aki

cadastre-se aqui
aki
Política
22-02-2014, 14h08

Campos e Aécio vendem ser viável vencer PT

Discurso da oposição quer atrair empresários e aliados insatisfeitos com a presidente
13

O encontro de Eduardo Campos (PSB) e Aécio Neves (PSDB) em Recife na sexta foi mais um passo da estratégia de tentar construir uma frente informal que venda ao establishment a viabilidade de vencer Dilma Rousseff (PT) _hoje favorita nas pesquisas.

Neste momento da eleição, interessa ao governador de Pernambuco e ao senador mineiro investir na ideia de que é possível derrotar a presidente da República. Daí o balé político afinado. Chegará um momento em que diferenças terão de ser marcadas. Mas não é agora.

Por ora, Campos terá um discurso focado na mudança com segurança. Por isso, fala em colocar o Brasil nos trilhos. Ele foi ministro de Lula. Apoiou a eleição de Dilma em 2010.

Só pode ser crível e competitivo se apostar na linha de que o projeto que defendeu foi abandonado e precisa ser retomado. Vai priorizar críticas à falta de infraestrutura que transforma a mobilidade urbana nas grandes cidades num desafio diário infernal. Baterá na tecla de que a gerente Dilma não resolveu a carência de estradas, aeroportos e portos para turbinar o setor produtivo.

Aécio tem mais liberdade para atacar. Pode, por exemplo, fazer uma discurso mais liberal. Armínio Fraga como ministro da Fazenda seria garantia disso na economia. O tucano é uma oposição mais clara ao petismo. Nas últimas três eleições presidenciais, o PSDB não teve força para ganhar, mas conseguiu levar a disputa para o segundo turno e ficou com cerca de 40% dos votos.

A clara prioridade de Campos e Aécio é viabilizar a segunda etapa. Já há um entendimento entre os dois a respeito disso. Campos está queimando todas as caravelas com o petismo _exceto, atenção!, com Lula.

Se o PSDB chegar ao segundo turno, Campos promete apoiar Aécio. Marina Silva, que deverá ser vice do pernambucano, é outra história. Provavelmente a Rede de Marina não pedirá votos para o senador mineiro.

Se o governador de Pernambuco conseguir a passagem para a segunda fase, o PSDB inteiro deverá declarar voto nele. Talvez quase a totalidade dos eleitores tucanos siga a ordem.

Portanto, nas pesquisas atuais, Campos é o terceiro colocado que, se chegar ao segundo turno, poderá ter mais chance de vencer Dilma.

Aécio é aquele que tem maior estrutura política, com uma âncora segura no segundo maior colégio eleitoral do país (Minas Geral). Assim, teria, aos olhos de hoje, maior chance de passar à segunda etapa, quando dependeria muito da lealdade de Campos.

Daqui até o momento em que terão de trocar caneladas e bicadas, Campos e Aécio querem mostrar aos empresários e aos aliados insatisfeitos com Dilma que as eleições não são favas contadas para a petista.

Diga-se de passagem, a presidente tem dado uma força a esse discurso. A reforma ministerial, que deveria ter sido uma operação rápida e pragmática para incluir 10 partidos no primeiro escalão e na aliança eleitoral oficial, demorou e gerou conflito na base de apoio no Congresso. Tropeçar na política é inconveniente quando a economia demanda tanta atenção.

 

Comentários
13
  1. Ricardo Teixeira disse:

    Dilma está provando o que todo mundo já sabia: começar a carreira como Presidente da República é uma péssima ideia. Visivelmente falta a ela bagagem para lidar com as armadilhas políticas e estrutura para governar um país. Postes podem ser eleitos, mas isso não significa que darão conta do recado.

  2. Sérgio Façanha disse:

    Quanta forçação de barra! Digam o que irá acontecer no país este ano! Deixam de ser analistas para virarem torcedores, ajudando a oposição a propagar a ideia de que podem vencer a eleição. Mas o natural este ano é: Dilma vencer, o PT vencer em Minas, Rio de janeiro, Paraná, Bahia, Rio grande do Sul e São Paulo!

  3. Luiz disse:

    Precisamos acabar definitivamente com estes salários gigantesco que assola a administração de Brasília, nenhum partido politico irá resolver esta e outras questões, devemos seguir um regime voltado totalmente para POVO.

  4. "broder" disse:

    …”Nada é tão ruim que não possa melhorar”, na última pesquisa do IBOPE (-4%) Dilma já perdeu quase seis (6) milhões de votos, o POVO pede Mudanças, basta a oposição saber “colher” os votos desses descontentes com o rumo da economia do País, que vai de mal a pior, qualquer um dos dois Aécio ou Campos será melhor que esse modelo de gestão desgastada, ineficiente e inoperante.
    NINGUÉM AGUENTA MAIS, tanto cinismo, falta de transparência, conluios, incompetência na gestão pública…MERITOCRACIA Neles!!!

  5. João disse:

    O governador de Pernambuco antes de falar em segurança nacional,deveria cuidar melhor do seu estado que mata mais que qualquer pais em guerra.Já para o Aécio Neves parabéns por ter criado esse vexame(O MENSALÃO-1998 por seu conterrâneos Eduardo Azeredo e Marcos Valério)Há ainda tem o Trem Salão…

  6. Francisco Petelinca disse:

    Minha avó tinha mesmo razão. Caldo de galinha, água benta e pretensão não fazem mal a ninguém.

