aki

cadastre-se aqui
aki
Economia
24-03-2015, 9h17

Decisão de agência de risco mostra que crise de Dilma é política

Após abertura de processo, Vaccari deveria deixar tesouraria do PT
29

Postado por: Daniela Martins

A agência Standard & Poor’s manteve a nota que dá ao Brasil o grau de investimento. Isso significa que o país continua a ser considerado bom pagador. O principal efeito é deixar claro que a crise brasileira é mais política do que econômica.

Na avaliação da agência de avaliação de risco, realizado o ajuste fiscal, a economia brasileira entraria nos eixos. Daí a S&P ter mantido a nota, ancorando essa decisão no ajuste fiscal em negociação com o Congresso.

Foi uma boa notícia em meio a uma maré negativa. Essa decisão ajuda a presidente Dilma a retomar algum fôlego para tentar fechar um acordo sobre o ajuste fiscal em no máximo duas semanas, antes dos protestos marcados para 12 de abril.

Se a presidente apaziguar os ânimos na política, terá chance de aplicar um ajuste mais rápido e eficiente, como Joaquim Levy tem dito que seria necessário.

Mesmo com as dificuldades na economia, que não são poucas, o ingrediente político tem atrapalhado mais o Brasil. O governo federal temia que houvesse um rebaixamento da avaliação do Brasil, o que deixaria o país sem o grau de investimento.

Entre os objetivos da indicação de Joaquim Levy para a Fazenda, um dos principais foi a avaliação de que ele teria condição de evitar a perda do selo de bom pagador do país. Sério, Levy cumpriu essa missão.

Agora, cabe ao governo ter habilidade e aproveitar este momento, que deve assegurar melhores condições para negociar o apoio ao ajuste fiscal com a sua base de apoio no Congresso.

*

Vaccari deveria deixar tesouraria do PT

Com a abertura do processo contra o tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, o partido discute se deve afastá-lo ou se isso poderia significar uma condenação antecipada. Há a versão de que a presidente Dilma teria pedido a saída de Vaccari.

Não tem sentido político e prático Vaccari continuar à frente da tesouraria do PT. A presidente Dilma está certa nessa discussão. A manutenção do tesoureiro só pode ser explicada por um temor da legenda de que ele dê declarações que possam comprometer figuras importantes do petismo. E esse temor reforça as suspeitas sobre Vaccari.

É uma discussão sem sentido, que só vai gerar desgaste para o governo e o PT. A abertura de um processo por corrupção e lavagem de dinheiro contra o tesoureiro de um partido é motivo suficiente para um afastamento das funções. A razão é simples: como alguém que responde a esse tipo de acusação cuidará das tarefas cotidianas da tesouraria de um partido? Quem se reunirá com esse tesoureiro e tratará com ele de contribuições a uma legenda?

A continuidade de Vaccari na tesouraria não significa que o PT queira evitar uma condenação prévia do seu filiado. Até porque ele pode responder ao processo, ser inocentado e retomar seu cargo ou exercer outra função no partido.

As acusações contra Vaccari são baseadas em depoimentos nas delações premiadas. São provas testemunhais combinadas a um montante de doações legais, da ordem de mais de R$ 4 milhões, que teriam sido feitas ao PT em datas próximas ao pagamento da Petrobras a empresas acusadas de corrupção.

A manutenção do tesoureiro no cargo alimenta a percepção de que o PT teme o que ele possa dizer e isso contribui para o partido confundir ainda mais a sua imagem com a da corrupção. Daí a falta de coragem de afastar Vaccari, esperando que o petista tome a iniciativa de sair da Tesouraria, o que até ontem ele resistia a fazer.

Ouça o comentário no “Jornal da CBN”:

Comentários
29
  1. Alfredo Gomes Loureiro disse:

    Então, o tesoureiro do PT manda no partido?

    • walter disse:

      Caro, pode ser verdade, o PT tem mais caciques que índios; quem fala mais alto é rei; por isto esta bagunça.
      Quanto a notas de agencia, não se pode dar créditos; eles manipulam o mercado mundial, com estas avaliações, nem sempre verdadeiras e confiáveis; vale para especuladores…
      O Brasil é muito maior que tudo isso, mas com a dilma “chutando mortos”, sem credibilidade, e fazendo loucuras, não dá mais…
      O Brasil, é tão rico, que admite roubalheiras de BI; isso não é para qualquer um; a “cambada” de ladrões, refletem com clareza a história de Ali babá, e os 40 ladrões, qualquer semelhança, não é mera coincidência; mais isto tudo vai passar…

  2. Não !!!… A crise é moral e doutrinária. Falta espírito público, sobra ganância e ainda por cima, temos que conviver com essa cartilha bolivariana que não tem a menor identidade conosco.
    Mais uma vez: é produto mal acabado do ideólogo oficial do regime: Marco Aurélio Garcia (a enfermidade do Planalto).

