aki

cadastre-se aqui
aki
Geral
21-08-2019, 19h28

Bolsonaro criará crise global ambiental sobre destruição da Amazônia

Presidente e ministro aumentam tamanho do problema
8

Kennedy Alencar
BRASÍLIA

O presidente da República aumenta a cada dia o tamanho do problema ambiental brasileiro, gerando motivos para uma crise de proporções globais com retaliações econômicas e políticas. Jair Bolsonaro está numa escalada que colocará o Brasil na posição de país pária em temas ambientais.

Sem prova e com leviandade, o presidente atribuiu o aumento de queimadas na Amazônia a uma conspiração de ONGs internacionais a fim de prejudicar a sua administração e à leniência de governadores da região. Disse que não estava afirmando, mas afirmou. É mais uma fala irresponsável.

Bolsonaro pode unir a Europa e outros países em torno de alguma retaliação concreta ao agronegócio brasileiro. Não deve ser descartada ameaça de engavetamento ou mudança do acordo fechado entre a União Europeia e o Mercosul.

Não dá para Bolsonaro se fiar numa suposta boa relação com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que tem uma reeleição a enfrentar em 2020. A agenda ambiental é importante para a imprensa e a sociedade civil americana. De pouco adiante o apoio de Trump se o mundo inteiro estiver contra o Brasil.

Aliás, a imprensa internacional tem dito que a Amazônia brasileira está sendo queimada e desmatada durante o governo Bolsonaro num nível recorde. Não adianta tentar esconder informações, como no famoso episódio de “mentiras de maus brasileiros do Inpe”. Satélites da Nasa já captaram queimadas no Brasil. Bolsonaro e o ministro Ricardo Salles, que estão demolindo políticas públicas ambientais construídas durante décadas, transmitem as mensagens errada ao exterior.

Uma coisa é desprezar o Congresso, emparedar a classe política e atacar jornalistas como Bolsonaro faz com frequência. Outra é comprar uma briga que pode levar a um conflito diplomático e econômico de impacto planetário.

A estratégia de destruição institucional implementada por Bolsonaro pode extrapolar os limites domésticos e gerar uma reação internacional que afetará empregos e vidas reais no Brasil. Se o nosso sistema de freios e contrapesos não reagir, os de outras nações podem entrar em campo.

Ouça o comentário feito no “Jornal da CBN – 2ª Edição” a partir dos 2 minutos e 56 segundos no áudio abaixo:

Comentários
8
    • walter nobre disse:

      Kennedy, sem ter que se preocupar com discussões sobre o que é melhor para a Amazônia, o presidente deve enviar tropas para combater e investigar personas não gratas por lá…sabemos todos nos, que nosso rela conhecimento ali, lembra a Musica do Zeca Pagodinho: “nunca vi só ouço falar”…temos contingente suficiente para acompanhar constantemente, qualquer anomalia localizada, depois disso teremos forças suficiente para contrariar de fato, qualquer critica, ou desmandos na região; não podemos entrar no embates políticos internacionais, por Países que não tem de fato, interesse em nossa soberania; vivemos uma época, de politicagem mundial que não nos ajuda em nossa missão interna; precisamos evoluir de fato.

  1. Amilcar Neves disse:

    Ora, na verdade, como a Amazônia preservada tem importância fundamental para a sobrevivência da espécie humana no planeta, o mínimo que se pode vislumbrar é uma invasão armada de toda a região, capitaneada pela ONU ou, muito pior, por um ou dois países isoladamente.
    Para evitar essa retalhamento do Brasil, precisamos nos antecipar e cortar o mal pela raiz: exigir um atestado psicológico do presidente e providenciar sua imediata interdição. E começar o País de novo, do quase zero em que ele nos está deixando.

    • Rogério Delgado disse:

      Realmente vc disse tudo Amilcar . já passou do tempo de entregarmos a Amazônia a um pais mais descente e com um governo que pensa no futuro do planeta, eu votei neste cara …mas já me arrependi pois até agora não vi nada alem de babaquice de um governante que está brincando de com o Brasil e com o povo , como se o país que entregamos a ele fosse um presente de criança.
      espero mesmo que esse seu vislumbre se torne realidade . e já tá na hora de tirarmos esse cara dai e tentarmos,colocar alguém que realmente pense no povo brasileiro .

    • Georges disse:

      Ele não é maluco não, só mais um despreparado que colocamos na função.Na ânsia de tirar o PT por qualquer coisa, escolhemos qualquer coisa.

  2. Everson de Almeida Alves disse:

    Olá Kennedy: parabéns pelo comentário. Conheço seu trabalho através de suas matérias também no SBT. Sou professor de Geografia para o ensino médio e estou trabalhando temas atuais. Converso com as turmas sobre esta polêmica ambiental criada e alimentada pelo Governo, gostaria de apresentar o áudio de seu comentário para minhas turmas como tema para debate. Caso seja possível peço-lhe que envie o arquivo para este mesmo correio eletrônico. Desde já agradeço, e continue sendo imparcial.

    Cordialmente:
    Prof. Everson – Escola Pública em Jardim de Angicos – RN

    • Wilson da silva santos filho disse:

      BOM DIA ESSE FOI DOS PIORES PRESIDENTE,NEM LULA E DILMA E TEMEM NÃO ACONTECIA ESSE PROBLEMA DE INCENDIO,TINHA SIM MAS ERA MUITO POUCO, ELE QUER VENDER TUDO, ESSE PRESIDENTE TEM MENDE DE CRIANÇA NÃO SABE FALAR ELE É MALUCO,O POVO TEM QUE TIRAR ESSE PRESIDENTE ANTE QUE ELE ACABA COM TUDO,NÃO VI MELHORA NENHUMA NO GOVERNO DELE,ELE E ESSE MINISTRO DA ECONOMIA NÃO QUER MELHORAR NADA,ELE QUER VENDER TUDO E NÃO QUER COLOCAR EM SAUDE SEGURANÇA,NA SAUDE TEM PESSOAS MORRENDO NAS FILHAS,E IDOSOS MORRENDO QUANDO IA RECEBER SEU PAGAMENTO É ISSO QUE ELES QUEREM,CADE O AUMENTO DOS FUNCIONÁRIOS OS DELES JÁ ESTA NO BOLSO ELES TEM DOIS SALÁRIOS DE MILITAR COMO PRESIDENTE E OS DEMAIS QUE SÃO MILITAR,NOIS FONCIOÁRIOS ESTAMOS 3 ANOS SEM AUMENTOS,PROMETEU UMA REPOSIÇÃO CADE,ESQUECEU, COM ESSE CARA O MINISTRO DA ECONOMIA NÃO SABE DE NADA,ELES VÃO ACABAR COM O BRASIL SE NÃO INTERVI ESSE MINISTRO DA ECONOMIA,E ELE QUE MANDA NO PRESIDENTE PORQUE O PRESIDENTE ESTA MALUCO,VCS ESTÃO VENDO O QUE ESTA ACONTECENDO

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

 
2019-10-19 03:41:47