aki

cadastre-se aqui
aki
Política
01-07-2014, 22h59

Saldo de Barbosa é mais positivo do que negativo

43

O tema do “SBT Brasil” desta terça-feira foi o balanço dos onze anos de Joaquim Barbosa no Supremo Tribunal Federal. Barbosa foi o primeiro negro a ser indicado para STF e a comandar a corte. Colocou o combate à corrupção no topo da agenda do Supremo. Foi o presidente mais poderoso e popular. Puniu políticos poderosos de maneira inédita. E, apesar de negar interesse político, sai com forte cacife nessa área. O aspecto negativo foi uma mão pesada ao interpretar a lei. Barbosa acertou muitas vezes no mérito, mas errou na forma. E, no caso do mensalão, ficou a impressão de dois pesos e duas medidas, porque o rigor aplicado ao PT não se repetiu em outros casos.

Comentários
43
  1. Krycssus Atimus disse:

    De certo, Barbosa provou ser um homem de muito valor e apesar da rigidez no combate ao crime de corrupção (o que deveria ser), aplicou a lei a pessoas que se achavam acima dela e mandou todos para a prisão. Quanto a outros crimes, Barbosa agiu dentro da lei e as decisões foram colocadas em plenário. O crime do Mensalão foi o mais escandaloso da história do país, pois evidenciou uma alta cúpula do governo envolvida em um sofisticado esquema criminoso e ainda, mancharam, moralmente, o supremo com interpretações de “embargos infringentes” e “formação de quadrilha” duvidosos. Barbosa é um Juiz fora da curva da impunidade e da corrupção, é o Juiz Magnânimo.

    • Paulo Eduardo Tross disse:

      Concordo plenamente com sua colocação!

    • Franca Alencar disse:

      Magnânimo:
      “adj. Que demonstra generosidade; que se comporta de modo a ajudar desinteressadamente outras pessoas; que revela indulgência.
      Diz-se da pessoa que é bondoso ou generoso.
      Que tende a perdoar; que tem grande disposição para desculpar outra pessoa.”

      É esse o Barbosa ?

      • Krycssus Atimus disse:

        Pois é extraordinário, maravilhoso, nobre, etc, sinônimos… No altar, estrelado, ofuscado e vitorioso JB, o gladiador de pé contra a impunidade e a corrupção.

  2. Joel Miranda disse:

    Kennedy, JB nunca foi um juiz, sempre foi um promotor, um advogado de acusação, ele sempre teve espírito de punir, índole arbitrária, interpretou as leis para condenar.
    Foi uma decepção pra mim!

    • Vitor disse:

      Muito boa sua colocação!!!
      Esta frase ” interpretou as leis para condenar”,demonstra exatamente sua índole,que parece ser de não utilizar a leis,tipo os condenados do mensalão.
      Para nossa alegria você é a minoria.

    • Antonio Carlos disse:

      Perfeitamente de acordo. JB começou mal porque entrou por cota e isso o incomodava bastante, embora pudesse não ter aceito a nomeação. Pessoa arbitrária, vaidoso, que se acha dono da verdade, arrogante e agressivo com seus pares. De todos ali, possivelmente é o mais despreparado e este é, também, um dos motivos para as suas atitudes. Quanto aos erros, em se tratando da mais alta corte do País, não podemos admitir que eles existam.

    • elco disse:

      Joel quem deve teme!!!!!

    • Regis Oliva disse:

      Colocação correta, JB foi promotor e advogado de acusação ao mesmo tempo, além de usar a famigerada teoria do “Domínio do fato”, para acusar os petistas. Foi muito danoso à jurisprudência brasileira e pior acabou fazendo o que a grande mídia desejava. Um juiz do supremo, além de ilibado tem que ser isento de opiniões midiáticas. Seu juízo tem que ser constitucional e não pegar o texto Magno e rasgá-lo ou fingir que ele não existe.

