aki

cadastre-se aqui
aki
Política
19-03-2015, 9h12

Ciro e Cid Gomes podem crescer com guerra PT-PSDB

Irmãos podem se dedicar a projeto livres da crise de Dilma
41

Postado por: Daniela Martins

Num cenário de guerra mortal entre PT e PSDB, não pode ser descartado o surgimento de uma surpresa política. Depois do confronto na Câmara dos Deputados, o ex-ministro Cid Gomes (Educação) e o irmão Ciro Gomes (Pros-CE) podem se dedicar a um projeto político e eleitoral sem que estejam aprisionados à crise do governo Dilma.

Para uma fatia expressiva da opinião pública, as avaliações apimentadas de Cid e Ciro sobre a política brasileira podem ter apelo. Não é improvável que Ciro Gomes, que também já governou o Ceará como Cid e que já foi ministro nos governos Itamar e Lula, possa tentar novamente uma candidatura presidencial em 2018. O próprio Cid também poderia ser candidato.

Do ponto de vista da imagem pública, Cid sai engrandecido do episódio. Eduardo Cunha sai arranhado publicamente, mas ganha do ponto de vista político, pois conseguiu a demissão de um ministro. Já a Câmara perde, porque ouviu um sermão dado da tribuna.

Cid Gomes foi o maior vencedor do episódio de ontem. Eduardo Cunha é um dos políticos mais poderosos do país. Cid o enfrentou de peito aberto no dia em que o Datafolha mostrou que não apenas a popularidade da presidente Dilma havia despencado, mas também que a imagem do Congresso estava no chão. Apenas 9% dos entrevistados pelo Datafolha consideram o desempenho dos deputados e senadores ótimo ou bom. É um resultado pior do que os 13% de ótimo ou bom do governo Dilma. E 50% avaliam como ruim ou péssimo o trabalho do Congresso.

Portanto, o ex-ministro da Educação colocou o dedo na ferida. A declaração dele que produziu esse confronto com a Câmara foi a seguinte: “Tem lá uns 400 deputados, 300 deputados, que quanto pior, melhor para eles. (…) Eles querem é que o governo esteja frágil porque é a forma de eles achacarem mais, tomarem mais, tirarem mais dele, aprovarem as emendas impositivas”.

A palavra achaque foi usada no contexto clássico do “é dando que se recebe” praticado no Congresso. No dicionário Houaiss, achaque significa molestar, acusar, mas também roubar alguém sob ameaça ou extorquir dinheiro de uma pessoa. No entanto, na forma usada por Cid, é difícil discordar de que ela retrata o que acontece na relação entre um Executivo fraco e um Legislativo forte.

Cid Gomes e o irmão Ciro Gomes são críticos do PMDB e avaliaram que não valia a pena continuar num governo cada vez mais dominado por peemedebistas. Sem uma retratação, que nunca quis fazer, Cid sabia que Dilma não teria outra saída. Por isso, já chegou no Palácio do Planalto pedindo demissão.

O episódio ilustra como a presidente Dilma Rousseff se isolou politicamente e passou a depender do PMDB. Para o governo, o principal efeito deverá ser uma reforma ministerial na qual os peemedebistas sairão fortalecidos.

A presidente sempre precisou do PMDB para governar. Era algo que estava claro desde o final da campanha eleitoral do ano passado, quando ela teve dificuldade para se reeleger. Nenhum presidente gosta de ficar dependente demais de um partido. E Dilma cometeu um erro de avaliação: achou que poderia enfraquecer o PMDB.

Ela já estava fraca demais para fazer essa manobra e, mesmo assim, cometeu o erro de enfrentar o partido. A nomeação de Cid Gomes para o Ministério da Educação fazia parte de um plano para fortalecer o Pros a ponto de criar novas forças que pudessem fazer um contraponto ao PMDB na base de apoio do governo no Congresso.

A indicação de Gilberto Kassab para a pasta das Cidades tinha o mesmo objetivo. Com Kassab no PSD e Cid no Pros, Dilma imaginou que poderia enfrentar o PMDB. Teve uma derrota retumbante. A estratégia se mostrou irrealista.

Ontem, Dilma teve de ver o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, anunciar a demissão de um ministro de Estado. No presidencialismo, isso simboliza como a presidente perdeu poder devido aos seus próprios equívocos.