  3. O receio do PT em destituir seu tesoureiro apenas prova que existe envolvimento de mais pessoas de alto escalão, isto não é novidade, não existe moralidade ou ética suficiente neste partido para assumir seus erros e cortar, como dizem “na própria carne”, como punição, assumindo seus desmandos e crimes internos.
    Não! Este governo não tem “colhões” nem moral suficiente para fazer isto!

  4. Mauricio Jose de Paula Salles disse:

    A crise é politica? Porque nosso combustível é o mais caro do mundo? Porque tudo esta mais caro? Porque falta atendimento hospitalar e hospitais, e por isso tem gente morrendo? Aumente o grau da lente ou diminua o grau de conservadorismo que o impende de ver seu próximo.

    • fredmorsan disse:

      Tudo isso que você elencou só mostra que a crise de fato é política.

    • barroso disse:

      É lógico que há componente econômicos na crise, mas ela é sobretudo política e envolve a forma como o governo tem se relacionado com a base e com a população.
      Não adianta mentir, não adianta fingir, é preciso agir em duas frentes: comunicação e economia.
      A parte econômica está sendo equacionada, mas a comunicação deste governo está capenga.

    • Rogério Davanço Fontes disse:

      Caramba hein cara, sumiu mesmo. Por onde andas?

  5. moies morera disse:

    caro keneddy pq se fala tanto no tesorero do pt e o pp ,pmdb ,psdb ,nao tem tesorero,pelo amor de deus a dilma tar sendo xantageada pelo eduardo cunha junto com o psdb,as coisas naum taum ruim assi m naum,,,,,,,

    • ricardo ferraz disse:

      É amigo,,,, tem 5 vezes mais deputadfos do PP envolvidos do que do PT, mas só o tesoureiro do PT é indiciado. Um bilhão roubados no trensalão de São Paulo e a mídia nem toma conhecimento. A notícia sai quando se dá o fato, no caso do PT, todo dia, ou fato é requentado.

      • Couto disse:

        Esta é a velha mídia de sempre. Como faz parte do poder econômico, realça os defeitos dos adversários e esconde os daqueles que fazem parte do poder econômico. Que eu me lembre, desde o segundo governo Varas esse tem sido o seu comportamento.

    • Fabio Meirelles disse:

      Fácil, os outros podem roubar, é normal, mas o PT não pode.

  6. antonio luiz cordeiro goes disse:

    Na realidade essa crise política é resultado das eleições presidenciais,uma vez derrotada, a oposição partiu para a tentativa de destruir a candidata legitimamente eleita pelo povo. A oposição sonhou que esse era o momento de tomar o poder, mais errou no nome escolhido. A partir da derrota , a oposição que possui políticos golpistas , juntou-se à grande parte da mídia que a todo custo também quer a cabeça da presidente. S´´o não vè quem é cego, a Globo , por exemplo, escancara a sua aversão pela presidente e pelo PT.

  7. Sterileno disse:

    Cartilha bolivariana…kkk…chega a ser patético!

  8. Renato disse:

    Realmente, a crise é política: a eleita praticou estelionato com seu eleitorado, na maior.
    Os fins não justificam os meios – os fins selecionam os meios. Para meios mentirosos, fins duvidosos.

  9. Kennedy, acompanho seu trabalho desde a Folha de São Paulo e mandei diversos e-mails para você tendo a maioria sido respondido pelo ombudsman daquele periódico ou encaminhado a você.

    Tenho uma opinião muito particular e que reconheço ser muito mais fruto de minha intuição e de uma leitura da realidade empírica do que fundamentada em quaisquer padrões mais rigorosos de pesquisa cientifica, mas tenho a certeza de que a mídia brasileira precisa de uma renovação profunda em seus quadros de articulistas e jornalistas em geral.

    Você representa umas destas gratíssimas renovações, uma cara nova, um jeito peculiar,moderno e imparcial de exercer sua profissão que, reconheço, muito difícil num país onde nem sempre, a competência é premiada.

    No seu caso tem sido!

    Nossa mídia envelheceu, a maioria dos profissionais que nela atuam estão muito compromissados com um viés de representarem interesses outros que, não o puramente jornalistico.

