aki

cadastre-se aqui
aki
Política
26-09-2013, 17h03

Celso de Mello dá aula de jornalismo

9

Acesse o link e confira entrevista concedida à Mônica Bergamo

http://migre.me/gd28

Comentários
9
  1. Deisimar disse:

    Fiquei na dúvida se o Kennedy concordou com o Celso de Mello ou se foi IRONIA.
    Desculpa a minha intelijumência.

  2. O papel da imprensa é cobrar retidão dos juízes ,assim como dar sua opinião em editoriais .O resto é só conversa para boi dormir .A imprensa deve ser livre e no Brasil tem sido assim sempre ,apesar dos petistas sonharem em fazer o contrário .

  3. Carlos Alberto Rodrigues Pereira disse:

    Como assim, aula de direito? Os juízes que se posicionaram contra os embargos também fundamentaram seus votos. Por quê, Kennedy, quem deu aula de direito foi o Celso de Mello? O que o ministro fez foi seguir a lei segundo o seu modo de pensar. Mas a visão da Ministra Carmem Lúcia, por exemplo, me pareceu muito mais lúcida. E como assim, aula de jornalismo? A imprensa reflete a decepção da sociedade, diante da impunidade iminente de um bando de corruptos. O fato de você concordar com o Celso de Mello nãom quer dizer que tudo que ele diz está certo.

  4. Thiago Machado disse:

    Eu não sou contra a imprensa se posicionar, muito pelo contrário. Acho que lhe falta um posicionamento honesto frente às questões mais relevantes do país. Contudo, ela tem se omitido, e isso é notório no caso dos embargos infringentes, do seu papel primordial que é o de informar. Durante toda essa pressão sobre a decisão do Celso de Mello não se deixou claro para a maioria leiga o que significava os embargos infringentes e como eles representavam um valor essencial das democracias, que é o direito à plena defesa, sendo por isso uma questão para além de constar ou não no regimento do STF. A imprensa nacional, em sua maioria conservadora, se esquece do perigoso precedente aberto sempre que se quer fazer justiça a todo o custo, e este é o da barbárie que fragiliza o estado democrático de direito e a plena cidadania do povo brasileiro.

  5. Rodrigo disse:

    Parabéns pelo blog e pelos comentários tão pertinentes. Acompanho na TV e no rádio, mas por aqui fica mais dinâmico.

    Abs

  6. eduardo cortez disse:

    Por ele (Celso de Mello) não ter correspondido aos anseios de justiça esperado pelo povo, e simplesmente “Mellou” o julgamento com o seu voto de minerva, alegando que não iria aceitar a “pressão pelas paixões populares” ele talvez tenha a partir daí,
    feito com que “as paixões populares” perdessem o encanto e passassem a desacreditar da justiça brasileira, afinal de contas, os mensaleiros iriam supostamente apenas para a cadeia e não para o corredor da morte!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-09-30 21:51:17