    • Hilda disse:

      Joel concordo contigo em tudo…Para mim JB foi doença do nosso Judiciário…Já foi tarde !!!… Condenou INOCENTES e absolveu culpados !!!…Espero que nunca mais o Brasil tenha um estrupício desses no STF….

      • Aroldo Costa Filho disse:

        Hilda, qual inocente ele condenou e qual culpado ele absolveu???? Acho que não estamos falando a mesma pessoa, ou você viu outro julgamento. Joaquim Barbosa foi o melhor Ministro do STF das últimas décadas, ao lado de Aires Brito e outros. Mostrou que o STF não condenava políticos porque muitos ministros tinham e têm rabo preso com políticos que os indicaram, como acontece com vários que lá estão, principalmente o Tofoli. O país vai sentir a falta de sua mão pesada contra os poderosos, boa aposentadoria MINISTRO JOAQUIM BARBOSA!

        • Octavio disse:

          Vc realmente não viu outro julgamento, pois o personagem de história em quadrinhos que vc está defendendo não o fez. Ele e outros juízes liberaram os acusados do PSDB e DEM.

      • Sandra disse:

        Não entendi vários comentários espinafrando Joaquim Barbosa, como se ele tivesse sido o único, o Supremo tem 11 ministros e a condenação dos mensaleiros, foi quase unânime, e quem condenou foram os fatos, a lei, os indícios. Joaquim Barbosa foi corajoso porque meteu a mão na ferida, uns o chamam de arrogante, porque é assim que são os que brigam por seus valores, convicções e justiça. Não existe pessoas mansas que ajam dessa forma, ou você impõe, ou você é engolido pelo sistema. Vivemos num momento que ninguém quer ser punido pelo malfeito, não queremos ouvir não, e quando vemos uma pessoa que tem essa coragem, ah o cara é arrogante, é mal educado. ADMIRO POR DEMAIS O MINISTRO JOAQUIM BARBOSA, QUE NÃO SE OBRIGOU A AGRADAR E SIM A POR A LEI EM PRÁTICA. Quanto aos outros processos, repito, não foi ele que engavetou, agora cobrem dos que ficaram lá!!!

      • Edivaldo disse:

        Isso deve ser pegadinha do malandro, essa sua colocação? Me fale o nome de um inocente que ele condenou? Qual culpado que ele inocentou (neste caso tem que concordar em parte, pois inocentou o Corrupto LULA)

    • Antonio Celso Alencar disse:

      Nem tanto…Só condenou governistas…A turma do PSDB foi devidamente protegida e seus processos, jogados em gavetas bem fundas…a maioria já prescreveu.
      Herói dos coxinhas…

  3. MANOEL CABRAL disse:

    Concordo com o Joel. Penso que passou a sensação que a AP 470 foi um julgamento de exceção, pois seus critérios não serão aplicados em mais nenhum. Mas, no início, torci pelo Barbosa pela justiça que sugeria que fizesse. Mas os fins não justificam os meios.

    • Krycssus Atimus disse:

      Erradíssimo caro Manoel, esse argumento é totalmente inválido, trata-se de julgamento jurídico em crime cometido, não é discussão política. Os 11 ministros condenaram os mensaleiros por corrupção. ISSO NADA TEM A VER COM O JULGAMENTO DO BARBOSA E SIM DA SUPREMA CORTE. Eles estão presos e carregarão o título para o resto da vida. Não adianta espernear amigo.

  4. Luiz Carlos de LIma disse:

    Com certeza os 11 anos foram muito mais positivo. O julgamento do mensalão mostrou isso, colocou a mão na cúpula podre do poder sem medo se rodeios e condenou a todos sem exitar, foi tão positiva que a população brasileira passou a conhecer um pouquinho do trabalho feito pelo STF. E hoje a um dia da saída dele já nos sentimos meio desamparado com o rápido benefício concedido ao José Dirceu e aos outros condenados do mensalão. Sabemos que são direitos do detento mas é aí que o povo se sente injustiçado, pois queremos ver a justiça complete, mas com certeza o Ministro Joaquim Barbosa deixou um legado aos ministros que ficam que é possível sim condenar os poderosos e por um basta na corrupção dos políticos basta coragem e determinação.

