aki

cadastre-se aqui
aki
Geral
22-06-2020, 19h35

Bolsonaro e Brasil não são assunto para Trump, revela livro de Bolton

Não existe parceria estratégia com os Estados Unidos, mas submissão
2

Kennedy Alencar
NOVA YORK

O livro de John Bolton, ex-assessor de Segurança Nacional do presidente Donald Trump, mostra que o Brasil e o presidente Jair Bolsonaro não são assunto importante para os Estados Unidos.

Na obra, intitulada “Na Sala Onde Aconteceu”, Bolton relata os 17 meses ao lado de Trump. O Brasil é citado 13 vezes no livro. Bolsonaro, apenas 3. Nos relatos de Bolton, não há importância do Brasil para a política externa americana.

A Venezuela mereceu 347 citações _26 vezes mais do que o Brasil. Nicolas Maduro teve 196 menções _65 vezes mais do que o Bolsonaro.

A China foi citada 365 vezes _28 vezes mais do que o Brasil. O presidente Xi Jinping foi 30 vezes mais lembrado do que Bolsonaro. O chinês recebeu 90 citações.

Basta fazer uma busca no livro de Bolton para ver que a parceria estratégica entre o Brasil e os Estados é uma mentira vendida pelo despreparado Ernesto Araújo, ministro das Relações Exteriores. A subserviência de Bolsonaro a Trump não atende aos interesses do Brasil.

A segunda fase da reabertura da economia em Nova York também foi tema do comentário de hoje.

Ouça:

Comentários
2
  1. Walter Nobre disse:

    Kennedy, não há nada conclusivo, com relação ao convívio Trump, e Bolsonaro; ambos vivem momentos difíceis, pela Pandemia; são dificuldades múltiplas, além de um ano eleitoral nos EUA. O Sr Bolton, escolheu um péssimo momento para lançar um livro, inócuo, podemos afirmar com certeza, a intenção oportunista em faturar, escolheu o tema errado. Se o Trump perder as eleições, tudo acabará, mantendo o bom convívio do Brasil com os EUA, seja lá quem for o presidente. A história mostra a convivência positiva de ambos os lados; tentar construir fatos negativos neste momento é suspeito.A pandemia passou a ser o tema do século, precisamos encontrar sa´da neste instante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-08-05 02:07:05