    Gostaria que, houvesse uma onda renovadora na nossa mídia e os novos protagonistas num cenário futuro, tivessem a honradez,capacidade e isenção que você procura manter no seu exercício profissional.

    Meus cumprimentos.

  10. Renato disse:

    Por conta de uma crise “politica”, temos precos, desemprego, impostos em alta, pib, balanca e contas externas em baixa, nossa me definam, por favor, qual a diferenca entre crise politica e economica, pois tá dificil. Em tempo se tivessemos perdido o grau de investimento, o problema continuaria sendo político, pois isso seria parte uma conspiracao norte americana que estaria desestalizando o Brasil para uma futura invasao da Amazonia ????? KKKK tenho que rir para nao chorar.

    • ricardo ferraz disse:

      Menor desemprego da história, um PIB que segundo o Banco Mudnial, aumentou 400% no ultimos 12 anos, veja como está o PIB da Zona do Euro este amno, ou o do Japão, amigo, o PIB estacionou em vários países do mundo, não foi só aqui não, mas foi agora. Em 2002, o PIB era de 504 bilhões de dólares. HOje é de 2 trilhões e 300 bilhões, segundo dados de 3013. Vá ao Banco Mundial. Temos 370 bilhões de dolares em reservas internacionais, e somo o quarto maior credor individula externo dos Estados Unidos. Procure poor Mayor Tresuries Holders no Google.

      • Pasquale disse:

        No mesmo ano 2002,a dívida da Petrobras era de 18 BILHOES e hoje é de aproximadamente
        TREZENTOS BILHOES.
        _____________________________________________________________________________________
        Uma enorme evoluçâo,é de dar inveja hehehe
        Como a empresa vai investir???????? Com uma dívida gigantesca como essa?????????
        Com o PETROLIUS custando menos de 60 dólares,qual o custo de produção dela???????
        RESPONDA CUMPANHEIRO.

  11. antonio barbosa disse:

    Crise política ou crise moral? Então me explica como alguém em sã consciência pode por mais ingênuo que seja, sequer imaginar que Dilma não sabia da compra de Pasadena? Que Dilma não sabia da corrupção da Petrobrás? Que Dilma mentiu descaradamente para ganhar as eleições? Que Dilma vive lambendo regimes ditatoriais alinhados com a ideologia marxista? Que Dilma fez a única obra de vulto em seu governo em Cuba? Quem Dilma perdoou dívidas de países ditatoriais? Que Dilma impede a investigação do caso Rosemary Noronha? Que Dilma impede a investigação do BNDES tido hoje como 100 vezes maior que o petrolão? Que Dilma fez os estádios da copa em detrimento da saúde, da segurança e da educação? Que Dilma prometeu uma infraestrutura em torno dos estádios da copa que nunca aconteceram? Quer mais… Que Dilma disse em público na reunião do Foro São Paulo que nunca vai se arrepender de ter matado inocentes durante a guerrilha contra o regime militar? Então eu lhe pergunto: “QUE DILMA É ESSA”??? e por consequência “QUE LULA É ESSE”??? Meu caro: – “CRISE POLÍTICA OU CRISE MORAL?”.

    • P/Antonio Barbosa: "O LATROCIDA MATA PARA ROUBAR, O CORRUPTO ROUBA, DEPOIS MATA, ÀS BATELADAS"! disse:

      1 -Será que o ex-presidente João Goulart, deposto pelo golpe militar em 1964;
      E os militares que o derrubaram;
      E os que lutaram contra o regime militar:
      tiveram ensinamentos cívicos de amor à pátria e sempre quiseram o melhor para seu povo, o povo brasileiro?
      Creio que todos responderiam “sim”!
      Mas além do “sim” há algo mais em comum entre esses grupos: a corrupção!
      Ela não nasceu em 1964: ela existe desde que o homem surgiu na face da terra.
      Mas cresceu muito de 1964 a 2015.
      Assustadoramente, nos últimos 15 ou 20 anos!
      O país está atolado num mar de lama, afundado na corrupção de norte ao sul, de leste a oeste do país¸ “principalmente” em praticamente todas as instituições públicas municipais, estaduais e federais!
      Com o nível de corrupção atual não há governo que consiga dar direção ao país, não há plano de ajuste fiscal, plano econômico, político que consiga isso.
      Se não for colocado um “freio” na corrupção, tudo será em vão, seja governo, seja o plano que for: será trocar 6 por meia dúzia.
      Mesmo sabendo que a corrupção sempre existiu, temos que considerar que chegamos ao ponto de protagonizar o “maior escândalo de corrupção do mundo”: O PETROLÃO!
      E isso logo após o MENSALÃO!