    • Daniel Carvalho Rocha disse:

      Concordo contigo Luiz. O país ficou órfão de alguém que contribui no combate aos vampiros do poder. Isto significa que o pior já vem por aí: Já conseguiram “liberar” para trabalho externo os condenados do mensalão. Isto já é, por si só, um índício de que em breve estarão livres para continuar a cometer novas falcatruas e assim enterrar de vez a punibilidade da justiça aos condenados graúdos.

  5. Eli Medeiros disse:

    Sr. Joel, muito me admira uma pessoa fazer esse tipo de comentário em relação a atuação de Barbosa. Felizmente tivemos este honrado senhor a tentar moralizar uma instituição comandada, sabe se lá por quem, que sempre se acharam acima da lei.
    Infelizmente ele deixou o Supremo e a alta cúpula do governo pode novamente assumir e comandar assim começaremos a ter novamente decisões que envergonham o país.
    Sinto muito sr. Joel pela sua posição e em contra partida concordo plenamente com o Sr. Krycssus.
    “Deus” permita q outros BARBOSAS apareçam para a moralização da Instituição e bem do País.

  6. Shiwinha disse:

    Por que ele não validou a operação Satiagraha, a maior e mais completa operação da PF contra a corrupção nesse país?

  7. Willames disse:

    Acho que o julgamento foi justo. No caso aqui mencionado criou-se essa polêmica porque os senhores envolvidos eram pessoas do alto escalão do governo e que como é prática no brasil, quase que sempre não havia punição. As vezes uma necessitada rouba um litro de leite no supermercado e é exemplarmente punido pelo que fez. Portanto Joaquim Barbosa juntamente com supremo apenas fez valer a lei para quem errou.

  8. Rui F. Ramos disse:

    Lamentável que um ser que entrou no STF pelas portas dos fundos através de COTA, não aproveitou a oportunidade para provar que alguns COTISTAS tem mesmo condições de exercê-las, esperamos que pessoas deste tipo nunca mais venham a ocupar esses tipos de cargos, vergonhoso mesmo foi ele manter engavetado o processo SATIAGARRA, como político não se elegerá nem para síndico predial, vexatório.

    • Marcos disse:

      Rui, sua discriminação é raivosa, contenha-se, nada mudará os fatos e os fatos são o que deveria ser. Devo lhe informar que raiva não derrota a lei e o poder de se fazer obedecer, portanto só lhe resta aceitar ou simplesmente chorar, daí se persistir o quadro, o caso não seria mais jurídico e sim médico.

  9. Ricardo Moura S. disse:

    Opiniões totalmente equivocadas visando confundir esclarecidos, tentativas frustradas com repetições de expressões e ideias que contradizem os fatos. Elemento(s), com camuflagem, tentando distorção. A grande verdade é que Joaquim Barbosa é o único Gladiador sobrevivente na arena da lei e da ordem, o único de pé e é aplaudido pela grande maioria. Os que caíram, amargam teorias, fundamentos, desilusões, frustrações e principalmente vergonha, pois é indiscutível recontar a história e muito menos criticar a imprensa, até porque divulgou fatos e os que se insurgem contra ela, calam-se, pois nada resta!

  10. Antonio Carlos de Godoy Novaes disse:

    Somente quem é do PT é que pode estar contra o Joaquim Babosa.

  11. JOSE CARLOS disse:

    Infelizmente so existe UM JB, precisávamos de um exército de JBs neste pais dominado pela CORRUPÇÃO e IMPUNIDADE na administração publica em todos as esferas, se tivéssemos JBs no Congresso aprovaríamos leis tornando a lavagem de dinheiro e desvio de dinheiro publico e outros mais praticados diariamente por eles em CRIMES HEDIONDOS pois assim mandariam esses canalhas para o regime fechado onde eles merecem cumprir integralmente a pena, sem privilégios de progressão de regime, com os quais esse pilantras agora vão burlar e como sempre se darão bem.