Ouça o comentário no “Jornal da CBN”:

Comentários
41
  1. Carlos Alberto Linhares Bezerra disse:

    E agora o próximo passo do PMDB é referendar as acusações de Cid Gomes, achacando o governo por mais cargos, ou alguém duvida que isto vá acontecer?

    • walter disse:

      Infelizmente o PMDB caro, é uma “Erva daninha”, nada com eles, vem de graça; mas é um pouco de retorno do veneno petista.
      O PT sonha DOMINAR A AMERICA DO SUL, para lutar contra um tal imperialismo; advinha quem seriam os lideres desta contenda!!!
      QUANTO AO CID GOMES, ele foi ao congresso, confirmar o que já sabíamos; ao invés de atirar no próprio pé; ele resolveu atirar no pé DA dILMA: NÃO ME SURPREENDERÁ, SE O LULA NÃO COMBINOU ISSO; EL CID, e sua Turma, são estrangeiros no País, não querem o bem da nação; jogam sempre em dois times…
      Como Min. da Educação, o Cid, viu o tamanho do buraco; suas verbas foram diminuídas; não liberavam os créditos do Fies; ou seja, PERDIDO POR PERDIDO TRUCO….

    • Agora pouco em goiania, o PT mostrou novamente a sua face autoritaria. Cidade em que o prefeito tambem e do pt(melhor minusculo), utilizando de forca policial-PM, os mesmos tentando impedir o panelaco marcado defronte o Paco Municipal.
      Isso mesmo, na rua , local publico. O dicurso bonito que a presidenta disse que deu a vida para que pudessemos manifestar livremente, falacia do desespero petista que esta ruindo.
      Acorda brasil.o

  2. Brasileiro disse:

    Muitos dos sairam as ruas no dia 15 de março perdiam a cabeça de Dilma via impeachment.
    Pobres ingenuos. O PMDB, que eu customo chmar de partido das HIENAS (espera o leão atacar a presa e depois, em bando, se alimenta da carniça) prepara para, quando estivar com dois anos de mandato, dar o golpe final na Dilma. Vejamos a tática: O 2º na linha sucetória (Temer) é o fíel escudeiro, verdadeiro puxa-saco. O 3º na linha sucetória (Eduardo Cunha) é o contra Dilma. Bate sem dó nem piedade e o 3º na linha sucetória (Renan Calheiros) fica em cima do muro. Desta forma, o PMDB, com seus principais caciques mostra que não é nem contra e nem a favor. Caso Dilam consiga se reerguer, ele estará lá se mostrando fíel. Se Dilma naufraga, ele estará lá, jogando a pá da cal. E se tudo ficar como está, ele continua lá, em cima do muro como sempre. O que deveria acontecer no dia 15 é o expurgo de toda essa raça desumana chamada político, aind amais os que estão no poder Legislativo.

    • Ranulfo de Menezes disse:

      Bem colocado está situação do PMDB com o executivo, nossos maiores problemas estão no parlamento e não no executivo, devemos ir as ruas contra este bando de corruptos, o PT tem a mesma história de ali babá e os 40 ladrões, só precisamos definir os atores.

  3. Couto disse:

    Parabéns a Cid pela coragem e coerência; por dito o que muita gente gostaria de dizer.

  4. Eliézer Santos disse:

    Com certeza!

  5. Cid Gomes, Rosseto, Marco Aurélio Garcia … quanto despreparo !

  6. Luiz carlos disse:

    E no que da. Ter o posto máximo do executivo a qualquer preço. A historia nos ensina que não e desta maneira que se toca o barco. Outros no passado já tiveram essa experiencia e nenhum deles saiu vitorioso. Sarney, fez com que seu sucessor Ulisses Guimarães amargasse um 6º lugar na campanha a presidente em 89. Collor foi apeado do governo. Itamar que entrou no lugar de Collor fez um governo meia boca, mas conseguiu fazer o sucessor. FHC ja não conseguiu. Lula fez um governo mais tranquilo e conseguiu fazer o sucessor. Dilma esta num momento muito dificel, ate ara terminar o mandato. Se terminar, dificilmente fará o sucessor.

