aki

cadastre-se aqui
aki
Geral
03-04-2020, 16h52

Bolsonaro é capacho de Trump; Ernesto Araújo, de Mike Pompeo

Na crise, EUA muda estratégia enquanto Brasil se apequena
10

Kennedy Alencar
WASHINGTON

Esta foi a semana da virada para o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que mudou a sua conduta em relação à crise e tenta alterar a narrativa para deixar em segundo plano os erros que cometeu ao minimizar e subestimar o coronavírus.

Ontem, Trump bateu duro na 3M, fabricante de máscaras N95, pedindo que esse equipamento não fosse exportado, mas dedicado apenas ao mercado americano. A empresa reagiu, dizendo que tinha compromissos com outros países e que o pedido de Trump poderia gerar retaliação e efeitos danosos de saúde pública em outras nações.

O primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, disse que o pedido do governo dos EUA seria um erro, pois não faria sentido limitar exportações de um país para o outro em meio a uma pandemia global. Trudeau lembrou que mercadorias essenciais e profissionais médicos cruzam todos os dias as fronteiras entre os EUA e Canadá, num recado de possível retaliação.

Enquanto isso, o presidente Jair Bolsonaro se comporta como um capacho de Trump e o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, como um capacho de Mike Pompeo, o secretário de Estado dos EUA.

Bolsonaro prefere perder tempo e atrapalhar todos os dias o combate à covid-19 no país. O presidente brasileiro parece mais preocupado com a popularidade do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, e com os gestos de civilidade política trocados entre o ex-presidente Lula e o governador de São Paulo, João Doria.

Trump tem agido para pressionar a China, reforçando a relação com o país e pedindo que o país envie equipamentos aos EUA. Encomendas destinadas ao Brasil estão sendo canceladas.

Um presidente mudou a narrativa, rendeu-se aos fatos e está cuidando do problema de forma até egoísta do ponto de vista geopolítico. Um outro, Bolsonaro, não tem estratégia doméstica nem internacional e apequena o seu país. Seria hora de o Brasil ter uma relação estreita de cooperação com a China, a nossa maior parceira comercial. Mas os Bolsonaro se dedicaram a minar a relação sino-brasileira.

Claro que é um erro essa estratégia de cada país por si, porque a pandemia é global. Não adianta resolver o problema só nos EUA. O vírus pode voltar ao país se outras nações continuarem a sofrer com o covid-19.

No entanto, os EUA, pelo menos, têm uma estratégia de curto e médio prazo. Trump, por exemplo, respeita as autoridades médicas que o assessoram. Bolsonaro dinamita o ministro da Saúde. A tragédia do Brasil é pior, porque o país não tem um plano nem para agir nessa fase de cada nação por si.

Ouça o comentário no “Estúdio CBN”:

Comentários
10
  1. Diule Queiroz disse:

    O quem me assusta é Bolsonaro AINDA ter uma aprovação de 33%. Tem se mostrado a cada dia mais despreparado para qualquer cargo público e subserviente ao Trump.
    Os outros poderes devem controlá-lo o mais rápido possível, pois corremos o risco de ter um colapso administrativo.

    • Walter Nobre disse:

      Kennedy e Diule, considerando a pesquisa do Datafolha cheia de vícios confirmando 33% pode ter certeza é muito mais; trata se de um presidente que tem defeitos, mas fala a língua do povo, não vende o que não pode entregar. Relativo ao TRUMP não tem toda esta aproximação neste instante, se a reeleição é a meta do presidente lá, esta com muitos problemas, este vírus tomou proporções alarmantes na terra do tio Sam. Ninguém conseguiria imaginar a lambança por falta de ação em Nova Iorque, conseguiu acabar com a crise entre a Arabia Saudita e os Russos, com isto o Petróleo volta aos preços que interessa ao mercado. Neste instante o Bolsonaro não logra qualquer benefício contatando os EUA. O Presidente no Brasil precisa esperar o momento certo para retomar sem dramas a economia, não podemos permanecer eternamente em quarentena; esta situação nos levará ao abismo econômico em um més, com o dobro de desempregos.A China, não tem Pátrias preferidas,estão servindo os americanos HJ, amanhã!!!

