aki

cadastre-se aqui
aki
Economia
14-09-2015, 20h23

Congresso já resiste à nova CPMF

12

Postado por: ISABELA HORTA

A proposta de recriar a CPMF, anunciada pela equipe econômica nesta segunda-feira, já enfrenta resistência no Congresso Nacional.

Nos bastidores, lideranças políticas dizem que a aprovação de um novo “imposto do cheque” será inviável.

Em viagem à Russia, o vice-presidente da República, Michel Temer (PMDB), foi comunicado do novo esforço fiscal pelo ministro Aloizio Mercadante (Casa Civil). Temer é contrário à recriação da CPMF. Há duas semanas, ele alertou ao governo de que a medida não passaria pelo Congresso.

O presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), disse que dificilmente a nova CPMF será aprovada. Afirmou ainda que a redução de R$ 26 bilhões no Orçamento Geral da União de 2016 é um “pseudo corte”.

A reação de Cunha retrata a piora da relação da presidente Dilma Rousseff com o PMDB.

Como a maioria das medidas anunciadas nesta segunda-feira depende de negociação, o papel do PMDB será fundamental. O Palácio do Planalto também precisará se entender com o funcionalismo público, com o empresariado e com os demais partidos.

O governo anunciou que pretendia recriar a CPMF no final de agosto. Lançou um balão de ensaio, mas, como houve uma reação contrária forte, arquivou temporariamente a ideia.

Depois de o Brasil perder o grau de investimento, o governo argumenta que o novo imposto será necessário para recuperar a responsabilidade fiscal.

Nos últimos dias, Dilma foi muito cobrada a apontar soluções para a crise econômica. Tanto que, depois de enviar um orçamento deficitário ao Congresso, o governo anunciou um corte de R$ 26 bilhões. Ou seja, a medida já poderia ter sido tomada antes, o que evitaria a redução da nota do Brasil pela Standard and Poor’s.

Foi a política econômica aplicada pela presidente Dilma que resultou na crise política e econômica. Portanto, a responsabilidade do governo é grande. Mas o Congresso também precisa agir com equilíbrio para que a situação do país não piore.

O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, foi muito claro ao dizer que as medidas propostas pelo governo são uma “ponte” para garantir a responsabilidade fiscal. Todos têm de fazer sacrifícios para atravessar essa ponte.

Uma rejeição completa às medidas anunciadas nesta segunda ou a desconfiguração das propostas, a exemplo do que ocorreu no ajuste fiscal, não serão ruins só para o governo. Mas para todo o país.

Ouça o comentário na CBN:

Veja os temas do “SBT Brasil” desta segunda-feira:

Comentários
12
  1. Mais uma vez o Governo quer passar a conta da incopetencia para população….

  2. César disse:

    Conseguiram desagradar a todos! Decepção com os cortes, que não atingiram o valor esperado. Decepção com o aumento de impostos, já pagamos impostos demais! Decepção dos servidores públicos, que ficarão sem reajuste salarial. Decepção com medidas apenas paliativas, nada é definitivo e durador. Ficou parecendo um remendo, feito de ultima hora, no desespero do governo, que foi pego de surpresa, pelo corte da nota de crédito do Brasil, feito pela agencia S&P, devido a falta de perspectiva de melhora no cenário político-econômico do país. A Presidente Dilma Rousseff, continua vacilante, quando tem que tomar decisões ou medidas que requerem pulso. Será que ela já percebeu, o tamanho do buraco? Tantas reuniões para achar uma solução para a crise… E parece que ela descobriu a roda! A solução é CPMF! 45 Bilhões em impostos pagos por nós.

  3. Roberto Juvenal disse:

    Eu não estou mais preocupado com país e sim comigo. Se depender de mim, espero que país quebre e tenha que pedir dinheiro para o FMI

    • Sandra disse:

      Se o Brasil quebrar, vc vai quebrar com ele. A saída dela é a melhor medida. Por falta de competencia Dilma esta criando uma crise maior, e nós o povo brasileiro, estamos passiveis a tudo isso.

  4. ANÍBAL DOS SANTOS FILHO disse:

    Tomara mesmo! A primeira, foi um fracasso! O dinheiro era para ser investido em hospitais, parece que não foi o que aconteceu. Sendo assim, pra que ter a segunda? Parabéns, Congresso Nacional! Bisar, o que não deu certo, chama-se burrice, além do mais, nós, o povo, não aguentamos mais impostos, todo povo brasileiro, está no limite. A inadimplência, que nos diga. A mesma vem crescendo assustadoramente, sem essa de dizerem, que um “impostuzinho” nos fará bem. Conversa fiada. Cadê o décimo terceiro(metade), dos aposentados e pensionistas? Pobre, povo brasileiro! Levamos, porradas de todos os lados.

  5. ivone disse:

    foi ela quem criou, ela que resolva, no meu dinheiro ela não toca nenhum centavo, sou contra a CPMF, sou contra a qualquer imposto, não sou obrigada a pagar, para os corruptos roubarem, então dona Dilma não fiscalizou agora o povo e quem tem que pagar as contas, se liga.

  6. Luis disse:

    Se fosse o FHC, será que ele iria ao congresso ou mandava criar a CPMF. por medida provisória direta.

  7. douglas disse:

    A oposição não aprovar a CPMF que é dinheiro de pinga, demonstra claramente que o Brasil para eles é 2º plano, e querem ser governo?? NUNCA, para ser governo tem que ajudar o pais com planos viáveis nas horas difíceis, estamos no mesmo barco será que não cai a ficha?? se o congresso não aprovar fecha-lo e promover novas eleições, motivo: são inimigos do pais.

  8. César disse:

    Governo Dilma lança o mais novo programa social petista. O Aprovação Zero!

  9. Pedro Alberto Alite disse:

    O Lula, faz uma uma copa do mundo e mais uma olimpíada, talvez você tira esse país do buraco, tira também do atoleiro a presidente que você ajudou a ser eleita, enganando a muitos para continuar no poder por de trás, se não fosse você, nem para vereadora essa mulher era eleita, ainda nem comecei a falar da roubalheira tanto do mensalão como da Petrobrás, mas vocês negam a dizer que não sabiam de nada, me engana que eu gosto, explica para povo, o partido que vendia estrelinhas na rua pelos seus discípulos, para angariar recursos para o partido, hoje está abarrotado de dinheiro, vindo dessas empresas que era obrigado pagar propina, se não pagava era carta fora do baralho, agora vem querendo que o povo pague a conta, aumentando conta de luz, combustíveis, impostos etc. pede dinheiro, pro pelé, Ronaldo Fenômeno, Globo, aliás não foram eles que incentivaram a fazer a copa do mundo aqui, por falar nisso, alguém poderia me dar notícia da arena Pantanal do Mané Garrincha em Brasilia, coitado de nós povo brasileiro, não passamos de uma palhaço na mão desses políticos ordinários.
    ordinários.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

 
2020-03-30 04:34:46