  7. Darival Santana disse:

    Com o episódio na câmara ontem a presidente ficou mais fragilizada e mais dependente do PMDB e só quem mais perdeu foi o estado do Ceará que poderia aproveitar com o ministério da educação nas mãos do titular da pasta, alavancar verbas e crescimentos para o estado que vai continuar como pobre na educação.

  8. William disse:

    Cid Gomes e Ciro Gomes usam da arrogância tipica dos politicos provincianos que querem aparecer
    no cenario nacional.Não possuem condição tecnicas suficientes para exercerem ministerios que
    requer muito trabalho e pouca politicagem.Haja á vista a conduta de Ciro no ministerio da Fazenda
    e agora Cid no ministério da Educação.Dois casos de incopetencia gritante.

    • Jonas disse:

      Bem, o trabalho de Cid no MEC não dá pra ser aferido, dado que passou pouco tempo, mas foi pra lá por causa dos números conseguidos na educação pelo estado do Ceará, cujo projeto foi copiado pelo governo Federal para todo o país. E o Ciro quando esteve no Ministério da Fazenda tocou muito bem o barco, sabemos como foi o plano Real. E competentes e conhecedores de economia e administração os dois são. Ou você não os conhece ou é apenas mais um marionete da oposição.

    • Leonardo Bandeiros disse:

      Ele pagou o preço de falar e está isolado politicamente, ou vc acha que ele não sabia que isso provavelmente aconteceria? Quer dizer… Melhor engolir seco, não vamos falar dos picaretas pq senão vão falar que eu quero aparecer
      Ahh me dá um tempo…

    • Nelson Lima disse:

      Outro Ciro foi para uma palestra em uma universidade, so q estava cheio de professores todos mestres, doutores e PHds ai meu amigo….já viu né….isso mesmo todos atentos ouvindo o Ciro impressionados com a capacidade do mesmo.

      Fala serio… incompetente é tua vovozinha o cara q faz um Canal do Trabalhos em 100 dias pra evitar faltar água.

  9. Nilson L. Costa disse:

    Já está na hora do povo brasileiro dizer “chega” ao políticos brasileiros,que tanto no executivo como no legislativo dão prioridade aos partidos que estão filiados e as suas bancadas no congresso as quais representam os seus interesse ou os dos que os elegeram e os interesse do povo e da nação fica de lado. Chega de “É dando que se recebe” chega de impunidade,chega de corrupção,chega de tanto achaque a este país que sofre desse mal desde os tempos do império.

  10. Eziel R Santos disse:

    Parabéns Ministro. Homem que é homem não retrocede em suas convicções.

  11. Berthold Rogge disse:

    “A presidente sempre precisou do PMDB para governar”. Certo. O erro dessa afirmação consiste no fato de que TODOS os governos anteriores, inclusive o de FHC, precisaram do PMDB para governar. O povo brasileiro não atenta aos partidos para eleger seus “representantes”. E os presidentes nunca tiveram maioria suficiente para dispensar o curinga da suja política nacional.

  12. Antonio Sales disse:

    É lamentável que o País esteja refém de um politico do “quilate” de Eduardo Cunha, com diversos processos em várias instâncias das esferas da Justiça, comandando e mandando no Brasil. Parabéns a Cid Gomes, pela coragem de expor na Tribuna do Congresso, o que muitos de nós eleitores e cidadãos, gostariamos de falar aos “Nobres” Deputados.

  13. Tudo parece estar se encaminhando para um golpe “branco”, diga-se de passagem, merecido, pois, dona Dilma cometeu estelionato eleitoral, ao afirmar categoricamente que nenhum programa “social” seria alterado, nenhum choque econômico estaria seria aplicado e que nenhum sacrifício aos pobres trabalhadores seriam exigidos, mas, no entanto, fez tudo ao contrário do afirmado em campanha. Não acho que reforma política irá alterar alguma coisa, principalmente porque ela é feita por quem só em interesse nos próprios interesses, não pensando no povo. Não adianta também um governo notoriamente corrupto, lançar pacote de medidas contra a corrupção, falta-lhe idoneidade moral para isso e exigir o mesmo do congresso também não dá, pois, os presidentes das duas casa (senado e câmara), são investigados pelo STF. O certo é que vamos esperar o fim, vindo do próprio fim, ou seja, renascimento total. “plurima legis, corruptia republicae”.