  7. Ainda é muito prematuro conjecturar com os nomes apontados como favoritos na corrida presidencial. Fica uma incógnita: e o Presidente do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa, se acaso estiver filiado a algum partido político, teria direito a se candidatar, aliás, possibilidade d qualquer cidadão brasileiro se acaso estiver com ficha aprovada pelo TSE e preenchida dentro do prazo.Se for candidato, por exemplo,e filiado ao PMDB, este partido que é o maior do país, poderia puxar o tapete do PT e levar o presidente do STFa disputar com grande chance de vitória já no primeiro turno, pois a massa eleitopal vai votar nele massissamemte…

  8. Emerson disse:

    Puxa, Sérgio Façanha… realmente, seria uma grande “façanha” do PT conseguir levar o governo federal, São Paulo, Minas, Rio, Paraná, etc., depois das maiores manifestações de insatisfação popular desde a redemocratização e depois do homem “novo”, Haddad, ter demonstrado uma falta de tino que faz pena. Isso sem esquecer que a dupla Paes/Cabral, aliados de primeira hora, são exemplos acachapantes de impopularidade. Realmente, é muito otimismo teu. A verdade é que a dobradinha Campos/Marina + as manifestações + as lambanças que com certeza virão nessa Copa + os tropeços econômicos estão tirando, com razão, o sono de muito petista por aí. É melhor mesmo a Dilma colocar as barbas de molho… olha que o discurso de que a culpa é da “zelite” e da imprensa golpista está ficando gasto, hein…

    • Andre Neto disse:

      Um cidadão que deseja o melhor para o Brasil. Não sou elite, nem bolsista apenas voto segundo meus princípios e minhas convicções. Talvez me defina como um liberal de centro direita. Mesmo com este perfil votei no PT, porém entendo que é chegado a hora de outra agremiação assumir o poder. Em outubro não vatarei em Dilma, isto é certo. E a dúvida é se voto em Aécio Neves ou Eduardo Campos.

  9. Adilson de Souza disse:

    Está chegando a hora do rabo balançar o cachorro. PSBREDE (leia-se CAMPOSMARINA) vai causar noites de insônia ao PT (leia-se DILMA) e se dormir vai ter pesadelos.Vamos aguardar!…

  10. gesiel disse:

    Desculpem o termo, mas “O EDUARDO CAMPOS ESTÁ FAZENDO XIXI NO PSB E NA HISTORIA DO MIGUEL ARRAES”. E isso NÃO É PORQUE ELE SE CANDIDATOU A PRESIDENCIA, porque acho que quanto mais candidato é melhor para nós eleitores escolhermos o melhor. Falo por esta APROXIMAÇÃO DELE COM O PSDB e com o Aecio “AINDA ANTES DA ELEIÇÃO COMEÇAR”. Meu, qualquer um sabe que, hoje o PSDB É UM PARTIDO SEM CREDIBILIDADE, porque NÃO DEIXA FAZER CPIs em seus governos, e “ESTÁ ENFRENTANDO ALGUNS JULGAMENTOS DE PROCESSOS DE CORRUPÇÃO EM SEUS GOVERNOS, como o MENSALÃO MINEIRO E O TRENSALÃO DAQUI DE SÃO PAULO; “fato esse que JA FEZ COM QUE PARTIDOS ALIADOS HISTORICOS O ABANDONASSEM”. Que PARTE DO POVO DE SÃO PAULO, “NÃO SAIBA DO QUE ACONTECENDO COM O PSDB, isso É ATÉ ACEITAVEL”, mas NO CASO DE UM CARA QUE SE PROPÕE A GOVERNADOR O BRASIL COMO É O CASO DO EDUARDO CAMPOS, ISSO É INADIMISSIVEL. Meu, se o CARA NÃO ESTÁ POR DENTRO NEM DAS COISAS QUE ESTÃO SENDO DIVULGADA PELA IMPRENSA, como ele vai arrumar soluções para o Brasil, visto que as soluções NÃO VIRÃO ESCRITAS TODOS OS DIAS NOS JORNAIS? Falo isso porque NÃO QUERO CRER QUE MESMO SABENDO DAS CORRUPÇÕES NOS GOVERNOS DO PSDB, E DAS MANOBRAS QUE O PSDB FAZ PARA NÃO DEIXAR QUE ELAS SEJAM JULGADAS; O EDUARDO CAMPOS ACHE QUE ISSO NÃO SIGNIFICA NADA.

  11. Câmbio disse:

    No primeiro turno a prioridade é não votar na anta Dilma; quem for para o segundo turno será a melhor opção contra a Dilma, porque o plano do PT de se perpetuar no poder já é anti-democrático em si. Além do mais, o raciocínio dilmista de que os fins justificam os meios geram os programas tipo mais médicos, em que a lei brasileira foi esculhanbada para que os cubanos fossem beneficiados, e com certeza a grana paga ao governo de Cuba vai voltar em malas e cuecas para pagar a campanha eleitoral petista! Não são de esquerda nem de direita, só querem fixar-se no poder comprando votos, comprando a imprensa e comprando a população carente com crédito e bolsa família. Melhor conviver com a corrupção institucional, e tentar sempre combatê-la com leis mais duras, do que com a propaganda mentirosa, com os cambalachos palacianos e os assassinatos impunes desse partido que envergonha a história do Brasil.

  12. Eleitor consciente disse:

    Votarei em DILMA, com certeza é a melhor opção que temos,é inteligente na forma de governar,ela dá uma surra no “psdb” que governou mal demais ,quando teve sua chance. Fora ladrôes e aventureiros,voto na melhor opção,votar em qualquer um, posso eu contribuir para minha própria desgraça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-09-29 21:42:26