aki

Kennedy Alencar

cadastre-se aqui
aki
Geral
23-08-2013, 9h20

Cubanos não vão competir com brasileiros

17

Comentário no “Jornal da CBN” sobre vinda de médicos cubanos ao Brasil. Medida é acertada. Governo deve tratar com transparência termos da contratação e salário. Confira!

Comentários
17
  1. paulo roberto sobreira de carvalho disse:

    como esse alencar pode ser tao leviano. eu acho que… primeiro, os medicos estao concentrados nas capitais ? perfeito ! entao a populaçao das capitais esta muito satisfeita com o sus ? nao é uma questao somente de mais medicos ? ou a populaçao nao tem direito tambem de ter exames, internaçoes, cirurgias, avaliaçao de especialistas, leitos de enfermaria , cti ? é uma questao meramente corporativa , reserva de mercado ? ah, ta bom, entao tem uma fila de medicos brasileiros querendo trabalhar nos locais abandonados do nordeste e norte do pais ? tenho vinte e cinco anos de formado, santa casa de sao paulo com residencia usp ribeirao preto. moro em bh desde 1996, casei com uma mineira. ja trabalhei em varias cidades da grande bh, escolhia as que pagavam salario menos ruim e que pagavam em dia, tambem nao aceitei trabalhar em upas em que colegas correm risco de agressao. trabalho ate hoje no sus. vi e outros colegas tambem, em outras cidades, prefeitos incompetentes e corruptos melhorarem seu padrao de vida, assim como vereadores e secretarios, enquanto postos de saude e policlinicas continuavam do mesmo jeito, por vezes caindo aos pedaços. ninguem fiscaliza o gasto publico. outra coisa, aceito pediatras cubanos que tenham boa formaçao e façam o revalida. pois aqui falta pediatra na enfermaria de betim, nas unidades da unimed, no hospital vila da serra. ninguem faz pediatria pois nao da dinheiro, é a rale da medicina em questao de honorarios. faltam leitos hospitalares pediatricos de CONVENIO , pois pediatria nao da lucro para hospitais. a ans fiscaliza isso ? a relaçao de leitos e numero de vidas dos convenios ? ou se da satisfeita pois qualquer convenio meia boca que preste serviço meia boca desafoga o sus , diminui a pressao e reclamaçao do sus ? o que se questiona e a suspensao do revalida, se ele é dificil, o que nao é ,nos estados unidos onde muitos brasileiros trabalham é BEM mais dificil, mude-se o revalida. os envolvidos falando que a questao salarial é uma questao de cuba é hilaria, brincamos que os cubanos virao de navios negreiros. ah, é claro , os bolsistas do pt, mst, psol , pc em cuba voltarao no aviao da fab. pois ha medicos cubanos cubanos e medicos cubanos brasileiros , que estudaram lá, para ambos o governo quer cancelar a obrigatoriedade do revalida. e por que os cubanos nao podem mudar para o pais com suas familias se sao tao bons assim ? ou ajudaremos a sustentar cuba, como ja fez a urss com dinheiro e a venezuela com petroleo e varios paises com esses contratos de exportaçao de mao de obra ? bom, sera uma boa oportunidade para os medicos cubanos lerem marx e aprenderem algo sobre a mais valia rsrss.ah,e por ultimo apos onze anos de governo petista, descobriram que a saude precisa de soluçoes emergenciais… sera por que padilha é o poste para o governo de sao paulo, como ja foram dilma e haddad ?
    paulo carvalho crmsp 63852 inativo, crmmg 29680

    • Renato Perissinotto disse:

      Penso que seria melhor o senhor, todos os senhores, informarem-se melhor sobre a natureza do programa. Nenhuma das críticas se aplica: nem falta de direitos trabalhistas, nem escravidão, nem o problema das soluções emergenciais (sempre necessárias quando há situações emergenciais). A depender dos senhores, quando o mundo for perfeito, quando a política de saúde perfeita surgir, quando tivermos infraestrutura sueca nos mais longínquos rincões do Brasil, aí sim os senhores irão para o interior. Enquanto isso não acontecer, aqueles que estão morrendo por falta de médicos (aqueles que se encontram em situação de emergência) que esperem.

  2. paulo roberto sobreira de carvalho disse:

    qualquer pais decente leva saude a serio, sem soluçoes emergenciais, mas de longo prazo,focando na capacidade de gestao e em politica de recursos humanos, o resto é demagogia e improviso, com vistas nas eleiçoes. NAO SOMOS CONTRA A VIDA DE MEDICOS ESTRANGEIROS. é engraçado que os advogados consigam controlar a qualidade de seus pares com exame da ordem, os medicos, que voces vivem a repetir , lidam com VIDAS, nao podem controlar a qualidade, por meio do governo, dos medicos que vem de fora do pais . que contraditorio, e como advogados sao tao poderosos neste pais, assim como juizes e tudo o que se refere nesta esfera.
    e a historia de humanizar entao, patetica, de colocar o medico ao lado do paciente do sus, non sense. todos os medicos trabalham no sus, a maioria faz a residencia no sus, ou voces acham que a primeira barriga de um cirurgiao ou a cabeça de um neuro foi aberta num hospital particular ou convenio ? tipo o medico falar pra o paciente que hoje é meu r1 ou r 2 que vai operar…quem precisa ser humanizado é quem viaja em aviao da fab, ao contrario dos politicos europeus que podem ser encontrados no metro ou ate de bicicleta…

