aki

cadastre-se aqui
aki
Política
26-08-2015, 9h15

Ato de campanha de 2010 não atinge 2º mandato de Dilma

Em CPI, Youssef diz que outra delação esclarecerá eventual doação
21

Postado por: Daniela Martins

De acordo com os critérios estabelecidos pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, a presidente Dilma Rousseff só pode ser investigada por atos que tenham conexão com o atual mandato. É o entendimento constitucional, segundo o Ministério Público.

Portanto, a eventual contribuição irregular para a campanha eleitoral de Dilma em 2010, citada ontem pelo doleiro Alberto Youssef na CPI da Petrobras, traz um potencial de dano mais político do que jurídico.

A campanha eleitoral de 2010 tem conexão com o primeiro mandato, que já acabou. Assim, se surgir um fato sobre uma contribuição irregular, a tendência é que ele não possa mais ser utilizado juridicamente contra a presidente.

No caso de surgir algo comprometedor sobre a campanha de 2014, ainda que tenha acontecido no primeiro mandato da presidente, haveria conexão com o segundo governo. Trata-se de uma campanha à reeleição, uma campanha para obter o segundo mandato.

Os depoimentos de Youssef e de Paulo Roberto Costa, delator e ex-diretor de Abastecimento da Petrobras, não trouxeram novidade relevante. Youssef repetiu que teria ouvido do deputado José Janene, que morreu em 2010, que Dilma e o ex-presidente Lula saberiam do esquema na Petrobras. Teria ouvido dizer. Também repetiu que o senador Aécio Neves, do PSDB de Minas, teria recebido propina de Furnas. Também ouviu Janene dizer.

No duelo político, PT e PSDB voltaram a destacar essas afirmações ontem. Mas o critério tem de valer para os dois lados. A delação é uma contribuição importante, mas ela precisa vir acompanhada de provas e evidências. Isso tem de valer para Dilma, Lula, Aécio e para todos os que são acusados. Do contrário, é alto o risco de que se cometa uma injustiça.

*

Quebra de decoro

Há expectativa de que o senador Fernando Collor de Mello participe hoje da sabatina para a recondução de Rodrigo Janot ao cargo de procurador-geral da República. Collor tem dirigido ataques praticamente diários a Janot, incluindo palavrões e xingamentos.

Os ataques de Collor acabam fortalecendo Janot politicamente, mas são uma vergonha para o Senado Federal. É surpreendente que não tenha havido uma reação da Casa no sentido de abrir um processo por quebra de decoro parlamentar contra ele. A imunidade parlamentar não pode ser utilizada dessa maneira.

Não há uma investigação judicial abusiva em relação ao senador. Collor foi denunciado ao STF (Supremo Tribunal Federal). Terá oportunidade de responder às acusações.

Os bastidores sobre a denúncia de Janot contra o senador dão conta de que haveria farta munição. Há sigilo porque partes da denúncia envolvem delações ainda em segredo.

Ouça o comentário no “Jornal da CBN”:

Comentários
21
  1. Joaquim disse:

    É impressionante como blindam esta senhora, como disse ontem o “Paulinho”, que recebeu apenas 1,5 milhão de dólares para da vendedora de Pasadena para não atrapalhar o negocio, se tem um responsável pela transação é conselho administrativo, cadeia para eles.
    Se o Aécio recebeu dinheiro de Furnas, cadeia para ele.
    Como pode uma pessoas no minimo incompetente e ingenua comandar o pais???

  2. Pasquale disse:

    Então se o presidente for se reeleger, pode fazer o que quiser no mandato atual que não vai acontecer nada com ele?
    É coisa de pais tupiniquim.

  3. Felipe disse:

    TROCANDO EM MIÚDOS: fanfarronice

  4. Carlos henrique disse:

    Ufa! esta passou perto. “Estamos” livres.
    Outras virão…rsrsr

  5. João Alberto Afonso disse:

    Pois bem, Collor, à exemplo de Sarney, FHC, Lula e Dilma, é um dos grandes causadores da eclosão da corrupção e desmandos ímpares que levaram o País ao caos quase que completo. Por ocasião de seu impedimento, acreditei que se tratava de uma traição do congresso porque não estava aceitando alianças em troca de cargos. Agora vejo que estava totalmente enganado e esse cidadão é o que a sociedade dele pensa. Quanto a Dilma, como disse Youssef, o abuso de Poder e dinheiro da corrupção para vencer as eleições, virão a tona via outros que assinaram a delação premiada. Por fim, assistindo aos depoimento de indigitado Youssef e Paulo Roberto, dúvida nenhuma existe de que a Dilma sabia de tudo e anuiu em todo os esquema implantado pelo Lula, tanto que sua hora está chegando. Mas o mais importante de tudo e a mídia não vem cuidando,são as ameaças de luta armando vindas do famigerado lider dos sem terra, daquele crápula do Presidente da Venezuela e recentemente pelo Presidente da CUT, o que é gravíssimo e não vejo nada sendo feito. Afinal que exercito é esse? Por que existe um silêncio absoluto a respeito? Não é ato atentatória as instituições?