  12. Antonio Carlos disse:

    Aproveitando o espaço eu faço a seguinte reflexão: vocês acham que políticos corruptos ficariam 20 anos na oposição sem compor com os governantes? É claro que não. Só aqueles que são conduzidos pela mídia e simplesmente repetem o que leem podem pensar assim. Se eu entrasse para a política para roubar iria compor com todos, como fez o Roberto Jefferson, que foi aliado do Sarney, do Collor, do Itamar, FHC e Lula, sempre esperando encaixar meu partido em ministérios, estatais, etc. Eu fico impressionado quando leio que o Genoíno é corrupto e está rico. Os representantes do PT foram condenados por corrupção ativa (quem paga) e não passiva (quem recebe). E pagaram sim, porque todos os governos, sejam do PT ou do PSDB, são reféns do PMDB e de outros partidos menores que estão no Congresso para vender seus votos. Ninguém aprova um projeto neste País, sem molhar a mão destes caras. O mensalão sempre existiu ou alguém imagina que na época do Sarney tudo era diferente. Muito pelo contrário, era muito pior, mas só agora, porque é o PT, fizeram este estardalhaço. É como o Roberto Barroso disse, foi um julgamento político, instigado pela Mídia. Eu também sou contra a corrupção, mas se quisermos resolver este problema temos que acabar com estes partidos de aluguel. Lamentavelmente o povo é totalmente despolitizado e facilmente é conduzido por uma mídia que faz o que quer, transforma bandidos em heróis e heróis em bandidos. Virou moda reclamar, passou a ser status, o cara é ignorante, não raciocina, escreve errado, mas acha que reclamando passa a ser inteligente. Muita coisa tem que melhorar, mas não ficou ruim de 10 anos pra cá não, sempre foi ruim.

    • Luis Fernando disse:

      Caro Antonio Carlos, o que você descreve é crime de corrupção e formação de quadrilha, ambos previstos em lei… E tem mais erra drasticamente ao culpar a mídia por divulgar fatos. O judiciário não tem função de polícia, de investigação, apenas julga. O erro da sua dissertação não é descrever um crime num sistema e sim não reportar a forma de combatê-lo. Isso não depende do povo, o povo não investiga crime e crime independe de pessoa, é por isso que existem leis, polícia, inquéritos e juízes, essa equação funciona, desde que as etapas do processo sejam cumpridas, a fim de não se cometerem injustiças. O que falta nessa sua equação equivocada é o combate ferrenho e isento com mais autonomia da PF é ela que tem instrumentos e a competência para investigar, apurar, crimes de corrupção nessa esfera, mas infelizmente ela é limitada. Deve-se ter uma PF isenta para apurar e julgar crimes de corrupção, na esfera política, onde as brechas da lei foram implantadas visando beneficiar a ponto de se contrapor ao próprio supremo, com artifícios sua decisão suprema submetendo a plenários e etc, vide o caso de mensaleiro corrupto condenado e quer se aposentar por invalidez no congresso. Questão jurídica é do supremo, não cabe a nenhum outro órgão fazê-lo, principalmente o legislativo. Para evitar política, a escolha de juízes do supremo, além de ser aprovada pelas esferas, deve passar, inclusive, pelo POVO e tem de ser obrigatoriamente um juiz ou membro do poder judiciário de carreira com ficha totalmente isenta de política ou desvios, só assim estaremos no caminho certo para combater a corrupção como ela merece.

      • Igor Soares disse:

        Luis matou a pau o petista. Muito bom raciocínio.