  3. paulo carvalho disse:

    uai so, demora para aparecer os comentarios ? ou existe censura previa ? pelo menos no blog do nassif nao era censurado, so chamado de mafia de branco corporativa burguesa… logo eu , filho de marceneiro sem varias pontas de dedo perdidas na serra eletrica…

  4. madalena marques disse:

    Pois Kennedy cadê a transparência na forma de contratar e remunerar esses profissionais? Por que todo esse malabarismo de intermediários no caso dos cubanos? Há algo de podre em tudo isso.

    • André disse:

      Porquê toda esta resitência na contratação de médicos para onde não tem médicos? Porque a preocupação ideológica é maior do que a preocupação com a saúde de lugares menos assistidos? Se considerarmos os convênios já feitos por Portugal e Reino Unido com Cuba, o modelo brasileiro seguirá os mesmos moldes.

      • paulo roberto sobreira de carvalho disse:

        FAÇAM O REVALIDA, MESMO QUE MODIFICADO, NAO HA PRECONCEITO IDEOLOGICO DA MINHA PARTE.
        QUE VENHAM EM DEFINITIVO, ESTABELEÇAM RAIZES, COM SUAS FAMILIAS E COM DIREITOS TRABALHISTAS !

  5. Bruno disse:

    Parabéns pela iniciativa do Governo Federal.
    Não se pode deixar abandonado milhões de brasileiros.
    Os médicos brasileiros não querem ir, nem pagando muito bem.
    É melhor um médico cubano do que nenhum.
    Parabéns pela lúcida análise.

    • Bruno disse:

      Se realmente pagassem acho que não teria esse problema todo, o negócio é que médico brasileiro não quer ir pra cidade do interior tomar calote de prefeitura.

  6. paulo roberto sobreira de carvalho disse:

    ou voce acha que o problema é mais medicos ?ontem mesmo em betim,no meu plantao, numa cidade mal gerida tanto pelo pt como psdb, um dos elevadores novamente quebrado, isso sendo o pronto socorro infantil no primeiro andar !!! esta pobre e distante cidade de betim, sem empresas de porte, perdida no mapa, longe da civilizaçao…

  7. Caio Toledo disse:

    Problema é que parte do nosso povo brasileiro são
    bandidos e canalhas, são contra o pobre ter saude.

    Só aqui isso acontece!

  8. Vicente Iribarrem. disse:

    Realmente nao precisanos de medicos, mans com urgencia nessecitamos descogestionar a angustia da morozidade no atendimento. pois o negligencimento e o desrrespeito ao paciente e uma das forma mais acravante para o inponcondriaco.Leigo em medicina semianalfabeto, Mans noa cego percebo as nessecidades.
    Tendo contribuir dentro de minha visao respeitando os demais em opinioes devergentes.

  9. Eliana disse:

    No caso dos médicos cubanos,tenho dúvidas sobre as intenções do governo brasileiro com estes contratos, muito dinheiro que vai sair dos cofres brasileiros para o governo de Cuba, aqui no Brasil muitos dos contratos de terceirização sõa uma torneira aberta…para politicos….os poberes dos funcionários contratados por tempo determinado, perde muito de seus direitos, quem ganha é o agenciador (o dono da tercerizada).Cuba esta levando muito dinheiro nesta estoria!!!

  10. Carlos alberto goncalves disse:

    Muito coerente o comentário do kenedy, acompanho cidades que construíram belas estruturas de saúde com upas, reformas de ubs, etc. E quando vamos as estruturas nos deparamos com filas imensas por que não havia médicos suficientes principalmente nas regiões mais carentes, e também se os médicos brasileiros que em sua maioria são formados em universidades públicas por que não priorizam ao menos nos primeiros cinco anos de carreira trabalharem no serviço público??? Queremos sim o MAIS MÉDICOS e bom deixar o preconceito contra Cuba de lado por que se importamos vacinas também podemos importar médicos de um país que tem índices de saúde melhores que os Estados Unidos.

  11. Maria Mirian disse:

    O problema no caso dos médicos é ideológico e reserva de mercado. O problema dos médicos do SUS é que não cumprem horário. Vá a um posto de Saúde as nove horas da manhã. Ou eles ainda não chegaram ou já saíram.

  12. dione mota disse:

    Só quem não trabalha no SUS pra defender uma aberração dessa!! o que falta no SUS é absolutamente tudo!!!! se em Saõ Paulo que vocÊ mesmo falou que tem muitos médicos a saúde do SUS está ótima??? nãooooooooooooo por que? porque saúde não se faz só com médicos , principalmente médicos sem revalidar diploma, vamos acordar!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  13. Nivaldo Ramos disse:

    Fiquei extremamente decepcionado com sua performance na entrevista com o Ministro da Educação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

2020-11-24 14:28:27