aki

cadastre-se aqui
aki
Política
07-07-2018, 12h01

Crivella demoniza política usando religião

Suspeitas sobre PRB tiram autoridade do prefeito
3

KENNEDY ALENCAR
SÃO PAULO

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (PRB), resolveu demonizar a política sem ter autoridade moral para fazê-lo. Na quarta-feira, fez reunião com 250 pastores misturando política e religião, como mostrou reportagem do jornal “O Globo”.

Falando em vigília para evitar a volta de políticos corruptos ao poder, o prefeito disse: “É esse Brasil evangélico que vai dar jeito nessa pátria”. Mas ele esqueceu de mencionar que o presidente da sua legenda, Marcos Pereira, é investigado no âmbito da Lava Jato.

A separação entre Igreja e Estado é um avanço civilizatório. Misturar política e religião é danoso para a democracia. A religiosidade é da esfera do foro íntimo, ligada à valores morais. A política demanda impessoalidade no exercício da função pública e está no campo da ética.

Crivella, bispo da Igreja Universal do Reino de Deus, fez proselitismo político-religioso num cargo público, com estrutura e recursos oficiais. Ouça o comentário feito no “Jornal da CBN – 2ª Edicão de quinta-feira a partir dos 7 minutos e 35 minutos no áudio ao fim do texto.

*

Contribuinte brasileiro

O governo precisa usar a sua  “golden share” na Embraer para proteger empregos e tecnologias que foram subsidiadas pelo contribuinte brasileiro, investimentos estatal lembrado pelo jornalista Sergio Leo. Há defensores e críticos do negócio no qual a Boeing comprou a divisão de jatos regionais da Embraer, empresa privatizada no governo Itamar.

O presidente Michel Temer deverá ouvir o sucessor a respeito dessa transação, que será concluída no ano que vem. O Brasil precisa defender os seus interesses no caso. Esse comentário foi feito aos 11 minutos e 15 segundos no áudio abaixo.

*

Desejo presidencial

Na noite de quinta-feira, o presidente Michel Temer cogitava convidar o ex-ministro do Trabalho Almir Pazzianotto para voltar à pasta. Eliseu Padilha, da Casa Civil, foi indicado interinamente para o posto.

Na quinta, uma ação controlada da Polícia Federal derrubou o então ministro, Helton Yomura, e atingiu também o deputado federal Nelson Marquezelli (PTB-SP). Em relação a Yomura e Marquezelli, as medidas parecem bem fundamentadas. O ministro Edson Fachin e a Procuradoria Geral da República acataram os pedidos da PF.

Mas, em relação às providências contra Carlos Marun, Fachin e a PGR não autorizaram os pedidos da polícia. A PF precisa ser mais cautelosa ao fazer suas investigações, fundamentando bem as suas solicitações.

Ouça esse comentário a partir dos 4 minutos e 10 segundos no áudio abaixo:

Comentários
3
  1. walter disse:

    Este Crivella no Rio, é um preconceituoso de marca maior caro Kennedy, nada de Novo, um parasita escolhido, já que não tinham fichas limpas disponíveis…o estado só tem pangarés como candidatos…Quanto a Embraer, não haverá prejuízos para a companhia, esta abrindo uma empresa nova junto a Boeing, para ampliarem seus negócios, não trocarão segredos, e de quebra, entrará créditos, a favor da Embraer nesta transação; pelo contrario, haverá admissões neste processo; teremos uma ligação com uma empresa americana de sucesso; nada ruim, como noticia, nos últimos tempos; não dá apara entender, como funciona o PTB, do Jefferson, um sujeito que foi preso condenado; cumpriu pena, quase morre, e continua roubando o País; tentou impor sua filha podre como ministra…Por isso a lava jato, não vai parar; não precisa sair de Brasília, os bandidos estão todos lá; o Temer, mostra sua fragilidade, não tem moral, para trazer um novo ministro; enquanto A DESONESTIDADE ESTIVER NA MODA, NADA CAMINHARÁ ….

  2. Alberto disse:

    Nenhuma novidade quanto ao alcaide em tela.

  3. DIRETO AO ASSUNTO: É PRECISO PASSAR O PAÍS A LIMPO! disse:

    Não será surpresa se num dia desses esses 250 pastores não forem convidados, por conta da prefeitura do Rio, para participarem da tal “Fogueira Santa de Israel”, em Israel. É só vir ordem ao prefeito… do chefe!
    “Acautelai-vos dos falsos pastores, que vêm até vós vestidos como ovelhas, mas interiormente são lobos devoradores” (Bíblia Sagrada – Mateus 7.15).

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

 
2018-09-24 12:06:45