

      Como trabalhou esse menino! Tanto que conseguiu quase quebra a Petrobrás. Faltou bem pouco. Outras ainda vão aparecer, com certeza. Isso que está aparecendo ai é só o começo. Ainda vem por ai BB, Caixa, BNDS, MS. É que normalmente quem está mamando, não quer largar a teta de jeito nenhum. Tem que ser desmamado a força.
      Não podemos esquecer que o Brasil é do POVO BRASILEIRO e não do PT. O PT só está usando o Brasil, e mau, para satisfazer seu próprio ego.

    • robson disse:

      Realmente a policia anda trabalhando muito neste governo. Nunca houve tanta corrupção e de forma tão sistêmica. Pelo que me lembro este governo tenta de todas as formas desestruturar a independência dos órgãos investigativos através de coação ou na mudanças de leis como indicações e nomeações politicas ou restrição do poder dos promotores. O Discurso do PT é uma mentira, o que fazem por baixo dos panos é tentar perpertar uma ditadura branca.

    • sonia disse:

      Realmente vivemos na ilha da fantasia, só falta mesmo elegerem o Lula, para o país implodir de vez.

  4. Nilson disse:

    É a politica do é dando que se recebe que continua imperando no Brasil. Por termos um constituição parlamentarista para um sistema presidencialista,esta politica é favorecida. Para acabar com este mar de lama que se encontra o país,não é impeachment da Dilma que resolve,não é a saída do PT,como o PSDB quer.Porque todos os P… que colocarem no poder será a mesma coisa. A corrupção no Brasil precisa ser extirpada na sua base,educando as nossas crianças para que possam entender desde a infância que os valores corretos de conduta moral e Cristã. Para não se tornarem os políticos que temos hoje no Congresso Nacional,que tanto nos envergonham.

  5. luiz calabreza disse:

    Outra coisa, pessoal de esquerda e direitos humanos : a escolar do crime para menores já é um fato, já existe…vocês é que não percebem nada.

  6. BRAGA-BH disse:

    Kennedy começa a baixar a bola como os demais veículos de mídia. As manifestações, as vontades de ‘parte do eleitorado’ se esvairam e agora o fim do terceiro turno. É hora de deixar o governo trabalhar e mostrar o que pode ser feito para solucionar os problemas da economia (que não são poucos) e tentar modificar o que nosso congresso cada vez mais fisiológico pode fazer de contra a nossa nação.

  7. John Marcos disse:

    País das mentiras e das falcatruas onde a corrupção corre nas veias da maioria das instituições nacional.
    Política a carniça da sociedade brasileira.

  8. Juliano Francisco Marin Filho disse:

    Acredito que o número “18” anos não significa nada hoje em dia.O que interessa é o ato criminoso cometido. Também acho que quando chega aos 18 não tem que “limpar a ficha”. Tem que ser responsabilizado pelo crime cometido até o fim da pena atribuída. No entanto concordo que a pena deva ser paga de acordo com a idade, não misturando com presos mais velhos e mais escolados no mundo do crime.
    Enfim, não interessa a idade cronológica mas sim o ato infracional cometido e a sua gravidade.
    Falo com convicção pois moro em bairro/rua que tivemos por mais de dez anos sérios problemas de segurança, tráfico, domínio da contravenção, parte das autoridades coniventes, etc.. e sentimos na carne estes problemas com menores criminosos.
    Para quem tem cargo no governo, ganha bem, mora bem, etc, etc, é fácil falar e vomitar sabedoria do alto de seu pedestal. Que venham nas vilas, nas favelas, etc e sintam o problema….
    Por fim, obrigado pela oportunidade de me posicionar.
    Juliano Marin

