aki

cadastre-se aqui
aki
Política
15-07-2014, 22h07

Brasil reforça papel mediador nos Brics

1

ISABELA HORTA
Brasília

O tema do “SBT Brasil” desta terça-feira foi a 6ª Cúpula dos Brics, que acontece em Fortaleza. O Brasil abriu mão da presidência do novo banco do grupo. Os empresários e os especialistas em comércio exterior dizem que valeu a pena. A China e a Índia travaram uma disputa muito dura nos bastidores. Ameaçaram melar a reunião. Ao abrir mão da presidência, o Brasil reforça seu papel de mediador no grupo. A presidente Dilma Rousseff julgou que era mais importante criar o banco dos Brics do que sair da reunião de Fortaleza sem um avanço. A criação dessa instituição é uma alternativa a mais para financiar projetos no mundo. Funciona também como uma forma de pressão dos Brics em relação aos Estados Unidos e a Europa que, hoje, controlam, na prática, o Banco Mundial e a ONU.

Comentários
1
  1. Heraldo disse:

    Kennedy, um aspecto que não vi comentado em lugar algum: A presença do banco do BRICS nesse “mercado”, a meu ver, pode levar o FMI e BM a ter políticas menos duras com os países que a eles recorrem. O que você acha?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-09-30 16:30:37