      E vemos hoje zombaria sobre a mais alta corte judicial do país, o STF, que promoveu sentenças em que ladrões de altíssima periculosidade, condenados no Mensalão, já estão em suas casas, livres e soltos, como os condenados José Dirceu e José Genoíno.
      Vários dos amenamente apenados no Mensalão, já têm seus nomes novamente envolvidos nas páginas dos jornais, por envolvimentos em outros delitos graves.
      Sem falar que o verdadeiro Chefe do Mensalão jamais foi sequer investigado!
      Agora outra piada se ensaia: o ministro Toffoli, ex-advogado do PT, partido super envolvido no Petrolão, vai ser um dos juízes que julgarão os políticos envolvidos no escândalo do Petrolão – e o pior, será o presidente da turma encarregada de julgar!
      Ensaia-se mais um absurdo! Um absurdo que gerará, com certeza, muito protesto nas ruas!
      Com certeza, o povo tomou consciência de que o grande problema nacional é a corrupção, e de que ela só poderá ser controlada se punida exemplarmente.
      Dois milhões de pessoas não vão para as ruas, sem liderança definida, sem partido político liderando, sem sindicatos liderando, sem nenhum grupo social específico liderando – espontaneamente e sem bandeira definida, porém com um pensamento fixo geral: “BASTA DE CORRUPÇÃO”, se não estivessem enxergando claramente que a raiz do problema é a corrupção.
      O povo enxerga o que a Justiça teima em fingir que não enxerga, que o corrupto é o criminoso mais periculoso da face da terra, homicida doloso de milhares de pessoas, homicídio esse cometido premeditadamente, com sofrimento, a conta gotas¸ doído, com muito choro e humilhação, cujas vítimas são brasileiros trabalhadores, pais, mães, filhos, netos, avós, irmãos, amigos, crianças, jovens, idosos, de todas as raças e religiões!

      E todos sabem que não se resolverá o problema da corrupção com a mera inclusão do crime de corrupção no rol dos “crimes hediondos”, como já estão astutamente querendo fazer, mas sim com a estipulação de uma pena para o crime de corrupção proporcional aos danos que ela causa!
      Todos sabemos que o corrupto comete “HOMICÍDIOS DOLOSOS ÀS BATELADAS” de milhares de brasileiros trabalhadores, que pagam seus impostos, que vivem de modestos salários, quando não aviltantes, que não lhes permite acesso aos hospitais de qualidade, os “Padrão Fifa”, e que são obrigados a procurar o SUS, o serviço único de saúde que o governo tem a obrigação de manter com qualidade, e não o faz, porque o dinheiro dos impostos que deveriam ser usados na Saúde são roubados pelos corruptos;
      Milhares de brasileiros estão morrendo nas filas de espera do SUS, nas macas pelos corredores dos hospitais lotados, sem leitos, sem médicos, sem aparelhagens médicas, sem medicamentos;
      milhares estão morrendo por falta de saneamento básico, porque os governantes corruptos preferem fazer obras eleitoreiras ao invés das necessárias;
      milhares estão morrendo às bateladas pela falta de segurança pública, porque falta dinheiro para melhor aparelhamento das polícias, mal pagas, mal aparelhadas e em parte também dominada pela corrupção.

      Corrupção se combate com várias medidas, a mais importante iniciada nos primeiros anos dos bancos escolares ¸com o ensinamento primordial de que “é proibido roubar”;
      No ponto em que nos encontramos em nosso país, dentro do mar de lama em que infelizmente estamos atolados, só através de pena severa para o corrupto¸ tipo prisão perpétua ou, sendo mais suave, 30 anos de cadeia em regime fechado, sem direito a benefício.
      O povo não pode mais aceitar medidas paliativas, tipo somente transformar o crime de corrupção em crime hediondo!
      Se um latrocida (o que mata para roubar), que mata geralmente uma pessoa, pode ser condenado a 30 anos de prisão, por que não o corrupto, que além de matar muito mais , porque mata às bateladas, aos milhares, somente invertendo a ordem de sua ação, não deveria ser apenado com pelo menos 30 anos de cadeia ou, quem sabe, com a prisão perpétua?
      “A ÚNICA DIFERENÇA DO LATROCIDA PARA O CORRUPTO É QUE O LATROCIDA MATA PARA ROUBAR, E O CORRUPTO PRIMEIRO ROUBA, DEPOIS MATA, ÀS BATELADAS”!

