aki

cadastre-se aqui
aki
Economia
20-05-2015, 22h11

Corte de gastos em 2015 deve ficar entre R$ 75 bi e R$ 80 bi

Renan e Cunha são contra novo mandato para procurador-geral
15

Postado por: ISABELA HORTA

O governo deverá anunciar um corte de gastos no Orçamento Geral da União de 2015 entre R$ 75 bilhões e R$ 80 bilhões. O mais provável é que o anúncio fique para sexta. Há discussões em andamento sobre os detalhes dos cortes por pastas.

*

O pano de fundo da briga entre o governo e o Congresso Nacional é a recondução do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, para um mandato de dois anos. Esse imbróglio respinga no ajuste fiscal.

Os presidentes da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), e do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), respondem a investigações no STF que foram pedidas por Janot. Por isso, não querem que a presidente Dilma Rousseff o indique para um novo mandato a partir de setembro.

Cunha e Renan acusam o procurador-geral da República de ser parcial. Janot nega.

Como Dilma deverá indicar novamente Janot, porque gosta do trabalho dele e porque poderia parecer uma tentativa de melar a Operação Lava Jato, a vida do governo no Congresso Nacional virou um inferno. Todo dia tem uma casca de banana.

Essa tensão entre Legislativo e Executivo poderá derrubar o ajuste fiscal elaborado pelo ministro da Fazenda, Joaquim Levy. O pacote econômico é composto de medidas para ajudar a fechar as contas públicas neste e nos próximos dois anos.

O Senado ameaça rejeitar medidas provisórias do ajuste se a presidente Dilma mantiver a intenção de vetar a flexibilização do fator previdenciário, regra que desestimula aposentadorias precoces. Na Câmara, foi adiada mais uma vez a votação do projeto de lei que aumentaria a arrecadação de impostos em 2015, a chamada desoneração da folha de pagamentos. Essas dificuldades devem ser entendidas no contexto da recondução de Janot.

Se o Congresso rejeitar ou desfigurar demais as medidas do ajuste, a tendência é o governo combinar um aumento de impostos com um corte de gastos bem alto _duas medidas ruins para a economia. Ou seja, a sociedade seria ainda mais sacrificada.

*

Veja os temas abordados no “SBT Brasil”:

Comentários
15
  1. PAULO ROBERTO COSTA disse:

    Pois é e nada de mexer nos ministérios que estão cheios de cargos de comissão, que só trabalham em épocas de eleições, para meter medo terror e discórdia nos brasileiros semi e analfabetos e assim garantir votos da classe ignorante. Como reza a cartilha de Fidel, Hugo Chaves e Maduro. Tão doido pra fazer isso aqui no Brasil. Só que aqui tem brasileiros, e muitos que acreditam em Deus!!!

    • walter disse:

      É Paulo Roberto, esta loucura toda, pode ser Droga; a situação do Janot, é tipica; um procurador geral tem que rezar a cartilha.
      O Governo nomeia alguém, para “contraria-lo”, o mesmo ocorre no Supremo; deveriam ser nomeados por um colegiado, qualquer servidor, que monitore o governo e os parlamentares…
      Evidentemente, isso sempre aconteceu, hoje em dia, esta escancarado, pela falta de moral do governo. Tem dois prejudicados e cobras, que são os presidentes do congresso Renan e Cunha; estes caras não querem investigação de nada; portanto a lisura do processo, esta prejudicada na origem.

  2. César disse:

    O problema da Presidente da República Dilma Rousseff, são os seus próprios defeitos, e os principais são a sua teimosia, e a sua soberba. Ela acha que sempre está certa! Os $75-$80 bilhões dos cortes, estão centrados nos investimentos que seriam feitos pelo Governo Federal, quando deveriam ter também a parte do governo nas desonerações com cortes de ministérios, cargos comissionados, cortes de mordomias, veto presidencial ao aumento da verba partidária, veto presidencial ao aumento salarial dos três poderes acima da inflação, entre outros. Os cortes são todos concentrados em investimentos e o ajuste com aumento de tributação, aumento de impostos. Mais uma vez, só povo é quem será penalizado? Querem culpar apenas o Presidente da Câmara Eduardo Cunha e o Presidente do Senado Renan Calheiros, mas não podemos nos esquecer que todos os Deputados do PT votaram com o Governo da Presidente da República Dilma Rousseff, contra os trabalhadores, ao aprovarem as MPs 664, 665, 668, que retiraram direitos trabalhistas. O PT, está mais sujo, que pau de galinheiro.

  3. filarmino disse:

    Eta paizinho difícil.

  4. César disse:

    Estavam muito mal acostumados, a sempre sabotarem os governos alheios usando as centrais sindicais e os movimentos sociais como meio de desestabilizarem os governos de seus adversários, e agora estão experimentando um pouco do seu próprio veneno, do mesmo veneno, da maneira petista de fazer política. O Deputado Eduardo Cunha e o Senador Renan Calheiros estão desconstruindo o mito, estão retirando as mascaras do Partido dos Trabalhadores, que agora, a luz da verdade, se esfarela e se desfaz. Caem em desgraça e se enterram na vala comum da podridão política. Pior do que as cascas de bananas jogadas pelos outros, é a sujeira do próprio PT.