  9. César disse:

    Pelo jeito aprendeu bem com o seu antecessor e professor, escolaram-se no populismo e tentam desviar a atenção do povo, das notícias da operação Lava-Jato. Aproveitando-se da redução do número de manifestantes nas ruas, para tentar reverter a sua baixa popularidade atual. O seu marqueteiro trabalha, vai maquiar novamente a velha política e transforma-la em nova. A matéria demonstra a verdade. Quando diz que da semana passada para cá o Vice-Presidente Michel Temer passou a ser também o articulador político do governo e da reunião comandada por ele a matéria desvenda quem está no comando do país. Por traz dela está quem realmente governa o país o “PMDB”.A Presidente se manifesta como parte da estratégia adotada pelo Partido dos Trabalhadores que também está com sua imagem bem negativa, sendo afetado diretamente pelas medidas contrarias a que sempre disse defender e que agora se vê obrigado a apoiar. Aos poucos o ajuste proposto pelo Ministro Levy vai se enfraquecendo e se desfigurando, cedendo aos políticos que temem altas doses de remédio forte mate o paciente. Todos sabem que não existe mágica, o dinheiro para cobrir as contas tem de vir de algum lugar, e o cobertor está curto. A matéria diz também sobre a redução da maioridade penal de 18 para 16 anos. A presidente está realmente certa sobre não ser a solução definitiva a redução da maioridade penal. Só que qual seria a solução então? Deixa-los impunes? A discussão está aberta e a sociedade exige respostas. A sociedade que sofre com a violência, quer ter direitos humanos também!

  10. Leonzon52 disse:

    Que parte da ECA que coube ao governo foi feita? Ninguém que começou a trabalhar com 14 anos morreu por isso. Mente desocupada aberta ao capeta. Por que os pais não são responsabilizados.
    Quantos são filhos de chocadeira?? Os pais largam para não terem trabalho. Acabou a obediencia e o respeito. Todos os crimes devem ser punidos idependente da idade. O que o governo não tem é capacidade de cuidar desses infratores. A partir do momento que, os governantes, responderem solidariamente no criminal pelos delitos pela negliciencia no ambito da segurança o país muda.

  11. corina c. roggiero disse:

    Ela tem que se preocupar é com a alta rejeição dela, 63%. #vazadilmavez.

  12. Manter a idade penal em 18 anos só interessa às esquerdas e ONG´s de direitos humanos. A pergunta é: porquê todo esse zelo com assassinos ? Porquê essa amizade com Batistti ? É rabo preso ?

    • josé disse:

      Este estatuto foi votado na época do Collor (onde a direita e empresários mídia maçicamente elegeram-no).Por favor verifique isto e parem de fazer da Dilma a vilã do ECA.isto é só construtivo.

  13. Roberto Menezes disse:

    Todos que são favoráveis a redução da maioridade penal deveriam se perguntar porque o Brasil mais uma vez está na contra mão da história. Porque todos os países mais cultos e evoluídos do mundo estão votando justamente o contrário: aumentar a maioridade penal.
    Acho que deveríamos votar aprimoramentos na legislação processual que garantam a punição plena e realmente eficaz. Maioridade não interessa dentro de um sistema ineficiente.

    • César disse:

      Não seria porque eles já resolveram os seus problemas com a impunidade, corrupção, desigualdade social, educação, saúde, segurança, transporte, etc…etc…etc…

  14. robson disse:

    Cortina de fumaça diante de tantos escândalos.nem quero entrar no mérito da questão da maioridade, mas esse governo não tem capacidade e nem moral de se manifestar sobre qualquer assunto. Se a presidente for a favor de alguma coisa é para se desconfiar no mínimo.

  15. Pasquale disse:

    A educação é um processo social, é desenvolvimento. Não é a preparação para a vida, é a própria vida.

  16. Frederico Gosling disse:

    É muito polêmico este problema de maioridade, mas venhamos e convenhamos do Jeito que Está não pode ficar, antigamente os meninos se tornavam bandidos aos 16 anos, a
    gora se qualificam como bandidos ao 13 então a coisa está se tornando insustentável. Tudo bem , que você seja contra a maioridade aos 16, mas nos mostre uma outra opção, alguma coisa tem que ser feita este estado de coisas não pode e não deve continuar. Talvez que seja uma experiência válida, sacrificaremos uma parte de nossos jovens para poder salvar a maior parte, hoje não se vê nenhuma perspectiva de salvação para nossos jovens, salvo uma minoria seleta todos os outros se tornam bandidos, é uma triste realidade esta constatação, mas é fato. O fato da diminuição da maioridade não ter dado certe em outros Países não serve de parâmetro, o Brasil é um País diferenciado, então acho que diminuir a idade hoje é o mais viável.

  17. Jose Maria disse:

    Prender, afastar da sociedade o “dimenor” de 16 anos por haver cometido crime hediondo, é obrigação daqueles que cuidam da segurança dos CIDADÃOS de bem, daqueles que trabalham por um país prospero e justo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-09-28 19:03:44