  14. José João de Moraes disse:

    Não importa se ele aproveitou um momento de fraqueza deste governo, importa que não tem imunidade parlamentar como todos os políticos, ele enfrentou o presidente da câmara, como muitos deveria fazer, o lula disse certa vez que lá tinha 300 picaretas, ele ainda não era presidente, depois que se elegeu, quantos picaretas ficaram? Tem peito, manteve tua palavra, não seguiu orientação da presidente em se retratar junto aos deputados, confirmou tudo o que dissera, teve dignidade e pediu demissão. Certíssimo. Será que algum político tem coragem de renunciar ?, partindo do presidente da câmara. A presidente da Nação se tivesse respeito pelos brasileiros não permitiria ele sair, contrariando a vontade de Eduardo Cunha. Quem manda neste País?

  15. Lucio Flavio disse:

    Velhas raposas da politica…..esses caras tem gelo nas veias….. não se descontrolam nunca……..tudinho premeditado e combinado c/ o palácio do planalto….ele foi lá levar um recado DILMA / LULA / PT….

  16. carlos marinho disse:

    A presidente Dilma está sendo o bode expiatório dos que se acham santinhos na política. Uma parte da imprensa, que tem seus interesses ajuda o quanto pior melhor. O Papa Francisco quando entrou para assumir o seu papado, fez uma limpeza no Banco do Vaticano, Acabou a Instituição, Igreja Católica?A Petrobrás teve também seus corruptos que a oposição o fazem de “heróis” mesmo sendo ladrões que tinham um pequeno salário de 100 mil reais.A quem interessa a falência da empresa? Ao grande Capital internacional, alavancado pelos integristas de sempre. corrupção tem que ser combatida, já que agora está sendo conhecida em todos os setores, e antes? tudo para debaixo do Tapete. Em tempo: 85% dos parlamentares têm processos no Supremo a serem julgados….

  17. João Rodrigues Monção disse:

    Gostaría de parabenizar o CID GOMES, pois disse o eu e muita gente gostaria de dizer ao presidente da camara e seus seguidores lá dentro, pois prestam um grande deserviço a nação com suas posturas fisiologistas (é dando que se recebe).

  18. Esmael Leite da Silva disse:

    As ações da imprensa durante a campanha eleitoral criaram um terreno fértil para que os conservadores se assenhorassem do congresso, Eduardo Campos traiu a própria palavra e foi para a oposição levando com ele o PSB, o mesmo PSB que teve sua base ampliada com a ajuda do PT, Eduardo cunha se tornou o Antônio Carlos Magalhães do PMDB, com mais de vinte processos nas costas se tornou o Presidente do Congresso, todos cobram Dilma, nem um palavra sobre Michel Temer que é afrontado diariamente por seus “Liderados”, virou um arremedo de fiador da Aliança PT/PMDB, virou um nada, quando da eleição da presidência da Câmara foi peitado por Cunha e deixaram o PT de fora, isto se chama traição, fazem o mesmo na CPI da Petrobrás, Cid Gomes detectou isto claramente, orientado por Ciro Gomes, fez o que fez, ajudou a Presidenta a reeleger, mas abandonou o barco, não sem antes abrir um buraco no casco, Aloísio Nunes quer ver a Dilma sangrar, Cid Gomes criou uma ferida ao sair, não tem desculpa, ele tem muito a explicar, mas como exemplo do coronelismo que pensávamos ter acabado ele não explica nada, ataca com a fúria de um pitbul teleguiado por seu irmão, que é líder da Dinastia Gomes e que quer ser candidato á Presidência, para isto estão negociando a reforma política mais conservadora e mais retrógrada que as dos anos de ditadura, o básico desta reforma vai ser o impedimento de candidaturas de ex-presidentes e mandato único, abrindo caminho para Ciro Gomes e outros aventureiros nas eleições de 2018, foi um gesto calculado, retórico para eventualmente se aliar a opositores caso o barco afunde, a política é a arte de fazer aliados e não de acirrar os ânimos em disputas nas próprias hostes, em momentos de crise é que os aliados se unem, a fala dele no Congresso não contribuiu em nada para um apaziguamento político, a república tem como principio a harmonia entre os poderes, o judiciário vem atacando o Legislativo e o Executivo (exclusivamente os aliados do Governo Federal), que se recusa a perceber que tem de se unir e colocar o Judiciário no seu devido lugar, e vem este boçal e aumenta a fenda entre Congresso e Executivo e tem gente que aplaude. Tem caroço neste angu e tem nome, Ciro Gomes.