  12. Rinaldo disse:

    Verdade tem que ser dita a mídia brasileira ela tem lado e é contra o PT, as manifestações no Parana contra Beto Richa – PSDB, a greve dos professores em São Paulo, o “4º poder” nem um reportagem mais contundente, tem jornalista acha que todos brasileiro é lesado.

  13. NETO DE PRESO POLÍTICO disse:

    Falta saúde, falta educação, falta segurança pública, faltam moradias, inflação em alta, corrupção generalizada, desemprego em alta, 36% de carga tributária (trabalhamos 12 meses e só recebemos por 7,6 meses), PIB negativo, aumento da tarifa energética, aumento do preço dos alimentos, aumento do preço dos combustíveis… Qual desses problemas é político?
    Apesar das passeatas – espontâneas, pacíficas e não pagas – o governo teima em não ouvir e ver o povo.
    Dia 12/04, o povo estará junto novamente!

  14. odilon disse:

    Eu sou a favor “DO QUANTO PIOR MELHOR´´ ,votei na dilma. Kennedy,concordo com você olhando bem nem existe crise… isso é coisa invetada pelos coxinhas. Ah….eu sou míope também.

  15. César disse:

    Para a Presidente Dilma Rousseff a crise pode parecer política, mas para a maioria da população, o buraco é mais embaixo. Diga para os empregados das empreiteiras que estão sem salários desde novembro, que a crise é só política, explique para a dona de casa que vai a feira, que os preços altos são só uma crise política que come o seu poder de compra e esvazia a sua sacola o seu carrinho de compras. Diga para os funcionários dos Correios, que o problema em seu fundo de pensão, que gerou um prejuízo de bilhões, é só um problema político. Diga aos empresários que a possível falta de energia elétrica e o provável apagão que pode ocorrer em 2016 é só um problema político. Diga aos acionistas da Petrobrás que tiveram perdas de todas as suas economias por acreditar no governo, que o Pré-Sal seria o novo eldorado, que esta crise é só política. Diga ao povo brasileiro que teve os seus custos e despesas aumentados pelo aumento da conta de luz, do IPTU, do aumento do preço da gasolina, pelo aumento do preço dos produtos nas prateleiras do supermercado, que a crise é só política. Chegamos a conclusão que votamos nas ultimas eleições em candidatos, mas elegemos a inflação, elegemos o arrocho salarial, elegemos os aumentos de impostos, elegemos o aumento de tarifas, elegemos a mentira e a enganação. A crise é só política!

  16. Corvo disse:

    De fato! Jornalistas tem uma verdadeira adoração pela palavra “crise”. Nem conseguem viver sem ela. É interessante como se apressam em qualificar toda e qualquer situação que comece a parecer adversa como uma crise. Misturam causas políticas com econômicas, confundem cenários internacionais com os internos, plantam pânico, sugerem catástrofes.

    Deve ser ruim ter nascido apenas para dar más notícias.

  17. Osvaldo Ribas disse:

    A crise é moral, ninguém no governo tem moral pra falar de honestidade e combater a corrupção. Nunca na história deste país tantos roubaram tanto de tantas empresas e ninguém foi preso. O povo deu o recado, agora veremos de qual lado o congresso vai ficar. Se ele não ouvir a voz do povo, o povo não ouvirá os pedidos de votos na próxima eleição.
    Não queremos medidas e pacotes, queremos o PT fora do governo. CPIs (comissões para iludir) não levam a nada, não punem ninguém é só teatro. Faxina geral na política brasileira. A maioria (mais de 60%) não quer mais o PT a pesquisa apontou isso.

  18. levemente disse:

    Essa crise aí se mostra sem prazo para melhoras. Cada vez mais Eduardo Cunha e Renan Calheiros ocupam espaços, inclusive tentando posar de bonzinhos, de paladinos dos benefícios sociais, feito Renan Calheiros ontem, ao jogar no colo do Planalto o ônus pelo ajuste fiscal. “Do jeito que está não aprovaremos”, disse o preocupado parlamentar. Fiquei sensibilizado com sua fala (embora eu saiba o qual mendaz o alagoano é…).

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados

Não serão liberados comentários com ofensas, afirmações levianas, preconceito e linguagem agressiva, grosseira e obscena, bem como calúnia, injúria ou difamação. Não publicaremos links para outras páginas devido à impossibilidade de checar cada um deles.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

 
2019-08-20 09:19:50