aki

Kennedy Alencar

cadastre-se aqui
aki
Geral
29-02-2020, 11h15

Coronavírus é primeira crise interna que Trump enfrentará

Americano será testado; chance de reeleição pode diminuir
3

Kennedy Alencar
Charleston

O presidente Donald Trump enfrenta a sua primeira grande crise doméstica. Até hoje, a sua administração correu tranquilamente do ponto de vista interno. Agora, o presidente enfrenta um teste de verdade, o coronavírus.

Não adianta mentir, dar apelidos aos adversários e atacar a imprensa e os democratas. Trump terá de enfrentar uma doença que está se espalhando nos EUA. Além da saúde pública, a economia poderá ser afetada pela crise do coronavírus. A Bolsas de NY tiveram a maior queda desde a crise de 2008.

O presidente americano tem minimizado os riscos. Na quinta, falou que o vírus poderia sumir por “milagre”. Esteve em Charleston, maior cidade da Carolina do Sul, ontem à noite para fazer um comício. Continuou no modo negação e com ataques a adversários. Nessa toada, Trump tende a colher resultado negativo para a sua reeleição.

*

Primárias

Está pintando uma vitória de Joe Biden hoje nas primárias da Carolina do Sul, Estado com expressivo eleitorado negro que gosta do ex-vice-presidente. Mas o tamanho da vitória será importante para Biden manter viva a esperança de ser a alternativa moderada ao progressista Bernie Sanders na Super Terça, que acontecerá na semana que vem.

Na Super Terça, serão eleitos 34% dos delegados para a convenção nacional democrata de julho. Michael Bloomberg, ex-prefeito de Nova York, está apostando alto na Super Terça para ser a opção a Bernie Sanders. O senador por Vermont vem consolidando o favoritismo para obter a indicação presidencial do Partido Democrata. É importante que ele tenha um bom resultado na Carolina do Sul.

*

Cafajestes e mentirosos

A crise do coronavírus também será um teste para o presidente Jair Bolsonaro, que mente como Trump. Bolsonaro disse que o dólar está alto no Brasil por causa do vírus. Mentira.

O coronavírus agrava um processo de alta da moeda americana em relação ao real que já estava em curso _especialmente após declaração irresponsável do ministro Paulo Guedes de que o dólar alto seria bom.

Ouça abaixo o comentário feito ontem no “Estúdio CBN”, quando ataques cafajestes a jornalistas sérias como Patrícia Campos Mello e Vera Magalhães foram temas da conversa com Tatiana Vasconcellos.

Comentários
3
  1. walter nobre disse:

    Kennedy, os EUA estão preparados a ter os menores problemas com o corona vírus, pelas suas barreiras, não há como dificultar as eleições do trump por este motivo. Terá a atenção total dos chineses, com melhores acordos possíveis, conseguirá a maioria nas eleições. Só será complicado ao Trump, se esta convulsão mundial, alcançar a economia dos EUA antes das eleições. o Mundo consegue perceber o presidente controlando direitinho o tabuleiro.

  2. Esmeralda disse:

    Acompanhando o desdobramento dos casos, acredito também que será uma crise interna que Trump terá de resolver.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-11-25 02:07:23