  19. Francisco Barroso disse:

    Grande El Cid!! O único homem que falou a verdade até agora. Dilma poderia seguir o exemplo, excomungando o PMDB e o PT. Seria uma “bomba de Hiroxima” que implodiria o Congresso. Dilma poderia perder a governabilidade e a amizade do Lulalá, mas lavaria a sua alma e a alma do povo brasileiro.

  20. kennedy! bom dia

    Vocês viram como o pres. da Camara ficou bravo diz que vai processar o Sr Cid Gomes. Homensa corajosos de um lado e outros corruptos de outro. Quano todo mundo corta despesas o Congresso aprova o triplo de verba para os partidos. Continuam institucionalizando a corrupção. A sra. pres. envia um projeto anti-corrupção que já faz parte de nossas Leis. Pensa que vai enganar. fazemos parte das chacotas do exterior. O que o comediante INgles colocou no video é o que tudo mundo sabe só oo STF finge que não sabe. Não vão encestigar a Pres. responsavel por tudo que acontece na Petrobras.

  21. Antonio de Pádua disse:

    Kennedy,

    Esse artigo é interessante e concordo com o nosso amigo Brasileiro aí no comentário.
    o problema maior não é a Dilma, é a classe política corrupta, despudorada, covarde que trava as pautas para chantagear o Governo, e não pensa no povo. Fica uma guerrinha de egos e a população?? Para eles não somos nada.
    No dia em que tivermos um controle maior e uma punição maior ainda, aí sim, a corrupção existirá, mas saberemos quem e que punição sofrerá.

    Estamos vivendo um “Parlamentarismo branco” e o pior disso é que o Parlamento é uma vergonha, representada pelo chantageador maior, Sr. Eduardo Cunha.

    Deixem a mulher trabalhar e reclamem com o verdadeiros culpados, que estão no Congresso e no Senado.

    • Pasquale disse:

      O problema meu caro,é que o PT endividou a Petrobras a um nível absurdo.
      O único responsável por isso foi o partido,que aumentou a dívida em 20 vezes o que era em 2002.
      Nenhuma empresa aguenta essa dívida monstruosa.
      O grande feito, é mérito exclusivo do PT.

  22. Renato disse:

    Meu amigo, o Cunha deve tá até agora se perguntando: PQP, pra quê que eu fui inventar de chamar o Cid? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  23. Augusto disse:

    Tomara que cresçam.
    Assim como alguns líderes do PMDB, os Gomes são ao mesmo tempo “um mal e um bem” necessários na política, que ora se juntam, ora não, em partes, a outros 87 milhões de eleitores (62% do Datafolha), que enfim entenderam o discurso da Dilma e do PT.

    Eles decretam sua independência, vendendo a ideia de que se libertam do jugo peemedebista, quando na verdade e ao mesmo tempo estão se libertando do jugo petista, antes que a casa caia.

    Dizem os psicopatas no poder, tentando sacramentar em decretos medidas nas quais o poder executivo quer usurpar aquilo que cabe ao poder judiciário: JULGAR! (via CGU com seus acordos de leniência)
    – “Deixem que eu julgo”. Essa é a questão de ordem imposta pela elite governista. Submetam-se todos à nossa vontade, que saberemos guia-los para uma vida melhor. Aliviaremos sua carga de trabalho e melhoraremos sua condição de vida. Vocês não precisarão sequer se preocupar nem com a formação de suas próprias identidades, pois saberemos lhes dar estudo suficiente para que aprendam a nos apoiar e obedecer. Nós saberemos construir a substância de suas almas à nossa imagem e semelhança.
    Essa história e seus resultados já são bem conhecidos.

    As duas questões do momento são:
    Farão os legisladores oposição ao Executivo, largando o osso, ou cuidarão apenas de se juntar cuidando de suas próprias peles?
    Haverá um Judiciário independente capaz de se proteger e de nos proteger?