  5. Felipe Reis disse:

    O problema é que esses caras só pensam neles!

  6. Pasquale disse:

    Meus amigos os senadores do prório PT,querem votar contra o PT.
    A minha indignação é em relação a saúde pública.
    Tiveram 12 anos para pelo menos,melhorar os hospitais.
    Até que fossem só os Federais,mas não,o objetivo era só roubar.
    Roubar os impostos que o cidadão paga,e temos hoje a vergonha de +- 40 MINISTÉRIOS.
    Um verdadeiro desrespeito total,mas total mesmo, com o brasileiro.
    Nem se fossemos o país mais rico do mundo,poderíamos ter 40 ministérios.
    O povo não sabe quanto custa,e eles fizeram a festa.
    A dívida da Petrobras vai alcançar 400 BILHÕES,para quem entende um pouco de economia
    e sabe analisar a situação financeira de uma empresa,poderia me responder como ela
    vai conviver com essa dívida e ter que fazer investimentos vultuosos?
    A pergunta fica no ar,porque ninguem sabe.Uma coisa eu tenho certeza, ela não será mais a mesma empresa.
    __________________________________________________________________________________
    E o pior disso tudo, algo que não aceito e repudio, é ver meus irmãos morrendo.
    Jogados como se fossem animais, nos hospitais públicos.
    Enquanto o Partido dos trabalhadores,o mesmo trabalhador que votou neles é o que morre dependendo de uma cirurgia, ou de um simples atendimento médico.
    Lamento profundamente a mentalidade que tomou conta do país.
    Uma mentalidade que me faz lembrar os campos de concentração alemães(HOSPITAL PÚBLICO).

  7. gustavo celeste disse:

    Arrumar as conta do governo com praticamente so aumento em impostos e facil ne , ate minha mae poderia ser ministra da fazenda , o povo como sempre pagando a conta dos corruptos e incompetentes .

  8. Joaquim disse:

    Cargos comissionados do governo federal – 22926
    Criados por FHC – 767
    Criados por Lula – 3496
    Criados por Dilma até 2014 – 496

    Só para efeito de comparação nos Estados Unidos são cerca de 4000, na Alemanha 500. Tem que rir, coitado dos apadrinhados nestes países.

    Se colocarmos um salario médio de R$ 10.000,00 ( para apadrinhado acho até pouco ), como são da CLT podemos multiplicar por 2,4( encargos sobre a folha ), mais as mordomias ( apadrinhado tem muita ) utilizaremos um multiplicador final 3.
    Isto dá 8,25 bilhões por ano. Dinheirinho nosso para amigos e apadrinhados.

    Cortar na carne para qualquer brasileiro seria a redução de ministérios e a redução de cargos comissionados. Cortar no dinheiro da saúde, educação, segurança nossa, por que nas deles eles não cortam, é muito fácil.

  9. Romero leal disse:

    Esse Ministro Joaquim Levy da Presidente Dilma estão querendo a recessão do Brasil esta havendo muita demissão nas grandes e o trabalhador que na ativa esta pagando o pato pela incompetência do PT que gastou coma copa propinas mensalões e não explica o que causou esse rombo só corta verba da educação meche nos direitos trabalhistas aumenta imposto até eu posso ser ministro tem que cortar a mordomia do congresso em geral tirar previlegios na VERDADE TEM QUE TER UMA REVOLUÇÃO PRA TIRAR TODOS OS CORRUPTOS DE BRASILIA O POVO TEM TOMAR CONTA DO CONGRESSO FAZER UMA REFORMAR POLITICA RADICAL CONFISCAR OS BENS DOS PROPINEIROS E MENSALEIROS

  10. Felipe disse:

    Kennedy,
    Pq você não fala do CAPITALISMO DE ESTADO, em que vivemos?

    Seria interessante, pois este acordo com a China é justamente isso.

    São poucos amigos do Rei que obtém pretensiosismos enquanto que todo uma economia fica refém de dinheiro aplicado em determinadas empresas oligárquicas.

    Acho que este é o principal problema do Brasil, é a falta de estímulo à liberdade econômica que está sempre atrelada ao ESTADO.

  11. Marco Túlio Castro disse:

    Tô morrendo de rir aqui. O Governo do PT vai pegar dinheiro com o
    “FMChina” ! é muito engraçado ver os militantes acharem que é melhor vender o país para os chineses que pegar dinheiro com o FMI e fazer as reformas estruturais necessárias sobe supervisão e tendo que cumprir metas.
    É mais fácil vender a alma para o diabo e receber a vista que trabalhar e receber a prestação não é mesmo ?
    O Brasil é assim anda um passo pra frente e 10 pra tras. Que lugar amaldiçoado credo !!!!

  12. Wagner disse:

    Está errado, não é corte nos gastos, foi corte nos investimentos e aumento de carga tributária. Corte nos gastos seria diminuir os ministérios e os cargos do segundo e terceiro escalão, onde tá indo muito dinheiro pro ralo.
    Ela não pode mexer nesses gastos, porque perde o aparelhamento do sistema e compromete a manutenção do poder.

  13. NelmaLage disse:

    A melhor forma de fazer reforma seria cortar ministérios, benesses aos políticos como viagens , alugueis e outros. Infelizmente começam pela base que paga impostos e vive às próprias custas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-09-30 23:53:51