  6. Maria Aparecida Ramos Tinhorão disse:

    No momento que o país registra o maior desemprego em muitos anos, o governo se reuniu com a base de apoio para uma farta distribuição de cargos e salários. Em São Paulo, Haddad empregou os derrotados Suplicy e Padilha como secretários . Esse cabide do PT é um chute no traseiro do povo.

  7. ALEXANDRE disse:

    Os acusados os acusadores a mídia, tudo farinha do mesmo saco. O sistema tá podre.

  8. César disse:

    Ao poucos toda a verdade virá à tona! O povo tem que aprender a votar e banir da vida pública, políticos que se envolvam em corrupção. Está história de rouba mais faz, tem que acabar. a verdadeira limpeza só será feita por nós! Menos partidarismo e mais patriotismo nos faria muito bem.

  9. Pasquale disse:

    Seria bom alguem avisara Dilma que o dólar esta 3,60,e se continuar assim…..
    Fujam para as montanhas

    • César disse:

      Pasquale. De acordo com o ex-Presidente Lula, a crise é só uma marolinha. Então porque será que eu vejo um tsunami vindo, enquanto a água, já está no pescoço?

      • Joaquim disse:

        Olha o que o nosso ex-presidente Lula, disse daquela moça que enviou um comunicado para os clientes do Santander, fazendo previsões para 2015:
        “Essa moça não entende porra nenhuma de Brasil e de governo Dilma. Manter uma mulher dessa num cargo de chefia, sinceramente… Pode mandar ela embora e dar o bônus dela para mim”

        A moça foi mandada embora conforme pediu o contador de lorotas, porem fica a pergunta: Será que ele seguiu os conselhos dela????. Se eu fosse esta moça estaria processando o Lula.

  10. walter disse:

    Kennedy, os fatos indicam grandes abusos contra o cidadão comum, da parte do planalto, para “salvar”o mandato da dilma.
    Estas impugnações estranhas, mudanças de depoimento; um procurador “caolho”; que aliás, vai perseguir o Janot para sempre.
    Enfim, a dilma será cassada pelo conjunto da obra, “são muitas pedaladas”; por mais verbas que sejam liberadas, em algum momento; a verdade virá a tona, por um simples fato…qualquer denúncia outra com provas contra; causará uma atitude em bloco, dos parlamentares; que jamais se arriscarão com seus eleitores.

  11. Hélio disse:

    o que acontece na verdade é que essa oposição caótica e sem rumo, atolada e representada pelos maiores expoentes da corrupção no país não aceitam que perderam nas urnas e tentam inviabilizar o governo para tomar o poder e assim voltar a distribuir afagos a seus apoiadores. E o povo? Que se exploooooda…buum

  12. D.Quixote disse:

    Para mim já está claro que não haverá impedimento. Isto pode-se perceber porque para cada carta que a moral e a descência colocam na mesa, surge sempre uma carta de maior valor, jogada por algum parceiro que surge inesperadamente de dentro do silêncio e da escuridão.

    Por que alguém se dispõe a defendê-la? Honestamente não faço ideia. Parece impossivel acreditar que diante de tamanho prejuízo causado por ela e por seu partido à nação ainda haja quem se disponha a clamar minúcias da lei em favor de seu nome.

    Isto quando não se tenta fazer pior, que é o tentar enquadrar um possível processo de impedimento como sendo um ato anti-democrático.

    Mas, por mais misterioso e obscuro que pareça, estas defesas vem acontecendo. Então deve existir algum motivo muito forte para que alguém, que desfrute de sanidade mental (independentemente do QI), deseje mantê-la no cargo de presidente. E não sabemos qual é. Podemos apenas supor.