  24. César disse:

    O verdadeiro culpado por todo este desgoverno é o Ex-Presidente Lula. Quem abraçou o Senador José Sarney? Quem foi que elogiou o Senador Fernando Collor de Melo? Quem Sempre se encontrou com o Senador Renan Calheiros? Durante o governo do Ex-Presidente Lula esta gente tinha cadeira cativa e o resultado é o que estamos vendo na Petrobrás. A Presidente Dilma até tentou se livrar dos parasitas de recursos públicos no seu segundo mandato, só que já é tarde demais para isto. O governo e os parasitas já estão unidos de tal forma que se tentarem separarem-se, o governo morre primeiros e os parasitas vão espernear e debaterem-se para tentar sobreviver . A gora que começa a faltar sangue(recursos financeiros)para todos virou uma briga pela sobrevivência entre as sanguessugas e os parasitas do Estado Brasileiro. A sanguessuga esta infestada de carrapatos e agoniza assim como agoniza a nossa economia e a Petrobrás. Sugadas até que não sobre nada. Como disse o ex-Ministro Cid Gomes ontem: Larguem o osso! Ele, o Presidente da Câmara Eduardo Cunha e o PMDB vão largar…Quando não restar mais nada, só o osso!

  25. Margarida Gomes disse:

    Não sou da Familia, só quero dizer, compartilho com o que foi dito. Precisamos mais de homem público da sua categoria. Que Deus o abençõe por sua coragem.

  26. clesio disse:

    parabens cid gomes precisamos de um politico como vc q pena q o pt pensa de outra forma dilma era para ter a coragem q os gomes tem futuro presidente do brasil cid gomes tamos juntos

  27. José disse:

    Salve o novo “El Cid” ! vai ficar na história…

  28. Cid e Ciro(irmãos)são cearenses bons.Ambos bons governadores emuito inteligentes.Como o pais se encontra é difícil,para não dizer impossível conviver harnicaMENTE COM PESSOAS COMO eles.Ninguem se antecipe,aguardem os próximos passos.Eles merecem um lugar de honra neste pais.

  29. paulo soares disse:

    Acho que este jornalista perdeu o senso de vez .O Ciro Gomes ,vulgarmente ,chamado de menino malukinho ,nunca vai se tornar um líder nacional ,pois a população já está vacinada contra estes salvadores da pátria .De políticos como Collor ,já estamos salvos ,pois representam um atraso maior que o Lula .

  30. Marco Túlio Castro disse:

    O PT e o PMDB se merecem. O Brasil é que não merece nenhum dos dois. Ainda não percebi se é único caso de parasitismo em cascata na natureza.
    O PT drena os recursos do Brasil infestando todos os órgãos do país. O PMDB drena parte dos recursos que o PT drenou.

    Minha dúvida é só uma, com relação ao PMDB, seria este um comensal, um parasita ou se trata de mutualismo (isto em relação ao PT ? Algum biólogo por favor me ilumine !

  31. Jose Roberto Martins de Souza(ZERO) disse:

    Para moralizar a politica brasileira a primeira medida a ser tomada,sera o fim da reeleicao em todos os niveis,Presidente,
    governador,prefeito,senador,deputado federal,deputado estadual,
    vereador.Somente os politicos ficando no banco por quatro anos
    e que poderao surgir novas liderancas.Quando um politico chega
    a deputado federal ou senador,ja cursou a universidade da poli-
    -tica,e no caso dos senadores ja sao pos graduados.
    Precisamos acabar com isto,porem os politicos, que tem a pos-
    -sibilidade de mudar,jamar colocarao um punhal contra o seu
    proprio peito.

  32. Girão disse:

    De uma forma ou de outra, quem já perde em antecipado, é o povo. Então, uns ou, outros, se aninharão, se alinharão e coisas do tipo. Pois sempre assim foi, por uma questão de conjuntura, de “governabilidade”… e não adianta iludir-se, só qdo over sabedoria e honestidade da politicada, é que, teremos a chance de ter um governo justo, equilibrado, competente e integrado, num verdadeiro projeto de melhoria para a sociedade como um todo, assim como um compromisso com a terra e seus recursos. E, se isso for uma utopia, ou um devaneio, eu afirmo: TODOS ESTÃO FERRADOS, INCLUSIVE ELES, OS POLÍTICOS.

  33. valmir roberto pires disse:

    tenho muita esperança no Ciro Gomes,acho ele uma pessoa firme,honesta,e que gosta do Brasil e de seu povo,gostaria muito de poder ajudar,fazendo campanha para ele na minha cidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-09-20 13:24:09