aki

cadastre-se aqui
aki
Política
15-09-2014, 22h19

As mesmas empresas de sempre financiam a democracia

5

Postado por: ISABELA HORTA

A três semanas das eleições, partidos e candidatos já receberam doações privadas de mais de R$ 1 bilhão. Em matéria publicada nesta segunda-feira, o jornal “O Estado de S. Paulo” mostrou que os 19 maiores financiadores de campanha são responsáveis por mais da metade das doações: R$ 522 milhões.

Os principais doadores são bancos, empreiteiras e a indústria de alimentos. O campeão disparado é o grupo JBS, que doou R$ 113 milhões.

Os partidos mais beneficiados são aqueles que estão no poder. Nacionalmente, o PT e o PMDB. O PSDB, que está na oposição ao governo federal, mas governa Estados importantes, também recebeu doações volumosas.

Os três principais candidatos a presidente são os que devem receber as maiores doações, porque são os que têm os maiores orçamentos eleitorais. Ou seja, Dilma Rousseff, do PT, Aécio Neves, do PSDB, e Marina Silva, do PSB.

O sistema de financiamento eleitoral facilita a contribuição dos grandes grupos. É mais fácil para os partidos receber milhões de poucas empresas do que fazer campanhas para receber milhares de pequenas contribuições de pessoas físicas. É um sistema perverso, que alimenta a dependência dos partidos em relação às grandes empresas. Depois das eleições, os financiadores cobram os favores devidos.

O Supremo Tribunal Federal já decidiu que, em eleições futuras, as empresas serão proibidas de contribuir. É uma decisão polêmica, mas que tenta impedir que grandes grupos empresarias criem relações promíscuas com os políticos.

Confira o comentário desta segunda-feira no “SBT Brasil”:

Comentários
5
  1. Mesmo com estas mudanças eu não acredito que o sistema eleitoral vá mudar, afinal estamos no Brasil e aqui sempre damos um jeitinho…

  2. PELO BEM MAIOR: O BRASIL! disse:

    ALGUÉM JÁ IMAGINOU TODOS ESSES CONHECIDOS NOMES, JUNTOS, NA PROPAGANDA ELEITORAL NA TELEVISÃO, AO LADO DA CANDIDATA DILMA, BEM COMO NOS PALANQUES ONDE ELA COMPARECE?
    QUE ISSO ACONTEÇA LOGO, PELO BEM DO NOSSO QUERIDO E AMADO BRASIL!
    LULA, SÉ DIRCEU, SÉ GENOÍNO, SÉ SARNEI, ANTONIO PALLOCI, JOÃO PAULO CUNHA, DELÚBIO SOARES, VALDEMAR COSTA NETO, GILBERTO CARVALHO, RENAN CALHEIROS, HENRIQUE EDUARDO ALVES, SEVERINO CAVALCANTI, ARLINDO CHINAGLIA, MERCADANTE, ANTONIO PADILHA, BERZOÍNE, RUI FALCÃO, MARCO MAIA, ALDO REBELO, FERNANDO COLLOR, PAULO MALUF, MARCIO TOMÁS BASTOS, JADER BARBALHO, JAQUES VAGNER, MARTA SUPLICY, ANGELA GUADAGNIN, ERENICE GUERRA, IDELI SALVATI, ROSEMARY NÓVOA DE NORONHA, ROMERO JUCÁ, CANDIDO VACAREZA, A TROPA DE CHOQUE DO STF E MUITOS OUTROS DE QUALIDADES IDÊNTICAS.

  3. MACÁRIO disse:

    Não poderemos mais continuar convivendo com essa pouca vergonha! Seria correto que isso não fôsse permitido.Nem a nível de pessoas físicas, jurídica, etc., etc,. Por quê ao invés de doar tantos e tantos milhões para esses partidos e políticos do FAZ DE CONTAS, não fazem doações para instituições filantrópicas SÉRIAS, que tanto precisam?
    Por isso é que os inteligentes dizem: O BRASIL NÃO É UM PAÍS SÉRIO!

  4. Rubens Lima disse:

    Isso não é doação!!! Isso se chama INVESTIMENTO. Empresas investem no governo esperando um retorno em obras superfaturadas e vantagens em seus negocios. É o chamado mundo CORPORATIVISTA. Por que elas não investem na erradicação da pobreza?? Simples: O pobre não tem como devolver este investimento. Essas empresas não fazem NADA de graça para ninguém. Emprestam hoje e cobram amanhã um emprestimo muito caro.

  5. Se o STF fazer valer sua vontade , a PF pode se preparar que o caixa 2 vai deitar e rolar em nosso país .Não é uma previsão ,é uma certeza .

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-09-25 19:04:13