aki

cadastre-se aqui
aki
Geral
05-08-2014, 22h44

Bom Senso briga por lei mais rigorosa com clubes

Postado por: ISABELA HORTA

O tema do “SBT Brasil” desta terça-feira foi a Lei de Responsabilidade Fiscal do Esporte. O assunto está em discussão no Congresso, mas é baixa a possibilidade da lei ser aprovada antes das eleições. Há um embate entre os clubes e o Bom Senso Futebol Clube, que defende os interesses dos atletas. Os clubes querem aprovar o projeto como ele está redigido hoje, alegando que a situação dos times de futebol é delicada e que precisam refinanciar com urgência as suas dívidas com a União. Mas o Bom Senso avalia que não haverá garantia de respeito aos direitos trabalhistas. Alguns pontos da lei ainda não tem consenso. Os clubes acham que basta uma fiscalização anual e a punição de rebaixamento para uma divisão inferior. Também defendem que uma certidão negativa de débito seja suficiente para deixá-los com a ficha limpa. Já o Bom Senso defende outras punições além do rebaixamento: retenção de verbas públicas, proibição de contratar novos atletas, multas e até proibição de jogar campeonatos. Para o Bom Senso, como haverá um grande benefício com dinheiro público, é preciso que haja uma fiscalização mais rigorosa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-09-29 21:31:04