  2. Diule Queiroz disse:

    Parabéns por suas análises. Desde o início de 2019 vem alertando para o perigo que Bolsonaro representava para o país; fez isso de maneira muito profissional e comprometido com as técnicas jornalísticas.

    • Bolsonaro e Generais um Crime contra a Soberania do Brasil. disse:

      Nunca um país será dono do seu nariz economicamente ou democraticamente enquanto tiver uma base americana dentro dele. Bolsonaro e os militares que o rodeiam fazem um desserviço ao Brasil. Nós já estamos sendo visto pelo mundo como o país de estúpidos que acompanham um sujeito que se diz militar, mas não conhece, e não tem auxílio de generais que honram a farda, o que é soberania. Soberania é aceitar a morte diante a possibilidade da escravidão. Isso quer dizer se os EUA quisessem um pedaço do Brasil. Que ganhassem ele no braço e no tiro. Não por uma canetada dizendo mentiras. O Pais com melhor tecnologia em misseis se chama Rússia. A China também avanços nisso. Pelo Direito Administrativo deveria ter Licitação séria. Como quando compramos aviões. Duvido que tenha alguém nas FFAAs que leu o contrato em inglês da concessão. Não o que foi feito no Congresso. O assinado depois. E no orçamento onde tem o custo para tirar eles de lá? Crime de responsabilidade e soberania.Corte Marcial neles

  3. Miguel "Nossa Economia" disse:

    Eu assino embaixo. Para um governo que se diz civil militar. Tanto Bolsonaro como seu General fazem papel de subordinados. Kennedy, nossa economia, mesmo com todas a ideias do Ministro da Economia não colocam o Brasil em crescimento. Não temos planos para melhorar o que produzimos com tecnologia. Somos ainda um país que vende minério de graça, matéria prima de graça. E esse senhor que se diz militar é uma vergonha com suas atitudes de preservação da soberania. Eu me envergonho de entre colunas ver tantos militares, e nas divisões das FFAAs eles não terem nenhum lido o acordo que o Governo assinou com os americanos. Eu duvido que se o contrato foi redigido em inglês. Tenha tido um representante do governo, seja ele da Marinha, a Aeronáutica, do Exercito lido e emitido seu parecer. Dar Alcântara dizendo mentiras. É ganhar da nação mais perigosa do Mundo (covarde). Um cavalo de Troia. E é impossível ver o Congresso e as FFAAs capacho de Bolsonaro e esse General de quinta. São uma vergonha

  4. luiz carlos pereira disse:

    o presidente esta com ciume do ministro da saude, pra ele tudo e ameaça, ele so pensa na reeleicao, outra ameaça e o moro,presidente incopetente

  5. Braga-BH disse:

    Bolsonaro além de minar as ações do Ministro da Saude nos ataques à Covid19 ainda não faz ideia do que está por vir. Segundo o próprio presidente, tem uma MP sobre a mesa aguardando assinatura autorizando a todos o retorno aos postos de trabalho. Dobrar a aposta no momento em que as contaminações chegam na ponta da curva é jogar contra tudo e contra todos.
    Apenas um balanço: A esquerda brasileira não aprende com seus acertos e muito menos com seus erros. Se abraçar a um pedido de impedimento nesta altura é cometer o mesmo erro que foi cometido com Dilma mas em outras proporções. Neste momento apenas os partidos de sempre estão pleiteando a saida de Bolsonaro. É o mais do mesmo! Fincar pé demonstrando e mostrando as insatifações populares com os desmando de Bolsonaro está correto mas não acho que as esquerdas estariam preparadas para serem as estrelas neste momento. Deveriam ser apenas coadjuvantes.

  6. Djalma de Oliveira disse:

    Acredito que a postura de Bolsonaro e sua turma de aloprados, deva ser investigado a luz de risco à soberania brasileira, não é possível que suas posições sejam meramente um alinhamento ideológico com os EUA, deve ter algo mais nesse angu, não é concebível.

  7. jose disse:

    Queiroz tem razão, 33% de apoio a essa coisa maléfica é muito. O rebanho do gado não dá tudo isso. Esse percentual é o aproximado da votalção em 2018 e nesse período decorrido ele só perdeu eleitor. Duvido com tendência à certeza que ele tenha ganho meio eleitor depois da eleição.

  8. Ademir disse:

    Parabéns.. Matéria extraordinária.. Façamos nossa parte!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-09-25 13:43:01