      • Antonio Carlos disse:

        Blá, blá, blá, …… Mas tudo que eu disse é verdade. O julgamento foi político e incentivado pela Mídia. pra vc ter uma idéia, não que isto sirva de desculpa, mas só no Metrô de SP o roubo vai a mais de 1,5 bilhões e pouco se fala. Quanto ao povo decidir os destinos da nação, é isto que a Dilma deseja ao propor a participação popular, que a Mídia, mais uma vez, diz que ela quer implantar o “chavismo” no Brasil, desprezando o nosso Legislativo.

        • Carlos Souza disse:

          Acho que você está equivocado. Não adianta contrapor a crime com outro, pois um crime nunca justifica o outro. Quem está no poder é que deve investigar e provar, se capaz, portanto quem é corrupto, está preso, são os mensaleiros que mesmo soltos, voltarão, à noite, para cumprir a pena e a mídia lá no encalço, no rigor, denunciando qualquer desvio de conduta par a sociedade.

    • Marcos disse:

      Nossa quanto absurdo e ignorância. O cara descreve crimes e ainda quer culpar a mídia por influência. “Virou moda reclamar, cara ignorante, escreve errado e acha que reclamando passa ser inteligente”, não se menospreza aqueles que querem exercer seus direitos. Péssimo comentário Antônio.

  13. RAIMUNDO C JACOME disse:

    O ministro Joaquim Barbosa foi excelente em sua postura jurídica. Li ai em cima que não tinha capacidade, coitado do comentário… Veja a história deste homem íntegro e BRASILEIRO, de onde veio, qual é a sua formação, onde estudou, quantos idiomas fala, onde é professor convidado, palestrante… Muito embora, aqui no bbbrasil formação não serve pra nada, porque analfabeto chega a presidente, despreparado que não consegue passar em concurso público nenhum a ministro do supremo, preguiçoso aposenta-se, e ladrão e bandido ao congresso e gabinetes governamentais. Vá entender!!!
    PARABÉNS JOAQUIM BARBOSA!
    TEM QUE SEPARAR OS JUÍZES DOS POLÍTICOS! POLÍTICOS NÃO PODEM INDICAR DESEMBARGADORES NEM MINISTROS DAS CORTES SUPERIORES. REFORMA JÁ!!

    • ANTONIO SEBASTIÃO COLOMBO disse:

      Joaquim Barbosa não teve pena dos doentes que padecem de fraqueza.
      Fraqueza de caráter, de ética e de dignidade.
      Os que sofrem desses males, festejam a sua aposentadoria.
      Cuidado, ele voltará.

  14. Franca Alencar disse:

    Dois pesos e duas medidas. É esse o saldo positivo ? Para um ministro do Supremo Tribunal de Justiça ?

    São esses os guardiões da Constituição ?

    Depois reclamamos por sermos presos, acorrentados e encarcerados por dois dias pelo simples fato de estar correndo pela ruas de São Paulo!

  15. Antonio Carlos disse:

    Mas voltando ao tema, o Joaquim Barbosa correu da raia porque sabia que seria derrotado e não adianta dizer que os demais juízes do STF é que são incompetentes. Não, eles são juízes e julgam de acordo com as Leis, diferentemente do JB, que queria só aparecer. Brigou com todos. Mas nós ficamos livre dele, nunca mais será nada e sua fama vai durar enquanto os holofotes estiverem acessos. Nunca mais vai tentar ocupar um cargo público e nunca será político, sabe da sua incompetência. Preferiu sair agora, no auge, do que terminar menosprezado até pelos iludidos que hoje o apoiam.

    • Luis Feranando disse:

      Já que vc insiste em erro e na ilusão de que JB está errado, quando se prova o contrário, azar o seu , o sofrimento nas urnas será exclusivamente seu, a insatisfação é bem grande e cresce a cada dia…

  16. Pasquale disse:

    Esqueceram que o Barbosa,colocou atrás das grades o Dirceu.Só por isso merecia uma estátua em praça pública hehehe.Porque o cidadão jamais imaginava, que com toda a sua influencia, um dia ficaria cerceado de sua liberdade.
    Grande Barbosão,colocou o seu nome na história.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-09-30 05:54:31