    Ontem, no jornal nacional foi abordado o fato de que ela, em apenas 1 dia discursou em 3 oportunidades. O destaque foram as 3 contradições que praticou no mesmo dia em relação ao futuro do país. Entende-se disso que ela não tem a menor ideia a respeito dos rumos da economia, nem do passado recente, nem do presente e nem do futuro.

    E então pratica o “palanquismo”, vomitando palavras de ordem como se fossem marteladas sendo dadas na cabeça ôca das pessoas. Ela continua em capanha. E com palavras vazias exercita futurologia vã: porque seremos, porque teremos, porque vamos sair da crise, porque somos, e blá-blá-blá.

    Mas, para o terror de quem percebe tudo isto, parece-me que sim, ela tem adeptos, não apenas no PT mas entre pessoas que formam opinião. Que imensa tristeza! Posts atrás, Kenedy, vc citava Tom Jobin. Eu citaria De Gaule:”o Brasil não é um país sério”, ou talvez o Rei Pelé:”brasileiro não sabe votar”, ou Getulio Vargas:”Lei? Ora, a lei”, ou Jânio Quadros:”lá como cá más fadas há”, ou o ex-governador Abreu Sodré:”revolta-me o desrespeito à intocabilidade dos dinheiros públicos”. É o que temos para nos consolar. Já existiu gente de visão.

  13. Alberto disse:

    Essa CPI está excelente como programa humorístico.A terra brasilis é uma piada em termos de punição aos “malfeitos” do andar de cima. Na verdade,na verdade,povo que vota em corrupto não é vítima,é cúmplice.

  14. Reinon disse:

    Uma VERGONHA !!! Dilma sabia de tudo …

  15. César disse:

    Será que teremos que ser envergonhados por uma eventual condenação externa da Presidente Dilma Rousseff, por órgãos de justiça de outros países, que não estejam ao alcance da influência do poder político-econômico, exercido pelo Poder Executivo e pelo Poder Legislativo, sobre o Poder Judiciário brasileiro. Seria humilhante! O nosso Poder Judiciário, não conseguir condenar os envolvidos e outros países, os condenarem por nós, escancarará a inoperância da justiça brasileira. Que até hoje foi condescendente com a corrupção na política nacional. Lentidão, excesso de recursos, brechas na lei, foro privilegiado, prescrição do crime, induto presidencial, prisão domiciliar. No Brasil o crime compensa, e muuuiiittooooo!

  16. Marco Túlio Castro disse:

    Não adianta tampar o sol com uma peneira. Dilma será pega na curva. O Jano só está tentando defender os seus. Vai pagar muito caro pelo mal causado aos brasileiros. Mas eles não são brasileiros são petistas, mas são duas coisas incompativeis.

    • Onda Vermelha disse:

      Háháhá! AceitaDilmaVez que dói menos!

      • César disse:

        Com certeza, não dói nem um pouco, para aqueles que estão se favorecendo da corrupção e vivendo as custas dinheiro roubado do povo brasileiro. Já para o “trabalhador honesto”, que sua para ganhar o seu salário, dói no bolso todos os aumentos de preços, no supermercado, na feira-livre, no posto de combustível, nos shopping centers, na conta de energia elétrica, nos juros bancários, no gás de cozinha, na escola dos filhões, e até mesmo nos doces das crianças e nos remédios dos aposentados. Quem vive de “pichulecos” e faz manifestação paga no meio da semana, em dia útil, com ônibus fretado, ganhando sanduiche e refrigerante, pode mesmo se orgulhar de si mesmo, olhar no espelho todos os dias e dizer, “eu sou um grande filho da pátria”.

  17. J K disse:

    Uns 5 anos atrás, quando a situação se encaminhava proximo ao pleno emprego, mas ainda em ressaca pela crise de 08/09, alguns internautas além de mim, sugeriam que o gov. lula fizesse uma vigorosa reforma trabalhista, tornando mais flexível a relação empregado x patrao, melhor e menos tributada, alívio na justiça trabalhista. Dava pra ter feito, afinal, o maior patrimônio que Lula tinha era a confiança do trabalhador. Quando a situação está menos difícil os sindicatos tendem a usar esse tipo de mudança como conquista deles indicando avanço nas negociações, propaganda.
    Em discurso, Lula bradou: Quem fica sugerindo reforma trabalhista e pensa que ele faria, estaria enganado. Jamais ele tiraria qualquer benefício conquistado pelo trabalhador desamparado. Eu senti como se estivesse respondendo diretamente a mim.
    Os trabalhadores trocariam o benefício pelo emprego se soubessem o que estava adiante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-09-27 07:22:26