aki

cadastre-se aqui
aki
Geral
15-01-2019, 22h46

Cresce chance de Brexit não acontecer

Afrouxar posse de armas é estímulo à barbárie
7

Kennedy Alencar
São Paulo

A votação de hoje no Parlamento britânico mostra que cresceu a chance de o Brexit não acontecer. Desde 2016, quando houve o plebiscito que decidiu pela saída pelo do Reino Unido, muita gente mudou de ideia, sobretudo os mais jovens.

Por 432 a 202, foi recusado o acordo de saída da UE (União Europeia) negociado pela primeira-ministra Theresa May. Esses 230 votos são uma derrota histórica e catastrófica.

May se enfraqueceu. Ela tentará negociar um plano B com Bruxelas, sede do Parlamento EU. Mas, provavelmente, a saída prevista para 29 de março deverá ser adiada para julho. É questão complexa demais para ser resolvida após a derrota de hoje. É pouco tempo.

Jeromy Corbyn, líder do Partido Trabalhista, tentará derrubar May e convocar novas eleições. Como a saída sem acordo, o chamado “hard Brexit” seria desastrosa, cresce a chance de não haver Brexit nenhum, até porque o resultado de hoje mostra que os parlamentares britânicos resistem a um acordo light, como o negociado por May. Mais: não pode ser descartada a hipótese de um novo plebiscito, no qual haveria chance de rejeição ao Brexit.

Em resumo, o que aconteceu hoje no Reino Unido mostra que caiu a ficha de que o país tem um acordo ótimo com a União Europeia e que talvez seja melhor não sair dessa comunidade.

*

Só notícia ruim

O decreto do presidente Jair Bolsonaro que afrouxa regras para posse de armas coloca o Brasil na contramão do mundo. É estímulo à barbárie. É um retrocesso civilizatório. Vai piorar um problema que já está ruim.

Quer entender, ouça a esclarecedora entrevista dada hoje ao “Jornal da CBN – 2ª Edição” por Ivan Marques, diretor-executivo do Instituto Sou da Paz. A mensagem é simples: permitir mais armas em circulação vai aumentar a violência.

Relatório da Cepal (Comissão Econômica para a América Latina e Caribe) mostrou que a extrema pobreza cresceu na região em 2017 _pior resultado desde 2008. O Brasil, pelo peso populacional, tem responsabilidade pela aumento da média regional.

Ouça tudo aqui:

Comentários
7
  1. Manfred Hellmuth disse:

    Acontece que “posse” não é “porte” de armas. Assim, em princípio não haverá aumento de circulação de armas.

    • walter disse:

      Manfred e Kennedy, haverá regulação natural, as distorções na compreensão, são os reais problemas, assim como a conduta do proprietário, com relação a segurança; os benefícios são imensos, em ter posse em Casa, torna se mais difícil, aos ladrões de residencias…Quanto ao Brexit, da Theresa May; os parlamentares, demonstram um ranço contra a primeira ministra; não aceitaram a decisão da maioria, estão perdidos; depois nos chamam de terceiro mundo; equivale ao braço de ferro nos EUA entre Trump, e os Democratas, agem com a mesma régua; não se importam a mínima, com os trabalhadores sem salários…esta convulsão mundial, demonstra duas coisas: não querem saber de fato, o que o Povo quer…não aceitam resultados das Urnas, o que dá na mesma…a politica continua a fazer vítimas, por faltam de coerência e senso comum…

  2. Alexandre Silva disse:

    Liberação das armas. Criação de grupos terroristas. Guerra contra o terror. Manipulação dos grupos divididos. Negócios fechados e lucro garantido.

  3. jose disse:

    O ministro Onyx faz essas debochadas agressivas declarações por conta da impunidade, pois ele já se declarou ter praticado caixa 2 e até agora não aconteceu nada com ele. Queiroz e família foram intimados a depor e não compareceram e nada aconteceu. É a impunidade enquanto os donos da lei continuam em seus recessos e férias como se o país fosse o paraiso e não tivessem nada pra fazer… agora vai mudar… pra pior e na velocidade….

  4. DIRETO AO ASSUNTO: É PRECISO PASSAR O PAÍS A LIMPO - VIVA A LAVA JATO! disse:

    O que aumenta a violência é a falta de vergonha na cara dos políticos e governantes, que roubam os cofres públicos na cara dura, continuam impunes, criticam a Lava Jato e todos os que se empenham em combater os corruptos. Os criminosos chamados de “comuns” se justificam alegando que se “os de cima roubam”, eles também podem e devem roubar. É a verdade nua e crua, sem análises de filósofos, historiadores, especialistas em segurança. O exemplo tem que vir de cima, seguido de combate à altura ao crime. Quem já foi pego dentro de casa por bandidos, tendo que enfrentá-los à unha, sem falar nos que levaram a pior (estupro, roubo, espancamento etc), sem ter uma arma para pelo menos exercer uma legítima defesa, sabe como é importante uma arma numa hora dessa. Quem filosofa direitos humanos, em confortáveis poltronas, sob ar condicionado, não sabe a realidade. É preferível morrer se defendendo do que morrer indefeso!Ninguém aguenta mais convesa fiada, bandido tem que ser enfrentado à altura!

    • Wellington Alves disse:

      Não. O que aumenta a violência é a desigualdade, que esse governo e seu eleitorado chama de mimimi. Acha que o bandido vai esperar você pegar arma para um duelo?
      Violência se resolve combatendo a desigualdade e fortalecendo a POLÍCIA JUDICIÁRIA (leia-se POLÍCIA CIVIL. Militares em geral só servem para dar gasto).

  5. J K disse:

    …. e projetos que tratem de educação a sério na base, até agora, nada. Espero que ao menos as informações sobre quem adquiriu o “equipamento” fique bem guardada embaixo de cadeados digitais, do contrário o assalto vai mudar para furto, casas sem os moradores, proprietário de arma e munição estarão na mira dos meliantes.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

 
2019-04-20 09:13:59